Another Brick In The Wall (MLWM)

A noite cai sobre a pequena vila algures na Europa do leste.

Tudo está silencioso, em 1805 a vida acaba quando a noite começa.

Nesta vila havia uma crença ridícula, se alguém tomasse a decisão louca de desafiar o domínio da noite seria arrastado para uma cave escura por criaturas tenebrosas, um local cheio de objectos estranhos, grandes placas pretas onde se escrevem caracteres com pequenos paus brancos, onde lhes era berrado e martelado no cérebro conceitos relativos à organização da estrutura sócio-economico-religiosa das civilizações e como isso se reflectia na história da humanidade como um todo.

O ridículo desta crença não era o facto de referenciar a existência de uma criatura insana e determinada em ensinar pessoas, nem os supostos sorrisos malignos que surgiam em algumas cavernas espalhadas pelas redondezas da vila sempre que supostamente desaparecia alguém da vila, ou sequer o facto de camponeses em 1805, que sempre viveram no campo a plantar batatas, consigam dizer “organização da estrutura sócio-economico-religiosa das civilizações” aos seus companheiros de inchada. O verdadeiramente ridículo é a história ser verdade.

Numa propriedade um pouco mais afastada da vila havia uma propriedade privada, que por sua vez tinha uma escola, que por sua vez tinha uma passagem secreta para uma gigantesca rede de túneis que se espalhava… por uma grande quantidade de território, visto nunca ninguém se tenha dado ao trabalho de os verificar um a um. Nessas galerias subterrâneas um homem com um conhecimento tremendo sobre o mundo, ansiava por mais pessoas que vissem as coisas como ele as via, um mundo segundo uma nova ordem. Desejava ser respeitado e adorado pela sua visão.

Para cumprir o seu objectivo magnânimo colhia várias pessoas, especialmente crianças (mais influenciáveis) e praticava nelas os seus métodos de ensino, de modo a criar uma legião de crentes fervorosos. Tipicamente contra a vontade dos ditos crentes, estavam mais felizes a plantar batatas do que a discursar sobre… um grande conjunto de palavras que nem sabiam replicar.

Esta história, contudo, não é a dessas pessoas, embora tenham nela um papel minimamente importante, nem tão pouco do Mestre que as tentava ensinar, embora tenha nela um papel mais importante. Esta história é sobre um jardineiro, um mordomo e uma professora que trabalhavam com esse Mestre, uma pessoa que contemplavam com um misto de ódio visceral e rancor eterno. Este era, de um modo geral, considerado um homem sem qualquer consideração ou respeito pelos sentimentos dos outros.

A Vila

A Vila

Localizada no meio de uma região de onde as famílias em quintas distantes enviam os seus jovens para irem até à vila aprender alguma coisa, algum ofício que possa dar mais qualquer coisa quando os tempos estão difíceis. Assim, a vila é famosa pelos seus hábeis e experientes artesãos: ferreiros, carpinteiros, pedreiros, oleiros, etc.

Os Inocentes

Uma criança que, por algum motivo, parece não ser afectado como as outras pelas tentativas de controlo mental.

Uma parteira de sorriso maternal e mãos de fada cujo toque e palavras de fé já trouxeram muita gente ao mundo e até evitaram que alguns passassem para o outro. Ultimamente tem-se dedicado às vítimas das experiências do Mestre.

O Mestre

O Mestre segue um código de vida e acha que esse código deve ser adoptado pelo resto do mundo, até porque ele não consegue ver o mundo de maneira diferente e faz-lhe confusão que as pessoas não vejam as coisas como ele, porque ele é que sabe. O que ele quer é pessoas que adiram a esse código para se sentir integrado e que o mundo faz sentido, porque se as pessoas fizerem as coisas como ele acha então corre sempre tudo bem.

As criancinhas são apenas o alvo mais fácil para atingir este fim, são mais facilmente manipuláveis e educáveis, mas isso não o impede de tentar converter outras pessoas, sejam porque meios for.

