1º Encontro Mensal de Roleplayers de Lisboa

Retrato de jrmariano
2011-03-05 16:00
Local: 

Associação "Ilusão Paralela", Travessa do Pasteleiro (perpendicular à Rua da Esperança ) nº 22 (ao pé do Xafarix Bar)

No próximo dia 5 de Março, o grupo de Roleplayers do Lisboa vai encontrar-se para jogar e conviver. Estes encontros são abertos a todos os que se queiram juntar, sem necessidade de trazer qualquer jogo ou de ter qualquer experiência prévia com RPGs. Não há inscrições nem é preciso pagar nada, basta aparecer. Esta é uma oportunidade para jogar RPGs, fazer novas amizades e passar um bom bocado. O encontro começa a partir das 16:00(de notar a mudança de horário quanto ao estabelecido inicialmente) durando a tarde toda e podendo eventualmente estender-se até à noite. Se entretanto quiseres saber mais sobre o que são os Roleplaying Games, visita esta secção do AbreoJogo. Se tiveres qualquer dúvida ou problema em chegar até ao local (mapa do Google), não hesites em perguntar aqui ou enviar mensagem pelo contactos João Mariano ou Diogo Curado. O espaço onde estes eventos se realizam é privado e cedido para o efeito, pelo que desde já aqui ficam os nossos agradecimentos.

Opções de visualização dos comentários

Seleccione a sua forma preferida de visualização de comentários e clique "Gravar configuração" para activar as suas alterações.

boas..

interessante,voltar a haver encontros de roleplay!!!!

eu por acaso nao posso apareçer pork vou tar fora!!!

 

espero k corra bem!!!

"Spartans! Enjoy your breakfast, for tonight we dine in Hell!"

Pena! Mas já que é Mensal

Pena! Mas já que é Mensal a ver se apareces nos outros. :)

sopadorpg.wordpress.com - Um roleplayer entre Setúbal e Almeirim

Ludonautas Podcast - Viajando, sem nos

sopadorpg.wordpress.com - Um roleplayer entre Setúbal e Almeirim
Ludonautas Podcast - Viajando, sem nos movermos, pelos mundos do RPG

Boa.Eu gostava de levar o

Boa.Eu gostava de levar o meu miúdo e a mais velha (8 e 12 respetivamente). A questão é, jogar o quê?

João, queres fazer uma partida com a tua caixa azul para o pessoal?

Sérgio

Para três jogadores é

Para três jogadores é complicado mas de certeza que recrutamos mais alguém. Er... Diogo?

Só te queria chamar à atenção que o Magic Pool é um bar daqueles onde se joga bilhar, vende bebidas alcóolicas e não tem zona para não-fumadores.

sopadorpg.wordpress.com - Um roleplayer entre Setúbal e Almeirim

Ludonautas Podcast - Viajando, sem nos

sopadorpg.wordpress.com - Um roleplayer entre Setúbal e Almeirim
Ludonautas Podcast - Viajando, sem nos movermos, pelos mundos do RPG

jrmariano escreveu: Para

jrmariano escreveu:
Para três jogadores é complicado mas de certeza que recrutamos mais alguém. Er... Diogo?

Dá para jogar com mais de uma personagem se for necessário?

Citação:
Só te queria chamar à atenção que o Magic Pool é um bar daqueles onde se joga bilhar, vende bebidas alcóolicas e não tem zona para não-fumadores.

Ótimo, nem eu nem os meus miúdos gostamos de ambientes bacteriologicamente estéreis, são maus para a saúde.

Sérgio

Excelente, então.

Excelente, então. :)

sopadorpg.wordpress.com - Um roleplayer entre Setúbal e Almeirim

Ludonautas Podcast - Viajando, sem nos

sopadorpg.wordpress.com - Um roleplayer entre Setúbal e Almeirim
Ludonautas Podcast - Viajando, sem nos movermos, pelos mundos do RPG

Sim

Sim

I'll be bac..er..there!

Se tudo correr bem, tenciono estar lá, não tenho acompanhado os posts dos Roleplayers de Lisboa ultimamente por isso só agora tive conhecimento do Encontro Mensal.

 

Vou lá estar mais pelo convivio, visto que raramente tenho a possibilidade de conversar com outros roleplayers face-to-face, levo material sobre o L5R RPG, mas não vou com ideias de mestrar nem de jogar (normalmente não acho muita piada a "one-shots"), mas pode ser que entretanto mude de ideias. Smile

~Nuno Carreira / Strilar (* Boardgamer * Roleplaygamer * Cardgamer * Onlinegamer * Geek * L5R GM *)

A sério? Boa Nuno! Podemos

A sério? Boa Nuno! Podemos contar tanto contigo como com a certeza de saírem resultados interessantes num d20. :)

Por uma razão ou por outra és sempre bem-vindo.

sopadorpg.wordpress.com - Um roleplayer entre Setúbal e Almeirim

Ludonautas Podcast - Viajando, sem nos

sopadorpg.wordpress.com - Um roleplayer entre Setúbal e Almeirim
Ludonautas Podcast - Viajando, sem nos movermos, pelos mundos do RPG

Huh?

jrmariano escreveu:
Podemos contar tanto contigo como com a certeza de saírem resultados interessantes num d20. :)

 

Não percebi essa..? Se era uma RPG-joke passou-me ao lado.

