Jogadores: Taras e Manias; ou "Diz-me como pensas, e eu dir-te-ei que tipo de Jogador és."

Retrato de LadyEntropy

Milagrosamente, numa reviravolta inesperada de acontecimentos, consegui recuperar a ultima cópia existente do meu textinho sobre jogadores (estava enterrado em casa do Rick Danger, no meio de velhos apontamentos).

Deliciem-se (ou horrorizem-se) porque aqui fica reproduzido para vosso gaudio!

"Este artigo pode ser considerado a sequela do meu texto "Mestres de Jogo: Taras & Manias". Ou talvez um preludio. Ou, para quem não chegou a ler esse texto, um artigo totalmente aparte. Não importa. O que conta realmente é que se, por um lado, o Mestre de Jogo é a parte mais importante do jogo, os jogadores são, sem sombra de dúvida, igualmente importantes, podendo mesmo influenciar o curso da história de forma que o Mestre não esperava.

Já tenho muitos anos como jogadora de RPGs, e foi por isso que escrevi um artigo sobre a minha visão pessoal dos Mestres de Jogo, dividindo-os em categorias, cada uma com as suas características específicas. Mas também já sou algo experimentada como Mestre de Jogo, e já tive à minha frente muitos tipos de jogadores, tão diferentes entre si, que podem ser igualmente divididos em categorias específicas.

A divisão que faço dos jogadores é semelhante à que fiz dos Mestres de Jogo cinco grupos grandes, e cada um deles com pequenas subcategorias. Os cinco tipos principais de jogadores são: os Destruidores, os Irrealistas, os Sobrerrealistas, os Surrealistas e os Irritantes.

- GRUPO I – Os Destruidores
Os membros deste grupo gostam de destruir coisas – desde um dragão maligno, até qualquer coisa que se mexa, passando pela própria história, ou até à diversão dos outros jogadores. São muito numerosos, e qualquer trupe de jogadores que se preze tem um (nem que seja para usar como tropa de assalto na primeira linha de combate para atrair o fogo inimigo, enquanto os outros personagens se esgueiram pela porta das traseiras).

* Sub-grupo A: o Machão (também conhecido por "Macho Man" ou "O Terramoto")
Citação: "Atenção: lobisomens às doze horas! A CARGAAAAA!"
Descrição: Fugir é para mariquinhas. Mesmo que estejam em desvantagem numérica, numa proporção de 20 para 1, fechados numa sala às escuras e com paredes electrificadas. Por isso, são sempre apreciados pelos outros jogadores, especialmente porque servem para distrair o inimigo – e também quando o resto das personagens não têm grandes atributos físicos.
Destino: Perder várias personagens em ataques frontais à fortaleza do inimigo – e continuar a perdê-los, porque, na verdade, este tipo de jogadores é incorrigível.

* Sub-grupo B: o Arrogante (também conhecido por "Cowboy Insolente")
Citação: "Caminho até ao Príncipe, olhando-o de frente e desafio-o para um duelo até a morte. Ah, é verdade – e faço questão de lhe chamar mariquinhas"."
Descrição: Por algum motivo estranho, este tipo de jogadores gosta de enfrentar e desafiar personagens mais fortes, mesmo que isso implique morrer (que é o que acontece a maior parte das vezes). Por vezes é confundido com o arquétipo "Masoquista", porque insiste em cometer o mesmo erro uma e outra vez, quando sabe perfeitamente que a personagem vai morrer.
Destino: Vide "o Machão ".

* Sub-grupo C: o Ganancioso (também conhecido por "Mais, Mais, Quero Mais")
Citação: "Não nos está a atacar? Não é uma criatura perigosa? E depois? Eu quero mais pontos de experiência! MATA!"
Descrição: Este tipo de jogador só pensa numa coisa – ficar mais forte/rico/poderoso. E tenciona consegui-lo, nem que para isso tenha de matar as personagens dos outros jogadores, aliados e todas as criaturas benignas das redondezas.
Destino: Ter discussões infinitas com o Mestre de Jogo depois da personagem dele ir parar à prisão por ter pedido um resgate pela princesa que era suposto salvar.

