The Shadow of Yesterday - Crónica de uma Sessão - Parte II

Retrato de João

A ALDEIA DOS ZARU 

Com as personagens feitas, o Diogo pediu-nos para introduzir-mos as nossas personagens através de “Kickers”, colocando-as em cenas interessantes da vida das personagens que os coloquem perante um dilema ou conflito que tenha de ser enfrentado e resolvido. – Foi a primeira vez que pude experimentar esta técnica e posso dizer que foi um sucesso, uma vez que o Chance e eu resolvemos juntar os nossos kickers na mesma cena e toda a sessão derivou desse momento, propulsionada ainda pelas KEYS das personagens. 

Assim, o Chance determinou que, durante as suas viajens, tinha descoberto rumores que numa determinada fazenda governava um proprietário Ammenie que capturava sábios e colecionava pergaminhos com a intenção de roubar o segredo das palavras Zu e se apropriar do seu poder para os seus próprios fins. Da mesma forma, eu determinei que a filha do Léon tinha acabado de ser capturada por elementos da minha anterior casa, que a teriam levado para esta fazenda. Determinámos ainda que a acção começaria de noite, de forma de León poder usar os seus bonus de subterfúgio. O Chance concordou que era razoável que o Cyrus viajasse por estas terras preferencialmente de noite, uma vez que faz parte de um povo escravizado pelos Ammenie, senhores desta parte do mundo. 

O início da sessão foi engraçado, com o filósofo Cyrus a tentar entrar de forma desapecerbida na aldeia de escravos, para falhar o conflito (usando a habilidade de stealth) e ser descoberto por um guarda, que a minha personagem nos segundos imediatamente a seguir consegue matar (testando as habilidades de stealth e aim), para o espanto do pobre Cyrus, que se deparou com um corpo perfurado com facas de bambu a cair aos seus pés, sem conseguir descortinar de onde estes tinham aparecido. Nesse momento, por ter morto um lacaio dos meus inimigos, ganhei os meus primeiros 2 XPs derivados da KEY VENGEANCE – e foi uma cena fixe a introduzir a minha personagem. 

Entretanto, León segue Cyrus pela aldeia, ouvindo a conversa que este tem com uns camponeses, na qual é revelado o interesse do Zaru em falar com o ancião da aldeia, de forma a saber mais sobre os segredos que estão a ser roubados. Uma vez que descobre que a cabana em que se encontra o ancião está sempre guardada por dois homens, León resolve intervir, lançando uma faca de babmu contra o pilar central da cabana, entre Cyrus e o aldeão. Falando de fora da cabana, a coberto da escuridão, propõe oferecer a sua ajuda para entrar na Mansão em troca de ajuda para uma audiência com o Ancião – ajuda prontamente aceita e dada por Cyrus. Léon saca ainda a informação de que uma pequena menina Ammenie de cerca de 4 anos foi levada a caminho da mansão do senhor. 

Para passar pelos dois sentinelas que vigiavam a porta da cabana, o Cyrus utilizou a sua habilidade de freebooter para pedinchar uma tijela de arroz, sendo que se vencesse o conflito, distraía os guardas, dando-me bonus para a minha acção, e se perdesse levaria um valente espancamento pela sua insolência a estas horas da noite. O Cyrus teve no entanto sucesso e ganhou os seus primeiros 2 XPs por se ter colocado em risco no prosseguimento da sua missão  - COLLECTOR (acho). Eu creio que atribui o meu primeiro GIFT DIE nesta cena, porque gostei da escolha da habilidade pelo Chance.  

No instante a seguir León, coloca fora de acção ambos os guardas com as suas facas de bambu e ganha mais 2 XPs (VENGEANCE). O Cyrus entra dentro da cabana, para falar com o ancião, e o assassino fica nas sombras, seguindo-o de longe de forma a não se revelar.

CONTINUA...