 

~Nuno Carreira / Strilar (* Boardgamer * Roleplaygamer * Cardgamer * Onlinegamer * Geek * L5R GM *)

Epá, realmente ficou pouco

Epá, realmente ficou pouco claro no que eu escrevi: basicamente a ideia é que podemos sempre contar contigo pois os resultados num d20 têm uma distribuição probabilística que vai de um extremo ao outro e revelam-se sempre interessantes.

sopadorpg.wordpress.com - Um roleplayer entre Setúbal e Almeirim

Ludonautas Podcast - Viajando, sem nos

sopadorpg.wordpress.com - Um roleplayer entre Setúbal e Almeirim
Ludonautas Podcast - Viajando, sem nos movermos, pelos mundos do RPG

É por estas e por outras

É por estas e por outras que nós te escondemos nos eventos sociais. Ninguem percebe piadas draconianas :p

Ah, então é por isso que

Ah, então é por isso que estão sempre a perguntr por mim nos encontros, :D

sopadorpg.wordpress.com - Um roleplayer entre Setúbal e Almeirim

Ludonautas Podcast - Viajando, sem nos

sopadorpg.wordpress.com - Um roleplayer entre Setúbal e Almeirim
Ludonautas Podcast - Viajando, sem nos movermos, pelos mundos do RPG

Não posso! Lamentavelmente,

Não posso! Lamentavelmente, é quando volto ao trabalho. :-)

Espero que corra tudo bem!



A jogar: D&D 4th Dark Sun

A escrever: down*town, tech-noir rpg
Proto Agonístes um rpg de auto-descoberta, de um personagem e vários jogado

Também conto ir

Olá a todos!

Finalmente encontros de role-players em Lisboa! Parabéns pela iniciativa, é completamente de louvar!

Era só para dizer que em princípio também irei a este encontro e vou tentar levar mais alguém, embora isso não seja certo.

Se conseguir ir, levo dados e lápis e vamos a isso!   ;P

Abraços a todos, até Sábado!

Henrique

Olá Henrique! Espero que

Olá Henrique!

Espero que possas vir, pronto a conviver e/ou jogar.

Até Sábado! :)

sopadorpg.wordpress.com - Um roleplayer entre Setúbal e Almeirim

Ludonautas Podcast - Viajando, sem nos

sopadorpg.wordpress.com - Um roleplayer entre Setúbal e Almeirim
Ludonautas Podcast - Viajando, sem nos movermos, pelos mundos do RPG

A confirmar - Trail of Cthulhu

Talvez vá mesmo este Sábado (depende da família). Se for, levo o Trail of Cthulhu com uma demo chamada The Murder of Thomas Fell que se joga bem em 2-3 horas. Não vou com obrigatoriedade de jogar, claro. Interessa-me também o convívio e dois dedos de conversa, mas se alguém se chegar à frente... 3 jogadores, no mínimo.

A sério? Excelente! Por

A sério? Excelente!

Por acaso interessa-me o ouvir/ler/falar sobre o Trail of Cthulhu por tive quase para o escolher para introduzir um novato aos RPGs e ao ambiente lovecraftiano. Acabei por escolher o Call of Cthulhu por já ter a minha cópia com 15 anos da 5ª edição.

Foi bom reviver a minha aventura introdutória favorita, "The Edge of Darkness" e corrê-la depois de tantos anos. :)

De qualquer modo aparece sem compromisso e assim trocamos pelo menos uns dedos de conversa.

sopadorpg.wordpress.com - Um roleplayer entre Setúbal e Almeirim

Ludonautas Podcast - Viajando, sem nos movermos, pelos mundos do RPG.

sopadorpg.wordpress.com - Um roleplayer entre Setúbal e Almeirim
Ludonautas Podcast - Viajando, sem nos movermos, pelos mundos do RPG

Actualização do horário

Houve um equivoco nos horários, a abertura é às 16h. A hora fim é mais ou menos como nos der mais jeito, mas parece-me bem apontar para as 19h.

Mudança de horário do 1º Encontro de Roleplayers

Peço a vossa atenção para a mudança de horário do evento das 15h para 16h. Obrigado pela vossa compreensão.

sopadorpg.wordpress.com - Um roleplayer entre Setúbal e Almeirim

Ludonautas Podcast - Viajando, sem nos

sopadorpg.wordpress.com - Um roleplayer entre Setúbal e Almeirim
Ludonautas Podcast - Viajando, sem nos movermos, pelos mundos do RPG

Li bem? O evento começa

Li bem? O evento começa às 16h e acaba às 19h o mais tardar?

Não, o evento acaba entre

Não, o evento acaba entre o pessoal bazar todo ou o bar fechar (acho que é às duas da manhã). Mas como eu e o Mariano não conseguimos ficar assim até tão tarde colocámos as 19h apenas como "hora referência".

Mudança de local do 1º Encontro de Roleplayers de Lisboa

Bem pessoal, ainda dizem que os inícios são tempos muito complicados...

Infelizmente teremos que alterar os nossos planos: o local do Encontro de Roleplayers teve que ser mudado e vai ter passar do local original para a Associação Ilusão Paralela na Travessa dos Pasteleiros nº22 (ou Rua da Esperança) perto do Xafarix Bar em Santos. A hora mantém-se a mesma.

Pedimos desculpa pelo grande transtorno que esta mudança de última hora possa vir a causar e espero que não desistam face a mais uma adversidade. Obrigado pela vossa compreensão.

sopadorpg.wordpress.com - Um roleplayer entre Setúbal e Almeirim

Ludonautas Podcast - Viajando, sem nos

sopadorpg.wordpress.com - Um roleplayer entre Setúbal e Almeirim
Ludonautas Podcast - Viajando, sem nos movermos, pelos mundos do RPG

Só complicações....

A mudança de local não me incomodava minimamente desde que fosse para um local "acessivel".

