Sessão de Conan VI

Retrato de MGBM

Mais uma sessão do grupo pequeno. Vou ser rapido desta vez.

Continuamos com a Shemita e o Picto na estalagem, esperando que o rubi faça efeito e mate a pobre pessoa que agora detem o rubi.

A dado momento, um homem com idade avançada aproxima-se da Shemita. Ele diz que quer matar o dono verdadeiro do Rubi do Turquistão e que em troca ensinara uns quantos spells à Shemita. A Shemita concorda e o velho ensina dois feitiços importantes, descobrir e banir o demónio que o rubi invoca.
O homem diz que o demónio, depois de matar a pessoa com o rubi volta de novo ao dono verdadeiro, é assim que encontrarão o dono.

O ingrediente deste spell é só um, o sangue de uma virgem de 6 anos. A Shemita vai à zona pobre da cidade, encontra um pai e uma filha, mata o pai e a filha sem pensar duas vezes. Já têm o sangue.

A Shemita e o Picto esperam dois dias e depois vão para fora da casa da pessoa que tem o rubi esperar que o demónio apareça para a matar. O demónio aparece, pelos gritos que vêm dentro de casa, e desaparece de novo. A Shemita faz o spell de descobrir o demónio, e descobre que ele está localizado a norte da cidade. Seguindo o spell, ela rapidamente descobre o verdadeiro dono do rubi no quarto duma estalagem. Facilmente o grupo mata-o.

Agora banir o demónio. O spell para bani-lo demora 30 minutos para concretizar e para fazer aparecer o demónio há que partir o rubi. O grupo pensa e decide partir o rubi só depois de ter sido feito 99% do spell. Quando o spell está quase feito, partem o rubi e invocam o demónio. O Picto, ao ver o demónio, fica tão aterrorizado que ele salta da janela, situada no segundo andar do edificio, cai no chão e corre que nem louco, deixando a Shemita sozinha. Com muita sorte, a Shemita consegue acabar o spell e bane o demónio permanentemente para o inferno donde veio.

Foi só isto. A minha sessão hoje é curta porque não me estou a lembrar de muitos detalhes. Aconteceram muitas mais coisas do que só isto.

O grupo começa a ficar acustomado aos PCs. Estão a fazer um muito bom RP. A Shemita é que lá ganhou mais um ponto de corrupção por ter morto a miuda sem dó nenhum.

Opções de visualização dos comentários

Seleccione a sua forma preferida de visualização de comentários e clique "Gravar configuração" para activar as suas alterações.

Mucho fixe! Se tiveres

Mucho fixe!

Se tiveres alguns segundos, satisfaz-me a curiosidade...

MGBM escreveu:
O Picto, ao ver o demónio, fica tão aterrorizado que ele salta da janela, situada no segundo andar do edificio, cai no chão e corre que nem louco, deixando a Shemita sozinha.

Isto foi o jogador que decidiu ficar amedrontado ou há algum tipo de mecânica por trás disto (tipo a Sanidade de Call of Cthulhu)?

MGBM escreveu:
O grupo começa a ficar acustomado aos PCs. Estão a fazer um muito bom RP. A Shemita é que lá ganhou mais um ponto de corrupção por ter morto a miuda sem dó nenhum.

Sem dó, mesmo. Será que há alguma coisa no mundo capaz de fazer a Shemita sentir remorsos, eheh? :)

O que queria perguntar é: que efeitos tem o acumular desses pontos de corrupção? Pelo nome, de certeza que são interessantes, eheh.

ricmadeira wrote: Mucho

ricmadeira escreveu:
Mucho fixe!

Se tiveres alguns segundos, satisfaz-me a curiosidade...

MGBM escreveu:
O Picto, ao ver o demónio, fica tão aterrorizado que ele salta da janela, situada no segundo andar do edificio, cai no chão e corre que nem louco, deixando a Shemita sozinha.

Isto foi o jogador que decidiu ficar amedrontado ou há algum tipo de mecânica por trás disto (tipo a Sanidade de Call of Cthulhu)?

Bem, há uma mecânica, os Terror From Beyond Checks, que basicamente é um Will Saving Throw. No Conan também existe sanidade e podemos ganhar insanidades Minors ou Majors. Mas o que o jogador fez foi mesmo puro roleplay, eu deixei ele agir como entedesse melhor, visto os Pictos estarem habituados a demónios, embora mesmo que sejam demónios menores.

ricmadeira escreveu:
MGBM escreveu:
O grupo começa a ficar acustomado aos PCs. Estão a fazer um muito bom RP. A Shemita é que lá ganhou mais um ponto de corrupção por ter morto a miuda sem dó nenhum.

Sem dó, mesmo. Será que há alguma coisa no mundo capaz de fazer a Shemita sentir remorsos, eheh? :)

O centro da questão é que, ela está a agir tal e qual como Howard criou as estórias. Conan não tinha remorsos nem consciencia, embora tivesse um código de honra. As outras pessoas são piores. A Shemita está a agir como qualquer PC de Conan deve agir, sem piedade, remorsos e consciencia! :D

ricmadeira escreveu:
O que queria perguntar é: que efeitos tem o acumular desses pontos de corrupção? Pelo nome, de certeza que são interessantes, eheh.

Bem, há uma tabela que classifica o nivel de corrupção. O máximo são 10 pontos. Quanto mais se avnça na tabela, menos humanos ficamos. Aos 10 pontos, o PC perde a alma completamente e o corpo é ocupado por um demónio. É fixe porque quanto mais corrupção um PC tem, mais alterações à sua personalidade tem.

----
Farewell, leave the shore to an ocean wide and untamed
Hold your shield high, let the wind bring your enemy your nightmare
By the bane of my blade, a mighty spell is made and
Far beyond the battle blood shall fall like a hard rain.

---- Behold the pain and sorrow of the world, Dream of a place away from this nightmare. Give us love and unity, under the heart of night. O Death, come near us, and give us life!

Não estou a perceber uma

Não estou a perceber uma coisa, Shemita agiu como deveria no jogo, cruel/piedade/etc. contudo ao fazê-lo ganhas níveis de corrupção que eventualmente lhe podem fazer perder o PC. Existe alguma coisa que contrabalance isto? é que assim se a jogadora continuar a agir como deve não pode vir a perder a personagem por causa da corrupção?

"the drunks of the Red-Piss Legion refuse to be vanquished"

Conan

Yeap,o jogador pode perder a personagem sem duvida. Mas a razão dela ganhar corrupção é porque ela é civilizada. Apesar da brutalidade do mundo, na Hyboria gente civilizada não faz isto. É por isso que a Shemita está mais vulnerável a ganhar corrupção do que o Picto, mas também verdade seja dita, a partir dum certo ponto a Shemita pode fazer quase tudo e já não ganha mais corrupção pois para ela fazer o que faz tornou-se um hábito normal.

----
Farewell, leave the shore to an ocean wide and untamed
Hold your shield high, let the wind bring your enemy your nightmare
By the bane of my blade, a mighty spell is made and
Far beyond the battle blood shall fall like a hard rain.

---- Behold the pain and sorrow of the world, Dream of a place away from this nightmare. Give us love and unity, under the heart of night. O Death, come near us, and give us life!