Jogos estreados há um ano. Aguentaram-se? - Julho 2020

Retrato de Mallgur

Que jogos jogaram pela primeira vez há um ano?
Aguentaram-se e voltaram à mesa ou cairam no esquecimento?

Coloquem aqui em resposta a este tópico a vossa opinião sobre os jogos que experimentaram pela primeira vez há um ano.

Como sempre neste grupo, as ferramentas do Grimwold são uma grande ajuda.

Opções de visualização dos comentários

Seleccione a sua forma preferida de visualização de comentários e clique "Gravar configuração" para activar as suas alterações.

O Lama mordeu bem...

O tópico de há um ano atrás.

L.L.A.M.A. - 3 partidas (+13 desde então)
Publicado em 2019
Board Game: L.L.A.M.A.

Foi o jogo que mais joguei em 2019.
Este ano ainda não voltei a jogá-lo - ou se o fiz esqueci-me de registar a partida - mas em grande parte isso deve-se ao contaxto de epidemia em curso. Não duvido que em condições normais já teria voltado a jogá-lo. Está na colecção e deve ficar lá por muitos anos.

Valley of the Kings - 1 partida (0 desde então)
Publicado em 2014
Board Game: Valley of the Kings

Não sinto saudades mas voltaria a jogar sem problemas.

Spirit Island - 1 partida (+1 desde então)
Publicado em 2017
Board Game: Spirit Island

A segunda partida solidificou a boa impressão e tenho andado mais ou menos atento ao mercado a ver se aparece com um preço aceitável.
A versão digital deve estar por aí a chegar o que deverá ajudar um pouco a reduzir os preços das cópias analógicas, espero. Não costumo ficar muito interessado em versões digitais dos jogos de tabuleiro que costumam demorar um pouco, embora tenha algumas. A verdade é que não tenho grande interesse em jogar num PC ou no telemóvel durante uma hora ou mais e se o fizer em várias sessões, perco-me um pouco entre elas e esqueço-me dos planos que tinha... 
É um óptimo jogo, disso não há dúvidas.

Wingspan - 1 partida (+1 desde então)
Publicado em 2019
Board Game: Wingspan

O grande vencedor dos prémios do BGG (e base das polémicas que daí advieram) e creio que um dos maiores sucessos de vendas desse ano.
É um jogo razoável, bastante simples e acessível. Longe, muito longe de justificar um prémio de melhor jogo de estratégia do ano, mas isso é mais um problema dos prémios do que do jogo.
Nada mudou. Jogo sem problemas mas não tenho qualquer interesse em tê-lo na colecção.

Pandemic: Rapid Response - 1 partida (0 desde então)
Publicado em 2019
Board Game: Pandemic: Rapid Response

Joga-se... Filler por filler, o LLAMA (e muitos outros) é melhor. Ou até mesmo a "versão original" deste, o FUSE...

 

-

Gamer profile