58º Encontro Mensal - Boardgamers Porto

Retrato de boardgamersporto
2012-12-29 14:30
Local: 

Cristal Park

 

Os encontros mensais são realizados todos os últimos Sábados de cada Mês com o objectivo de conviver enquanto se jogam jogos de tabuleiro. É um ambiente descontraído onde ganhar não é o mais importante.

O encontro é aberto à participação pública e gratuito, pelo que qualquer pessoa que queira jogar é sempre bem-vinda e não necessita saber as regras dos jogos pois haverá sempre alguém disponível para as explicar.

Os jogos disponíveis são trazidos voluntariamente por alguns dos participantes, mas também podes trazer jogos que queiras jogar, e existem para todos os gostos, pelo que poderás escolher e experimentar os jogos que serão mais do teu agrado.

O encontro começa por volta das 14:30 e termina quando já não houver gente para jogar. O espaço está aberto até às 06:00h e tem serviço de restauração permanente.

Em caso de dúvidas ou problemas para encontrar os locais, não hesitem em perguntar aqui ou enviar mensagem pelos contactos: Mallgur / JohnnyBeGood / Asur.

O espaço onde nos encontramos é público e cedido para o efeito pelo respectivo proprietário, pelo que aqui ficam os nossos agradecimentos.

 

 

Mapa

Go (x6)
Tichu (x2)

Opções de visualização dos comentários

Seleccione a sua forma preferida de visualização de comentários e clique "Gravar configuração" para activar as suas alterações.

Acabar o ano em força...

Há pessoal interessado em acabar o ano com um jogo que é um tour de force temático e uma maratona em si mesmo?

Proponho que reescrevamos a história das Guerras da Reforma e a convulsa história da Europa entre 1517 e 1555.

A ferramenta para isso é:

Here I Stand

Sugiro que se comece de manhã a montagem do jogo e alguma revisão de regras, aí pelas 10:30... Depois de tudo montado e se não houver muitas dúvidas de regras, começa-se. Pode ser que se faça mesmo o segundo turno ainda antes de almoçar.

Já tenho um interessado em jogar com os Otomanos. Eu jogo com qualquer potência mas talvez seja melhor ficar com os Hapsburgos se não houver mais nenhum jogador que tenha experimentado isto antes.

Os outros sorteiam-se se não houver ninguém com preferências.

E então? Há voluntários?

-

Gamer profile

Curtia finalmente

Curtia finalmente experimentar este clássico.

Ha literatura / videos recomendados para aprender as regras, para além do manual?

Literatura e vídeos

Literatura:

Para começar:
http://www.boardgamegeek.com/filepage/60889/here-i-stand-in-20-minutes
http://www.gmtgames.com/nnhis/Tips.html

Estratégias iniciais por potência:
http://home.comcast.net/~ebeach/HISAdviceByPower.doc

Erros comuns (iniciados e experientes):
http://www.boardgamegeek.com/filepage/40008/his-frequently-misplayed-rules-two-versions-02-18

Regras (para ler as partes específicas de cada potência depois de saberem com qual vão jogar):
http://www.boardgamegeek.com/filepage/62564/here-i-stand-rulebook-2010-reprint-version

Vídeos:

A página de vídeos deste jogo no BGG tem muito para ver:

http://www.boardgamegeek.com/videos/thing/17392/here-i-stand/page/1

Recentemente surgiu uma série completa de explicações (13 episódios em Francês) que poderá ser útil a quem se der bem com essa língua. Também há um par de vídeos de demonstrações da GMT e uma série de vídeos feita pelo calandale... Pessoalmente não tenho paciência para o estilo hesitante e demorado deste user, mas pode ser útil a outros.

-

Gamer profile

Mallgur

Mallgur escreveu:
Literatura

Aviso desde já os ansiosos adversários que não tive, nem terei, o tempo para ler as sugestões literárias, pelo que amanhã será revelado um Papado frágil e à mercê de hábeis estratégias certamente já delineadas e testadas. Espero, ainda assim, manter-me um adversário digno, e pelo menos capaz de destruir a raça protestante.