* Sub-grupo D: o Psicopata(também conhecido por "MORRE! MORRE! MORRE!!!" ou "MATA! MATA! MATA!")
Citação: "RAHHHHHHHHGH! MATA MATA MATA!!! SANGUE SANGUE SANGUE!!! RAHHHHHH!"
Descrição: O termo "Psicopata" diz tudo.
Destino: Receber umas férias pagas pelo resto dos jogadores no hospital psiquiátrico mais próximo.

* Sub-grupo E: o Megalómano (também conhecido por "Eu Chego Para Eles Todos")
Citação: "Estamos rodeados por cinco lobisomens? SÓ?? Acho que nem sequer vou usar a minha Uzi neste combate."
Descrição: "Sou o melhor" é a divisa deste tipo de jogador, que no fundo é uma mutação da fusão dos subgrupos E, o Insolente, e C, o Ganancioso.
Destino: Vide "o Machão".

* Sub-grupo F: o Destabilizador (também conhecido por "Senhor do Caos" ou "Anarquista"):
Citação: "Eu vou chamar o Presidente à parte, usar 'Dominate' nele, e implantar-lhe a ideia de que ele é uma galinha sempre que ouvir as palavras 'Senhor Presidente’."
Descrição: Este tipo de jogador é muito problemático. Na verdade, é disso que ele mais gosta – de causar problemas. Por vezes pode ser confundido com o arquétipo "o Louco", mas não o faz para ser divertido -fá-lo porque gosta de ver tanto o Mestre de Jogo como os outros jogadores a tentar resolver situações espinhosas de que não estavam à espera -e dá-lhe especial gozo saber que ele é o responsável por tudo.
Destino: No dia em que lhe calhar um Mestre de Jogo menos paciente, ou pertencente à categoria "Vingador", a personagem dele vai ser vítima de uma misteriosa chuva de pianos (ou de qualquer outro objecto pesado).

* Subgrupo G: o Conflituoso (também conhecido por "Inimigo Publico n.º 1" ou "Segurem-me, Que Eu Mato-o")
Citação: "O quê? Recusas-te a sair comigo no Sábado? 0 meu personagem vai atacar a personagem da Cristina enquanto ela está distraída a criar um escudo de invisibilidade à nossa volta."
Descrição: Este tipo de jogadores diverte-se a causar problemas aos outros – e geralmente por motivos exteriores ao jogo, como insultos entre jogadores. É responsável por imensas batalhas entre personagens, mesmo nos momentos mais inoportunos -chegando mesmo faze-lo quando as outras personagens estão ocupadas a tentar salvar a vida ao resto do grupo.
Destino: O jogador e a personagem descobrem em pouco tempo o significado do termo "Inimigo Comum" e enfrentarão a fúria de um grupo de jogadores/personagens enraivecidos.

- GRUPO II – os Irrealistas
Aqueles jogadores que pertencem a esta categoria adoram os RPGs. Isto porque podem reflectir nas personagens todas as fantasias que têm -ser tudo aquilo que nunca poderiam ser -quer seja mais bonitos, mais fortes ou mais ricos (ou tudo ao mesmo tempo). Geralmente, são muito fáceis de reconhecer porque as personagens que interpretam são invariavelmente clones uns dos outros, tendo poucas diferenças entre si – com excepção do subgrupo C, cujas personagens são invariavelmente o mais diferentes possíveis entre si.

