Como vai o RPG na vossa terra em particular e em Portugal em geral?

Abordaram-me acerca de escrever um artigo sobre o estado do RPG em Portugal. Será que me podiam mandar a vossa opinião e um relato de como as coisas correm pelas vossas bandas?

Aqui por Almeirim não existem nem jogadores de RPG nem de outros tipos de gaming a não ser uns jogadores de Magic que são organizadores de torneios.

Em Setúbal, donde venho, haviam alguns jogadores dispersos que conheço (a maioria meus amigos) que devido à pressão de responsabilidade e falta de tempo deixaram de jogar frequentemente.

Conheço muita gente de Lisboa por intermédio do Abre o Jogo e do antigo VampirePT mas é-me difícil de jogar com eles e a alguns deles andam a caminhar para a inactividade como os jogadores de Setúbal.

A coisa parece negra mas a ver o exemplo do D&D Gameday organizado pelo grupo do Taquinasocrl.blogspot.com em Coimbra há sempre espaço e gente dedicada a mudar a cena do RPG por cá com entusiasmo e angariação de novos jogadores.

E vocês? Como vai isso?

Opções de visualização dos comentários

Seleccione a sua forma preferida de visualização de comentários e clique "Gravar configuração" para activar as suas alterações.

mini-D&D

jrmariano escreveu:
E vocês? Como vai isso?

Sei que na Devir Arena  Porto há algumas sessões ocasionais de D&D motivadas pelos Game Days, mas parecem gravitar mais para o lado das miniaturas e serem organizadas aos sábados à tarde conforme a conveniência da loja. Falei com o DM por altura do último Game Day, mas não tenho sabido de mais nada entretanto.

Pessoalmente, tenho mestrado e jogado pouco, dado que:
- as pessoas cada vez têem menos tempo para combinar seja o que for;
- muitas pessoas jogam RPG com uns, mas já não jogam se for com outros.

Tenho estado a pensar em várias ideias para tentar começar encontros regulares nos quais qualquer pessoa possa participar quando quiser, mas confesso já estar um pouco cansado de "puxar a carroça" sozinho e a minha prória disponibilidade já não é o que era dantes.

Com os boardgames a providenciarem some of the buzz, none of the fuss, é tentador deixar as coisas correr.

 

Porto

Boas.

Jogamos D&D4E e Sim é verdade que usamos a Devir Arena como "base" para os eventos de registo"Public" , mas as aventuras que la jogamos são apenas essas. Estando no entanto a loja avisada para indicar a quem queira , para aparecer no local do nosso encontro semanal, coisa que ja alguns fizeram e assim começaram a jogar.

Aos sabados de manha , todos os sabados de manha , temos nos encontrado no Crystal Park , no Tropical Burger , local por excelencia dos RPG/Wargamers/Boardgamers para a sessão semanal da nossa Campanha. Que começou em Setembro de forma regular e que ja leva muitas sessões que perfazem as 20 Aventuras ja jogadas( por vezes temos que interromper de uma semana para a outra).

Quem quiser é livre de aparecer e sera sempre bemvindo e terá hipotese de experimentar , sendo que nós fazemos mensalmente umas sessoes introdutorias aos sabados de tarde , para dar hipotese a outros de serem DM. Quem sabe com mais jogadores a aparecer , ate se possa "abrir" uma mesa extra com um grupo novo aos sabados de manha.

Por isso , penso que apesar de existirem muitos grupos " in the closet" no Porto , nós vamos dando o nosso contributo para prolongar o nosso passatempo favorito.

 

RPG Espinho/VN Gaia

Por aqui e como tenho pouca disponibilidade, costumo jogar em sites internacionais em play-by-post ou por e-mail, e jogo com os meus irmãos cá em casa(somos apenas 3), costumamos jogar Star wars Saga Edition.

 

três já é muito bom

Não querem aparecer por aqui um dia destes? Tipo este Sábado? Wink

 

hmm

Como anda por ai não sei. Mas pessoalmente no mês passado comecei uma campanha de D&D 3.5 com 6 jogadores introduzindo 4 novos jogadores, jogadores estes que em experiência passada tem nada em termos de qualquer tipo de RPG, temos neste momento 3 sessões feitas a quarta este fim de semana e a coisa deve ser para manter já que todos teem gostado.

