Call of Cthulhu-Escuridão-Jan

Estás na sala 6 (rés-do-chão, numa aula de matemática do 7ºH), e compreendes com dificuldade o que a professora está a dizer aos gritos, nitidamente descontrolada:

-Leve-me imediatamente este aluno ao Conselho Executivo, eu estou farta deste aluno e dos seus disparates, ele atrapalha a aula e não deixa os colegas trabalharem, e é um mau exemplo!

Opções de visualização dos comentários

Seleccione a sua forma preferida de visualização de comentários e clique "Gravar configuração" para activar as suas alterações.

Rolera... quando saí do

Rolera... quando saí do meus pais o meu sonho levava me em outras direcção.... estes professores so sabem berrar e falam tao depressa que mal os compreendo.

 "  Eh tu ouviste teu professora, nos vámos a gabinete de director, porta ta bem que nao quero xatices para cima de Jan...da??

-óo tabem, ouço um

-óo tabem, ouço um raspanço mas já é quase hora de sair por isso tá-se bem.

Saem da sala de aula, e quando estão a dirigir-se para o conselho executivo (que fica no fundo do corredor), a luz vai abaixo; estão apenas as ténues luzes de emergência, e ouve-se o grito dos alunos, normal nestas situações.

 

'Ph'nglui mglw'nafh Cthulhu R'lyeh wgah'nagl fhtagn

 

 

" Robot durante o dia, vegetal durante a noite"

"Gúwno...tenho de ver luz,

"Gúwno...tenho de ver luz, vamos a gabinete de director rápido!!"

agarrando o ombro do rapaz para o fazer apressar seguem pelo corredor . "Que fizeste tu pa ir a director??" - perguntou Jan enquanto nao chegavam ao gabinete do director.

Ele responde-te com voz

Ele responde-te com voz irritada:

-Não fiz nada, a prof é que começou a stressar e a mandar vir, só porque estava a falar. Ela começou aos berros comigo, eu disse-lhe para não berrar e la passou-se. O senhor não quer ir ver a luz, que eu fico à espera?

Entretanto, continuam a ouvir os berros, e a ver algumas portas a abrir-se, com os professores (distingues pela altura, já que no piso 0, só os 7º e 8º anos é que tem aulas) a espreitar enquanto os alunos continuam em algazarra.

Isto vai ser um final de dia complicado.

'Ph'nglui mglw'nafh Cthulhu R'lyeh wgah'nagl fhtagn

 

 

" Robot durante o dia, vegetal durante a noite"

Humpff realmente hj nao é

Humpff realmente hj nao é bom dia...

"Miudo tu vais andando para gabinete de director que Jan vai tratar da luzes!Mas nem penses em enganar Jan que se souber que nao foste a gabinete amanha será pior."

Enquanto se dirigia a sala onde estava instalado o quadro das luzes Jan ia alcamando os varios professores que encontrava. " nao se preocupe Jan trata de luz rápido da??nao preocupe!!"

Rolera decididamente nao era assim que imaginava a minha vida

 

Quando estás a voltar para

Quando estás a voltar para trás (o quadro está junto à porta principal), vês que vários alunos se escapuliram das aulas e estão a convergir para a porta de saída. Se alguns professores ainda conseguem manter os seus alunos todos ou boa parte, dentro, a maioria parece estar já cá fora a empurar-se e a gritar, indiferente aos professores, o que te dificulta a passagem. Só que como a maioria tem ligados os telemóveis, com as luzes já vês um bocadinho melhor.

-Fixe, acabou a aula!

-Bamos embora!

-Ó stor, eu não bolto lá pra dentro, tenhio miedo!

 

 

 

'Ph'nglui mglw'nafh Cthulhu R'lyeh wgah'nagl fhtagn

 

 

" Robot durante o dia, vegetal durante a noite"

À medida que ia avançando

À medida que ia avançando pela torrente de alunos com bastante dificuldade. Ao passar por um grupo de rapariguinhas elas gritaram de susto  e recuaram da sua presença....Jan nem ligou ja estava habituado a aquele tipo de reacções desde que tinha sido contratado pois pouca gente se tinha habituado a presença.

 Ao chegar em frente ao quadro abriu-o e ligou a lanterna que estava la dentro e olhou para os fusiveis tentendo perceber o que ocorrera....

 

Quando estás junto ao

Quando estás junto ao quadro constatas que a porteira, a D. Zulmira não está lá e que os alunos aproveitaram para abrir a porta para sair. http://invisiblecastle.com/roller/view/1458867/

Olhando para o quadro apercebes-te que este nada tem de mal; o problema não vem da escola.

http://invisiblecastle.com/roller/view/1458879/

Os alunos entretanto que estavam junto à porta pararam de fazer a algazarra e estão calados e a murmurar (embora os que estão mais para trás continuem).

Um pormenor: o quadro fica junto a uma pequena "casota" de vidro dentro da escola junto à porta, que tem um telefone, uma cadeira e uma mesa. 

 

 

 

 

 

'Ph'nglui mglw'nafh Cthulhu R'lyeh wgah'nagl fhtagn

 

 

" Robot durante o dia, vegetal durante a noite"

Jan intrigado com a

Jan intrigado com a ausência da D. zulmira e com o que se passava com os alunos vai ver o que se passa utilizando a lanterna para ver tudo a sua volta!

 "hey que se passar aqui porque estao ai todos parados ou vao para casa ou para sala de aula..." Apontando a sua lanterna Jan ilumina a pequena casota á procura do que podia fazer calar miudos que iam sair mais cedo das aulas!

Jan intrigado com a

Jan intrigado com a ausência da D. zulmira e com o que se passava com os alunos vai ver o que se passa utilizando a lanterna para ver tudo a sua volta!