* Subgrupo A: o Elfo Celta
Citação: "Um mero humano não se pode comparar a um elfo. Agora senta-te, cala-te e ouve o que vou cantar.
Descrição: Estes jogadores encontram-se frequentemente em campanhas de fantasia, interpretando (invariavelmente) elfos. Se não for possível, nesse caso vão jogar como bardos, druidas ou qualquer coisa que tenha a ver com a cultura celta. São jogadores muito calados, que passam a maior parte das sessões a decorar a folha de personagem com padrões gaélicos e celtas.
Destino: Mudarem o nome para um muito celta e muito impronunciável.

* Subgrupo B: o Fantasiador (também conhecido por "Fusor de Realidades")
Citação: "Tenho um conceito bestial para uma personagem – que talo de uma princesa guerreira, que primeiro era má, mas depois tornou-se uma defensora dos fracos? Nome? Err... tinha pensado em 'Xena'."
Descrição: Estes jogadores trasladam para o jogo os seus ídolos -os mais populares são Conan/Xena (na categoria de "Pancadaria"), o Vampiro Lestat (na categoria de "Terror Gótico") e Neo/Trinity (na categoria de "Cyberpunk"). Em certos casos, usam-se a si próprios como referência e fazem as personagens como projecções de si próprios para dentro do universo do jogo.
Destino: Ficarem constantemente surpreendidos como é que as pessoas conseguem adivinhar tão bem como é que as personagens deles agem e pensam.

* Sub-grupo C: o Roleplayer (também conhecido por "O Actor" ou "Ser ou Não Ser")
Citação: "Esperem! Preciso de mais dois minutos para entrar dentro da minha personagem."
Descrição: O acto de representar é tudo -e quanto mais difícil o desafio melhor! Porquê representar só um paladino quando se pode representar um paladino com dúvidas de fé, mas que continua a combater por causa da promessa que fez ao pai moribundo? Ou porquê representar só um vampiro, quando se pode representar um vampiro aparentemente sem sentimentos, mas que na realidade está apenas atentar proteger o seu coração sensível de um mundo cruel?
Destino: Ter um esgotamento nervoso ao tentar dar a entender aos outros jogadores o conflito interno do seu personagem mais original: um vaso de flores.

- GRUPO III – Os Sobrerealistas
Este grupo venera a realidade - preocupam-se mais a pensar como conseguir atingir os objectivos em vez de se divertirem a jogar ou interpretarem as personagens.

* Sub-grupo A: o Estratega (também conhecido por "Sun Tzu" ou "Maquiavel")
Citação: "O arqueiro vai-se colocar em posição por trás do pódio, apontando à cabeça do sargento. O mago fica escondido atrás da porta, a preparar um feitiço de "sono " para o lançar à volta da mesa onde estão a maior parte dos guardas. Entretanto, eu... "
Descrição: Segundo este tipo de jogadores, há sempre duas formas de fazer as coisas: a errada, e a dele. Perfeccionista e detalhista, não gosta de deixar pontas soltas, e geralmente é responsável pelo prolongamento desnecessário das campanhas, só porque achou que "essa história está um bocado mal contada."
Destino: Levar o resto dos jogadores a fazer as coisas à moda dele, até ao dia em que ouvir o comentário "Mas desde quando é que te elegemos como nosso chefe? "

* Sub-grupo B: o Cientista (também conhecido por "Mister Realidade" ou"E=mc2")
Citação: "Mas isso é cientificamente impossível! De acordo com a teoria de...blá, blá, blá... " (ad nauseam).
Descrição: Estes jogadores geralmente encontram-se a jogar RPGs de SciFi, já que assim satisfazem a sua paixão pela ciência. Quando são colocados em jogos menos realistas, como Fantasia Medieval, Magia, etc. ficam desorientados e muitas vezes descontrolados, pois tais jogos são incompreensíveis para eles, já que representam aberrações cientificas. Por isso evitam como a peste jogos que envolvam magia, criaturas sobrenaturais, etc.
Destino: Ter um esgotamento nervoso depois de tentar arranjar uma explicação científica para o facto dos dragões cuspirem fogo.