Estive a ver no mapa e não há nenhuma estação de Metro por esses lados e aquilo fica um pouco a cú de judas, como raio vou para lá? Autocarro? Comboio? Boleia? Direcções e indicações para o novo local seriam uteis para quem não conhece muito de lisboa.Embarassed

~Nuno Carreira / Strilar (* Boardgamer * Roleplaygamer * Cardgamer * Onlinegamer * Geek * L5R GM *)

É chato

De facto, o local é pouco acessível. Costumava ir à universidade que há lá perto e mesmo assim os transportes eram péssimos aos dias da semana, quanto mais aos fins de semana. Podia ir de automóvel (não me importo de gastar gasosa) mas também estou a ver que o estacionamento poderá ser difícil. A localização anterior era bem mais acessível mesmo em termos de metro ou carris.

E porquê só a partir das 16 horas? É o horário do espaço? Se assim é, aconselho um outro espaço Um evento destes merece começar de manhã (10 ou 11 horas) e prolongar-se pela tarde fora e não pela noite dentro (que me é impossível). Claro que não contava jogar mas apenas estar na conversa, mas das 16 horas às 20 horas é poucochinho.

Concordo mas como não

Concordo mas como não conhecemos bem o espaço e vamos lá pela primeira vez decidimo-nos por este horário mais tardio e apesar do sítio abrir às 15h. Quando jogo em Lisboa começo aos Sábados às 11h por exemplo.

No próximo vamos tentar que comece mais cedo. :)

sopadorpg.wordpress.com - Um roleplayer entre Setúbal e Almeirim

Ludonautas Podcast - Viajando, sem nos

sopadorpg.wordpress.com - Um roleplayer entre Setúbal e Almeirim
Ludonautas Podcast - Viajando, sem nos movermos, pelos mundos do RPG

Eu sei, eu sei. Se apanhares

Eu sei, eu sei.

Se apanhares a paragem de autocarro mais perto é a do Conde Barão (eu iria apanhar o 729 vindo de Santa Apolónia por exemplo).

O 28 passa mais abaixo perto de Santos.

O local é mais acima do IADE perto do tal Xaarix na Av. Dom Carlos.

Eu também não conheço muito de Lisboa e venho de Santarém por comboio. :)

sopadorpg.wordpress.com - Um roleplayer entre Setúbal e Almeirim

Ludonautas Podcast - Viajando, sem nos

sopadorpg.wordpress.com - Um roleplayer entre Setúbal e Almeirim
Ludonautas Podcast - Viajando, sem nos movermos, pelos mundos do RPG

Menu

Na calha já temos Dungeons & Dragons 4th Edition, Lady Blackbird e Trail of Cthulhu. Excelente!

sopadorpg.wordpress.com - Um roleplayer entre Setúbal e Almeirim

Ludonautas Podcast - Viajando, sem nos

sopadorpg.wordpress.com - Um roleplayer entre Setúbal e Almeirim
Ludonautas Podcast - Viajando, sem nos movermos, pelos mundos do RPG

Mini-report

Pareceu-me um começo auspicioso. Tivemos uma sessão de D&D usando as primeiras regras introdutórias da 4ª edição em que participaram cinco pessoas, incluindo dois novos (de 8 e 12 anos respetivamente) e novatos jogadores.

Durou 2h30m e concluímos dois encontros de combate. O Luís que se juntou a nós por impulso (acho!) gostou de finalmente experimentar um RPG. O mais jovem de todos os jogadores classificou a experiência como tendo "adorado!".

Estivemos quase, quase a começar uma jogatana de Lady Blackbird antes de mudarmos para Dungeons & Dragons o que acabou por suscitar interesse para o experimentarmos no próximo encontro.

Entretanto ainda demos uns quantos dedos de conversa com o Strilar e com o Henrique (que trouxeram outra convidada) que aproveitaram para jogar uma cartada de Warlords em jeito de homenagem do sistema d20. Será que foi um bom substituto?

Também tivemos direito a um showcase do strilar acerca do Legend of the Five Rings e falámos da hipótese de fazer uma demonstração da nova edição do RPG, a 4ª.

Também falei com o Sérgio (que trouxe os seus filhos e já são jogadores veteranos do Castle Ravenloft, o jogo de tabuleiro/RPG de D&D) acerca da impressão com que ficou desta edição e de algum feedback para orientarmos o uso do seu RPG do Mundo de Aventuras numa Festa Medieval na escola onde sou professor.

De resto foi uma boa surpresa a sede da associação "Ilusões Paralelas"! É um sítio espaçoso, bem decorado e bastante amigável que pudemos usufruir na sua dependência especial do sótão com direito a colunas de som e tudo. Quero deixar desde já agradecimentos ao Nuno (e à Sara?) da IP que mostrou-se bastante acessível e não se poupou a esforços para nos pôr à vontade (e satisfazer a minha fome por uma sandes caseira de salmão e rúcula bastante boa e fresquinha do forno do bar da associação).

Espero que os participantes tenham gostado desta primeira experiência e que consigamos no próximo mês ter duas mesas de jogo simultâneas e uma pausa para café e conversa. Obrigado a todos!

sopadorpg.wordpress.com - Um roleplayer entre Setúbal e Almeirim

Ludonautas Podcast - Viajando, sem nos movermos, pelo mundo do RPG

sopadorpg.wordpress.com - Um roleplayer entre Setúbal e Almeirim
Ludonautas Podcast - Viajando, sem nos movermos, pelos mundos do RPG

Fotos do Encontro

sopadorpg.wordpress.com - Um roleplayer entre Setúbal e Almeirim

Ludonautas Podcast - Viajando, sem nos

sopadorpg.wordpress.com - Um roleplayer entre Setúbal e Almeirim
Ludonautas Podcast - Viajando, sem nos movermos, pelos mundos do RPG

É verdade, lá fui com os

É verdade, lá fui com os meus dois mais velhos. O rapaz gostou, como dizes, mas a miúda nem por isso. Aliás, ela não gosta do CR. Parece-me que ela poderá gostar de um rpg mais interativo e centrado em enredos e emoções do que na pancadaria do DD4...

