[Exalted 2nd Ed] Demo Tour 2007, Return To The Tomb Of 5 Corners

Apesar da falta de comparência do Sr. JRMariano, que cagou bué em nós, e da minha namorada (licia), que infelizmente não pôde vir, decidimos seguir em frente com a demonstração na mesma.

Participantes:
RedPissLegion - GM

Nazgul - Jogou com o personagem Morning Breeze, um antiga monge da Ordem Imaculada.

Gwaylar - Jogou com a personagem Naria, uma ex-assassína da Guild.

João aka Sr. Amigo do Nazgul recrutado à última da hora - Jogou com o personagem Rinan, um xamã e mago único sobrevivente da sua tribo.

Tunas - Jogou com o personagem Kade, um mercenário a tentar construir uma nova companhia.

Sessão:
Começamos o jogo com os PCs a chegarem ao local onde a companhia de mercenários que os subcontratou está a cercar a base dos salteadores liderados pelo "Rei" Barrow Black.

O cenário é sensivelmente o mesmo que apresentei na demo anterior, os mercenários sofreram enormes baixas nos ataques iniciais à fortaleza, por duas frentes, tendo sido devastados pelas torres com baterias de essência, o campo de batalha está coberto com mortos que se iram levantar assim que começar a anoitecer, o mago conseguiu reconhecer que existe uma grande confluência de essência corrompida centrada na base e que esta é a responsável pelo acordar dos mortos.

Os personagens decidiram resolver a situação com um ataque surpresa nocturno (\m/ spider-foot rules \m/) perpetrado contra uma das torres com as baterias. Rapidamente tomaram controlo dela e viraram-na contra a horda de mortos que se levantava e preparava para carregar sobre a linha de combate dos mercenários, que havia sido concentrada numa só frente. Embarrilados entre o fogo de duas baterias de essência (a da torre e a dos mercenários) e foram rapidamente varridos.

Depois de quebradas as paredes da fortaleza as tropas mercenários e dos personagens, lideradas pelo Kade, carregaram em força contra o exército mercenário, estes lançaram-se desvairados e sem armaduras. No fim as tropas dos PCs sobreviveram (embora por pouco) e mataram o Barrow Black.

Contudo como a energia necrótica continuava a espalhar-se e os PCs foram investigar a estrutura central da base.

No seu interior encontraram a nova encarnação do seu antigo amigo e membro do círculo de Solars, mas que agora se havia transformado numa Abyssal e corrompido a energia do Node da antiga Manse deles (local de grande poder onde os Exalted normalmente habitam) e como consequência do Deus tinham criado em conjunto para a proteger e tomar conta deles como amigo e conselheiro (já o tinha introduzido antes através de sonhos e reminiscências da sua antiga vida que os PCs foram tendo ao longo da viagem). Além disso ela tinha aproveitado o poder da Manse para trazer consigo sacerdotes que estavam no processo de abrir um portal para o Underworld (dentro de 7 turnos), onde uma horda do Death Lord Mask Of Winters esperava ansiosamente para carregar sobre a criação e subjugar por completo o domínio das Terras Livres do Este.

Esta iniciou imediatamente o combate social para tentar converter os PCs à sua causa, enquanto estes tentavam convencê-la a fazer o contrário.

Os PCs decidiram manter-se no combate social e a meio do sétimo turno, estando sem Willpower e sem Essência, ela rendeu-se ao seu ponto de vista e passou para o lado deles.

Infelizmente já não foram a tempo para impedir o ritual dos sacerdotes e o portal para o Underworld abriu-se, vomitando para a criação vagas atrás de vagas de mortos-vivos. Perante este cenário os PCs e a NPC, que também haviam esgotado quase todos os seus recursos, decidiram sacrificar-se. Destruíram o centro establizador do poder da Manse e a gigantesca explosão de essência levou tudo pelo caminho, Manse, PCs, NPCs, portal e horda.

Desta maneira salvaram as Scavenger Lands (terras livres do Este) para respirarem mais um dia.

Observações:
Gostei desta sessão, acho que abordamos todo o tipo de conflitos, sociais, combate em massa (que foi o mais utilizado) e combate a solo, embora não tenha usado as regras todas para não complicar e perder muito tempo.

Os stunts foram aproveitados e usados, principalmente pelo Nazgul e o Tunas.

Como começamos tarde e demoramos um bocado a resolver o confronto com as tropas do Barrow Black, quando chegou a parte do túmulo achei melhor não enverdar pela exploração individual de cada túmulo e passei logo ao confronto com a NPC, que embora fosse algo também divertido de se fazer, sinceramente acho que não se perdeu grande coisa.

O final foi de facto todo do épico e grandioso, os PCs escolheram nunca abandonar a sua fé do Unconquered Sun e no fim viram que a sua vida valia menos do que as das centenas de pessoas que iriam morrer durante a invasão, não digo que foi a opção "certa" (não acredito em tais coisas) mas (a meu ver) criou uma grande história. Continuo é a achar que esta NPC é demasiado fraca para o combate social, que até devia ser o forte dela.

Embora este grupo nunca tivesse jogado em conjunto, pelo menos eu e o Tunas nunca tínhamos jogado com os outros nem nos tínhamos visto antes, até nos demos muito bem (parecia que sempre jogámos juntos hehe) e acho que todos nos divertimos.