 

Noutra vertente devo também começar uma campanha em Traveller em meados de Agosto para ver como corre e experimentar o jogo, esta já com jogadores experientes (devem ser 4 ou 5 inda se tá na fase de recrutamento) a fim de se experimentar um mundo sandbox com RP mais forte.

 

Diria que o que está a faltar é mesmo um jogo pa ser jogador :p (que segundo um dos meus jogadores deve ser resolvido num futuro próximo)

 

Mas como disse como está por ai não sei, mas eu não me posso queixar muito, dava jeito ter mais tempo para mais mas assim acho que está bom

 

---- Latest News ----

It lives!

Excelente!

E não eras tu que nunca tinhas jogado RPG antes? :)

Já agora, esses grupos são de onde?

sopadorpg.wordpress.com - Um roleplayer entre Santarém e Almeirim
ideonauta.blogspot.com - Viajando pelos mundos do RPG!
www.paragons.com.br

sopadorpg.wordpress.com - Um roleplayer entre Setúbal e Almeirim
Ludonautas Podcast - Viajando, sem nos movermos, pelos mundos do RPG

hmm

 err não já joguei bastante acho, na minha opiniao oO lol, foi na maioria D&D(desde da 2ed) mas já passei por alguns indies também.

 

O que nunca tinha jogado foi Traveller mas ai agradeço a tua ajuda e a do DemonKnight =) que tornaram a coisa possivel :p

 

---- Latest News ----

It lives!

D&D 3.5

Sou DM de um grupo com quatro jogadores (três muchachos e uma señorita) de D&D 3.5 em Lisboa. Em termos de faixa etária, estamos situados entre os 22 e os 28.

Jogamos somente D&D, numa campanha iniciada há dois anos e meio, que vai a caminho da 48ª sessão. Jogamos em Forgotten Realms, geralmente duas sessões por mês.

Antes da "morte anunciada" da Runadrake, costumávamos jogar na loja, e nessa altura eu tentava ter algum contacto com outros grupos de D&D - com muito poucos resultados, pois a maioria das pessoas "não é muito dada a contactos"... excepto situações pontuais, ninguém parecia muito interessado em comunicar com "estrangeiros ao seu grupo". Desde algum tempo antes da "morte" da Runa começámos a jogar em casa, e desde então não tenho contacto com qualquer jogador de D&D extra-grupo.

Gostaria muito que houvesse um espaço de jogo em Lisboa (Sintra, Oeiras, Cascais...), onde fosse possível promover uns "D&D Gamedays" de quando em vez, nem que fosse para experimentar "one-shots" com pessoal diferente, ou quem sabe tentar criar algo inovador, e criativo, num universo partilhado...

--------------------------------------------------------- 

"D&D" http://jrc589.googlepages.com/

---------------------------------------------------------

"D&D" http://grou.ps/silverymoon

Neste momento só tenho um

Neste momento só tenho um curso uma campanha de D&D 4ed, que já corre à pouco menos de um ano (se não estou em erro), aos Domingos à noite na Buraca.

Já tive em mais jogos, mas devido a impossibilidades horárias tive que ir cortando aos poucos.

Daquilo que falo com a malta com quem jogo eles são extremamente activos nesse sentido, jogam aos Sábados e Sextas (maioritariamente D&D 4 ed e Vampire), e acho que o JMendes já começou a jogar o The West às Quintas.

Pessoalmente acho que não existe tanta malta parada quanto isso, apenas não participam é aqui.

"the drunks of the Red-Piss Legion refuse to be vanquished"

Por acaso...

RedPissLegion escreveu:

Pessoalmente acho que não existe tanta malta parada quanto isso, apenas não participam é aqui.

Por acaso tenho exactamente a mesma opinião que tu. Por isso não sei como hei-de indagar sobre esses grupos. Alguem tem ideias?

sopadorpg.wordpress.com - Um roleplayer entre Santarém e Almeirim
ideonauta.blogspot.com - Viajando pelos mundos do RPG!
www.paragons.com.br

sopadorpg.wordpress.com - Um roleplayer entre Setúbal e Almeirim
Ludonautas Podcast - Viajando, sem nos movermos, pelos mundos do RPG

e quem não tem amigos roleplayers?

RedPissLegion escreveu:
Pessoalmente acho que não existe tanta malta parada quanto isso, apenas não participam é aqui.