Quanto ao cenário propriamente dito vou comentar no meu thread sobre DD4.

No que respeita ao sítio, gostei mas há que atender a que é razoavelmente limitado em termos de espaço. Dá em simultâneo para uns 3 ou 4 grupos de até meia dúzia de pessoas, não mais. Se o encontro mensal tiver sucesso, vai ficar lotado rapidamente. É certo que eu só estive para o «primeiro turno».

Seja como for, foi uma boa iniciativa e que merece continuação. A ver se da próxima vez há ensaio de MdA no tempo de D. Dinis!

Sérgio

Pois eu tentei sondar a tua

Pois eu tentei sondar a tua miúda com outro tipo de referências fantásticas mas mesmo assim não lhe interessou. Hás-de questioná-la mais para ver se lhe arranjamos um dia destes algo mais sugestivo para jogar.

Pois, a ver se para a próxima passamos para as mesas lá de baixo para termos mais grupos de jogo em simultâneo.

Se o encontro tiver assim tanto sucesso que fiquemos com "lotação esgotada" já é uma grande vitória... e a uma boa razão para outros vôos mais altos. :)

sopadorpg.wordpress.com - Um roleplayer entre Setúbal e Almeirim

Ludonautas Podcast - Viajando, sem nos

sopadorpg.wordpress.com - Um roleplayer entre Setúbal e Almeirim
Ludonautas Podcast - Viajando, sem nos movermos, pelos mundos do RPG

Quanto à miúda a questão

Quanto à miúda a questão é um pouco diferente. Ela é mais tímida e menos demonstrativa do que o irmão mas vi que entrou na coisa na cena de dar nome à personagem e na cena da taberna. Ela «desligou» quando passámos à porrada, isso é que não lhe interessa. Suspeito que ela poderá gostar do MdA no reinado de D. Dinis... o que fica para um teste aqui em casa.

Sérgio

feedback rápido

Olá, companheiros, era só para dar um comentário rápido a dizer que gostei muito do evento, mesmo não tendo podido participar no role-play em si. Acho que a cena tem imensas pernas para andar, o espaço é bom e bastante polivalente e acho que à medida que os encontros crescem, logo se vê como é que se adapta a coisa em termos de espaço e etc.

Acho que o sótão, onde o encontro se deu, é muitíssimo cozy, mas quando houver mais pessoas, também facilmente passamos para o piso de baixo onde há mais mesas e etc.

Também a malta da própria associação me pareceram extremamente simpáticos, acessíveis e prestáveis, e foram uns porreiraços.

 

Estou a contar ir a todos os encontros que puder e estou com bastante curiosidade em ver em que sentido é que isto vai e que coisas interessantes se jogará. Abraços e beijinhos a todos!

Henrique

Oias Henrique!

Obrigado pelo apoio e incentivo. Também estou optimista quanto ao futuro e espero que se crescer em número de participante possamos facilmente acomodar toda a gente no andar de baixo. O sótão era estranhamente acolhedor mas a partir do momento que vocês apareceram pareceu-me logo menos adequado do que deveria ser.

De qualquer modo tenho pena não termos nada preparado para mais do que uma mesa de jogo e por não eu não ter jogado e conversado mais com vocês. Espero que para o mês que vem possamos colmatar essa falha.

Além do mais tive que sair às 19h numa espécie de fugida debaixo de chuva e não consegui despedir-me de vocês em condições. :(

Eu ando a pensar levar o 3:16, Carnificina entre as Estrelas, uma espécie de jogo militar futurista que mistura Starship Troopers com Full Metal Jacket, eh, eh. Jogamos com uma tradução portuguesa e tudo. :)

O Lady Blackbird, que estivemos quase a jogar em vez de D&D 4th Edition, é uma segunda hipótese se precisarmos de um jogo com um apelo mais abrangente (o que não há para gostar em damas nobres em fuga e contrabandistas intergalácticos?).

sopadorpg.wordpress.com - Um roleplayer entre Setúbal e Almeirim

Ludonautas Podcast - Viajando, sem nos

sopadorpg.wordpress.com - Um roleplayer entre Setúbal e Almeirim
Ludonautas Podcast - Viajando, sem nos movermos, pelos mundos do RPG

boas...

estou a ver que mesmo com atribulações de nascença,foram cumpridos objectivos!

È sempre bom novas pessoas tomarem contacto com os rpg's!!!

a ver se da proxima vez eu posso estar presente para dar o meu contributo

grande mariano pela iniciativa!!e a todos os que participaram!!!

 

"Spartans! Enjoy your breakfast, for tonight we dine in Hell!"

Além da associação temos

Além da associação temos que mandar um agradecimento especial para o Diogo que tratou de nos arranjar o local e falar com os responsáveis. E ainda se deslocou lá com algum prejuízo para a sua agenda só para eu não aparecer sozinho. Obrigado, pá! :)

sopadorpg.wordpress.com - Um roleplayer entre Setúbal e Almeirim

Ludonautas Podcast - Viajando, sem nos

sopadorpg.wordpress.com - Um roleplayer entre Setúbal e Almeirim
Ludonautas Podcast - Viajando, sem nos movermos, pelos mundos do RPG

parabéns

Muito boa iniciativa! Será esta a data e o lugar fixo para os encontros?

