2009

Retrato de hugocarvalho

Estava a ver no Domingo o Tempo Extra e confesso que sinto um certo fascínio pelo Rui Santos, principalmente pelo seu ar de entendido e a sua profunda crença que as suas ideias e opiniões são levadas a sério por milhares de aficionados do desporto rei. Ora, ao vê-lo tão espampanante senti a necessidade de o imitar e começar a disparar opiniões. Decidi então alvitrar sobre jogos de tabuleiro e sobre o ano 2009.
Aqui ficam algumas considerações em jeito de balanço.

Mais jogadores
Bem, não é novidade nenhuma, mas as pessoas já vão conhecendo jogos para além dos sucessos comerciais da Parker. Lembro-me que, há relativamente pouco tempo, digo três ou quatro anos, ninguém jogava a nada. Agora, felizmente, as coisas já não são bem assim. Descubro em conversas ocasionais que se joga imenso Catan. As pessoas falam do jogo. E o mais interessante é que, quem o compra, fá-lo porque já está farto do Monopólio e decide experimentar algo novo. E melhor, passa noites inteiras com amigos na “Catanzada”.
Por outro lado recebo muitos mails de malta que procura jogos de tabuleiro e tem a infelicidade de dar com o blog. Quase todos os que escrevem já conhecem o Catan e querem dar continuidade ao hobby. Querem-se apenas certificar que compram o jogo certo.
Coitados, mal eles sabem que foram bater à porta errada…

Editoras
De início era um pouco crítico em relação às editoras/distribuidoras em Portugal. Na verdade criticava o facto de pouco fazerem pelo hobby. Os preços eram exorbitantes e aproveitavam-se bastante de toda a divulgação feita pelos jogadores para venderem os seus produtos. Mas agora dou a mão à palmatória e é com bastante agrado que vejo uma aposta forte em traduzir jogos e colocá-los no mercado. A Morapiaf na área dos familiares que editou o Dixit e o GiftTrap, a Runa com o Ticket e agora com os projectos Agrícola e Alta Tensão, a Devir com Puerto Rico, Stone Age e Steam. Muito boas notícias sem dúvida. O céu, agora, é o limite.
Por outro lado empresas como a Loot e a Diver conseguem ter os preços competitivos e alguém que queira comprar apenas um ou dois jogos consegue-o fazer com portes baratos. O único senão é o catálogo ser reduzido. Nem sempre têm o jogo que queremos, principalmente os mais antigos o que de alguma forma dificulta a vida de quem quer encomendar muito.
Mais uma prova que não há nada como a concorrência para pôr as coisas nos eixos.
Falta apenas os jogos chegarem aos hipermercados, mas penso que com mais títulos traduzidos o investimento inicial necessário também se torna mais fácil de recuperar.

Sites e Blogues
Bem eu não sou exemplo para ninguém, o jogosdetabuleiro está moribundo, mas continua a existir felizmente uma extensa e bastante interessante azáfama virtual onde se escreve com entusiasmo e perseverança. O SpielPortugal, convenhamos, também já viu melhores dias mas há que realçar os recentes vídeos e principalmente o jeito do Sr. que apresenta lá o programa de televisão que consegue dar uma vitalidade diferente aquilo a que nós chamamos de crítica.
Mas os maiores aplausos vão, na minha opinião, para o Dreamswithboardgames que contribui para a tradução em série de regras e que serviu, talvez, para abrir um bocado a mentalidade de quem ganha com o negócio. Agora já se percebeu que, se calhar, traduzir regras não é uma má ideia.
Aplauso também para o Jogoeu que vai dando notícias e aborda o tema numa perspectiva mais informativa o que é óptimo e refrescante.
Por fim dei recentemente uma vista de olhos pelo Tujogas e o projecto é muito ambicioso e reflecte um pouco aquilo que os jogos de tabuleiro já representam em Portugal. Já se ultrapassou a fase embrionária. Muitos parabéns e também muitas felicidades!