Não querendo entrar numa discussão filosófica sobre o som, a árvore e ninguém para a ouvir :) acho que o que interessa aqui são sessões nas quais practicamente qualquer pessoa possa participar. Se houver esses encontros públicos regulares, pouco me importa se as pessoas depois passam por aqui ou não.

 

Projectos

Só u,a nota para dizer que abri um fórum para discussão de projectos em torno do rpg. É aqui: http://www.abreojogo.com/forum/rpg_geral/2009/07/projectos_em_torno_do_rpg.

Sérgio Mascarenhas

Sérgio

Vai parado

Buenas grande Mariano,

da minha parte sinto um fim eminente, ainda que o RP continue a ser uma grande paixão, trabalho, estudos e familia deixam apenas uma noite por semana livre que por incompatibilidade de grupo, de momento, deixam as noites de jogo qualquer coisa entre uma vez por semana até uma vez por mês ou pior. Estavamos a jogar mage e vamp old wod, para não variar muito, mas desconfio que vão acabar por ficar pelo caminho.

Oias!

Então Jay. Benvindo de volta!

É o normal. Quanto mais responsabilidades temos menos tempo temos para o entretenimento puro e duro. :|

Eu mudei-me de Setúbal para Almeirim e mesmo assim de vez em quando vou a Lisboa jogar qualquer coisa. Temos experimentado a demo de Warhammer 40K RPG - Rogue Trader e estamos a planear fazer uma crónica de Geist: The Sin-eaters, o jogo mais recente do WoD.

sopadorpg.wordpress.com - Um roleplayer entre Santarém e Almeirim
ideonauta.blogspot.com - Viajando pelos mundos do RPG!
www.paragons.com.br

sopadorpg.wordpress.com - Um roleplayer entre Setúbal e Almeirim
Ludonautas Podcast - Viajando, sem nos movermos, pelos mundos do RPG

Tudo verdade

É verdade que como eu e muitos dos com quem comecei a jogar, como o Red, Pluck, Pen e afins, já não tenho tanto tempo para jogar como anteriormente, mas nem por isso estou exactamente parado.

Quanto às quantidades, volto a dizer que para se quebrar a ideia de que o RP (e refiro-me à ideia de quem não joga, digo eu..) é um grupo de três ou quatro pessoas fechadas numa cave e não uma comunidade com um peso a nivel nacional, o qual ninguém tem noção, é necessário muito footwork e muita comunicação, de uma forma simplista, é só questão de se ir aos spots onde se joga RP publicamente e perguntar por contactos e a estes contactos fazer o mesmo, and so on, and so forth, é preciso é que haja um interesse por detras disto que não seja só "ah e tal, gostava de saber quem joga por ai", porque sendo uma comunidade que não se expõe, é muito mais dificil do que parece ligar todos os grupos uns aos outros, há mesmo aqueles que parece que não querem sequer que se saiba da existência deles, coisa que ainda me estão para explicar, ou aqueles que acham que são "bons demais" para jogar com quem nunca jogou antes, ou quem não passe por uma pseudo entrevista (LOL)...

No entanto, os spots essenciais passam por sitios tão simples como a Devir, ou faculdades (como o caso da GEST no Técnico em Lisboa), até sitios como o "Cantinho do Anão" (se não me falha o nome) no Prior Velho. Sites como o AoJ são blocos essenciais ao desenvolvimento e concentração da comunidade, mas mesmo o AoJ não é conhecido por todos, não é publicitado (talvez tenha sido numa loja que... que... bem... you know) e por isso tambem acho que antes de existir o que quer que seja que junte as pessoas, devia partir de quem joga publicitar o site (em primeira fase, claro).

Isto claro, é o meu ponto de vista, há de haver que diga o contrário Tongue out

no need to play it quiet

Jay escreveu:
é preciso é que haja um interesse por detras disto que não seja só "ah e tal, gostava de saber quem joga por ai", porque sendo uma comunidade que não se expõe, é muito mais dificil do que parece ligar todos os grupos uns aos outros, há mesmo aqueles que parece que não querem sequer que se saiba da existência deles, coisa que ainda me estão para explicar, ou aqueles que acham que são "bons demais" para jogar com quem nunca jogou antes, ou quem não passe por uma pseudo entrevista (LOL)

Sim, é uma questão recorrente. As pessoas sentem-se mais à vontade jogando só uma coisa e/ou sempre com as mesmas pessoas. Isso é natural, precisamos é de mais gente a mestrar/jogar em geral.