 

Em princípio sim para o

Em princípio sim para o mês que vem lá estaremos a no 1º sábado do mês. Apenas vai começar uma hora mais cedo, às 15h. :)

sopadorpg.wordpress.com - Um roleplayer entre Setúbal e Almeirim

Ludonautas Podcast - Viajando, sem nos

sopadorpg.wordpress.com - Um roleplayer entre Setúbal e Almeirim
Ludonautas Podcast - Viajando, sem nos movermos, pelos mundos do RPG

O ideal ideal mesmo era

O ideal ideal mesmo era mudar-se isso para o 3º sábado de cada mês. :-)

Ainda bem que tudo correu pelo melhor, talvez se consigam experimentar outros jogos nas próximas vezes. :-)





A jogar: D&D 4th Dark Sun

A escrever: down*town, tech-noir rpg
Proto Agonístes um rpg de auto-descoberta, de um personagem e vários jogado

Porquê o 3º? É que é o

Porquê o 3º? É que é o mesmo dia do encontro de Boardgames e assim o pessoal pode ir aos dois.

sopadorpg.wordpress.com - Um roleplayer entre Setúbal e Almeirim

Ludonautas Podcast - Viajando, sem nos

sopadorpg.wordpress.com - Um roleplayer entre Setúbal e Almeirim
Ludonautas Podcast - Viajando, sem nos movermos, pelos mundos do RPG

Talvez...

jrmariano escreveu:
Porquê o 3º? É que é o mesmo dia do encontro de Boardgames e assim o pessoal pode ir aos dois.

Não sei, pode ser uma idiotice, mas faz uma sondagem aqui no Forum, porque quantos RPs é que vão ao encontro de BGs e quantos BGs é que vão ao encontro de RPs?

 

Abraço

"The complete fool is half a prophet."

Pelo menos eu vou aos dos

Pelo menos eu vou aos dos BG e se não estou em erro o Nuno Strilar também.

Bem, eu conheço algumas

Bem, eu conheço algumas pessoas que têm interesse de ir aos dois e acho que, pessoalmente, prefiro um evento mais inclusivo do que exclusivo.

De qualquer modo é uma hipótese a considerar se se mostrar haver razão para tal.

sopadorpg.wordpress.com - Um roleplayer entre Setúbal e Almeirim

Ludonautas Podcast - Viajando, sem nos

sopadorpg.wordpress.com - Um roleplayer entre Setúbal e Almeirim
Ludonautas Podcast - Viajando, sem nos movermos, pelos mundos do RPG

Já tive resposta à minha

Já tive resposta à minha questão! Há dois RPs que querem ir a ambos os eventos, já é razão mais que suficiente para que não sejam coincidentes. Assim sendo, a não ser que haja um número de pessoas substancial para quem a alteração do dia seja importante, deve-se manter como está.

 

Abraço

"The complete fool is half a prophet."

Ainda bem que correu da

Ainda bem que correu da melhor forma o primeiro encontro! Eu tenho imensa pena de não ter podido comparecer, mas assuntos familiares impediram-me. No próximo espero que nada falhe!

 

Quanto a jogos sugiro desde já Scion The Hero, se alguém quiser experimentar. O corebook tem uma aventura introdutória com personagens já feitos é fácil começar logo a jogar e experimentar. Também posso tentar abordar os clássicos como Vampire. Se conseguir arrastar o meu grupo D&D 3.5, Exalted, Warhammer 40k também são opções, mas aí já não garanto porque não esotu a falar por mim.

 

Abraço

"The complete fool is half a prophet."

Pena que não tenhas podido

Pena que não tenhas podido ir. De qualquer modo obrigado pelo apoio e pelo incentivo. Espero que em Abril estejas lá!

Por acaso já corri a história introdutória de Scion que antecede essa (a do Introductory Kit?) num dos eventos de RPG mensais que fizemos há uns anos na Runadrake. Foi daqueles onde só apareceram 2 jogadores e a coisa morreu um pouco a meio por falta de entusiasmo. De qualquer modo as minhas cópias do Hero e do Demigod estão um pouco a apanhar pó, e não é daquelas partículas da Bússola Dourada, eh eh.

A ideia é o pessoal trazer sempre algo que gostasse de correr em pouco tempo com material já feito ou que desse poucas chatices a preparar. Por isso eu acho que o pessoal está aberto a todas as possibilidades e estilos de jogos de RPG.

Trazer o grupo de jogo de cada um para jogar por lá nesse dia também seria porreiro. Acaba-se por fazer um showcase do jogo para quem quiser assistir e traz mais a público o hobby.

sopadorpg.wordpress.com - Um roleplayer entre Setúbal e Almeirim

Ludonautas Podcast - Viajando, sem nos

sopadorpg.wordpress.com - Um roleplayer entre Setúbal e Almeirim
Ludonautas Podcast - Viajando, sem nos movermos, pelos mundos do RPG

Algumas reflexões sobre

Algumas reflexões sobre encontros de jogos de personagem, em parte motivadas por alguns dos comentários na presente lista.

O óbvio: um encontro de jdp não é um encontro de jogos de tabuleiro. O menos, óbvio, porquê. Do meu ponto de vista a diferença básica prende-se com o envolvimento dos jogadores. Vejamos e corrijam-me se estiver errado:

Um jdp dura em média 3 horas, um jdt 1h30. Um jdp envolve em média 5 jogadores, um jdt 3, mas enquanto num jdp os jogadores estão lá do princípio ao fim, num jdt podem ir saindo à medida que vão perdendo, logo podemos estimar que um jdt envolve do princípio ao fim 2,5 jogadores. Agora façam as contas, em 9h de encontro com 15 jogadores jogam-se 9 cenários; com jdt jogam-se 36 partidas!

Isto torna os encontros de jdt muito mais atrativos pela simples razão de que é muito mais provável os participantes encontrarem algo para jogar, jogarem várias coisas variadas, poderem decidir se ficam mais ou menos tempo, etc. Em suma, mais flexibilidade.

Agora acrescentemos mais dois dados: o jdp obriga (quase sempre) à presença de um "escravo", o MdJ, o que raramente tem equivalente nos jdt; o rpg está feito para a continuidade e não para cenário isolado, os jdt funcionam precisamente ao contrário. Mais dois fatores que contribuem para o sucesso de um encontro de jdt e que tornam difícil organizar-se encontros de jdp.