- Brain or Beast: Brain;
- Needs: Seguidores
Wants: Que um grupo de elite perceba as vantagens de adoptar os ideais do Mestre nas suas respectivas áreas de influência e o aplaudam por isso.
- The Outsiders: Um grupo elite de grande influência (sugiro política devido à sugestão do Rick);
- Feeder, Breeder, Collector ou Teacher: Teacher;
- The Demense: Uma mansão situada numa gigantesca e cuidada propriedade, em condições pristinas, tanto por dentro como por fora, tudo meticulosamente arrumado e ordenado com decoração vitoriana e renascentista, uma camada de ordem e racionalidade que esconde a loucura do que realmente se passa.
Associada à mansão está um edifício escola, erguido sobre uma rede de túneis e passagens onde numa sala cavernosa, húmida e quente nas caldeiras do edifício, proliferações fúngicas bioluminescentes alimentam as experiências e loucuras do mestre;
- Valores de Fear e Reason:Fear = 4; Reason = 3

Razvan - O Jardineiro

Função: Jardineiro

Tarefas
Recolhe e ajuda a preparar os estranhos fungos que crescem na escola.
Limpa e trata o melhor possível do exterior da propriedade do Mestre.
Leva o carrinho de mão à vila para comprar sementes ou utensílios.

Self-Loathing 2 / Weariness 1

Less Than Human
Só consegue falar aos berros, excepto quando ouve pássaros a cantar.

More Than Human
Plantas crescem ao seu toque e até nascem na sua pele, excepto durante a noite.

Connections

Brigita:
Uma senhora gorduchinha que passa os dias a cozinhar para a sua extensa e numerosa família. Em segredo, Razvan oferece-lhe vegetais cultivados por si deixando-os pousados à janela da cozinha de Brigita. Razvan adora o cheio da sua comida e sonha com um dia poder se sentar à mesa para comer com a família de Brigita.

A linda rapariga de vestido bordado que vai colher ervas junto ao rio ao nascer do sol:
Razvan não sabe o nome dela, mas há semanas que tenta arranjar coragem para lhe falar e, entre o canto matinal dos pássaros, talvez poder confessar o seu amor por ela.

Shaeagle - A Professora

Nome: Shaeagle

Função: Professora assistente

Tarefas:

Assiste o mestre no “ensinamento” dado às crianças, sempre que este considere necessário e seja para o que for.

Reúne as crianças na “sala de aula” e prepara-os para a chegada do Mestre.

Assegura todas as necessidades das crianças.

Self-loathing: 1

Weariness: 2

Mais que humano:

Força sobrenatural, excepto se tiver em contacto físico com crianças

Menos que humano:

Só consegue fazer com que as pessoas reparem nela quando é agressiva

Connections:

Coveiro

Filha - 7 anos, estuda na escola da aldeia. Estatura mediana para a idade, morena.

Super-folha-excel-para-personagens

Esta mega folha de excel que usa as características dos personagens e do Meste para calcular o número de dados que se rolam nas várias acções permitidas no jogo.

Vou actualizando esta folha ao fim de cada semana para manter um registo público dos valores das características dos jogadores, se jogarmos com um frequência maior posso também ir ajustando as actualizações. Se tiverem dúvidas durante o jogo sobre os vossos pontos, perguntem.

Feedback, ajudas, melhoramentos... agradecem-se.

AnexoTamanho
MLWM - CharSheet - Another Brick In The Wall.xls16 KB

Wilhelm - O Mordomo

Função: Mordomo

Tarefas:
Garantir a limpeza e a arrumação do interior da mansão.
Vigia os túneis de acesso, as instalações "escolares" e o bem-estar dos "alunos".
É uma mistura de reitor, bibliotecário, e "marchand" de arte o que requer idas frequentes à Aldeia para levantar encomendas com formas e tamanhos esquisitos.

Self-loathing 1 / Weariness 2

Mais que humano:

Consegue ouvir ruídos e sons a quilómetros de distância excepto ecos.

Menos que humano:

Tem memória fraca excepto para se lembrar do nome de personagens históricas.

Connections:

Patrick, o jovem carteiro da Aldeia que se esforça por impressionar o Chefe dos Correios, tentando corresponder às exigências do Senhor da Mansão e ao seu Mordomo. Sempre que este visita a Mansão, trazendo-lhe cartas e pequenas encomendas, Wilhelm costuma propor-lhe adivinhas acerca de personagens célebres. A sua inteligência mediana fá-lo matutar a resposta durante dias até um próximo reencontro.

Marius, um cachorro Pinsher abandonado e sub-nutrido que foi recolhido por Wilhelm depois deste aparecer ao portão da Mansão. O Mordomo alimenta-o às escondidas de todos esperando que este cresça forte e que se torne um grande cão-de-guarda. Por enquanto o cão receia a presença de Wilhelm apesar de não recusar a comida que este lhe dá.