 

Outro grupo

Neste momento, aqui no Barreiro, somos 4 (3 rapazes e 1 rapariga) + 1 Keeper of Arcane Lore que é uma maneira bonita de dizer GM de Call of Cthulhu. Experimentámos durante uns tempos Trail of Cthulhu mas vamos voltar para CoC por uma série de razões que não vale a pena explicar aqui (talvez no meu blogue aqui no site). Há-de estar aí a entrar mais 1 rapariga (que contactei através do Abre o Jogo). O site ainda serve (se bem que não tanto quanto desejaria) para contactar potenciais jogadores (novos e veteranos). Tenho tido a sorte de encontrar malta disposta a vir até ao Barreiro (apesar de muita gente pensar que fica no cu de Judas).

Tenho que admitir que as pré-entrevistas me pouparam alguns "sapos." Geralmente a pré-entrevista serve-me só para determinar se a pessoa tem horários compatíveis com o nosso grupo, se está interessado num só rpg ou em vários (nós experimentamos vários) ou mesmo se a personalidade se adequa de uma maneira geral ao grupo. Não é por uma questão de descriminação mas há já tenho tido a experiência de pessoas que desaparecem sem deixar rasto (nesta era da Internet, sms e telemóveis é de bradar aos céus), que diz que sim que quer e tal mas depois nunca mais põe cá os pés, etc.

Claro que sim

Claro que quando critiquei quem faz entrevistas não me estava a referir a quem queira conhecer melhor as pessoas, mas sim quem se recuse a jogar com quem não joga com um certo nivel de qualidade, ou de uma forma pré-determinada, há um exemplo muito explicito e conhecido disto em Lisboa, infelizmente é alguém que gosta e conhece bastante bem um dos produtos de RP, mas como ele existem outros.

RPG em Caxarias

Olá! Para o meu primeiro post devo apresentar-me primeiro e assim o faço: Sou Luso/Canadiano de 33 anos vivo na Parede, Cascais mas já morei em Caxarias, Ourém; Leiria, e antes ainda em Winnipeg, Canada. Sou jogador/GM de RPGs de dados desde os 13 anos ou seja comecei a jogar nos anos 80! Para uma bocadinho mais sobre mim e sobre este tópico propriamente dito espreitem o site: www.rpgcax.webs.com. É um site criado há pouco tempo pelo nosso grupo de jogadores de RPG.

 

Ou seja, nós somos um grupo de cerca de 10 jogadores "core" com mais um ou dois intermitentes e jogamos em Caxarias, Ourém. Fui eu que iniciei estes jogadores nos RPGs de dados já que antes ninguém tinha ouvido falar de tal coisa... Estou a falar de 1995 penso eu. Desde então até agora temos jogado sempre que podemos. Além deste grupo de amigos, na zona de Ourém e arredores não conhecemos mais ninguém que jogue RPGs de dados. No entanto, em Leiria também ha jogadores e até chegou a haver uma loja que era LAN house e vendia RPGs e BD... entretanto, já fechou.

 

Portanto, fica aqui o testamunho que em Caxarias (Ourém) há um grupo de jogadores que joga RPGs há anos e que continua a crescer. Este fim de semana passado o jogo contou com 8 jogadores e o GM!Smile As idades vão desde os 18-33 anos e sim, também, há uma rapariga a jogar! Em breve haverá mais uns jogadores a experimentar e assim esperamos crescer ainda mais.

 

Boas aventuras para todos!

Boa!

Bem-vindo ao Abre o Jogo, Nelson!

Como vais reparar este portal é totalmente dependente dos utilizadores e dos seu entusiasmo. Se advogares o teu gosto pela Paladium e os outros jogos que já jogastes de certeza que despertas as memórias de quem os jogou. No meu caso lembro-me dos inúmeros anúncios da Paladium (cujas capas tens escarrapachadas no teu site especialmente o Robotech e o Heroes Unlimited) nos Comics da Marvel que comprava

Ainda dizem que só existem jogadores de RPG nos grandes centros como Lisboa, Coimbra e Porto! Eu vivo em Almeirim e não existem roleplayers por aqui, nem sequer em Santarém. Podias era ter dado um salto a Coimbra ao D&D Gameday e levar os teus players para convivermos um bocado.