Eu estou para aqui com este paleio todo porque precisamos de uma fórmula ganhadora para os encontros de jdp. Ora se lerem as entradas aqui na discussão, há vários bem intencionados que se oferecem para levar para o encontro uma série de jogos; e uma série de bem intencionados que mostram interesse em jogar isto e aquilo; mas a dificuldade é conseguir-se que as coisas casem de forma natural, sem se estar a perder tempo ou a mandar pessoal embora (mea culpa, mea culpa, mea maxima culpa, no 1º encontro cheguei atrasado com a minha filharada e pus fora da mesa gente que já estava sentada, preparada para jogar um jogo diferente do que jogámos; desculpem lá, pessoal).

O que me parece é que há que ser mais restritivo e organizado do que nos encontros de jdt. O fator crítico de sucesso parece-me ser mesmo os MdJ pois são eles os motores da coisa.

Em primeiro lugar, há que assegurar que dispomos de 3 ou 4 MdJ devidamente preparados. Que tal um acordo de cavalheiros que os jogadores oferecem uma bebida ou uma sandes ao MdJ? Enfim, qualquer coisa simbólica que motive o esforço.

Em segundo lugar, penso que é de limitar o número de jogos oferecidos em cada encontro. Aqui vejo três critérios:

Os perenes. Aqueles jogos que têm sempre alguém disposto a jogar. O DD é a opção óbvia mas pode haver mais. A ideia é a de que nos encontros há sempre uma mesa para o jogo X ou Y, portanto quem lá vai sabe que esse vai estar disponível.

As novidades. Há sempre um jogo que ninguém jogou mas que há pessoal que quer jogar. Em lugar de se atirar os tiros para o ar a ver se caiem patos, decide-se logo à partida que jogo ou jogos é que vão estar à experiência. Há mais jogos a experimentar? Paciência, ficam para o encontro seguinte.

Os temáticos. Escolhe-se um tema para cada encontro e oferecem-se jogos ligados a esse tema.

Os portais. São jogos que fazem a ponte entre o jdt e o jdr, jogos estilo Runebound, Arkhan Horror, Castle Ravenloft, jogos que não exigem MdJ e que servem três propósitos: permitir a pessoal que não encontre uma mesa disponível ir jogando; permitir aos roleplayers hardcore experimentar jdt; incentivar tabuleiristas hardcore a experimentarem o rpg.

Em suma, organizemo-nos pois nós precisamos de mais organização do que um encontro de jdt.

PS Como é óbvio, estou para aqui a falar no ar. Ó pessoal do Porto, dêem lá uma mãozinha e digam como as coisas se passam por aí.

Sérgio

Reflexão sobre a reflexão

O mínimo de organização é sempre necessário e concordo que hajam jogos pré-estabelecidos no anúncio de cada encontro resguardando as tais diferenças entre jogos de tabuleiro e RPG (não sei bem se a tua média de duração se aproxima tanto da realidade mas dado que existem boardgames de curta, curta duração talvez a coisa seja bem por aí).

Quanto aos perenes, os confiáveis clássicos, acho que sim podemos sempre ter uma sessão fixa de um deles. Não sei bem quais são os que se classificam como tal e se tais poderiam existir numa espécie de campanha continuada (não sei se é era essa a tua ideia mas aqui fica na mesma) com possibilidade fácil de entrada e saída de jogadores que queiram experimentar.

É interessante que fales dos MdJs e da sua importância central porque uma questão que me veio logo à mente é: será que existe alguém que queira mesmo ficar sempre responsável por correr sessões do mesmo jogo durante vários encontros?

O que me leva para o suposto segundo grupo: o dos RPGs que são a novidade do mês!, eh eh. Eu por mim gosto de ir experimentado RPGs novos e acho que o encontro seria uma boa desculpa para isso.

Do pessoal com que tenho falado, levar o 3:16 (na tradução em Português) no próximo mês está a parecer-me uma boa ideia, por exemplo, e está já a entusiasmar-me em aparecer para o correr como MdJ o mais depressa possível. Mas será que o compromisso ou intenção em corrê-lo não desmotiva o pessoal que não gosta deste género de RPG e faz com que não apareçam por lá? Será que deixar as coisas mais no ar não dá impressão que se pode vir a jogar todo o tipo de jogos?

Ah, e se quiserem podem-me sempre ter a amabilidade (sem qualquer obrigação) de me pagar a tal sandes de salmão com rúcula que passará a ser chamada a partir de agora como "Delícia de MdJ". :)

Os temáticos são uma possibilidade mas é uma hipótese um pouco restritiva que leva de novo ao que falei antes acerca das expectativas dos participantes. Mas hey, se se quiserem juntar a uma qualquer iniciativa "temática" (acho que fazem jantares temáticos por lá e tudo) que a associação já tenha planeada, porque não?

Os portais, híbridos de RPG e Jogos de Tabuleiro, como fillers e iscos de novos jogadores ainda me parecem melhor, dado que foi ao que Strilar acabou por recorrer para colmatar a falha de uma segunda sessão de jogo além de D&D.

Eu sei que ele anda numa de correr alguns jogos de tabuleiro que misturem RPG tais como o Tales of Arabian Nights e provavelmente o novo Mansions of Madness ou os novos boardgames de D&D de que falaste. Seria uma excelente oportunidade para ele ou outra pessoa o fazerem. Que dizes Strilar?

