EIRPG XV - Demonstração de RPG Independente

Pretendo mandar também umas fotos para vocês terem uma idéia de como é o evento.

As demonstrações correram bem no sábado, comecei com o DitV.

Eu criei 4 personagens e fiz planilhas com uma parte das regras / roladas traduzidas, se houver interesse posso postar esse material para vocês darem uma olhada. Comecei explicando como funciona o sistema fazendo todos passarem pela iniciação, cada jogador escolheu o que gostaria de fazer como iniciação e usei estes testes para explicar a mecânica do sistema.

Depois disso jogamos duas cenas, eles interrogando o oficial da cidade que estava sendo ganancioso e depois eles enfrentando um demônio que vendia bebida para a cidade e tinha um depósito no porão. Nas duas demontrações que fiz foi engraçado ver que eles quebraram os barris de bebida só para verem que o demônio jogava um pedaço de lenha flamejante no porão.

Os dois grupos que jogaram esta aventura ficaram bem interessados no jogo e respondi a várias perguntas sobre como conseguir o livro e coisas assim.

Também fiz a demonstração de duas mesas de MW, traduzi as planilhas do script de demonstração da Timfire e segui o roteiro dele, mas acrescentei uma cena depois do script dele com os ronins entrando na fortaleza do bruxo para mostrar como os jogadores poderiam usar os poderes de narração dos Dark Fates para controlar alguns aspectos do jogo (a pessoa com outros motivos / Pacto com o Bruxo "achou" uma porta alternativa menos guarnecida, o apaixonado sentiu o cheiro do perfume da amada e achou o lado certo para seguir num labirinto e outras coisas assim).

Como anime e cultura oriental está bem na moda por aqui, o jogo chamou atenção, mas depois de jogar os pontos de Trust e a mecânica diferente com interferência dos jogadores na história acabaram sendo as coisas que as pessoas mais falaram a respeito depois.

Novamente pessoas me procuraram para saber onde conseguir aquilo e tudo mais.

The Riddle of Steel foi mais uma demonstração do sistema de combate, fiz isso distribuindo personagens iguais e comandando uma "arena", as pessoas gostaram mas ficaram um pouco assustadas com a brutalidade da coisa, nenhum duelo durou mais do que 4 turnos.

O MLWM também começou com mestre e personagens prontas e também com planilha com termos e roladas traduzidas. Rolei algumas cenas explicando o sistema, os jogadores escolheram os Relacionamentos de suas personagens e jogamos algumas cenas e depois de um tempo o clima da mesa foi ficando pesado, as pessoas gostaram do jogo, mas ficaram um pouco assustadas com a situação que foi criada com 2 horas de jogo e diversas interrupções para clarificar regras e todo o barulho do evento.

No fim das contas, achei que foi bem interessante e estou pensando em tentar organizar um mini encontro com este tipo de jogo por aqui para ver se mais pessoa são convertidas. 

Opções de visualização dos comentários

Seleccione a sua forma preferida de visualização de comentários e clique "Gravar configuração" para activar as suas alterações.

O Brasil precisa é de uma Invasão Portuguesa

A sério! Aqui pelo site existe gente experiente com esses jogos que gostariam certamente de ser recrutados numa viagem inter-atlântica para corrê-los para o pessoal aí. Viagens e estadias pagas e tudo do melhor!!! :D

Estou a brincar claro! :P Fico contente que tenha corrido tudo bem e espero que tenha sido divertido para ti também. Se os indies virassem sensação no Brasil e ganhassem adeptos seria curioso notar qual o efeito dessas publicações baratas mas bem desenhadas no gostos dos brasileiros! Para não falar da reacção dos seus autores. :)

"Se alguma vez sou coerente, é apenas como incoerência saída da incoerência." Fernando Pessoa

sopadorpg.wordpress.com - Um roleplayer entre Setúbal e Almeirim
Ludonautas Podcast - Viajando, sem nos movermos, pelos mundos do RPG

jrmariano escreveu: A

jrmariano escreveu:

A sério! Aqui pelo site existe gente experiente com esses jogos que gostariam certamente de ser recrutados numa viagem inter-atlântica para corrê-los para o pessoal aí. Viagens e estadias pagas e tudo do melhor!!! :D

Se eu tivesse como fazer isso seria um prazer conhecer as pessoas aqui do fórum pessoalmente.

Mas o problema por aqui acho que não é só a falta de pessoas que mexam com os independentes, tenho certeza de que temos gente suficiente hoje que conhecem estes jogos para começar a construção de uma massa crítica que gere a necessidade para esse tipo de jogo. 

Tenho a impressão de que a maioria dessas pessoas está satisfeita com a situação atual, comprar os jogos pela internet e mostrar os jogos em suas casas, deixar a grande maioria dos jogadores sem conhecer esse material. 

interessante

 Realmente concordo um pouco com o jrmariano acima. Por muito venho pesquisado e tenho encontrado várias pessoas experientes no ramo do RPG. algumas vezes tenho conversado com o ricardo pelo msn e o mesmo foi muito prestativo comigo, seria interessante levar algumas dessas pessoas para demonstrarem o seu potencial cá no Brasil. Lógico que tambem temos muitos autores bons e renomados, mas o rpg aqui vem sofrendo uma queda, poucos livros vem sendo traduzidos, e os que são fazem parte do sistema D20, o que não agrada a todos pois alguns nao gostam desse sistema. Felizmente temos editoras independentes como a Daemon que lançam livros interessantes com a sua grande mecânica de jogo. Nem tudo são flores cá no brasil se é assim que vocês pensam.

Rodrigo Àbnner ``Lord Sauron´´ Menezes