 "hey que se passar aqui porque estao ai todos parados ou vao para casa ou para sala de aula..." Apontando a sua lanterna Jan ilumina a pequena casota á procura do que podia fazer calar miudos que iam sair mais cedo das aulas!

Exprimi-me mal: os alunos

Exprimi-me mal: os alunos estão parados a olha para uma coisa que está lá fora (onde muitos aliás estão).

Apercebes-te do seguinte: fora não há nada. Não há casas, lojas, ruas, nada. Apena um descampado e escuridão. E a poucos metros de ti, apercebes-te que está uma sombra a avançar muito rapidamente. Gigantesca (mais alta que a escola), como uma parede de negrume, ela subitamente traga os alunos que se tinham distanciado mais, deixando-se de se ver os as luzes dos telemóveis. Mas em compensação ouves gritos. Desta vez de dor. Os alunos à tua frente recuam subitamente em pânico.

 

Nota: tens uns 5 segundos em tempo de jogo ou um turno se preferires para agir antes da sombra te atingir. O portão (composto por 2 portas) está todo escancarado para a frente, e está impedido pelos alunos que estão a tentar entrar.

 

'Ph'nglui mglw'nafh Cthulhu R'lyeh wgah'nagl fhtagn

 

 

" Robot durante o dia, vegetal durante a noite"

Jan mal cria acreditar no

Jan mal cria acreditar no que via parecia tudo saido de um filme de terror ao perceber-se que nada podia fazer pelas crianças atira-se para a pequena casota fechando a porta atras de si e escondendo-se debaixo da mesa!

 

"niet.....niet..... isto é horrivel crianças escondam-se......procurar sitio seguro." 

Jan sentiu de repente tudo

Jan sentiu de repente tudo ficar escuro, mas o seu cérecbro era incapaz de raciocinar no que estava a suceder.

 http://invisiblecastle.com/roller/view/1461776/

 

Ouviu uma miúda aos gritos que devia estar junto ao vidro, pois ouviu este a ser martelado; subitamente este son parou. Os gritos continuaram pelo resto do corredor mas cada vez mais distantes, no que pareceu uma eternidade.

 

'Ph'nglui mglw'nafh Cthulhu R'lyeh wgah'nagl fhtagn

 

 

" Robot durante o dia, vegetal durante a noite"

Jan ainda estava a tremer

Jan ainda estava a tremer depois tudo o que aconteceu lentamente levantou -se e olhou em seu redor como nao conseguia ver nada acendeu a lanterna e saiu no corredor para tentar encontrar alguem e perceber o que se tinha passado.

 

 

O silêncio é

O silêncio é sepulcral. 

Bem, tu vês muita gente: miúdos mortos no chão ao longo do corredor e lá fora. Estão cheios de pequenas feridas do tamanho de moedas de 2 euros pelas partes visiveis do corpo (e por rasgões na roupa).

http://invisiblecastle.com/roller/view/1462769/

Apesar disso consegues manter o sangue frio e concentras-te na busca de possíveis sobreviventes. 

 

 As duas portas com sala de aula perto da entrada estão abertas e o espectáculo é o mesmo. Mas um pouco à frente, ouves um soluçar por detrás das portas (que estão fechadas). 

 'Ph'nglui mglw'nafh Cthulhu R'lyeh wgah'nagl fhtagn

 

 

" Robot durante o dia, vegetal durante a noite"

Jan avança até as portas

Jan avança até as portas contornando os variados corpos que estão espalhados pelo chão! Por mais que que quisesse nao conseguia fazer sentido de todo aquele cenário.

 Encostou o ouvido a porta para ter a certeza de onde provinha o som bateu levemente a porta e disse:

 "quem esta ai?é Jan...quem és tu?tas bem?"

Continuas a ouvir o

Continuas a ouvir o soluçar de crainças, mas ouves um mumúrio de vozes e uma voz de uma professora a dizer:

-Está gente aí fora? Aquela coisa o que era? Já passou?

 

 'Ph'nglui mglw'nafh Cthulhu R'lyeh wgah'nagl fhtagn

 

 

" Robot durante o dia, vegetal durante a noite"

"Professora é Jan....nao

"Professora é Jan....nao sei o que passou mas é mau nao deixa crianças sair para fora da sala...Estao todos bem?" Jan afastou se da porta e olhou em volta a tentar perceber se havia mais sobreviventes noutras salas.

Ao longo do corredor vais

Ao longo do corredor vais ouvindo mais sobreviventes que estão nas salas que se conseguiram fechar a tempo, embora a maioria estejam abertas, cheias de cadáveres. Numa das salas junto à escadas, mal te dás a entender, a porta abre-se e 4 raparigas dos seus 12/14 anos (as tais que tinham gritado de susto ao ver-te) agarram-se a ti a soluçar e chorar.

-Eu quero a minha mãe!

-Está tudo morto!

-É o fim do mundo!

Tens a opção de seguir à esquerda para seguir o corredor, subir as escadas, ou outra coisa qualquer que te lembres.

 

 

 

'Ph'nglui mglw'nafh Cthulhu R'lyeh wgah'nagl fhtagn

 

 

" Robot durante o dia, vegetal durante a noite"

"fiquem com calma ir ter

"fiquem com calma ir ter com a professora nao sala atras.....tudo vai correr bem..." disse Jan tentando transmitir uma calma que nao sentia - isto so pode ser guerra  uma bomba ou qualquer coisa assim - todo o cenário fazia lembrar os filmes de propaganda de guerra que assistira durante o seu serviço militar mas ele nao tinha conhecimento de uma bomba com aqueles efeitos.... decidiu subir ao primeiro andar onde estava a sala de professores tentando encontrar mais professores para começar a reunir os sobreviventes.

 

Vais subindo por entre as

Vais subindo por entre as pilhas de corpos, até que chegas à sala dos professores que está fechada pelo menos...

