Jogos de Tabuleiro 2005, por Shannon Appelcline

Agora é a vez de Shannon Appelcline, outro dos grandes e mais influentes críticos de jogos de tabuleiro do nosso tempo, colocar online os seus pensamentos sobre o ano que passou.

Opções de visualização dos comentários

Seleccione a sua forma preferida de visualização de comentários e clique "Gravar configuração" para activar as suas alterações.

E os RPGs?

Pois é, em termos de RPG, não encontrei ainda ninguém que tenha feito um comentário extenso e abrangente à evolução do mundo dos RPGs durante ano que passou. Acho que isso mostra como somos uma comunidade dividida (não há-de haver muita gente que jogue/leia/critique ao mesmo tempo o mundo do D20 e os jogos indie, por exemplo) e sobretudo como é difícil nos RPGs jogar tão diversificamente assim como no mundo dos jogos de tabuleiro.

É que enquanto um RPG típico precisa de pelo menos uma mão cheia de sessões para ver explorado (e muito vezes só em parte) o seu sistema (nem vamos falar do setting se for daqueles jogos que tem centenas de páginas sobre isso), no mesmo tempo tempo útil dá para jogar (já que começar a dominar as estratégias de um jogo de tabuleiro típico  também leva o seu tempo) uns tantos boardgames diferentes várias vezes.

Lista de RPG do Ken Hite

Não é muito extensa e não sei se ele os jogou todos mas não deixa de ser interessante. Ora aqui vai:

http://www.gamingreport.com/modules.php?op=modload&name=Sections&file=index&req=viewarticle&artid=177

 

"Se alguma vez sou coerente, é apenas como incoerência saída da incoerência." Fernando Pessoa

sopadorpg.wordpress.com - Um roleplayer entre Setúbal e Almeirim
Ludonautas Podcast - Viajando, sem nos movermos, pelos mundos do RPG

Ken Hite

É isso, o Ken Hite deve ser o únigo gajo no mundo que escreve sobre *todo* o panorama dos RPGs; no caso dos jogos novos, ele até os joga.... embora me pareça que seja quase exclusivamente nas convenções, através de demos e one-shots. Mas já é bom o suficiente.

Esaa lista só contém, parece-me, jogos e suplementos que ele não teve tempo de criticar ainda mas que lhe pareceram porreiros. No entanto, a próxima coluna dele é que sim, vai ser uma retrospectiva de 2005. Vamos ver a quem ele dá os seus prémios!