o blogue de RedPissLegion

[d20 Warcraft] The Dogs Are No More

Infelizmente por motivos de compatibilidade horária, a crónica em que estava a participar de d20 Warcraft teve que acabar.

Contudo sai deste jogo com uma óptima experiência e um gosto mais aguçado pelo sistema de D&D.

O Bom
Level Up, e trabalhar para chegar lá, é definitivamente uma das coisas mais divertidas de se fazer neste jogo, ao ponto de ser completamente viciante e de me fazer querer jogar a próxima sessão o mais depressa possível para poder voltar a subir de nível.

Ver um personagem fraco (nível 1) a crescer e a tornar-se num ser forte com imenso truques na manga é de facto um coisa gira de se fazer, especialmente a selecção de Feats e Spells (eu estava a jogar uma Sorcerer Humana);

Preparação para TSoY

Para a primeira sessão que fizemos da nossa crónica de TsoY eu (GM) não tinha nada preparado, pedi aos jogadores para me darem os seus kickers - situação em que os personagens estão envolvidos no preciso momento em que se inicia a história - e construímos a sessão a partir dai.

Para mim esta técnica provou-se excelente para ir improvisando a sessão em cima do joelho, não só tirou das minhas mãos o trabalho de ter que inventar uma situação inicial como permitiu aos jogadores começar o jogo em situação que são importantes e interessantes para eles.

Estamos agora a aproximarmo-nos da nossa segunda sessão, o que quer dizer que tenho que fazer aquele trabalho chato de GM que é "preparar-me para a sessão", e já que estou com a mão na massa "preparar-me para a crónica".

Coisas a fazer em RP antes de morrer

Visto isto agora andar num corrupio de novos jogos e compras, vou aproveitar para fazer um ponto da situação de cenas que gostava de experimentar:

Devaneios de tempo a mais

Ora bem, para seguir o repto lançado pelo Rui nesta sua entrada, vou enumerar algumas ideias que já me passaram pela cabeça, à muito tempo ou mais recentemente, relativamente à criação de jogos.

Nota inicial: pensei nestas coisas quando estava sem nada para fazer e depois nunca mais voltei a pegar nelas, dai qualquer inconsistência que pensem que encontraram em qualquer uma delas é provavelmente verdadeira hehe.

1ªs Tentativas: DitV / PTA / Capes

Fim-de-semana passado tive a oportunidade de experimentar 3 jogos novos, sexta Dogs In The Vineyard, sábado PTA e Capes! Infelizmente apenas tive tempo para ver o suficiente de cada um para saber que quero experimentar mais vezes.

Sobre a importância do GNS para mim

Considerações iniciais:
- Esta entrada não pretende ofender ninguém, apenas exemplificar o que acontece quando as pessoas não comunicam, se alguém se sentir ofendido, para um bocado, pense no que eu disse e depois de ter a certeza que percebeu sobre o que escrevi respondam;
- Esta entrada poderá não ter qualquer interesse para grupos de jogadores que nunca tenham tido problemas;
- O meu conhecimento sobre calão técnico é muito reduzido, por isso vou usar muitas expressões que para mim dizem uma coisa mas que para os conhecidos diz outra.

O meu grupo de jogo sempre teve um "problema", tínhamos 3 jogadores extremamente criativos que desenvolviam constantemente novas crónicas para o pessoal jogar, por isso mesmo nunca conseguíamos manter uma crónica viva por mais que poucas sessões. Atenção, já foi referido aqui que grupos mudam constantemente de jogos à procura de algo que finalmente os agrade, o que se passava era mesmo a criação de histórias diferentes dentro dos mesmos jogos (Vampire Masquerade e Mage Ascension), não era procura do jogo ideal, era apenas muita criatividade.

Death Stakes - A revelação

Pessoalmente nunca dei muita atenção às questões de "amor" dentro dos RPs, sempre achei esquisito a cena de decidir que o meu PC se apaixona por X, Y ou Z, parecia-me demasiado racional para o assunto em causa e que tirava todo o seu propósito, ser emocional.

Contudo uma experiência recente a jogar Death Stakes está a fazer-me repensar esta posição.

O jogo já vai longo por isso vou apenas dar os links para os posts importantes: este e este (são os dois quase seguidos).

Basicamente o meu PC é um ladrão sacana que pensa sempre em sim próprio primeiro e apaixonou-se por uma sea elf que lhe salvou a vida quando ele estava a afogar-se, depois disso quando o reino dela está a ser atacado em vez de fugir, o que seria a sua actução normal, eu decidi salvá-la e ao seu reino.