 

'Ph'nglui mglw'nafh Cthulhu R'lyeh wgah'nagl fhtagn

 

 

" Robot durante o dia, vegetal durante a noite"

Jan bate a porta com

Jan bate a porta com esperança de que pelo menos mais alguns professores tenham escapado.

"Sr professores é Jan podem sair está seguro agora. é preciso ajudar os meninos....está ai alguem?"

De repente ouves barulho de

De repente ouves barulho de vidros partidos e gritos lá dentro, e simultaneamente ouves o mesmo lá em baixo; passados poucos instantes ouves passos a correr nas escadas e vês logo um grupo de miúdos a subir que passam por ti como setas e um deles tem uma "coisa" na cabeça que não consegues distinguir bem o que é, enquanto ele vai gritando e dando cabeçadas contra as portas e paredes.

 

 

 

" Robot durante o dia, vegetal durante a noite"

 

 

" Robot durante o dia, vegetal durante a noite"

Isto é de loucos que

Isto é de loucos que ciraturas sao estas? rapidamente Jan correu para dispensa com os produtos de limpeza daquele piso à procura de algo que pudesse usar como uma arma! Tirou de lá uma esfregona a qual retirou a ponta...

Saiu a correr a atras dos miudos tentanto ajuda los.

 

[occ] desculpa se estou a cometer algum erro ao dizer que encontrei uma arma se quiseres que rectifique é so dizer....

OOC: Isto vai ser cheio de

OOC: Isto vai ser cheio de explicações. Para encontrar rapidamente o que querias, teve de se fazer um lançamento de sorte, de que tiveste um critico.

 http://invisiblecastle.com/roller/view/1469265/ 

Jan encontrou uma esfregona já sem a ponta e atirou-se ao bicho. Este olhou para Jan que lhe provocou calafrios: era uma pequena criatura do tamanho e forma de uma ratazana, mas com uma cara humana, com dentes muito aguçados e uma imitação de sorriso.

 http://invisiblecastle.com/roller/view/1469270/

Quase que desmaias ao ver o animal. Começas a tentar raciocinar sobre o que viste, e achas que é melhor deixar as explicações para mais tarde, para quando o aluno estiver a salvo. Mas aquilo não era normal...

http://invisiblecastle.com/roller/view/1469286/

 OOC: Como acabaste de ver um ser o teu primeiro ser do Mito (parabéns!), não te fiz o primeiro lançamento de sanidade para ver se passavas, mas apenas o lançamento de dano mental (e aí tiveste azar), pois foi a primeira vez que estiveste em contacto com uma coisa claramente fora da ordem natural das coisas. O dano (6), é muito elevado, e tive de fazer um segundo lançamento para ver se sobrevivias ao choque ou ficavas a babar-te (e conseguiste passar), por isso estás à vontade de fazer as acções que quiseres. Entretanto na tua folha de personagem, vão ser feitas duas alterações: vais perder 6 pontos de san, e adquirir 5 pontos na skill de Mito, pois ao ver o ser, já obtiveste um conhecimento de uma outra realidade.

 

 

 

 

" Robot durante o dia, vegetal durante a noite"

 

 

" Robot durante o dia, vegetal durante a noite"

O animal que atacou o aluno

 Em cima de um aluno...

 

" Robot durante o dia, vegetal durante a noite"

 

 

" Robot durante o dia, vegetal durante a noite"

Loucura....isto é loucura

Loucura....isto é loucura que raio de.... de..... monstros sao estes mal posso acreditar no que o meu olhos estao a ver.....

"aguenta miudo... força!!!!" gritou Jan enquanto saltava de arma em riste para tentar afastar aquele monstro do rapaz

 

[OCC] - so para dizer que estou adorar esta aventura, consegues criar um cenario mesmo assutador até mesmo a escrever fico com medo do que está ao virar da esquina!

 

Já agora da proxima vez que encontrar um monstro destes voltas a rolar o dano mental ou a minha mente "habitua-se" a estas situações estranhas?o que acontece quando perco a sanidade? GAME OVER?

OOC: Fico contente por

OOC: Fico contente por gostares. Em Call of Cthulhu, existe um limite máximo de pontos que se perde por ver uma criatura; atingido esse máximo, não se perde mais (por um ou mais, não interessa). Pelo menos por uns dias... E claro que não te vou dizer se atingiste esse valor agoraCool

 Quando perdes a san, podes desatar a fugir aos gritos, podes babar-te, ter alucinações, etc. Game over não, não teria piada, só se faz com um grande grupo de jogadores.

Entretanto, embora te apareça um target 24%, tens um bónus de 20% pela criatura que é, o que dá 44%. 

 

Jan bateu no aluno com a arma improvisada

http://invisiblecastle.com/roller/view/1470208/ 

e conseguiu acertar-lhe.

http://invisiblecastle.com/roller/view/1470213/

A criatura deu um guincho e largou a sua presa e fugiu pelo corredor. O aluno (não mais de 1m50) estava meio atordoado, e com sangue a escorrer pela cara. Um colega que ficara para te ajudar, pergunta-lhe se ele está bem,a que ele responde com voz embargada que lhe doi a cabeça. Ouvem então mais gritos vindos dos andares de baixo, e aparecem a correr mais alunos, uma dúzia deles: 4 rapazes e 8 raparigas. Estão em pânico e quando chegam ao pé de ti desatam a falar muito depressa:

-Estão uns bichos horríveis!
-Eles atacaram a stora Margarida!

-E também a Tânia e o casmurro!

-Vá ajudar depressa o Pintas!

-Eles são enormes! Maiores que pessoas!

Ouve-se subitamente um grito agónico e depois o silêncio. Os miúdos agarram-se a ti assustados e perguntam-te:

 -O que é vai fazer?