سلطان سليمان اول

 


Top10:

Asur escreveu: Desculpa

Asur escreveu:

laugh laugh laugh

Desculpa mas a primeira coisa que me veio à ideia ao ver esta imagem foi: "Que grande cabeça de nabo!"

laugh

-

Gamer profile

E então?

Isto vai ficar em codfish waters ou nem por isso? Quantos jogadores temos? Vale a pena jogar com menos de 6?

 


Top10:

Espero que não..

Para já acho que estamos 4. Eu, tu, o Nogud e o Lautresault que ainda não disse nada aqui mas creio que está para alinhar.

O JLP acho que alinha mas ainda não falei com ele. O Brainstorm parece que poderá eventualmente vir (o que era excelente porque assim ele orientava o jogo melhor do que eu serei capaz)...

Acho que mais dois, sejam estes ou outros se conseguem... Não sei como se fará se formos só 4.

-

Gamer profile

Nao disse nada...

Nao disse nada aqui para nao ocupar a slot e desa forma inibir alguem que queira muito jogar (se bem me lembro, havia varias pessoas que queriam jogar o grande "Here I Stand")

Nao será por uma pessoa que nao se termina o ano a queimar a Europa, pois eu aparecerei com a minha musculada diplomacia.

well?

Sempre temos jogo? Como ficam as facções?

Ou será antes para jogar prendinhas de Natal?

Estamos 5

Boas,

Estamos 5:

Mallgur

Asur

Nogud

Lautresault

JLP

Com 5 o jogador que ficar com a Inglaterra joga também com os Protestantes.

Por mim avança-se.

No entanto, se preferirem tentar uma nova marcação para Janeiro e tentar aí juntar os 6 jogadores, por mim tudo bem. Jogar as prendinhas de Natal também não será mau!

Digam coisas...

-

Gamer profile

Mallgur

Mallgur escreveu:
Boas,

Estamos 5:

Mallgur

Asur

Nogud

Lautresault

JLP

Julgo faltar aí o meu nome ;)

Tchiii....

Pois é. Desculpa.

Vou sortear (mais ou menos) as potências, então.

Mallgur - Hapsburgos

Asur - Otomanos

-

Gamer profile

Random.org

Ditado pelo Random.org:

Nogud - Inglaterra

Lautresault - França

JLP - Protestantes

Yes Master - Papa

Aguardo Check-In do pessoal! Respondam a confirmar presença no Tropical por volta das 10:30!

-

Gamer profile

Engreland!

Está confirmado.

Por Alá!

Lautresault, vamos ser amigos...

 


Top10:

Por mim

Esmagavamos os protestantes num instante e pelo camnho os Hapsburgos

A vossa Majestade, François I

Permiti que vos diga que arriscais começar mal vosso reinado, majestade.

Notai que o grande cabeça de nabo vos afasta dos caminhos de nosso senhor e cuidai que, tanto ao sul com as atenções do santo papa e ao norte com o impetuoso, irrascível e mulherengo Henry VIII, vossas fronteiras não estão seguras. O grande tubérculo está longe, para lá dos nossos domínios na germânia, para vos acudir e não nos será difícil encetar negociações, se a tal nos obrigardes, se não com ambos, com pelo menos um desses vossos potenciais inimigos.

Deixai que carreguemos nós sobre os ombros o peso de defender a fé cristã do islão em termos militares e ajudai-nos antes com o combate à influência funesta das ideias novas que vão já surgindo aí por perto e que ameaçam os próprios alicerces de ambos os nossos reinados de divino direito.

Segui minhas ponderadas palavras e procurai simplesmente deixar ao mundo sinais inequívocos da vossa magnificência através da construção dos palácios que tanto aprazem a vossa corte.