Divulgação
Em termos de divulgação chegou-se a um patamar bem mais alto do que aquilo que eu alguma vez esperava quando comecei a lançar dados. Ele são aparições na RTP, no AXN, são entrevistas no Rádio Clube e sei lá que mais.
Por outro lado os consecutivos encontros, tanto em Lisboa como no Porto, passando por Bragança, Leiria, Abrantes, Aveiro são prova que a malta se mexe. Acho que ainda permanece a dificuldade em divulgar mais estes eventos mas, pelo que vejo, têm sido concorridos e o número de visitantes tem também subido. Noto apenas que a sul do Tejo o marasmo continua e urge a organização dum encontro deste género.
Nota ainda para a fama do LeiriaCom. Pelo menos os designers conhecem ou já ouviram falar dela. Isso é muito positivo para o espírito do encontro e principalmente para convencer os autores a aparecerem todos os anos.

Designers
A grande novidade deste ano são os autores portugueses que saíram da casca e têm aparecido com as suas criações. Confesso que ainda não tive a oportunidade de jogar a nenhum mas não deixa de ser positivo que existam jogos editados de criadores portugueses. Gil Orey e o Vital Lacerda estão em grande. Além disso tiveram a inteligência e o sentido de oportunidade de pegarem em temas portugueses o que não deixa de ser uma vantagem.
Esperemos que para o ano hajam mais nomes a emergir da garagem.

E pronto, os meus 15 minutos de Rui Santos passaram e sinto um alívio enorme de pôr isto tudo cá para fora.

Opções de visualização dos comentários

Seleccione a sua forma preferida de visualização de comentários e clique "Gravar configuração" para activar as suas alterações.

cabelo

...gostava era de conseguir ter aquele cabelo!

Não seja por isso!

 Posso emprestar-te isto! Cool

 Marco Lima

e já agora... escreve mais! O excesso de leite nos dedos não é suficiente para amolecer os calos!

 

Jogatinas:

Estás muito fraquinho...

Sem uma petição não vais lá. Não passas de uma imitação fajuta.

-----

Boa malha...

Bem dizias que era estilo Rui Santos, só faltou um gadget com bolinhas e setinhas...

 

"O SpielPortugal, convenhamos, também já viu melhores dias" - puxando a brasa à minha sardinha (adoro esta expressão) não concordo nada, 300 posts depois - com novas rubricas como os videos - que destacas, com tops, reviews, opiniões, entrevistas, prémios, previews, encontros mensais... acho que para algo 100 por cento amador não está mal...

ah e também traduzimos  regras...

 

 

_____________________________________

UI

Picaram-se!!

 

Mas deixem lá a LeiriaCon continua a ser a melhor de todas!!! E ainda há-de ser durante muito mais tempo!!

 
Google Reader Shared Itens

Últimas jogatinas:

Negating the unforeseeable is utterly unrealistic, and scrambling to deal with problems is indeed a game skill.

Eu sou o maior

Lá está. Tal como o Rui Santos escrevo tudo o que me vem à cabeça causando a polémica barata. Porque sou o maior.
Claro que o Spiel continua muito porreiro.

Parece que mais uma vez

Parece que mais uma vez esqueceram-se do Grupo de Coimbra que provavelmente será o grupo que cresceu mais exponencialmente desde que começaram os encontros de Coimbra às 5feiras.

Além disso, embora não sejam boardgames o grupo de Coimbra tem organizado os maiores eventos de RPG alguma vez feitos em Portugal. Pelo que sei nunca se tinham juntado mais de 4 dezenas de jogadores de rpg numa sala.

Mas levamos sempre boardgames para quem quiser experimentar :)

 

Foi só um pequeno post para completar o texto inicial.

 

www.clubotaku.org | www.drkartoon.com

Humm

Por acaso tenho essa noção porque vou perguntando à malta que vai aí. Mas como não participam muito aqui e assim (nem eventos, nem registo de jogos nem partidas) um gajo não tem mto a noção da vossa actividade. Creio que possa ser por isto.

 


Top10:

Longe da vista, longe do coração!

Básicamente é isso. Postem mais, indiquem mais vezes o que vai acontecendo. Aqui à uns meses atrás não tinha problemas em lembrar-me de voces, tavam sempre a informar do local dos encontros, quem ia, qts é q ficavam sentados e qts é que quase ficavam a jogar em pé, etc etc.

 

De à uns tempos para cá, niet!!! Rien!! Patas!! Bolas!! Zero!!! Daí se agora me esqueço é pq quase andam desaparecidos.

 

Google Reader Shared Itens

Últimas jogatinas:

Negating the unforeseeable is utterly unrealistic, and scrambling to deal with problems is indeed a game skill.

