Geekgold: é sempre a facturar!

Acabei de facturar mais 6 preciosos geekgold no boardgamegeek.com, a comunidade virtual por excelência para boardgamers anglófonos de todo o mundo. A recompensa vem de uma contribuição de 6 novas fotografias para o site. Eu sei que é pequeno, e as fotos não são lá muito artísticas, mas gosto muito do meu portfolio pelo trabalho e dedicação que representa. Orgulho-me bastante de lá ter uma foto de mim próprio (que vaidoso!) a jogar Betrayal at the House on the Hill, e da foto do pessoal cá em casa a jogar RoboRally na noite de Natal, até porque os critérios de aceitação de fotos não são tão largos assim (cada foto tem de trazer algo de novo à colecção de fotos que já existe para cada o jogo).

Bom, feitas as contas e com o presentinho de Natal que os administradores nos deram a semana passada sob a forma de 10 geekgold, agora já só me faltam mais 10 para adquirir o direito a poder usar um avatar, woohoo! É incrível como uma coisinha tão estúpida e tão básica nos pode fazer sentir tão orgulhosos, mas é uma boa recompensa e recordação do investimento que fazemos para com a comunidade.

Agora é voltar ao trabalho e estar atento a oportunidades de fotos nas próximas jogatanas de jogos de tabuleiro... mais dez fotos com conteúdos originais, e tenho um avatar! Mas a saga não acaba aí: há mais itens de vaidade para adquirir e embelezar o nosso avatar! :)

É uma pena que não haja nada sequer semelhante ao BGG para o mundo dos RPG. Vamos ao BGG e vemos wargamers da velha guarda a conviver pacificamente com fãs de jogos de tipo Europeu, milhares e milhares de pessoas com gostos opostos e diferentes, e nada de flame wars, insultos, ou troca de galhardetes. Toda a gente convive pacificamente no mesmo espaço e respeita o seu vizinho. Por oposição, nós roleplayers temos os fóruns da RPG.net onde anda sempre toda a gente à batata e ao insulto; é incrível a quantidade de ódio que há no nosso hobbie. Basta falar no nome de certos jogos, pessoas, companhias, ou palavras-chave, e de imediato surgem várias pessoas defendo não se percebe o quê contra ninguém entende o quê com insultos. Quando certos pensadores graduados da Forge falam do quão fodido (desculpem a linguagem mas é a única palavra adequada) o nosso hobbie está no geral, eu só tenho de concordar. Para uma actividade tão social cujo objectivo principal é pôr toda a gente a divertir-se, isto está muito mal.

Bom, e numa reflexão mais positiva... gostaria de aplicar algumas lições do geek aqui no nosso site. É fácil criarmos - na verdade as ferramentas já estão no lugar há meses, é só carregar no botão para as ligar - uma economia semelhante à do geekgold, em que os utilizadores recebem pontos pelas contribuições que dão à comunidade... só me falta saber que tipo de recompensas podemos depois oferecer aos utilizadores em troca dos seus pontos. Obviamente que descontos na gasolina e nos bilhetes de cinema estão fora, eheh. :)

Vamos ver se a ideia amadurece mais... neste momento, a única coisa que me lembro é de organizar um concurso ou algo assim, com um lote de prémios para os utilizadores comprarem com os seus pontos. Mas não sei...

Opções de visualização dos comentários

Seleccione a sua forma preferida de visualização de comentários e clique "Gravar configuração" para activar as suas alterações.

Porque não oferecer cópias

Porque não oferecer cópias de RPG's em PDF? Ou até impressos? Eu posso oferecer uma cópia do Dust Devils a quem se portar mal! :)

"Se alguma vez sou coerente, é apenas como incoerência saída da incoerência." Fernando Pessoa

sopadorpg.wordpress.com - Um roleplayer entre Setúbal e Almeirim
Ludonautas Podcast - Viajando, sem nos movermos, pelos mundos do RPG

PDFs

Cópias PDF... o problema é que tem de ser tudo legal! Não quero problemas com ninguém, nem hoje nem daqui a não-sei-quantos anos. Dito isto, podia tentar comprar por grosso um conjunto de PDFs a alguma editora/autor; de certeza que tinha um bom desconto até porque estaríamos aqui a divulgar-lhe os jogos... mas isto só me parece possível para jogos independentes, onde é fácil contactar directamente o autor que é o próprio dono dos direitos; os jogos possivelmente não apelariam à maioria dos nos utilizadores, o que ia derrotar um bocado o propósito.

Outra ideia, era criar uma "loja" de livros usados em que o pessoal punha os seus livros/itens à venda por X pontos e, feita a venda, usava esses pontos para comprar os livros de outros. Parece-me fácil de fazer, mas ainda não analisei as implicações todas... que achas/acham?

Pessoalmente, coisas que

Pessoalmente, coisas que afectem a minha utilização do site, não acho nada pior. Pontos para meter avatar e tangas dessas, blargh. Mais fatela é impossível! :| Só dá vontade de ignorar e esquecer, fugir, basar!

Anyway, fora isso, concursos e outros que tais desse género acho bem se houver ideias.

Essa cena das compras e vendas, é pah, não curto a ideia de ser com pontos. Um gajo para ter acesso a comprar teria de os arranjar e acho isso fatela.

Não curto o conceito do suborno. Muito diferente é premiar, mas nenhum dos exemplos que deste passa por aí, passam todos por suborno. Bue diferente memo. 

Anyway, MNSHO 

--------------------------------------------------------------
[B0rg]
We r all as one!!
We are The Borg. We are Eternal. We will return. Resistance is Futile...

If freedom is outlawed, only outlaws will have freedom.

[B0rg]
We r all as one!!
We are The Borg. We are Eternal. We will return. Resistance is Futile...

If freedom is outlawed, only outlaws will have freedom.

Portfolio no Boardgamegeek

Têm de ver algumas das minhas contribuições para o BGG.

O BGG necessita mesmo do contributo dos utilizadores tal como qualquer outro site e tem coisas fenomenais. Entre as diversas contribuições que tenho dado para o site já me coube ser runner-up para o The weekly Excellence in Session Report Writing Award na ultima semana de 2005.

LUDO ERGO SUM

Últimas jogatinas:

Negating the unforeseeable is utterly unrealistic, and scrambling to deal with problems is indeed a game skill.