31 de Julho - Tiroteio, plantações e insectívoros em casa do João Luís

Retrato de Mallgur

Dia 31, terça feira, lá nos encontrámos mais uma vez para uma jogatina.

Na sequência do CaragoCon apareceram novos contactos. O Hélder falou ao João Luís e este disponibilizou a sua casa para irmos para lá jogar.

O ProphecyOne teve disponibilidade para vir ter connosco à XXL e junto com o RickDanger mais o Nazgûl lá seguimos. Seis alegres companheiros de aventuras.

O Hélder atrasou-se um bocado no caminho e começamos um Bang sem ele. O João Luís e o ProphecyOne nunca tinham jogado mas apanharam as regras facilmente, sendo que o primeiro ficou como Paul Regret, o xerife. O ProphecyOne interpretou o Jourdonnais, eu o Lucky Duke, o Rick o Kit Carlson e o Nazgûl o El Gringo.

A habilidade de Paul Regret permitiu-lhe escapar às atenções dos seus adversários mais directos e assim o Jourdonnais concentrou as suas atenções sobre Lucky Duke enquanto El Gringo pouco fazia a cada turno, exceptuando alguns disparos ocasionais sobre Kit Carlson.

Lucky duke foi o primeiro a cair debaixo do fogo de Jourdonnais, tendo sido também desgastado por Kit Carlson. Assim morreu um dos fora-da-lei que assolava a cidade.

O Xerife Paul Regret foi resistindo. Jourdonnais que se revelou ser um renegado da pior espécie caiu também pouco depois.

Foi então que Paul Regret abateu Kit Carlson. Talvez pela relativa inactividade de El Gringo, o xerife não se apercebeu de que Kit era o seu ajudante. Perdeu assim todas as suas cartas. Não fora a sua habilidade e provavelmente teria sido morto pelo fora-da-lei sobrevivente, El Gringo.

Mas o xerife lançou dinamite para El Gringo, que este devolveu rapidamente. Após alguns lançamentos entre ambos a dinamite acabou por rebentar nas mãos de El Gringo.

A vitória do xerife estava consumada. A Lei reinava de novo sobre a cidade, mas até quando?

Depois deste Bang o Rick teve que ir embora. Precisávamos de algo para 5 outra vez. Como já não o jogava há uns tempos e já o tinha mencionado ao ProphecyOne sugeri o Bohnanza.

Como sempre, foi um jogo engraçado. Acabei por ganhar por apenas uma moeda e a prestação daqueles que nunca tinham jogado foi muito boa.

Já era relativamente tarde, mas ainda apetecia mais qualquer coisinha para terminar a noite. O Nazgûl retirou-se e para ser algo mesmo rapidinho fomos para um Coloretto que o Hélder ganhou. Foi um jogo com uma surpreendente dose de análise estratégica para um filler tão levezinho...

Mais uma noite bem passada! Obrigado ao João Luís pela simpatia e cedência da sua habitação.

Quem estiver a pensar vir no próximo encontro, contacte-me! Estou a falar com alguns contactos novos e devemos fazer uma sessão na segunda pois já estámos 4, mas tenciono manter a sessão de terça independentemente disso. Se houver mais malta para segunda, alguma coisa se arranjará... eu levo alguns dos meus para o caso de haver mais gente do que o que os jogos comportam.

Até breve! E vejam lá se jogam muito!!!