 

" Robot durante o dia, vegetal durante a noite"

 

 

" Robot durante o dia, vegetal durante a noite"

Jan estava ainda receoso do

Jan estava ainda receoso do seu encontro que aquele monstro mas tinha de ajudar os outros...

"voces ir para dentro de saula sem janela e tranquem so abram para Jan ou professores eu vou ajudar outros!!"

 Dizendo isto parte em direcção as escadas tentando-se preparar para o confronto com aquelas criaturas maiores que pessoas!

Descendo muito devagarinho

Descendo muito devagarinho e com cuidado para não tropeçares nos corpos, com a tua arma bem agarrada, chegas ao andar de baixo. Aí vês 2 dos animais em cima de uma criança. Um deles vira-se para ti com uma mão na boca, mas não parece que te tenha visto.

http://invisiblecastle.com/roller/view/1471371/ 

http://invisiblecastle.com/roller/view/1471372/

http://invisiblecastle.com/roller/view/1471373/

Ficas horrorizado ao veres aquela maozinha a ser comida por aqueles monstros. Sentes uma névoa vermelha a passar à frente dos teus olhos, e algo estala dentro de ti. Decides que vais enfrentá-los, afinal eles são apenas 2.

OOC: Perdeste agora 8 pontos (por ver um corpo mutilado, não pelos animais), e tiveste de fazer um lançamento para evitar loucura temporária (e conseguiste), mas como perdeste mais de 1/5 dos teus pontos iniciais de sanidade em poucos minutos, significa que atingiste a loucura indefinida (de forma automatica, sem lançamentos). Manténs a personagem, mas prepara-te para efeitos secundários... 

" Robot durante o dia, vegetal durante a noite"

 

 

" Robot durante o dia, vegetal durante a noite"

Combatendo o sentimento de

Combatendo o sentimento de revolta pelo que ia fazer Jan pegou numa mochila coberta de sangue de um miudo, ("...é o miudo que foi chamado ao director...que triste fim se tivesse ficado na aula...."pensou), atira-a a um dos monstros a fim do distrair com o sangue e atira-se ao outro com arma em riste...

Atiras a mochila mas ela

Atiras a mochila mas ela falha o monstro que se desvia para o lado

 http://invisiblecastle.com/roller/view/1472449/

De repente eles vêm-te já próximo e a atacar um deles;

 http://invisiblecastle.com/roller/view/1472450/

http://invisiblecastle.com/roller/view/1472451/

Com a pancada que dás, a criatura fica completamente esmagada. Quando levantas a tua arma improvisada, saem salpicos de sangue. A outra criatura foge imediatamente para uma sala. Só que passados instantes sentes mais passadas e vês uma dúzia de criaturas a 6 metros à frente. Ouves entretanto algumas vozes de dentro de uma sala, a perguntar o que se passa, se já é seguro sair (a sala fica entre ti e as criaturas).

 

" Robot durante o dia, vegetal durante a noite"

 

 

" Robot durante o dia, vegetal durante a noite"

Jan estava preocupado não

Jan estava preocupado não conseguia debater-se contra 12 criaturas daquelas sozinho mas nao podia deixar que os mosntros entrassem na sala. So havia uma coisa a fazer iria atrair os bichos até ele. "rápido fechem a porta e nao saiam" virando -se para os mosntros começa a berrar " seus mosntros, AH vir ter comigo AH OH " para enfatizar a sua tentativa atira outra mochila para chamar a atenção!

Lanças a mochila

Lanças a mochila e

http://invisiblecastle.com/roller/view/1472536/

http://invisiblecastle.com/roller/view/1472538/

 embora sejam muito rápidas a mexer-se, o facto de estarem num local tão apertado e serem muitos, é uma desvantagem e consegues acertar em dois. A mochila cai mesmo em cima de um monstro que estava a passar por cima de outro espalmando os 2 e ouves um "crrac". Alguns dos bichos fogem então para diferentes salas e outros para trás.

 

 

OOC: Tiveste um critico, o que signica o dobro do dano, só que como são vários animais ao monte, um leva 2/3 do dano e outro 1/3.

" Robot durante o dia, vegetal durante a noite"

 

 

" Robot durante o dia, vegetal durante a noite"

Rapidamente Jan dirige-se a

Rapidamente Jan dirige-se a sala onde estavam os miudos para ve se estavam todos bem. "crianças estão todas bem?quero que mantenham a porta fechada e so abram se for eu ou outro professor. Arranjem umas cadeira ou qq coisa que possam usar pa bater nos bichos se algum entrar".

Depois de ter a certeza que estão todos bem Jan sai a procura da professora e do aluno atacado.

http://invisiblecastle.com/r

http://invisiblecastle.com/roller/view/1475026/

Vais procurando no meio de todos aqueles corpos, e vais reconhecendo as caras do alunos que conhecias; alguns eram bons alunose eram simpáticos, outros eram problemáticos e gozavam-te; agora estão todos igualmente mortos juntamente com os seus professores, de olhos abertos para o vazio, com aquelas pequenas feridas, de onde saem pequenas gotículas de sangue. Vislumbras pelo canto do olho, sombras; são os monstros que estão a vigiar-te; quando te viras para os encarares, eles desaparecem num ápice.

 

 

" Robot durante o dia, vegetal durante a noite"

 

 

" Robot durante o dia, vegetal durante a noite"

"Rolera...malditos porque

"Rolera...malditos porque me perseguem nao percebo isto porque isto aconteceu donde vieram todas estas criaturas???" Jan decide voltar a sala dos professores para tentar arranjar alguem com quem formar uma um grupo coeso para reunir todos aqueles que sobreviveram e também para ser mais facil resistir e combater estas criaturas.

 

[OCC]

 Explica me uma coisa quando lanças os dados o target é o quanto temo que ter para que a açcao seja bem sucedida?? é so o lançamento dos dados que define o valor ou existem ou factores?