Carlos V,

pela graça de Deus Santo Imperador Romano.

-

Gamer profile

.

Eu contra-argumento com:

Harém.

 


Top10:

Enquanto isso

Lautresault escreveu:
Esmagavamos os protestantes num instante e pelo camnho os Hapsburgos

... no seio do ilustre e influente Papado, resilientes dúvidas permanecem constantes, enquanto na linha do horizonte cinzento desenha-se um difícil e sangrento desenlace: quem deverá merecer o seu apoio? E quem o apoiará a eliminar tão desventurados loucos, chamados de Protestantes? E, quem poderá honrar o cargo de imperador do Sacro Império Romano-Germânico?

Estas e outras mais dúvidas serão desvendadas, enfim, no magnificiente palco da guerra total, a ter lugar no Tropical, no dia 29 de Dezembro, pelas 10.30m, e no qual, o Santo Papado, não podia deixar de comparecer! 

P.S. - deram o papado ao iniciado, e por ele confio que tudo fará em seu bom proveito. Mas, desconfio que a sua tenacidade apenas durará duas a três jogadas. A menos que a vontade d'Ele seja gloriosa (a dita sorte de principiante).

Presente

Check!

Urbe et orbi

Depois de arrefecidos os ânimos, informar que Sua Santidade, o Papa, se retirou para Monfortinho, com o intuito de combater o estado de esquizofrenia que o assolou durante a participação no Here I Stand.(sim, deixaram para o Papa todo o trabalho pesado...os cobardes :)) Aguardam-se, no entanto, breves melhoras.
Agora, mais a sério, gostava de dizer duas coisas:
- A primeira delas, Here I Stand é uma experiência única, com um substrato temático histórico de qualidade impressionante. Cada personagem revela um mundo rico e complexo, que exige muito de cada jogador. As regras são imensas, porventura demasiado pormenorizadas. Assim como as cartas, embora a proximidade temática assim o tenha de impor. Pois, na verdade Here I Stand parece algo distinto de um simples jogo. É uma rara possibilidade de recriação histórica em que o papel dos poderosos líderes históricos cabe por algumas horas a cada um de nós. Porém, este facto pode ter retirado o elemento essencial de um jogo normal: o divertimento. Pois, em verdade, é difícil a muitos jogadores sentir isso se têm de esperar meia hora ou mais para voltar a jogar. Isso o Here I Stand não consegue (aparentemente) resolver.
- A segunda, que tal rigor temático impõe a cada jogador muita disciplina para atingir uma prestação satisfatória. Ora, isso nem se consegue num jogo normal quando se joga pela primeira vez, quanto mais no Here I Stand! Por isso, sugiro, em jeito de desafio, que no primeiro mensal do próximo ano, se repita um Here I Stand, com os mesmos jogadores (ou outros, se algum desses não quiser participar), e com as mesmas personagens.
Um abraço a todos e boas entradas!

O jogo de fim de ano

Foi uma excelente forma de terminar o ano, pelo menos para mim.

Ficam de imediato os agradecimentos a todos os outros que participaram por me proporcionarem mais uma oportunidade para viver esta experiência.

Os Hapsburgos não ganharam, é certo, mas estiveram em Paris logo no primeiro turno. Contiveram o avanço da horda Islâmica às portas de Viena e afundaram grande parte da marinha Inglesa no porto de Calais... Ainda assim, o avanço do protestantismo foi enorme e essa facção uma justa vencedora.

Quanto a uma perspectiva mais específica do funcionamento do jogo, existiu uma certa quantidade de erros nas regras e alguma incerteza em relação a certos procedimentos. Tal foi o principal motivo para a duração próxima das 10 horas de jogo. Não dei pelo passar do tempo na maioria dos casos porque, mesmo quando não eram questões que me diziam respeito, estive atento às tentativas de esclarecimento de regras para que uma próxima vez seja mais fluída.

