Desempoeirados em Março 2019

Desempoeirados será o termo para aqueles jogos que já não jogávamos há muito tempo (mais de um ano) e que levámos à mesa no mês.

Os meus:

Battle Line - 2 partidas

Camada de pó: 7 anos, 3 meses e 10 dias

Foi bom regressar a este título.

Sou um apreciador dos jogos do Knizia e este é mais um exemplo de como ele consegue criar espaço para decisões difíceis e interessantes com um conjunto de regras simples.

Pude voltar a este jogo na LeiriaCom e as duas partidas com o Lautresault foram boas. Na primeira creio que ambos corremos um pouco à procura de conquistar as 5 bandeiras e ambos recorremos a uma ou duas cartas tácticas. Na segunda fiz um esforço para concentrar as melhores combinações em três bandeiras adjacentes sem recorrer a qualquer carta táctica. Acabei por conseguir que essa decisão estratégica fosse implementada tendo por vezes que desviar jogadas menos interessantes para outros pontos da linha para controlar a mão e tentar ter o necessário para vencer.

Um aspecto muito satisfatório foi jogar uma carta que me fazia perder uma bandeira num ponto mas que me permitiria na jogada seguinte demonstrar que a vitória numa outra estava garantida e essa era a terceira adjacente que dava a vitória.

Excelente jogo que não merece nada estar na prateleira 7 anos.

Carcassonne - 1 partida

Camada de pó: 3 anos, 8 meses e 2 dias

Já não me interesso muito pelo Carcassonne. Continua a ser um jogo interessante e muito adequado a quem se inicia neste mundo dos jogos de tabuleiro modernos mas tendo o Isle of Skye na colecção, prefiro-o.

Ainda assim, a partida foi interessante embora me tenha corrido muito mal. Ter apenas 5 peças com cidade em todo o jogo (a três jogadores, ainda por cima) e as restantes todas de estrada não facilita nada...

Potato Man - 1 partida

Camada de pó: 2 anos, 2 meses e 27 dias

Este é um bom filler de vazas com uma premissa muito interessante.

Funciona quase sempre bem... É por isso que costuma estar no saco que levo para os encontros.

Stephenson's Rocket - 1 partida

Camada de pó: 1 ano, 5 meses e 21 dias

Mais um Knizia. Um bom Knizia.

A nova edição melhora alguns aspectos funcionais e materiais do jogo, com a eliminação do "dinheiro de papel" e a implementação de uma tabela para os "investimentos nas cidades", mas houve o bom senso de não tocar nas mecânicas.

Tenho mesmo que jogar isto mais vezes...

Ouviste, João?

Taluva - 1 partida

Camada de pó: 1 ano, 3 meses e 19 dias

Este nível de poeira é algo enganador pois tenho andado a jogar isto no Boardgamearena com alguma frequência desde que foi lá implementado. Mas só registo as partidas "ao vivo", portanto...

Jogar lá mostrou-me algumas possibilidades estratégico-tácticas que ainda não tinha descoberto. Realmente este título é uma bela pérola e cada vez estou mais inclinado a aumentar-lhe o rating, mesmo sendo já um 8.7...

E vocês, o que "desempoeiraram" neste mês?

P.S.: - Podem visitar o site de ferramentas do Grimwold onde será relativamente fácil recolherem a lista. Gera código formatado para o BGG e em inglês mas dá para aproveitar.

Opções de visualização dos comentários

Seleccione a sua forma preferida de visualização de comentários e clique "Gravar configuração" para activar as suas alterações.

Os meus empoeirados!

Achei piada ao tópico e a primeira coisa que pensei foi que não teria jogos com estas características. Pois, enganei-me.

Diamant - 5 partidas

Camada de pó: 2 anos, 1 mês e 5 dias

Este foi um dos primeiros jogos que joguei nesta minha aventura dos jogos de tabuleiro moderno. Fi-lo no Grupo de Boardgamers de Évora e na altura fiquei com boas memórias, por isso ficou sempre na minha lista de interesses. Como o grupo que joga cá em casa recebeu muito bem o Dead Man's Draw, o passo seguinte foi arranjar um press your luck para mais jogadores e, assim, o Diamant lá se destacou nas minhas memórias e lá tratei de o adquirir.

Posso dizer que foi muito bem recebido pelo grupo apesar de eu ainda não ter feito nada de jeito em termos de pontuações :)

Magic Maze - 1 partida

Camada de pó: 1 ano, 9 meses e 2 dias

Outro jogo que conheci em Évora e que na altura achei bastante curioso. Durante o mês de Março aproveitei a visita ao A Jogar É que a Gente se Entende para voltar a experimentá-lo. Continuo a achá-lo um jogo curioso e com potencial para utilizar com miúdos.

ps. Na verdade não foram verdadeiramente jogos que acumularam pó, já que não os tinha :)