Lésbicas escolhem dois homens AKA sandes mista

Retrato de Elora

Analisadas todas as candidaturas eliminámos um dos candidatos, pelas razões que lhe expliquei pessoalmente. Dos restantes dois pareceu-nos difícil escolher apenas um, especialmente porque a sugestão do Red nos tinha ficado na cabeça. Assim, e aproveitando estarmos quase todas on-line, decidimos passar à entrevista que decorreu de forma bastante satisfatória, apesar da conjuntivite da Raquel. A Sandra não pode estar mas deu posteriormente o seu aval. Aqui fica a entrevista depois de editada (cortadas as partes impróprias):

Isabel diz:
Bem vindos! São os finalistas.
Teresa diz:
Olá
Ana diz:
Olá
Ricardo diz:
Olá gentes!
Johnny diz:
Ois
Raquel diz:
Oi, malta.
Teresa diz:
Então, embora lá combinar quem é o produtor!
Isabel diz:
Vamos fazer perguntas daquelas complicadas.
Ricardo diz:
"preguntai", "preguntai"
Teresa diz:
O que pensam das mulheres? Queremos as respostas certas e só há uma
Ricardo diz:
Uh? LOL! Qual é então?
Johnny diz:
Bem? Muito?
Ana diz:
Lol
Isabel diz:
Gostei do muito.
Isabel diz:
Ricardo?
Johnny diz:
Posso dizer que nunca me canso de olhar pra elas... ajuda?
Ricardo diz:
É isso, estiveste bem Johnny... não tenho nada melhor do que "bem" ou "muito"! Dou a vitória ao meu concorrente nesta!
Isabel diz:
Ana, queres perguntar?
Ana diz:
Quero saber se têm alguma coisa contra partilhar a produção e se sim, o quê?
Johnny diz:
Expliquem melhor a ideia de produção partilhada, plz.
Ana diz:
Fazíamos o setting todos juntos e depois, cada um de vocês era o producer em sessões alternadas nada impede que o outro assista.
Isabel diz:
Assiste mas só olha.
Ana diz:
Exacto
Johnny diz:
Poça! Além de só gostarem de gajas ainda só aturam 1 gajo de mês a mês? Mas por mim na boa.
Ricardo diz:
Não toca? LOL
Teresa diz:
Mas também pode opinar.
Isabel diz:
Não deve ser difícil, ouvi dizer que é o que fazem melhor.
Teresa diz:
Ricardo, que te parece?
Ricardo diz:
Bommmmmmmmmmm.... tb não tenho nada contra, só estava a tentar pensar se preferia sessão sim, sessão não, ou se fazer dois episódios de cada vez, ou até logo metade da série.
Isabel diz:
Metade da série não dá interacção entre vocês os dois.
Ana diz:
Penso que alternado é melhor porque mantém-vos envolvidos ao longo da série toda.
Isabel diz:
Tou com a ana
Teresa diz:
A última sessão faziam os dois e depois fazíamos uma festa.
Ana diz:
Ou o piloto.
Isabel diz:
O piloto acho difícil porque eles não se conhecem.
Johnny diz:
Festa sounds good.
Ricardo diz:
Okay, parece-me bem... É só porque estou habituado a preparar o terreno a longo-prazo e depois sacar os coelhos da cartola que ninguém tinha visto apesar de estar ali há dois episódios... Assim é capaz de ficar ainda mais complicado, mas têm razão, interacção seria mais fixe.
Ana diz:
Tens uma certa razão Isabel
Isabel diz:
Pergunta: achas mais complicada a forma de pensar de um homem ou de uma mulher?
Johnny diz:
Vá lá!
Isabel diz:
Johnny, responde!
Johnny diz:
Mulheres claro, os homens ou são amigos ou sou eu...
Ana diz:
Rotfl, Johnny
Isabel diz:
Ricardo?
Ricardo diz:
Quem, onde?
Isabel diz:
Não viste a pergunta?
Ricardo diz:
Eheh!
O meu background científico recusa-se a tirar qualquer conclusão. Não tenho nada de especial para comparar, e acredito que cada pessoa é um caso. Não, cada sexo é um caso.
Ana diz:
Buh, Ricardo!
Johnny diz:
Não responder também é bem.
Teresa diz:
Muito diplomático.
Ana diz:
Isso é fugir com o rabo à seringa
Raquel diz:
(Er... Não me lembro de perguntas a fazer - estou meia zonza hoje :/)
Isabel diz:
Passas, Raquel?
Raquel diz:
Ya, eu passo, desculpem lá.
Isabel diz:
Ok.
Ana diz:
Tudo bem, Raquel.
Isabel diz:
For the record: ambos os meninos concordaram previamente em incluir cenas gay masculinas.
Ricardo diz:
Ei, eu só concordei porque me disseram que o Johnny tinha concordado??
Não me digas que te fizeram o mesmo, Johnny?
Eheh, brincadeira
Johnny diz:
Lol
Isabel diz:
Ninguém te disse nada.
Ana diz:
Lol
Isabel diz:
A nenhum dos dois.
Isabel diz:
Bom. Temos um panorama da questão.
Alguma pergunta mais?
Ana diz:
Toda a gente sabe onde é a minha casa?
Isabel diz:
Acho que sim.
Ricardo diz:
Eu sim.
Jhonny Mu-Miau ( Bomzix ) diz:
Buraca?
Isabel diz:
Está decidido?
Ana diz:
Sim
Raquel diz:
Desculpem, tive de por pingos nos olhos. Qual é a pergunta?
Isabel diz:
Se concordas com a sandes mista?
Raquel diz:
Ya, concordo.
Isabel diz:
Depois de provados os ingredientes.
Raquelucha diz:
LOL
Isabel diz:
Teresa?
Teresa diz:
Sim, claro.
Isabel diz:
Os meninos estão de acordo?
Johnny diz:
Kk.
Ricardo diz:
No prob.
Isabel diz:
Combinado então.

