Interacção com as Câmaras Municipais

Não sei se já fizeram um site sobre o assunto se sim peço desculpa xD

Sei que as escolas e bibliotecas organizam concursos de literatura. Porque não propor-lhes para fazerem também concursos para criadores de jogos?

Opções de visualização dos comentários

Seleccione a sua forma preferida de visualização de comentários e clique "Gravar configuração" para activar as suas alterações.

Porque bibliotecas não

Porque bibliotecas não percebem nada de jogos. De qualquer forma existe já um concurso em Portugal, de dimensão internacional (este ano teve 144 jogos submetidos). www.ludopolis.pt


«Não há homens mais felizes do que aqueles que inventam jogos» - adaptado de Leibniz

Não é má ideia...

Não é má ideia, de todo.

Não diria com concursos de criação de jogos, até porque um concurso deste tipo fará mais sentido quando existir a possibilidade de publicação da obra, coisa que em relação aos jogos é um pouco difícil em Portugal ou à qual as Bibliotecas não serão tão dedicadas.

Mas dias dedicados aos jogos de tabuleiro e sua utilização como ferramenta didáctica ou de divulgação cultural, porque não? O Scott Nicholson tem feito algum trabalho nessa área nos EUA.

Talvez até à criação de uma Ludoteca dentro da Biblioteca...

Aqui pelo Porto está-se a começar a trabalhar em parceria com a Câmara estando previstos alguns encontros de divulgação em espaços camarários, sendo que um deles será na biblioteca. É um primeiro passo que poderá levar a um evento regular em pareceria coma biblioteca se tal for desejado por ambas as partes...

The juvenile sea squirt is mobile, with a central nervous system and a brain. Once it has found a suitable rock, it settles down, absorbs its brain, and turns on the TV.

Terry Pratchett and Stephen Baxter - The Long War

Divulgar o hobby através de

Divulgar o hobby através de bibliotecas acho boa ideia, dado que algumas até já têm ludoteca (apesar de paupérrimas). Mas um concurso para criadores tem pouco a ver com o trabalho das bibliotecas portuguesas, que desconhecem quase por completo o que são jogos modernos, mecânicas, equilíbrio, originalidade etc... No fundo penso que são 2 assuntos com pouca relação entre si e que carecem de competências igualmente distintas.

Em França por exemplo, existem ludotecas esclarecidas que até colaboram com alguns concursos (ex: Panazol). Para que isso aconteça em Portugal é preciso algum tempo, mas espero que esse dia chegue, pois será sinal de que os boardgames estarão mais popularizados do que agora.


«Não há homens mais felizes do que aqueles que inventam jogos» - adaptado de Leibniz

Teriamos de ser nós/vocês a

Teriamos de ser nós/vocês a dar o primeiro paço. O problema é que quando se fala em jogos de tabuleiro a pessoas pensam em damas ou xadres. Duvido que um membro sozinho individualmente consiga alguma coisa mas se mostrarem de algum jeito que são uma organização mais complexa e o que é o mundo dos jogos talvés se consiga algo. 

Por exemplo as escolas organizam todos os anos um concuros nacional de literatura, porque não propor às escolas para organizar um concurso em parceria convosco? (sendo que o juri porderia ser composto por membros daqui e de editoras) De certo as editoras teriam interesse nisso (penso eu). 

Quanto às bibliotecas, é assim, imaginem um grupo de pessoas se organiza para comprar um jogo. Já que o jogo era de todos, e ao mesmo tempo de ninguem, poderia ser doado a uma biblioteca para poder ser utilizado também por outras pessoas. A biblioteca iria ter interesse nisso...

http://casavali.blogspot.pt/ - Um Blog Dedicado à Criação de Jogos

Seria interessante

Seria interessante especialmente nas zonas mais rurais existir mais divulgação nos jogos de tabuleiro. Como foi referido muitos pensam que jogos de tabuleiros é Damas e Xadrez, mesmo pessoas jovens, seria bom que fosse dada mais valorização aos jogos de tabuleiro.

As bibliotecas cada vez estão mais ahs moscas, é o que posso constatar aqui onde vivo, talvez fazendo uma interligação entre biblioteca municipal e escolas a coisa melhora-se.

É pena também que muitos dos bons jogos serem em Inglês e os bons portugueses terem muito pouca divulgação. É mais fácil para mim encontrar um bom jogo em Inglês do que um bom jogo Português o que dificulta de certa forma a sua divulgação.

Vou falar com algumas pessoas a ver o que é que acham de arranjar um dia onde se junte por exemplo uma turma de alunos para experimentar uns jogos e ver no que é que dá. Sei que eles já o fazem com livros, poderia ser feito também com jogos, o que pode também fazer com que ganhem mais gosto pela leitura/storitelling etc, pode ser ate que um dia alguns deles se tornem criadores de jogos de tabuleiro :).

Não é só o Scott Nicholson ,

Não é só o Scott Nicholson , pois sei que a nivel de RPG ´s teem apostado na divulgaçao do Hobby nas Bibliotecas , existindo mesmo um programa nacional de incentivo a isto , com algumas empresas a doarem material para as mesmas.

Tenho mais conhecimento de causa com a PAIZO , e sei que eles dão "Begginger´s Box" ás Bibliotecas que quiserem receber lá demonstrações , para criar uma especie de "Ludoteca" nas mesmas .

Não tinha problema em me juntar com a minha ajuda a alguma acção neste sentido por cá.