OOC: Tens uma skill que

OOC: Tens uma skill que normalmente é o target (à vezes usa-se uma caracteristica na ausência de skill) e tens de ter um resultado inferior no lançamento de dados, embora possam existir modificadores; tentar acertar num carro em andamento bastante longe, é mais difícil do que numa pessoa parada a dois metros de distância. 

Jan foi subindo as escadas com cuidado para não pisar os corpos, enquanto sentia o riso das criaturas atrás de si; a falta de luz não ajudava nada. Quando chegou ao cimo, viu os alunos no fundo do corredor ainda à sua espera. Estes vieram a correr ter com ele.

-Ó senhor Jan, onde tá a Tânia?

-Os nossos colegas?

-Já matou os bichos? 

 

" Robot durante o dia, vegetal durante a noite"

 

 

" Robot durante o dia, vegetal durante a noite"

"Crianças é perigoso ficar

"Crianças é perigoso ficar nos corredores. Os vossos amigos estão bem estão trancados na sala vamos a sala de professores para arranjar mais gente para os ir buscar! Os que tiverem lanternas nos telemoveis apontem o caminho os que nao tiverem agarrem em qq coisa que possam usar como arma e venham atrás de mim! Vamos agora rápido..." Juntos seguriam todos pelo corredor agora iluminado pelas luzes do tlm dos miudos. Ao xegarem a porta da sala dos professores Jan bate efusivamente e chama pelos professores.

Vão avançando para a sala

Vão avançando para a sala dos professores, quando vês a correr em vossa direcção uma ratazana maior do que qualquer uma das que viste até agora (mesmo assim é mais pequena do que tu): esboça um esgar que parece um riso trocista, e estende as garras ao preparar-se para saltar para te atingir.

 

" Robot durante o dia, vegetal durante a noite"

 

 

" Robot durante o dia, vegetal durante a noite"

De arma em riste Jan

De arma em riste Jan preparado para o embate com a criatura....(que jogo mais macabro de baseball pensou ele) "crianças tenham cuidado com os que podem vir detras...mantenham-se atras de mim e apontem as luzes para ser mais facil acertar e talvez possamos encadear esta criatura".

(Estão cada vez maiores estes monstros... donde será que vêm e qual o seu propósito... tem de haver uma explicação)

Os miúdos olham para ti e

Os miúdos olham para ti e obedecem prontamente. 

Quando ela está já perto de ti, dás-lhe um forte golpe.

http://invisiblecastle.com/roller/view/1477044/

 http://invisiblecastle.com/roller/view/1477051/

Sorris vitoriosamente perante a criatura que fica com o cranio esmagado, e não ligas aos olhares horrorizados que os alunos te deitam.

Quando te aproximas, sentes um choque: percebes que era uma aluna. Vês a massa cinzenta palpitante com o osso aberto, e um jorro de sangue. A sua cara é perfeitamente reconhecivel, e lembras-te da pequena Micaela, que era uma menina muito sossegada. Mais atrás, vês várias criaturas: a Micaela deve ter saído de uma sala e fugiu para cima, perseguida pelos bichos. Tudo não passou de uma alucinação.

http://invisiblecastle.com/roller/view/1477058/

Os miúdos estão a tremer a olhar para ti.

 

 

OOC: embora tenhas passado o teste de san, perdes 1 ponto na mesma; não se mata crianças impunemente (mesmo que tenha sido culpa de uma alucinação)!

" Robot durante o dia, vegetal durante a noite"

 

 

" Robot durante o dia, vegetal durante a noite"

[OCC].......................

[OCC]..........................................(pasmo) nem acredito que reviravolta. Fiquei todo contente quando vi que tinha acertado na criatura e a medida que fui lendo o texto o maxilar caiu ao chao. Devo dizer que és um master story teller ou story maker neste caso.

 

Ah é verdade deixei de usar o sotaque do polaco por três razões

  1 - nao faço a minima ideia de como soa um sotaque polaco

  2 - É mais facil conduzir as falas do meu personagem pk nao tenho que andar à procura de palavras especificas que encaixem no discurso

 3 - e a mais importante tou sem net em casa e vou te respondendo no intervalo para o almoço no trabalho e de vez enquando quando tou menos aterefado, pelo que se torna mais rapido escrever.

Avante com aventura.... 

 

 

Visivilmente chocado com o que acabara de fazer Jan olha para as suas maos manchadas de sangue da pequena Micaela! "Crianças...eu...eu nao queria...pensava que era um daqueles monstros....Meu Deus o que se passa aqui.... Crianças sempre que aparecer uma criatura digam se é monstro ou pessoa  já nao posso confiar nos meus olhos, façam isso independentemente de parecer obvio que se trata de uma pessoa!.....E desculpem eu nao queria ter feito aquilo nunca faria mal a nenhum de vocês." Lentamente resume a caminhada para a porta da sala dos professores tendo atenção a qualquer criatura que possa aparecer.

OOC: Obrigado mais uma vez

OOC: Obrigado mais uma vez pelo elogio e fico contente por gostares.  Criei um cenário diferente do clássico de call of cthulhu, e que tivesse efeitos de surpresa: afinal se o perigo é previsivel, onde está o medo? O sotaque polaco é dificil de traduzir, basta usar um português macarrónico. Entretanto, qualquer sugestão, ou ideia é bem vinda.

Os miúdos olham para ti com ar ainda assustado; mas para onde ir? Vocês pressentem as criaturas lá à frente na escuridão. Quando vocês avançam, ouvem o ruido delas, a esconder-se no meio dos corpos ou a recuar. Ao chegarem junto à sala dos professores, ouvem gritos lá dentro e a porta está trancada.

Entretanto, de outras duas portas ouvem vozes:

-Já se pode sair? O que é que está a acontecer aí fora?

-Tenho fome!