Opções de visualização dos comentários

Seleccione a sua forma preferida de visualização de comentários e clique "Gravar configuração" para activar as suas alterações.

O caminho dos justos

"Ó meusz amigossszzzzzz..."

Dear Al

Confessa lá que querias ter estado lá.

Naaahh...

Sob a orientação do Divino, conseguirei evitar tresmalhar-me e seguir com o meu rebanho o caminho dos justos.
:P
Bons role plays!

Alternância

Já que isto foi aqui (ex)posto, expliquem-me lá uma coisa: para quê a necessidade da alternância de produtores sessão sim, sessão não? Posso não estar a ver a "big picture" mas tem alguma relevância para a história, o método de roleplay ou qualquer outra coisa?

"You think I'm old and feeble, do you? Well, face my Flying Windmill Kick, asshole!"

Para variar...

...porque era difícil escolher só um e para criar situações de imprevisibilidade.

Tipo

Mistério da Estrada de Sintra ? Eça e Ramalho? Mas nesse caso não podem deixar que eles tenham contacto entre si!!

Manuel Pombeiro
a.k.a.Firepigeon
LUDO ERGO SUM

Últimas jogatinas:

Negating the unforeseeable is utterly unrealistic, and scrambling to deal with problems is indeed a game skill.

Caro Manel

Boa ideia. Ainda não nos tinhamos lembrado disso.

Imprevisibilidade

Tendo em conta que no PTA os próprios jogadores são GM's, falho em ver onde 2 produtores podem acrescentar MAIS imprevisibilidade à coisa. :-)

No entanto, mantenho que a vossa ideia é excelente.

Proponho desde já uma semelhante para os homens: heterossexuais procuram boazuda para ser GM de Macho Women With Guns. :D

--~~--

To crush your enemies, to see them driven before you, and to hear the lamentations of their women.
-Noddy, Lord of Darkness

A escrever: down*town, tech-noir rpg
Proto Agonístes um rpg de auto-descoberta, de um personagem e vários jogador

Caro Rui

De facto a imprevisibilidade já é muita, mas sendo dois teremos sempre duas reacções diferentes perante as facetas que dermos às nossas personagens.

Acho a tua proposta de versão para homens altamente redutora: Boazuda? Excluis à partida boa parte da população feminina. Olha, eu estou fora. Repara que nós não exigimos nada dos nossos candidatos a producers a não ser um cromossoma Y. E se viessem com dois também não nos íamos armar em esquisitas. Revê lá isso, que até pode ser que tenhas candidatas.