* Sub-grupo C: o Legista (também conhecido por "Senhor das Regras")
Citação: "Mas se fores ver ao parágrafo 5, da página 56 do capítulo I, vais ver que este feitiço não afecta grifos dourados. "
Descrição: À semelhança do Mestre de Jogo Legista, estes jogadores sabem todas as regras possíveis e imaginárias que tenham saído nos últimos 30 minutos para o seu jogo de eleição. São autênticos compêndios de jogo ambulante, e muitas vezes dotados de uma memória fotográfica.
Destino: Ficar horas a conversar sobre regras com o Mestre (no caso deste ser um Legista) enquanto o resto dos jogadores morre de tédio, ou perder personagem atrás de personagem (no caso de ele ser um Monarca Absoluto).

- GRUPO IV – Os Surrealistas
Os membros deste grupo são completamente desligados da realidade -são também muitas das vezes a alegria do grupo, porque fazem as coisas mais tresloucadas para se divertirem, causando gargalhada atrás de gargalhada. Muitas das vezes as suas acções parecem caóticas, mas, ao contrário do jogador Anarquista, fazem-no sem prejudicar a história (geralmente).

* Sub-grupo A: o Louco (também conhecido por " Joker")
Citação: "Guardo a minha semi-automática, viro-me para o líder do bando desafio-o para uma luta de comida a 20 passos. E depois beijo-o na boca."'
Descrição: Não há qualquer explicação possível. Este tipo de jogador ou é completamente louco, ou é alguém comum sentido de humor muito peculiar. Geralmente são bem-vindos no grupo para servir de "comic relief’...pelo menos até ao momento em que as suas partidas começarem a ter como alvos o resto dos personagens.
Destino: Ter jogar como um Malkavian sempre que se estiver a jogar "Vampire: the Masquerade".

* Sub-grupo B: o Masoquista (também conhecido por "Oh, Sim Bate-me Mais" ou "Só Tens Isso Para Me Dar?")
Citação: "Paro de correr, viro-me, esbofeteio o minotauro e digo-lhe para deixar de me respirar pelo pescoço abaixo. "
Descrição: Quase o mesmo que "o Louco", as suas acções trazem invariavelmente grande sofrimento sobre a sua personagem. Aparentemente, fá-lo para testar a resistência da personagem, ou a paciência do Mestre de Jogo.
Destino: Sofrer...alegremente.

* Sub-grupo C: o Kamikaze (também conhecido por "Dr. Morte" e "Banzai!")
Citação: "Salto do esconderijo, de forma a aterrar mesmo em cima da patrulha. Durante a minha queda, arranco as cavilhas das quatro granadas termonucleares que trago à cintura."
Descrição: Curiosamente, estes jogadores adoram sacrificar as suas personagens para ajudar os outros. Mas não o fazem por altruísmo, mas sim para ver quantos inimigos conseguem levar para a morte – ou mesmo para ver quantas maneiras diferentes conseguem encontrar para fazer morrer um personagem.
Destino: Perder personagens...de todas as maneiras possíveis e imaginárias.

- GRUPO V – Os Irritantes
Estes jogadores são o pior pesadelo tanto do Mestre de Jogo como dos outros jogadores. Têm as piores manias que se possa imaginar, e, por qualquer motivo estranho, as suas personagens também as têm.

* Sub-grupo A: o Silencioso (também conhecido por "Caladão-Mor")
Citação: 'Hmm…Não sei... Acho que este turno vou dar outro tiro ao assassino. Talvez."
Descrição: Estes jogadores são sossegados, discretos e calados. E extremamente irritantes para o Mestre de Jogo, que se esforça inutilmente para lhes arrancar meia dúzia de palavras. Por vezes, até o resto dos jogadores têm de insistir para que ele diga o que é que a personagem dele vai fazer. Não se manifesta nunca, e ninguém sabe se eles estão ali por gosto, por obrigação ou por promessa.
Destino: Continuar calado como sempre.