Fica por aqui e diverte-te! :)

sopadorpg.wordpress.com - Um roleplayer entre Santarém e Almeirim
ideonauta.blogspot.com - Viajando pelos

sopadorpg.wordpress.com - Um roleplayer entre Setúbal e Almeirim
Ludonautas Podcast - Viajando, sem nos movermos, pelos mundos do RPG

Por acaso não tinha sido

Por acaso não tinha sido má ideia mas confesso que o único D&D que sei jogar ainda e mal é o primeiro AD&D que eu tenho... sou um bocado old school nos RPGs hehehe miniaturas e graficos não me entusiasmam muito. Qualquer maneira teria sido engraçado presenciar um evento desses... espero que um dia haja um congresso mas virado para RPGs em geral e não apenas D&D.

Obrigado pelas boas vindas!

Por acaso...

Pelo que parece a 4ª edição volta um pouco ao espírito old-school com um design mais contemporâneo.

Já se fala nisso por lá e talvez me possas correr Nightbane que sempre foi um RPG que me fascinou com as suas influências "Clive Barkerianas" nem que seja pela capa que está gravada na minha memória visual.

sopadorpg.wordpress.com - Um roleplayer entre Santarém e Almeirim
ideonauta.blogspot.com - Viajando pelos

sopadorpg.wordpress.com - Um roleplayer entre Setúbal e Almeirim
Ludonautas Podcast - Viajando, sem nos movermos, pelos mundos do RPG

Por acaso Nightbane também

Por acaso Nightbane também me faz lembrar Clive Barker, especificamente, Nightbreed e não é só o nome que parece semelhante. No entanto, confesso que nunca dei atenção a esse RPG. Talvez um dia, por agora não te posso ajudar infelizmente... Agora em relação a outros jogos da Palladium já posso ajudar. :)

já fazia falta um fã da Palladium

Bem-vindo ao AbreoJogo, Nelson Happy

Nós bem suspeitamos que há grupos de roleplayers escondidos em todo o lado Ashamed difícil é encontrá-los todos no mesmo sítio.

Parabéns pela longevidade do vosso grupo! Como se explica? Ninguém se casa, emigra ou desaparece simplesmente? Tongue out

 

não é que nada disso não

não é que nada disso não aconteça... temos todos vidas preenchidas também. E ao longo destes anos tivemos alturas intensas de jogo e alturas em que não se jogava. Confesso que até há bem pouco tempo, dependia quase sempre de mim como único GM no grupo. Se no ínicio o grupo era metade do que é agora, posso também dizer que agora além de mais pessoal, penso que o pessoal está mais motivado para aprender e tentar ser GM, o que irá fazer com que o grupo se expanda ainda mais. Já não dependerá apenas de mim e outros mini grupos com jogadores novos advinham-se em breve!

Como o grupo ja tem um tamanho razoável, os jogos continuam mesmo quando um ou dois ou três elementos não podem jogar. Já houve sessões onde jogamos com 4 jogadores e no seguinte com 8. Penso que isso será a razão principal da longevidade... e claro, a maioria dos jogadores são vizinhos e amigos fora do circulo de jogo!

Cá por Coimbra

Aqui por Coimbra a cena do RPG está um pouco como visto no Game Day do passado sábado, ainda que muitos dos habituais participantes de Coimbra tenham faltado desta vez. Existe uma comunidade roleplayer considerável e com potencial de expansão, pelo menos se confiarmos nas reacções dos novos jogadores que parecem querer repetir a experiência. Ainda que se jogue sobretudo Dungeons and Dragons, tanto na 4ªa edição como em 3.5, existe vontade em experimentar outros sistemas. Desde que conheci outros gamers daqui já experimentei D&d 4ª Edição e 3.5, GURPS, Cthulhu, Mouse Guard e Warhammer FR. Para além disso parece haver interesse noutros rpgs como Star Wars d20, Geist e Mutants and Masterminds.

A melhor foma de manter a cena do rpg viva em Portugal é comparecer aos encontros no país. Se não houver este contacto com outros jogadores e vontade em experimentar diversos jogos, corremos o risco de nos isolarmos nos nossos grupos. O encontro de roleplayers na LeiriaCon foi um passo em frente nesse sentido e os Game Days de Coimbra e do Porto são também pontos de encontro importantes na nossa comunidade rpgista. Sei também que o encontro de rpgs da Invicta Con não correu mal, a avaliar pelas impressões positivas dos meus amigos que por lá passaram.