Não esperava, honestamente, que fosse o nosso amigo Papa a sugerir a repetição. Fiquei com a sensação de que teria sido o que mais tinha sido afectado pela existência de algum (bastante por vezes devido a dúvidas de regras) downtime.

Por mim, alinho. Talvez o próximo mensal seja um pouco difícil porque será antecipado devido à realização da LeiriaCon. Se formos todos à LeiriaCon até podia ser engraçado por podermos lá contar com o apoio do Brainstorm que esclareceria algumas dúvidas se forma mais capaz e célere do que fomos conseguindo nesta edição. Ou então até organizar-se uma outro grupo... Não sei também se teremos quorum. Parece-me que o grande cabeça de nabo não ficou muito interessado numa repetição.

Mais uma vez, obrigado por terem embarcado comigo nesta aventura. Tal como todas as outras vezes que joguei este jogo até terminar, foi memorável!

Votos de excelente ano de 2013 para todos!

-

Gamer profile

Não se tenha dúvidas,

Mallgur escreveu:

Não esperava, honestamente, que fosse o nosso amigo Papa a sugerir a repetição. Fiquei com a sensação de que teria sido o que mais tinha sido afectado pela existência de algum (bastante por vezes devido a dúvidas de regras) downtime.

Por mim, alinho. Talvez o próximo mensal seja um pouco difícil porque será antecipado devido à realização da LeiriaCon. Se formos todos à LeiriaCon até podia ser engraçado por podermos lá contar com o apoio do Brainstorm que esclareceria algumas dúvidas se forma mais capaz e célere do que fomos conseguindo nesta edição. Ou então até organizar-se uma outro grupo... Não sei também 

Sua Santidade, o Papa (ou, neste caso, os Papas!) pode, de facto, ser surpreendente! ;)

Quanto à hipótese Leiria, dificilmente poderei. Em todo o caso, a minha disponibilidade para um encontro Mensal (ou extra), com o objectivo de re-experimentar o Here I Stand é total. E quanto mais cedo, melhor, por causa do fenómeno "rule's forgetting".

Já quanto aos Otomanos, poderá ser um problema, mas é uma questão de sondar outros interessados (se o Zé Mário não quiser, claro!). E, não custaria nada sondar o Inglês Nogud, que me parece ter ficado pouco entusiasmado também. Mas, tendo-o em conta como um jogador que não desiste de grandes dificuldades à primeira, decerto lhe dará mais uma oportunidade.

Um abraço, e até quinta!

who, me?

Pouco entusiasmado? Quem é que achas que sugeriu a repetição em Leiria? :p

Alinho em novo jogo, se for num Porque Sim ou Con tanto melhor, para não estar a ocupar outro mensal (quase) inteiro.

Já agora...

Mallgur escreveu:
existiu uma certa quantidade de erros nas regras e alguma incerteza em relação a certos procedimentos.

Que erros se apanhou?

 


Top10:

Alguns...

O mais flagrante foi talvez eu ter mantido a guerra com a França para o 2º turno depois de ele ter feito a paz.

A activação das potências menores também deixou algumas dúvidas que entretanto já pude esclarecer.

Uma potância maior pode declarar guerra a uma potência menor. Neste caso os aliados naturais dessa potência menor podem intervir. Se o fizerem, quem declarou guerra inicialmente à potência menor pode estender essa declaração à potência interveniente sem custos de CP. Ao activar a potência menor, o interveniente ganha controle político dos espaços da potência menor e das suas forças militares. Isto implica a colocação de marcadores de controlo (coisa que até me tinha dado jeito na Hungria, por exemplo) nos espaços (keys ou não).

A questão da retirada no Inverno também não foi bem feita ao longo de todo o jogo, como chegámos a detectar e a corrigir a partir p'rai do 3º/4º turno.

Voltando à possibilidade de repetição da experiência com os mesmos personagens, quem alinha? Que dizem a um porque sim em Fevereiro só para isto... talvez dia 8?

