13 de Novembro - O Caminho do corvos.... O Caminho dos latoeiros... Corajosamente indo onde nenhum jogador foi antes!

Retrato de Mallgur

Data: 13 de Novembro de 2008.

Este é o blog de Mallgur. Incumbido por interesses superiores a procurar novas formas de diversão. Com a missão de espalhar o interesse pelos jogos de tabuleiro através da nação e para isso indo corajosamente onde nenhum jogador se atreveu antes!

Turu ruru turururuuu....

 

Aham!... Cof... Ok. Já estou controlado...

Ora bem...

Estes encontros semanais no pós Essen são sempre uma oportunidade para conhecer e dar a conhecer novos títulos. Ou pelo menos títulos desconhecidos para alguns...

Quando cheguei já se jogava um animado Democrazy e um Via Romana.

Pude dar uma breve ideia ao Dugy do que é o Odin's Ravens, segundo alguns ainda mais interessante que o Lost Cities se se falar de jogos de cartas rápidos para dois jogadores. Cada vez mais tendo a concordar com esta ideia.

Para quem não conhece, fica aqui um breve resumo das regras:

Os dois jogadores representam os corvos de Odin, Hugin e Mugin, que simbolizam, na mitologia Nórdico-Germânica o pensamento e a memória, respectivamente. A missão destes corvos é sobrevoar a terra e recolher assim informação par Odin. Naturalmente que estes dois passarocos têm um excelente sentido de diversão, daí que nos preguem tantas partidas, e frequentemente fazem corridas no cumprimento da sua missão.

A partir de um baralho de cartas de terreno, com dois espaços cada que podem ter terrenos iguais, é construído um caminho com 9 cartas. Este será o percurso inicial da corrida. Há cinco tipos de terreno possíveis e na colocação inicial não poderão estar duas cartas consecutivas com o mesmo tipo de terreno num dos lados. Os lados das cartas serão o caminho para cada um dos corvos.

Cada jogador dispõe de um baralho prórprio que contém cartas destes tipos de terreno e também cartas de Odin que permitem várias acções especiais.

Existe ainda um pequeno baralho de 6 cartas que apresentam dois espaços, que podem ser de terreno ou de Odin. Uma destas cartas é revelada para constituir o caminho alternativo.

Os jogadores pode um jogar um máximo de 6 cartas num turno. três da mão e três de uma pilha extra que eles próprios vão construindo. As cartas podem ser jogadas da mão para:

- Fazer avançar o corvo. Este avançará para o espaço à sua frente se a carta jogada pelo jogador for do tipo desse espaço. Se à frente do corvo estiver uma sequência de cartas do mesmo tipo de terreno, este avançará até à última destas.

- Aumentar a pilha alternativa. A carta será colocada no topo da pilha extra, com a face voltada para baixo.

- Aumentar o número de cartas no caminho alternativo. A carta jogada para este caminho alternativo tem que corresponder a um dos tipos de carta mostrados na carta que define o caminho alternativo, como visto acima.

As cartas da pilha extra serão jogadas sempre a partir do topo da mesma para:

- Fazer avançar o corvo, como com as cartas jogadas da mão.

- Aumentar o número de cartas no caminho alternativo.

Em qualquer caso poderão ser jogadas duas cartas iguais, da mão, da pilha extra ou uma de cada, como joker para equivaler a uma de um tipo à escolha.

As cartas de Odin contam como cartas jogadas e permitem várias acções especiais como seja rodar cartas de caminho 180º, remover cartas de caminho, colocar um obstáculo à frente do adversário, reordenar a pilha extra, etc.

O jogador repõe a sua mão para cinco cartas quando não quiser jogar mais nenhuma nem da mão nem da pilha extra.

No fim do turno um jogador pode acrescentar uma carta do baralho de cartas de caminho ao fim do percurso. Isto faz com que o caminho aumente e pode ser uma forma de um jogador em desvantagem na corrida tentar atrasar o fim da mesma.

Quando um jogador alcança a última carta do caminho, a corrida termina. Este jogador ganha tantos pontos quantos os espaço que se encontra à frente do adversário.

Adicionalmente, o jogador com mais cartas jogadas para o caminho alternativo, ganha 3 pontos.

Ganhará o jogo o jogador que primeiro chegar a 12 pontos ao fim de uma ou várias corridas.

 

É um óptimo jogo. Já havia muito tempo que o queria e não conseguia encontrar em lado nenhum. O Johnny Be Good fez-me o enorme favor de mo trazer de Essen por uns meros € 13,00. Um excelente preço, bem mais razoável que os absurdos vinte e qualquer coisa que se pedem pelo Lost Cities.

Creio que o Dugy gostou. Não terminámos o jogo porque o Asur já tinha, entretanto preparado o Tinner's Trail para ser estreado.

O Tinner's Trail foi agradável. Como primeira partida gostei mais do que o Brass, que também só joguei ainda uma vez. É menos confuso, mais directo.

Claro que, durante a explicação pude perceber um enorme problema, pelo menos para mim... Dados. O diabo do jogo tem dados. Mas, mesmo assim, lá avançámos. Jogámos a quatro com o João, que está a organizar o encontro de Bragança. Foi uma excelente estreia para quem não se considerava um gamer. E o rapaz portou-se muito bem.

O jogo decorreu bem, sendo uma novidade para quase todos os intervenientes. Entre a explicação e a partida, acho que levámos um par de horas a terminar.

O Asur ganhou, mesmo usando poucas minas, e eu fiquei em segundo, embora pensasse que não me sairia tão bem depois de, à primeira prospecção ter rolado 4 água (o máximo e mau...), 0 Cobre e 0 Estanho (que seria bom saírem muitos...)! Dados, pá! Eu bem disse! Enfim... uma bela piscina, completamente inútil!

Depois ficaram o Dugy e o João, separados por apenas um ponto.

Foi mais uma excelente noite no Cristal Park. Com muitos participantes noutros jogos. Hoje, felizmente, temos mais no Indoor Karting de Espinho.

Até lá!

 

Turu ruru turururuuu....

Tu ru Turururu....

Opções de visualização dos comentários

Seleccione a sua forma preferida de visualização de comentários e clique "Gravar configuração" para activar as suas alterações.

13 aérios.... recebeste de troco ehehehe

 7 aérios foi o preço da pechincha

«Mais vale estar calado e julgarem-te um idiota, do que abrir a boca e dissipar todas as dúvidas.»

Herrar é umano.

Pois.. pois...

Esganei-me... de facto os 13 foram o troco. Melhor ainda...

_____________________

"No caminho para o verdadeiro conhecimento, as coisas óbvias são os obstáculos."

-

Gamer profile

ROTFLMAO

Mallgur escreveu:

Claro que, durante a explicação pude perceber um enorme problema, pelo menos para mim... Dados. O diabo do jogo tem dados

E joga-me este Formula De!!!

Últimas jogatinas:

Negating the unforeseeable is utterly unrealistic, and scrambling to deal with problems is indeed a game skill.

Exacto...

E vê-se como se sai, não é?

Put... put.. put... Sempre atrás, devagarinho... a evitar a humilhação de uma volta de adianto.

Realmenmte eu devia era fazer como a selecção nacional de futebol e não me pôr a jogar com boas equipas...

Espera... hmm... se calhar...

_____________________

"No caminho para o verdadeiro conhecimento, as coisas óbvias são os obstáculos."

-

Gamer profile