Encaro de um modo francamente optimista o futuro do rpg em Portugal. Basta que em cada novo evento consigamos todos fidelizar os participantes anteriores e trazer mais um ou outro para a coisa evoluir. Pessoalmente, tentarei sempre ir a todos os encontros de rpg que puder e farei os possíveis para aumentar o número de participantes a nível local, pois parece ser este a meu  ver o caminho para a coisa andar para a frente. Espero que mais grupos de rpg saiam da toca e apareçam nos encontros como registámos com agrado a participação no Game Day do grupo do blog PaperDragon, que ainda não conheciamos de nenhuma Con e nos visitou em Coimbra.

RPG's nas terras de Portugal

Olá Mariano, sou Aforen Kass, Estudioso das artes narratologistas arcanas

e componente do grupo de RPG Espírito Livre, nascido no Brasil mas que agora

pretende conhecer as outras partes de nossa grande nação RPGística

mundial. Temos o nosso sitio: http://espiritolivrerpg.blogspot.com/

e iniciamos uma série para falar sobre os RPGs pelo mundo. Portanto, muito

nos interessa divulgar seu artigo. Se possível, entra em contato conosco

meu email:

 

Forte abraço

Olá Aforen! Tudo bem? Desde

Olá Aforen! Tudo bem?

Desde já sê benvindo ao Abre o Jogo e espero que possas falar por aqui um pouco da vossa iniciativa do RPG aí pelo Brasil.

Infelizmente acabou-se por não se escrever nenhum artigo específico sobre RPGs em Portugal apesar de existirem espalhadas por aí algumas considerações (algumas até em áudio) sobre esse tema.

Segue então o mail. :)

sopadorpg.wordpress.com - Um roleplayer entre Setúbal e Almeirim

Ludonautas Podcast - Viajando, sem nos

sopadorpg.wordpress.com - Um roleplayer entre Setúbal e Almeirim
Ludonautas Podcast - Viajando, sem nos movermos, pelos mundos do RPG

Seguimos...

Apesar disso, seguiremos em contato

para pegarmos de outras formas

informações gerais e específicas

sobre o RPG em Portugal.

Lisboa e Arredores

Aqui por Lisboa realmente até ao post do Psygnnosed desconhecia por completo grupos que jogassem "publicamente". Eu continuo a jogar RPG com maior ou menor disponibilidade mas continuando sempre. O grupo é sensivelmente o mesmo há oito anos, sendo que já entraram e saíram vários jogadores mas mantendo-se sempre o mesmo núcleo de quatro jogadores.

Antigamente costumava jogar na Devir Arena  Lx na Rua dos Açores, entretanto mudou de instalações para uma loja na mesma rua mas como há muito que não vou lá não sei se continua aberta. Era um espaço óptimo para se jogar e reunir com pessoal (só chato às vezes, e peço desculpa se ofendo alguém, quando iam para lá os jogadores de trading cards montar o circo aos berros).

Mas depois sendo que o grupo de RPG também sempre coincidiu com o grupo de amigos começámos a jogar em casa uns dos outros. De qualquer forma não somos de todo avessos a contactos com "estrangeiros" e a encontros com outros jogadores e troca de experiências! Lx GameDays realmente era uma óptima sugestão.

 

P.S. - RPL, há muito que não te via por estas bandas, deixaste-te de Exalted? Eheheh

 

"The complete fool is half a prophet."

Agora ando mais dedicado ao

Agora ando mais dedicado ao D&D 4ed, The West e Apocalipse World. Nos intervalos vou dando uma mãozinha nos encontros mensais de RPG de Lisboa :p

Realmente de D&D Gamedays em

Realmente de D&D Gamedays em Lisboa não tenho mesmo conhecimento mas se for uma coisa mais abrangente (mesmo que ultimamente tenhamos tido sempre uma mesa de D&D) tens sempre os Encontros Mensais que o RPL referiu. Quando quiserem, apareçam. :)

sopadorpg.wordpress.com - Um roleplayer entre Setúbal e Almeirim
Ludonautas Podcast - Viajando, sem nos movermos, pelos mundos do RPG