Eu vim embora e aquilo

Eu vim embora e aquilo descambou :P

Têm alguma razão

No entanto não deixamos de fazer posts. Simplesmente criou-se o Tá Quinas, e só aqui pomos a informação dos eventos relevantes como foram o Weekend at the Realms ou os D&D days. No entanto, mesmo postando esses eventos aqui, a adesão não tem sido grande, pelo menos da parte da malta do abreojogo. Também não vemos muitos comentários nem nos posts aqui do abreojogo, nem no nosso blog.

 

Talvez seja por esta falha de comunicação que não passa a ideia do quanto cresceu o grupo de Coimbra.

 

Fiquem bem, e mais uma vez deixo o endereço do blog http://taquinasocrl.blogspot.com

tá forte

Tularis escreveu:

Simplesmente criou-se o Tá Quinas, e só aqui pomos a informação dos eventos relevantes como foram o Weekend at the Realms ou os D&D days.

Sim, mas este tópico é especificamente sobre os jogos de tabuleiro e nisso o Tá Quinas é mais RPGs e cultura geek em geral.

Nisso também tens razão

no entanto fizemos um report de uma game night e não houve grandes comentários. Organizamos em agosto um evento só de Boardgames e também só foram 20 e poucas pessoas. Nós obviamente falamos mais sobre aquilo que o pessoal que lê o blog quer ler.

ora...

é verdade t3tsuo eles têm razão... nada de eventos a indicar os encontros semanais. Como os fazemos sempre na Dr. Kartoon acho que és a pessoa mais indicada (por razões óbvias)  para fazer esse log aqui no site...

O Hugo, bem vindo de volta

O Hugo, bem vindo de volta aos textos, Já estava com saudades da tua escrita.

Para já espero que esteja a correr tudo bem com o teu rebento.

Aproveito aqui para te agradecer a referência da minha pessoa como designer em 2009, mas não posso deixar de salientar que apenas o Gil d'Orey conseguiu publicar alguma coisa este ano. O meu jogo ainda está longe de ver a luz do dia e talvez só em 2010, se tudo correr como programado, é que poderei 'estar em grande' como dizes. Por enquanto não é mais de um protótipo como tantos outros que andam por aí.

Mais uma vez, se um dia o quiseres experimentar, abrimos uma boa garrafa de vinho e desfrutamo-lo durante umas horitas a enquanto fazemos crescer as nossas propriedades vinícolas. :)

 

"as efabulações sobre temas mundanos e o lugar-comum não satisfazem as mentes mais criativas e sequiosas de novos estímulos"

 

"as efabulações sobre temas mundanos e o lugar-comum não satisfazem as mentes mais criativas e sequiosas de novos estímulos"

?

Quem é esse Rui Santos?

-

Gamer profile

Divulgação?...

o que é isso? Os reformados aqui do parque só querem saber de damas e de dominó, e os putos só de PS2 ou 3 ou P ou outra coisa qq. Pelo que sei, 2009 vai dar bons vinhos e alguns bons jogos, que  vão ser jogados apenas pelos que apreciam bons vinhos!

Edit: Enfim... coisas. Também por aí há boa cerveja e água e coisas...

Reformados

LOL. Sabes que eu quando vejo os reformados no jardim a jogar à sueca penso sempre que a vida deles seria bem melhor se aprendessem a jogar Catan ou outro jogo de tabuleiro?
Uns amigos meus, andavam completamente doidoos pelo Catan há uns anos atrás. E jogavam diariamanete num café perto da casa deles. O café em causa tinha umas meses onde os reformados costumavam jogar às cartas e damas. Ora com a constante jogatina de Catan dos meus amigos no mesmo espaço os campeões de sueca começaram a olhar para o jogo e a fazer perguntas de como se jogava etc.
O resultado foi que em menos duma semana já não jogavam Sueca nem damas. Imaginem qual foi o jogo escolhido para passarem o tempo?

Dominó?

 Confused Laughing

 

Jogatinas:

Em Lx

... há muitos pombos, mas ainda não sou columbófilo (tb não é lazer que se tenha, com esta palavra...). É isto, por mais que anuncies não os tornas num columbófilo, ou rais q parta ... divulgação do lazer = zero; divulgação de eventos = 8, na horizontal