-

Gamer profile

Pois bem

Atenção que eu já comecei em guerra com a Hungria. Não sei se só podias intervir com uma carta xpto. Não sei...

Já em Veneza tinha sido uma coisa diferente.

 


Top10:

Sim...

No caso da Hungria eu era obrigado a intervir quando derrotaste a Hungria. Nessa altura ficaria activa e eu teria marcado os espaços ainda disponíveis (que incluem uma key) com um marcador quadrado da minha folha. Além disso, quando o Protestante estava a aproximar-se da vitória, a unidade disponível ainda da Hungria se calhar podia ter tentado o assalto a um dos eleitorados...

-

Gamer profile

Data...

Bom...

Dia 8 para mim não dá. Até porque não é sábado, é sexta.

Proponho então o fim-de-semana seguinte, dia 16 (este sim, um sábado).

Temos quorum? Crio o evento ou não?

-

Gamer profile

Eu também alinho

 se faltar alguém...

 Caso não falte jogo pelos Marcianos e tenho como objectivo derrotar todos os outros...

 Mas claro que tenho super poderes como mandar o tabuleiro ao chão se as coisas correrem mal... Inundar a terra também é uma hipotese...

Bora lá

Bora lá

Quanto a mim.

Uma experiência chegou-me. :)

Pelos vistos vão ter o Suleimão Chorão.

 


Top10:

Fraco...

Pois é... Não aguentas a pressão.

Andas por este mundo a olhar para os hárens alheios, com a tua enorme cabeça tubercular perdida sabe-se lá por onde...

Depois é isto! wink

Para os mais firmes de espírito, está criado o tópico do evento:

http://www.abreojogo.com/node/11338

-

Gamer profile

Acho...

que é um bocado inapropriado falares da minha enorme cabeça tubercular em público...

devil

 


Top10:

Não depois de a exibires...

Asur escreveu:
que é um bocado inapropriado falares da minha enorme cabeça tubercular em público...

devil

Seria se não a tivesses exibido alguns posts acima...

-

Gamer profile

Ah!

Então falas da do Suleimão? cheeky

 


Top10:

what about?

Em principio apareço ao inicio da noite ( nao contem comigo para o muito interessante Here I Stand).

Há curiosos para um Chaos in the Old World?

acusem-se sff.

qto a mim estou curioso para um Android Netrunner e/ou A Few Acres of Snow

(assimétricos ao poder!!)

Android: Netrunner

Android: Netrunner, levo, explico e jogo.

Poderei levar também o A Few Acres of Snow, mas esse é o Zé Mário que está em falta para contigo. cheeky

Não consegui terminar o ano

Não consegui terminar o ano sem experimentar isso...:(

Ena, um Chaos in the Old

Ena, um Chaos in the Old World? Acuso-me! Tem pinta de ser interessante.

Eu

Quero jogar Here I Stand. Porém, ainda me é difícil confirmar com toda a certeza total disponibilidade. Mas, para já, e desde já, count me in! ;)

Alguém interessado em Eminent

Alguém interessado em Eminent Domain?

Ou Through The Ages (não tenho este)?

Ou Through The Ages?

Ou .. TtA?

Eu talvez leve....

Tales of The Arabian Nights

Alguém interessado? smiley

I'd like to try that one :)

I'd like to try that one :)

O que se jogou

Adicionado ao cabeçalho.

-

Gamer profile

Eclipse :)

Eu não joguei o Here I Stand mas joguei um jogo que ainda levou "algum" tempo...pronto, muito tempo lol ashamed

Os aventureiros, para além da minha pessoa, foram o Eduardo, Alex, Cristóvão, Helena e João e depois de uma hora de regras para absorver começámos um jogo épico de Sci Fi...jogámos umas 5 horas mas valeu a pena cheeky recomendo a experiênciawink

CIA

Sua Santidade,

o Papa, concorda com as condições. Mas, e novas dos Protestantes e... dos Franceses? Não há?