Acho é que o Amigo do Nazgul Recrutado À Última da Hora não ficou especialmente impressionado com o sistema e o jogo, alguém me pode passar o seu feedback?

Opções de visualização dos comentários

Seleccione a sua forma preferida de visualização de comentários e clique "Gravar configuração" para activar as suas alterações.

RedPissLegion escreveu:

RedPissLegion escreveu:
Apesar da falta de comparência do Sr. JRMariano, que cagou bué em nós

Yeah, infelizmente está a tornar-se uma constante. Eu apresento desde já uma moção aos restantes membros do Círculo Interior para que o expulsemos para junto dos restantes utilizadores mortais do abreojogo.

Eheh. Mas pronto, a verdade é que ele é bom rapaz e ainda vai fazendo alguma coisa de jeito pela internet. Teve esse azar de vida de nascer em Setúbal e arranjar namorada em Almeirim, é só. ;-)

RedPissLegion escreveu:

RedPissLegion escreveu:

Sra. Namorada/Mulher do Nazgul (quando souber o nome mudo isto) - Jogou com a personagem Naria, uma ex-assassína da Guild.

Gwaylar

RedPissLegion escreveu:

Sr. Amigo do Nazgul recrutado à última da hora - Jogou com o personagem Rinan, um xamã e mago único sobrevivente da sua tribo.

Julgo não estar registado aqui no portal, chama-se João.

RedPissLegion escreveu:

Embora este grupo nunca tivesse jogado em conjunto, pelo menos eu e o Tunas nunca tínhamos jogado com os outros nem nos tínhamos visto antes, até nos demos muito bem (parecia que sempre jogámos juntos hehe) e acho que todos nos divertimos.

Partilho desta opinião embora deva ter algum peso o facto de que a Gwaylar e o João serem meus jogadores à varios anos. De qualquer modo, efectivamente todos os jogadores encaixaram muito bem, gostei bastante da sessão. :)

RedPissLegion escreveu:

Acho é que o Amigo do Nazgul Recrutado À Última da Hora não ficou especialmente impressionado com o sistema e o jogo, alguém me pode passar o seu feedback?

Impressão tua, pelo que me apercebi gostou do jogo. Talvez ele se registe aqui no portal e possa responder mais precisamente a essa questão.

______________________________________________________________
Evil never dies, it just waits to be reborn...

Já corrigi os nomes,

Já corrigi os nomes, obrigado.

Os senhores deixaram foi uns sacos de café na loja que eu depois fui lá buscar no dia seguinte e levei para casa, como é que querem fazer para eu vos entregar?

"the drunks of the Red-Piss Legion refuse to be vanquished"

Parabéns a todos

viva a todos!

em primeiro lugar, parabéns ao GM; e em segundo lugar aos meus co-jogadores; foi uma excelente sessão, correu suave e foi um excelente modo de introdução ao mundo e sistema do Exalted.

acima de tudo gostei do sentido de épico do jogo e do sentido do dramático dos jogadores. Meus amigos, foi GLORIOSO!

espero poder repetir a experiência (há eras que não jogava), e se entretanto houverem mais oportunidades, avisem!

abraços 

__________________________________________________________________________ 

Luke: "What's in there?"

Yoda: "Only what you take with you."

_______________________________________________________________________________ 

Luke: "What's in there?"

Yoda: "Only what you take with you."

tunas escreveu: em

tunas escreveu:
em primeiro lugar, parabéns ao GM

Ora essa Sr. Engenheiro eu é que agradeço hehe.

tunas escreveu:
espero poder repetir a experiência (há eras que não jogava), e se entretanto 
houverem mais oportunidades, avisem!

O Sr. JR irá providenciar-nos com uma demonstração de Vampire, The Requiem já este mês, aparece.

"the drunks of the Red-Piss Legion refuse to be vanquished"

ok, obrigado pelo convite

ok, obrigado pelo convite, fica em mente.

e d&d ou gurps, sabes de alguma coisa a decorrer a que eu me possa juntar?

fica bem! 

_______________________________________________________________ 

Luke: "What's in there?"

Yoda: "Only what you take with you."

_______________________________________________________________________________ 

Luke: "What's in there?"

Yoda: "Only what you take with you."

De momento estou a correr

De momento estou a correr uma crónica de D&D 3.5 em Dark Sun, mas o grupo já está fechado, mas se houver alguma alteração eu aviso.

De resto não sei nada sorry.

"the drunks of the Red-Piss Legion refuse to be vanquished"

Não há espaço para mais

Não há espaço para mais um?

Alguém que depois até possa jogar aos domingos? *nudge nudge*

--~~--

To crush your enemies, to see them driven before you, and to hear the lamentations of their women.
-Noddy, Lord of Darkness

A escrever: down*town, tech-noir rpg
Proto Agonístes um rpg de auto-descoberta, de um personagem e vários jogado

obrigado! depois falamos e

obrigado!

depois falamos então. 

_______________________________________________________________________________ 

Luke: "What's in there?"

Yoda: "Only what you take with you."

Resposta

Resposta.

"the drunks of the Red-Piss Legion refuse to be vanquished"