P.S.: Gosto do pormenor de teres inventado uma nova sigla para os tipos de jogos. Espero que seja legível. :P

Ah e não te chateies com o termos mudado de jogo. Eu por mim não ia perder a hipótese de poder introduzir um jogador novato e entusiasta de 8 anos aos RPGs mainstream! :D

sopadorpg.wordpress.com - Um roleplayer entre Setúbal e Almeirim

Ludonautas Podcast - Viajando, sem nos

sopadorpg.wordpress.com - Um roleplayer entre Setúbal e Almeirim
Ludonautas Podcast - Viajando, sem nos movermos, pelos mundos do RPG

jrmariano escreveu: O

jrmariano escreveu:
O mínimo de organização é sempre necessário e concordo que hajam jogos pré-estabelecidos no anúncio de cada encontro

Nota que me parece que isto deve ser uma decisão consciente e, até, tomada durante o encontro. Quer dizer, penso ser pouco eficaz ficarmo-nos por comentários ao longo do mês tipo «eu posso levar o jogo Y ou o Z ou o W. E levo se houver gente para isso. Melhor eu vou se houver gente para isso». Não, o que eu penso é que os MdJs são essenciais e convém, pelo menos nos primeiros encontros e até a coisa ganhar velocidade de cruzeiro, haver à partida compromissos certos: «eu vou e levo o jogo X para ser jogado por Z pessoas. O jogo é das 15h00 às 20h00».

Eu nunca fui a uma convenção de jdps mas o que leio sobre as mesmas há décadas é que funcionam desta maneira. Os jdp funcionam de maneira diferente dos jdt, não se coloca aqui a hipótese de ir pegar um jogo à prateleira e andar com ele à volta da sala a ver quem quer jogar.

Citação:
se tais poderiam existir numa espécie de campanha continuada (não sei se é era essa a tua ideia mas aqui fica na mesma) com possibilidade fácil de entrada e saída de jogadores que queiram experimentar.

Aqui parece-me que serão os jogadores a decidir naturalmente e, caso gostem de um jogo, a pedir para repetir. Isso ou haver quem leve o grupo regular a jogar no encontro o jogo do costume.

Citação:
será que existe alguém que queira mesmo ficar sempre responsável por correr sessões do mesmo jogo durante vários encontros?

Bem, nesta fase de arranque seria ótimo que isso sucedesse pois é a melhor forma de assegurar a continuidade.

Citação:
Mas será que o compromisso ou intenção em corrê-lo não desmotiva o pessoal que não gosta deste género de RPG e faz com que não apareçam por lá? Será que deixar as coisas mais no ar não dá impressão que se pode vir a jogar todo o tipo de jogos?

Ainda aqui a organização é essencial, em particular a tal questão do tempo marcado (contra mim falo que dei o mau exemplo logo no primeiro encontro). Tu levas o Carnage mas é isso que vais mestrar o tempo todo? Não queres mestrar outras coisas? Ou jogares em vez de mestrares? Se se organizarem slots com espaço bem definido para vários jogos o pessoal que não tem interesse num jogo sabe que há outros que lhe interessam. E pode sempre haver slots para «jogos surpresa»...

Citação:
Ah, e se quiserem podem-me sempre ter a amabilidade (sem qualquer obrigação) de me pagar a tal sandes de salmão com rúcula que passará a ser chamada a partir de agora como "Delícia de MdJ". :)

Marcado!

Citação:
Os temáticos são uma possibilidade mas é uma hipótese um pouco restritiva

Pois. Eu vejo outro problema, os temas esgotam-se depressa. Mas, por outro lado, os temáticos têm a vantagem de poderem atrair pessoal que tem interesse no tema mas desconhece os jdps. Umm, porque não um temático trimestral?

Citação:
Ah e não te chateies com o termos mudado de jogo.

Pelo contrário, o outro pessoal é que pode ter ficado chateado. Eu estava à espera de jogar DD4 e o meu miúdo também. Ele quer jogar mais mas prefiro pôr o MdA em ordem - vou dedicar-me às regras de pancadaria! - e pô-lo a jogar o meu jogo. Duas vantagens, é do papá e vai estar em português. Depois é só adaptar os cenários de DD4 ou de outros jogos. (Ugh, se já tiver uma versão jogável para o mês que vem, testo o MdA, Aventuras Fantásticas...)

Sérgio

Olá

Boas a todos.

Eu Trabalho na Ilusão Paralela, local onde foi realizado o encontro, e gostava de apresentar alguns pontos.

A nossa Assoçiação foi criada á cerca de 3 meses, e uma das areas que nós gostavamos de apostar é justamente nos jogos. Eu pessoalmente jogo Vampire DA á coisa de 10 anos, com uma partie fixa todos os domingos, e gosto bastante de RPG's.

Noto contudo que em Lisboa existem poucos espaços (eu pelo menos não conheço :p ) onde o pesoal se pode reunir, conhecer outras pessoas interessadas, trocar ideias, e claro o mais importamte de tudo poder jogar :D

Sendo assim, queria deixar desde já um convite a todos para aparecerem ás quintas feiras é noite, que temos um encontro de jogos de tabuleiro, e onde já temos tambem um grupo interessado em jogar RPG.

È verdade que nós não temos espaço para abrigar muitos grupos para jogar RPG, mas acredito que se arranja espaço para pelo menos 3  se contarmos só com o sotão, ou mais de 10 se contarmos com todas as salas da associaçao  , temos mesas cadeiras, musica ambiente, e boa disposição :p

 

Se quiserem aparecer outro dia qualquer, serão muito bem vindos na mesma, temos sempre pessoal a jogar jogos de tabuleiro á noite, ás vezes até altas horas da madrugada ....

 

 

Qualquer pessoa que venha através deste forum, quando chegar cá peça para falar comigo (Nuno Barreno) e eu terei todo o gosto em mostar a associação e em explicar o nosso projecto.

 

Um Abraço a todos, e obrigado pela vossa presença no Sabado passado .

