016 - Sessão XXI (31/03/07)

Retrato de Demonknight

Pc´s Participantes: Morg, Myeva, Ravhin, Lanarien, Rafa, Himo

Com o Ogre derrotado e a ameaça do bando de bandidos por fim afastada da região, a party pode respirar mais livremente mas não por muito tempo.
Após uns assuntos resolvidos na cidade, mais a ver com trabalho de pesquisa de Lanarien e a venda de objectos encontrados pela party, é hora de se porem a caminho para o Sul, rumo às montanhas e à região das vários tribos de orcs, uma delas, a de Myeva que consegue convencer a party da necessidade de irem para lá já que ela precisa de tratar de assuntos de foro familiar.
Após saberem por parte de Galoban, mais algumas informações do que poderiam encontrar pelo caminho, é hora de rumarem numa viagem difícil.
Pelo caminho são emboscados por um storm elemental, este aparece camuflado num céu de tempestade e a party é atacada de surpresa, apesar do ataque inicial que quase coloca Himo às portas da morte, a luta é bem rápida e o elemental é derrotado.
Avançam até que ao cair da noite chegam perto das ruínas de Shadizar, perto das mesmas Morg encontra um local relativamente abrigado já que em redor das mesmas o terreno está completamente limpo e sem abrigo.
Assim perto de uma árvore isolada e numas rochas é que a party prepara-se para pernoitar, durante a noite são visíveis várias fogueiras nas ruínas, Himo envia a sua coruja para investigar e a mesma volta rapidamente com uma seta cravada numa asa.
Aparentemente quem quer que lá esteja ou não gosta de corujas ou apenas queira caçá-las.
Assim que amanhece Morg decide investigar, chega a uma distância que lhe permite ver dois orcs na orla das ruínas e tenta falar com eles, a resposta é bem elucidativa e são trocadas ameaças, Morg lança uma seta mas falha e depois apressa-se a correr de volta para o acampamento, das ruínas ouve-se uma trompa e 8 cavaleiros (orcs) saem montados de lá.
Morg consegue abrigar-se num arbusto e esconder-se e é assim que os cavaleiros passam sem o notar, mas por sua vez notam o acampamento da party e seguem para lá, Morg lança uma seta para o último, o que faz com que estes mudem de rumo e resolvam atacar o elfo, mas este com um toque no seu anel de lesser teleport volta para as ruínas ao lado da party.
Os cavaleiros frustrados e furiosos por esta desfeita avançam para as ruínas, cavalgando furiosamente, Himo e Lanarien esperam calmamente por eles e lançam um inferno de chamas para cima deles, fireballs explodem no ar no meio dos cavalos, estes habituados à lide da guerra continuam a carga, os cavaleiros é que mudam de táctica e espalham-se mais no terreno de modo a evitarem serem apanhados em grande numero pelas bolas de fogo e para poderem apanhar a party num arco.
Himo e Lanarien lançam novamente fireballs para grupos de cavaleiros, dois deles sofrem quedas já que as montadas não resistem ao poder arcano dos dois heróis.
Por fim 6 dos cavaleiros atingem as ruínas e carregam sobre a party, mas não são grande ameaça face ao machado demolidor de Myeva e à espada certeira de Ravhin, que protegido pelo seu poder mental vê como os adversários se revelam impotentes para acertar-lhe um único golpe. Morg desfere golpes certeiros aproveitando cada oportunidade para acertar em pontos mais vulneráveis dos adversários, Himo com o poder arcano faz com que fiquem cegos e tontos, tornando-os presas fáceis, Rafa provoca o mesmo efeito noutro, e no meio disto tudo ainda têm que sofrer os efeitos dos spells de Lanarien que evocando palavras arcanas faz com o que o ar pareça percorrido por electricidade que sai do seu staff que parece adquirir vida própria nas mãos do seu criador.
É sem surpresa que a party derrota os cavaleiros, impedem ainda que dois deles fujam para as ruínas da cidade já que não têm a mesma velocidade de Myeva que impede a fuga, um deles com a ajuda preciosa de Morg que sem piedade desfere um golpe que tem tanto de certeiro como de mortal.
Sobra um dos orcs, deixado inconsciente para futuras averiguações, Rafa contente por mais uma ocasião de mostrar a força de Kord e extorquir informações de mais uma vítima.

Para a semana há mais ;)