-Não adianta nada ficarmos cá dentro!

-Meninos! Até o segurança e a polícia chegarem, ninguém sai!

 

" Robot durante o dia, vegetal durante a noite"

 

 

" Robot durante o dia, vegetal durante a noite"

"não saiam das salas ainda

"não saiam das salas ainda a monstros a andar nos corredores!! Meninos vao para sala onde está o professor que eu vou tentar arrombar a porta e ajudar quem tiver la dentro!" Dito isto Jan recua para ganhar algum balanço e de atira -se de ombro contra porta tentando abri-la!

Dás um forte encontrão

Dás um forte encontrão à porta e

http://invisiblecastle.com/roller/view/1478245/

 

ela abre-se! Lá dentro vês vários professores e alunos em volta de duas professoras no chão, uma delas aos gritos e a outra aparentemente desmaiada.

 

 

" Robot durante o dia, vegetal durante a noite"

 

 

" Robot durante o dia, vegetal durante a noite"

"Professores tambem foram

"Professores tambem foram atacados! Os alunos.....tantos mortos....nao sei o que se passou mas existem muitas criaturas destas nos corredores!acho que deviamos sair todos armados com o que conseguissemos e juntar todos os sobreviventes e mudarnos todos para um lugar seguro talvez no ginásio. quem se encontra em condições?"

 Jan procura um professor que pareça estar mais capaz de liderar o grupo e vai ter com ele.

[OCC] como tenho estado a

[OCC] como tenho estado a ler os posts do Nazgul vou supor que ele esta mesmo a falar comigo e reponder já se quiseres fazer de maneira diferente diz!!

 

"Professor nao sei que se passou...aquela escuridao que invadiu a escola estava xeia de monstros todos os que foram apanhados por ela morreram....os corredores estão xeios de mortos e de criaturas mas ainda existem sobreviventes na escola toda. Tenho conseguido combater alguns deles mas são muitos e cada vez são mais! Precisamos de levar todos para um sitio seguro e organizar uma defesa!!........................e existe algo mais que lhe preciso contar mas so depois de termos todos a salvo!

OOC:Podem ler mas prefiro

OOC:Podem ler mas prefiro ser eu a escrever o que vocês percebem o que o outro diz...

Um dos professores responde-te com voz autoritária:

-Calma homem! o que se passa lá fora?

 

 

" Robot durante o dia, vegetal durante a noite"

 

 

" Robot durante o dia, vegetal durante a noite"

Finalmente ele

Finalmente ele diz-te:

-Monstros...escuridão...não sei o que se passa mas não vou ficar aqui parado à espera!
-Anda, ajuda-me a levar estas pessoas daqui. 

 

" Robot durante o dia, vegetal durante a noite"

 

 

" Robot durante o dia, vegetal durante a noite"

Juntamente com o professor

Juntamente com o professor Jan começa  encaminhar os variados alunos e restantes professores para fora da sala. "professor talvez ser boa ideia levar todos para ginásio ou refeitorio. É maior e ter coisas que podemos usar para protecção!". Quando estão no corredor Jan vai batendo nas saulas e dizendo "Podem sair tamos aqui professores estar seguro...vamos todos juntos"

A funcionária do bar dos

A funcionária do bar dos professores leva todas as facas e garfos que pode. Contam 54 alunos, 7 professores e 2 funcionários. Tem 2 caminhos a seguir (quer para o refeitório, quer para o ginásio).

1º  Voltarem atrás no corredor, descer as escadas, só que em vez de seguirem para a frente até à saída, virarem à esquerda, e depois de umas voltas, atingirem o local que escolheram.

2º Seguir pelo corredor no primeiro andar, subirem um andar, continuarem por ele e depois descerem 2 andares para atingir o local pretendido.

OOC: Por incrivel que pareça, usei o modelo de uma escola real para este percurso estranho. 

" Robot durante o dia, vegetal durante a noite"

 

 

" Robot durante o dia, vegetal durante a noite"

[OCC] não percebi disseste

[OCC] não percebi disseste escola ou labirinto lol. Realmente essa escola nao estava muito bem planeada.

 

Jan como conhecedor dos labririnticos corredores da escola disse aos Professores: "É melhor irmos pelo andar de cima  chegamos mais rapido! Rapido todos em ordem alunos no meio professores a frente e atrás..."

Lentamente vão avançando

Lentamente vão avançando pela escuridão, por cima dos corpos de alunos, tentando não tropeçar nestes. Quando chegam ao andar de cima, descobrem muito mais alunos dentro das salas; eram as turmas melhor comportadas do 9º ano e as do 10º que tinham ficado em grande parte dentro das salas de aulas com os professores e estavam ajuizadamente à espera que o aluno delegado de turma voltasse com notícias do que se passava; como era o último turno eram poucas turmas.

Tentam conversar com eles e explicar-lhes a situação, ou limitam-se a seguir em frente?

 

" Robot durante o dia, vegetal durante a noite"

 

 

" Robot durante o dia, vegetal durante a noite"

"Não podemos deixa los aqui

"Não podemos deixa los aqui a merçe dos monstros acho que deviamos ficar juntos!!" Jan dirige-se aos professores das turmas e tenta explicar lhes a situação.

OOC: o Joel foi pelo outro

OOC: o Joel foi pelo outro caminho (levando com ele a maioria dos alunos e todos os professores). Estás outra agora só com os teus 12 alunos de há pouco, mais dois que se juntaram a ti e a D. Maria José do bar dos professores (que tem consigo um par de facas, tendo cedido o resto aos outros profs).

 

Falas com alunos e professores para tentar convence-lis a ir embora.

http://invisiblecastle.com/roller/view/1484334/

Só que a história é tão incrivel, que ninguém te acredita. Além de que não agrada a ideia a ninguém de ir lá fora com este escuro (e pior, se fosse verdade, estavam mais seguros lá dentro). A menos que queiras fazer outra coisa, segues então com o teu grupo até às escadas.