* Sub-grupo B: o Novato(também conhecido por "Virgem" ou "Antestreia")
Citação: "Errrr... tive um 10, dois 9 e um 8 no meu lançamento de dados. Isso é bom ou mau?"
Descrição: Outra dor de cabeça para o Mestre de Jogo -estes jogadores querem jogar com os "crescidos" mas não fazem a mínima ideia de como o sistema "setting" funciona. Esquecem-se completamente das regras, tentam fazer coisas impossíveis, e choramingam a velha desculpa de "Sou só um principiante... não posso saber tudo... " sempre que alguém se irrita com eles."
Destino: Levar com um curso intensivo sobre as regras do jogo com o jogador Legista mais próximo.

* Sub-grupo C: o Choramingas (também conhecido por "Bebé" ou "O Dilúvio")
Citação: "O QUÊ? A minha personagem morreu? Morreu mesmo? Mas... mas... BUAAAAAAA!"
Descrição: Mais um pesadelo dos Mestres de Jogo -estes jogadores sentem-se pessoalmente ofendidos se alguma coisa acontece à personagem deles (não só morrer, mas também ser insultado por um NPC ou recusarem-ll1e guarida numa estalagem) e dão cabo da paciência (e dos ouvidos) ao Mestre e aos outros jogadores quando tal acontece.
Destino: Ser-lhe sugerido que vá jogar Pokemon ou qualquer coisa do género.

* Subgrupo D: o Líder (também conhecido por "Follow Me")
Citação: "Deixem-me ser eu a falar..."
Descrição: Estes jogadores gostam de liderar -quer as personagens estejam a infiltrar-se numa base militar ou a fazer as compras desse mês. A maior parte dos jogadores ressente-se com isto e os seus personagens entram em conflito aberto com o auto denominado líder.
Destino: Vide "o Estratega".

* Sub-grupo E: o Competidor (também conhecido por "I am your lord and master")
Citação: "Não, não. EU trato disto."
Descrição: Estes jogadores têm que ser sempre os melhores em tudo: os mais fortes, os mais espertos, os mais poderosos – entrando em competição acérrima com qualquer PC ou NPC que seja melhor que eles no que quer que for. De facto, a ideia de RPG para eles é como um filme – onde as personagens deles são os heróis, e os outros PCs são os "sidekicks", que estão ali só para fazer bonito.
Destino: Serem odiados por quem conseguem superar, e odiarem (e possivelmente serem mortos por) quem os supera a eles.

* Sub-Grupo F: o Cobarde
Citação: "Um grupo de escuteiros? Fujam! Salve-se quem puder!"
Descrição: Ou se apegaram demasiado à personagem, ou funcionam por reflexo condicionado, o certo é que estes jogadores temem pela sua vida (a do personagem) e fogem ao primeiro sinal de perigo, o que irrita muitíssimo todos os outros jogadores, especialmente quando estão dependentes de alguma das capacidades da personagem.
Destino: Morrer de tédio, porque a sua personagem ficou escondido num armário, enquanto o resto das personagens falaram com os escuteiros e foram salvar uma bela escuteira em perigo.

______

De facto, acontece com os jogadores o mesmo que acontece com os Mestres de Jogo – quando são principiantes, as suas tendências são mais vincadas, logo são mais fáceis de classificar. Conforme um jogador evolui, mais difícil é de o classificar sob uma só categoria, conforme ele assimila características de múltiplos grupos - felizmente, porque senão ia haver autenticas guerras entre Mestres de Jogo e jogadores."

Opções de visualização dos comentários

Seleccione a sua forma preferida de visualização de comentários e clique "Gravar configuração" para activar as suas alterações.

Ai socorro... revi-me em tant

Ai socorro... revi-me em tantos desses arquetipos... e cada um pior que o outro.

Oh, the shame, the shame....