o blogue de HBarbosa

Retrato de HBarbosa

As Folhas de Mitologia de Weapons of the Gods

Finalmente após um grande esforço (devido principalmente a falta de tempo e trabalho) lá consegui criar a minha primeira folha de mitologia para a minha campanha de Weapons of the Gods. Para os meus jogadores (que nem deviam ficar a saber disto por aqui mas pelos fóruns do site Laughing): vão aos fóruns que lá explico como usar a folha para a campanha. Quanto aos restantes, passem pelos fóruns para saber mais mas aqui explico um pouco de como funciona a coisa:

Retrato de HBarbosa

101 dias de Weapons of the Gods - As Artes Secretas ou como Rebecca Borgstrom me faz doer a moleirinha

À medida que se aproxima a terceira e provavelmente a última sessão de WoG (é já na próxima Quinta-feira) antes da campanha a sério, começo a ponderar a estrutura da mesma, como introduzir um grupo de personagens tão díspar, que elementos os jogadores querem ver, que tipo de aventuras querem jogar, etc. dou comigo a encalhar no capítulo Artes Secretas do manual.

Retrato de HBarbosa

101 dias de Weapons of the Gods - Iron Monkey Rulez!

fDisclaimer: Este artigo contém spoilers em relação a filmes. Se ainda não os viram, e não quiserem saber mais, "move along." Para além disso, esta entrada reflecte a minha pessoalíssima opinião sobre a qualidade dos filmes em questão, por isso nada de comparações. Gostos não se discutem.

O Zé deu-se ao trabalho de me arranjar cinco filmes wuxia: Iron Monkey, A Chinese Ghost Story, e Once Upon a Time in China I, II, e III. Deixei para o fim os três últimos porque na lista de filmes recomendados para WoG, não vinham incluídos. Mais para a frente explicarei porquê. Comecei pelo Iron Monkey.

Retrato de HBarbosa

101 dias de Weapons of the Gods - Considerações

Já decorreram alguns dias desde a última entrada deste blogue. Já tive tempo de ler o manual e fazer a primeira sessão. Eis algumas das minhas impressões e as dos jogadores.

O manual é bastante grande - 384 páginas cheio até ao tutano com toda a informação necessária para simular wuxia. Contém também o setting e os seus plot points. As regras básicas são simples mas os jogadores sugeriram que talvez fosse melhor copiarem para uma folha as técnicas de kung fu a que têm acesso para evitar folhear o manual durante a sessão. Foi uma boa ideia que vamos experimentar durante a próxima sessão.

Retrato de HBarbosa

101 dias de Weapons of the Gods - Os primeiros passos

Ora bem, tendo decidido a que RPG me dedicar nos próximos 101 dias, devia agora:

A) Convencer os jogadores a jogá-lo;

B) Absorver o género em todos os aspectos: literatura e filmes.

O ponto A) não foi muito difícil. Bastou explicar-me as razões do meu "burn out" de CoC e falar em Weapons of the Gods e Wuxia. O Zé saltou logo com a perspectiva de experimentar porque wuxia é um dos seus géneros favoritos. Falou-me de Feng Shui, que se aproxima em alguns aspectos de wuxia, mas como é WoG, Wog será... quem sabe no futuro haja um espaço para 101 dias de Feng Shui.

Retrato de HBarbosa

101 dias de Weapons of the Gods

Após quase 10 anos de Call of Cthulhu, e uma enorme mudança de pessoas no meu grupo, decidi como Gamemaster que era altura de mudar de ares. Pessoalmente, e apesar da qualidade do roleplay em CoC, já estava farto do ambiente soturno e um pouco niilista do jogo, das intermináveis investigações, recolha de pistas, etc, etc. Queria experimentar qualquer coisa de novo. Não me perguntem como fui parar a Weapons of the Gods porque primeiro me debati com toda uma série de jogos procurando o que melhor se adequava às histórias que queria contar. Mas um misto de curiosidade, fóruns da RPG Net e do site oficial levou-me a adquirir o manual.