 

 

" Robot durante o dia, vegetal durante a noite"

 

 

" Robot durante o dia, vegetal durante a noite"

Jan desistiu de tentar

Jan desistiu de tentar convencer os alunos e segue em frente até as escada por percaução escolheu os alunos com maior capacidade de se aguentarem numa luta e armou os com as facas o resto iluminou o caminho com o seus telemoveis.

OOC: os alunos são de

OOC: os alunos são de 7º ano, por isso os rapazes ainda são mais baixos que as raparigas, raramente chegando a 1,50m... Elas já são maiores, mas estão todas agarradas umas às outras a tremer.

Lentamente vão descendo as escadas; deste lado, não há mortos e podem andar relativamente desimpedidos. Cá em baixo já há cadaveres outra vez. Com apenas a luz dos telemóveis, vão avançando lentamente, ouvindo-se unicamente o soluçar e chorar do teu grupo (mas sem falarem). Viram no corredor à esquerda, antecipando qualquer perigo, mas para vosso alivio, vêm apenas alguns corpos; decididamente já se habituaram à sua presença. Ouves então uma voz de uma menina dizer baixinho:

"-Tenho frio, está muito escuro". 

 

 

" Robot durante o dia, vegetal durante a noite"

 

 

" Robot durante o dia, vegetal durante a noite"

[OCC] Pensava que os alunos

[OCC] Pensava que os alunos do décimo tinham vindo comigo por isso tive a ideia das facas para os rapazes.

 

Jan virou se para a rapariga e despiu o seu casaco de cabedal velho e estragado po-lo nos ombros da rapariguinha assustada: "nao te preocupas,assim que chegarmos todos seguros, Jan vai mais professores tentar arranjar a luz da?? Aguenta mais pouquinho ja testa quase!!"

Dito isto segue novamente a frente do grupo alerto aos possiveis perigos naqueles corredores labirinticos.

A rapariga olha para ti

OOC: Não, os alunos do 10º ano ficaram todos nas salas com os professores, à espera que a luz volte (pelo menos , até que toque para sair).

 

A rapariga olha para ti confusa:

-Mas eu não disse nada! 

As outras sorriem entre elas e cochicham, e percebes que acham que te estás a tentar atirar à amiga.

De facto a voz dela é diferente da que ouviste há pouco; a voz que ouviste é diferente aliás de todas as que estão no grupo. Elas estavam atrás dos rapazes, mas agora estão coladas a ti.

-Oube lá, ó Jan, deixa a miúda em paz e anda pra frente!-diz a D. Maria José.

-Tenho medo, está muito escuro, onde estão todos?-Ouves outra vez a voz que te começa a soar familiar.

" Robot durante o dia, vegetal durante a noite"

 

 

" Robot durante o dia, vegetal durante a noite"

Jan está confuso...percebe

Jan está confuso...percebe que deve estar a ter outra alucinção como a que levou a matar a outra rapariga e fica com medo de magoar alguem!

 "Esperem um pouco vocês não ouvem nada??" Com cuidado para não os muidos não se assustarem vai tentando encontrar a origem daquela voz e tenta-se lembrar porque lhe soa tão familiar.

 

[OCC] Desculpa estes dias de ausência tive uns quantos problemas no trabalho e não me permitiu vir aqui.

OOC: Não há problema, o

OOC: Não há problema, o mundo real está primeiro.

A voz entretanto calou-se. Mas em compensação vê à frente a silhueta de uma rapariga no final do corredor. E reconhece-a. Micaela. Ela vira-se e vai embora.

O miúdos estão a olhar para Jan.

-Hum, senhor Jan, o que fazemos agora?

" Robot durante o dia, vegetal durante a noite"

 

 

" Robot durante o dia, vegetal durante a noite"

"meninos continuamos

"meninos continuamos avançar mas tenham cuidado e chamem me assim que virem algo de estranho ok?" Dito isto seguiram todos juntos ao longo do labirintico corredor com Jan cada vez mais preocupado com as suas, cada vez mais frequentes alucinações....

À medida que vão

À medida que vão avançando o corredor vai ficando mais iluminado até estar um dia claro (mas ainda dentro da escola), e de repente vêm pessoas à vossa volta: são unicamente raparigas que estão a andar de forma muito ordeira, e tem umas roupas estranhas, como nos filmes dos anos 50 ou 60. Caminham ignorando-vos, mas o teu grupo está completamente em pânico:

-Quem é esta gente?

-Já há luz outra vez?

-Vão-se embora da nossa escola!

  

 

" Robot durante o dia, vegetal durante a noite"

 

 

" Robot durante o dia, vegetal durante a noite"

Isto é muito estranho mas

Isto é muito estranho mas estão todos a ver o mesmo que eu nao pode ser uma das minha alucinações pensou Jan enquanto olha em volta incrédulo! Avançando tenta falar com uma das aparições tocando lhe no braço - "desculpa o que é isto donde vieram voces?"

http://invisiblecastle.com/r

http://invisiblecastle.com/roller/view/1500073/

O teu braço atravessa as figuras; no entanto apesar de sentires um estremeção, depois de tudo o que passaste por hoje, não vão ser uns reles fantasmas a assustar-te! Os teus pupilos também sobrevivem bem.

Ouves então um ruído de um canto do corredor, numa zona sem gente aparentemente..

 

" Robot durante o dia, vegetal durante a noite"

 

 

" Robot durante o dia, vegetal durante a noite"

Deciddidamente uns fantamas

Deciddidamente uns fantamas não era de estranhar tendo em conta as situações que já enfrentaram. Jan decidido a tentar encontrar uma explicaçao para aqueles fenomenos todos virige se com cuidado a procura da origem do ruido!

"tenham cuidado vou ver o que era o barulho!Mantenham-se juntos!"

Num canto do corredor,

Num canto do corredor, está uma rapariga a tapar a passagem; tu atravessa-la sem problemas. Vês que atrás, está um bando de miúdas a fazer bulling a uma mais pequena; não consegues ouvir o que dizem (os fantasmas são silenciosos), apenas ouvindo curiosamente a rapariga que está a ser maltratada; ela de repente vira-se para ti e grita-te ajuda, mas quando lhe vais tocar, tudo desaparece, e voltas a ficar envolvido na escuridão. 

" Robot durante o dia, vegetal durante a noite"

 

 

" Robot durante o dia, vegetal durante a noite"

Jan olha em volta tentando

Jan olha em volta tentando perceber onde se encontra!

 "mas o que se passa aqui pessoas que parecem e desaparecem, parece que os fantasmas ganharam vida!

Miudos estão todos bem?nao falta ninguem?"

 

OCC: estou a supor que ainda estamos todos juntos e que nao fiquei sozinho na escuridao

Voltando para trás,

Voltando para trás, econtras os teus pupilos de volta. De repente, voltas a ver "os fantasmas": apercebes-te que está um bando de raparigas (o mesmo de há bocado) parado a olhar para o corpo da miúda que estavam a martirizar: a miúda está estendida no chão a sangrar, e as outras de repente fogem. Passado um bocado chega uma senhora que dá um grito, e vai ter com o corpo inanimado. Reconheces vagamente aquela senhora, mas não sabes bem quem é...

-Minha virgem santíssima, quando é que estas assombrações vão-se embora!- diz a funcionária

-Tenho medo!

O que fazemos agora?- pergunta pragmaticamente um dos alunos 

 

" Robot durante o dia, vegetal durante a noite"

 

 

" Robot durante o dia, vegetal durante a noite"

Jan vira-se para a

Jan vira-se para a funcionaria e pergunta "quem esta senhora na alucinação? Estou a reconhece la mas nao sei de onde!!"

"acho que a unica solução é seguirmos em frente e tentar encontrar todos os outros, isto ta tudo mto estranho mas aqui parados nao conseguimos descobrir mais nada..." 

-Acho que sei quem é.

-Acho que sei quem é. Parece-me a professora Albertina.

Entretanto, vês novamente a Micaela. Ela faz-te sinal para a seguires. 

 

" Robot durante o dia, vegetal durante a noite"

 

 

" Robot durante o dia, vegetal durante a noite"

"Eu nao percebo nada disto

"Eu nao percebo nada disto mas tambem nao temos nenhuma ideia de onde nos dirigirmos por isso vamos todos seguir a Micaela" Jan volta -se e segue o "fantasma".

Segues a Micaela, e depois

Segues a Micaela, e depois de andar um bocado, ela aponta-te para a menina que está novamente a ser maltratada pelas colegas. Só que desta vez, consegues ouvir tudo. E as miúdas que estão a insultá-la, de repente viram-se para ti admiradas e perguntam quem és, e tentam disfarçar o que estavam a fazer

 

 

" Robot durante o dia, vegetal durante a noite"

 

 

" Robot durante o dia, vegetal durante a noite"

o que estavam a fazer a

o que estavam a fazer a essa muida porque se estavam a meter com ela?

-Nós? Nada! Estavamos

-Nós? Nada! Estavamos apenas a brincar- diz uma com um ar muito inocente. 

A menina continua a chorar num canto. 

" Robot durante o dia, vegetal durante a noite"

 

 

" Robot durante o dia, vegetal durante a noite"

"A brincar nao eu bem vi que

"A brincar nao eu bem vi que estavam a fazer lhe mal e é bom que me digam o que se esta aqui a passar antes que haja chatices e acreditem em mim eu nao estou para brincadeiras!"

De repente elas

De repente elas transfiguram-se e dizem-te:

 As meninas mostram o que são...

 

 

-Não te metas vivo, estamos condenadas a repetir para sempre o que fizemos.

 Elas preparam-se para te atacar. Tens duas hipóteses: foges ou lutas com elas metalmente (power contra power).

 

" Robot durante o dia, vegetal durante a noite"

 

 

" Robot durante o dia, vegetal durante a noite"

Não vou recuar já vi

Não vou recuar já vi demasiadas pessoas sofrer... chega lutarei contra voces e que seja o que for! Alem disso tenho uma divida a pagar - disse Jan olhando para a micaela - se ela me trouxe ate aqui vou ate ao fim

OOC: O combate corre assim:

OOC: O combate corre assim: é um combate de Power e lutas contra 4 fantasmas: Uma tem 8 potnos e as outras ajudam com 1 cada. Cada vez que venceres, elas perdem 1 ponto. A metade, desaparecem. Tu também perdes (e desmaias).

http://invisiblecastle.com/roller/view/1524056/

http://invisiblecastle.com/roller/view/1524059/

http://invisiblecastle.com/roller/view/1524060/

http://invisiblecastle.com/roller/view/1524061/

http://invisiblecastle.com/roller/view/1524064/

http://invisiblecastle.com/roller/view/1524068/

http://invisiblecastle.com/roller/view/1524070/

http://invisiblecastle.com/roller/view/1524074/

Vês as raparigas a desapareceram uma a uma, enquanto tu te sentes a enfraquecer. Só resta uma que vai tentando fazer-te frente, até se desvanecer com um grito de raiva. 

Ficas só então com a menina. Ela dá-te timidamente a mão e vês à frente um clarão de luz. Ela vai dirigindo-se para lá e sentes a Micaela dar-te a mão também. Vocês seguem, e sentem uma enorme paz.

Fim

(depois  

 

 

 

" Robot durante o dia, vegetal durante a noite"

 

 

" Robot durante o dia, vegetal durante a noite"