Olá Nuno!

Obrigado por tudo o que fizeram pelo encontro e pelo interesse em que tiveste em te inscreveres aqui no Abre o Jogo para incentivares a iniciativa e estenderes o convite ao pessoal para atividades fora inclusive dos RPGs e estas andanças. :)

sopadorpg.wordpress.com - Um roleplayer entre Setúbal e Almeirim

Ludonautas Podcast - Viajando, sem nos

sopadorpg.wordpress.com - Um roleplayer entre Setúbal e Almeirim
Ludonautas Podcast - Viajando, sem nos movermos, pelos mundos do RPG

go play

smascrns escreveu:
PS Como é óbvio, estou para aqui a falar no ar. Ó pessoal do Porto, dêem lá uma mãozinha e digam como as coisas se passam por aí.

Quem está nelas é que sabe o que será melhor fazer dadas as circunstâncias e, como diz o Woody Allen, "90% percent of success is showing up." Espero que continuem a aparecer cada vez mais pessoas para jogar nos encontros de Lisboa, pois certamente têem o potencial para juntar muita gente.

De resto, jogos são jogos e acho que os encontros de boardgamers têem sido uma excelente inspiração para os nossos encontros mensais de roleplayers. Da minha parte, todos os meses, tenho tentado levar novos RPGs que qualquer pessoa possa experimentar, mesmo que apareça quando a sessão já começou e/ou precise de sair antes da sessão terminar.

Compreendo que alguns roleplayers possam até considerar que isto não são verdadeiras sessões de RPG, mas não me parece que os encontros mensais devam servir para contemplar estes considerandos. O que importa é a vontade para se jogar e conviver. Se não se tem quatro horas para jogar, jogue-se em duas. Se não há tempo para preparação, pegue-se num RPG que não requira preparação. Se ninguém se quiser chegar à frente para mestrar, jogue-se algo em que todos são o mestre-jogo.

Tem é que haver um grupo mínimo de pessoas que esteja lá batidinho ao primeiro sábado de cada mês.

 

Eu por mim estou lá sempre

Eu por mim estou lá sempre batido a correr alguma coisa no 1º Sábado de cada mês, apesar de poder ficar para jantar ou jogar pela noite fora. ;)

sopadorpg.wordpress.com - Um roleplayer entre Setúbal e Almeirim

Ludonautas Podcast - Viajando, sem nos

sopadorpg.wordpress.com - Um roleplayer entre Setúbal e Almeirim
Ludonautas Podcast - Viajando, sem nos movermos, pelos mundos do RPG

smascrns escreveu: Os

smascrns escreveu:

Os portais. São jogos que fazem a ponte entre o jdt e o jdr, jogos estilo Runebound, Arkhan Horror, Castle Ravenloft, jogos que não exigem MdJ e que servem três propósitos: permitir a pessoal que não encontre uma mesa disponível ir jogando; permitir aos roleplayers hardcore experimentar jdt; incentivar tabuleiristas hardcore a experimentarem o rpg.

 

Eu tenho o Runebound, se algum dia quiserem que traga, é só dizer.

 

Ah, mais importante, antes que me esqueça...

...se tiverem visto nos nossos encontros algo que queiram jogar e precisem de ajuda para preparar alguma coisa, digam qualquer coisa que eu ou alguém do grupo Roleplayers - Porto tentaremos ajudarmos com aquilo que temos arranjado para as nossas one-shots.

Não se esqueçam também de porem o tag Encontros Mensais de Roleplayers nos vossos eventos.

Encontros VS Sessão

É verdade e eu concordo em absoluto, os encontros não são verdadeiras sessões de RPG. Mas a questão é, será que devem ser? Na minha opinião claramente NÃO! Um encontro de RPs é um evento, ainda para mais com uma periodicidade mensal, para os jogadores e storytellers se encontrarem, conviverem e acima de tudo EXPERIMENTAREM jogos, formas de jogar, formas de mestrar, novas abordagens, conhecer, trocar impressões! Se for para fazer uma campanha monta-se um grupo e marcam-se sessões, não se joga uma vez por mês com jogadores aleatórios!

 

Eu já fui a alguns dos encontros do Porto e realmente foi isso que gostei neles! Descobri que existe um jogo de homens das cavernas em que o Rick Danger juntamente com o excelente grupo que estava reunido fez arranca extraordinárias gargalhadas e eu fiquei a conehcer um jogo de outra forma não aconteceria (se visse o livro na net ou numa loja só pelo tema nunca compraria). Outra vez joguei uma sessão de D&D 4th (é sobejamente conhecido o meu desprezo por D&D e ódio particular a 4th Ed.) em que me diverti imenso e ainda consegui introduzir o meu irmão ao RPG e pô-lo a chatear-me sempre com quando é que se joga mais! E podia continuar por aqui fora, mas a questão é, nestes encontros não se espera uma campanha, espera-se uma sessão com uma aventura simples para mostrar às pessoas um preview do que podem esperar e com jogos diferentes, alguns que se calhar a pessoa não iria jogar porque não gosta daquele género/sistema mas ali para o convivio até experimenta e surpreende-se.

 

Por fim no que toca ao Storyteller, peço desculpa Sérgio mas achei a tua visão deste papel fechada e preconceituosa! O Storyteller é um escravo? Precisa de incentivos? Ou eu tenho uma experiência de RPG radicalmente diferente da tua ou algo está muito errado aqui. O Storyteller é um jogador que se diverte tanto ou mais que os próprios Playing Characters! O seu incentivo e recompensa é o próprio jogo. Eu não digo que ficaria triste se me desses um cheeseburger para mestrar uma sessão, mas fazê-lo por incentivo? É algo que não entendo. Ser Storyteller não é um sacrifício é um prazer! E sinceramente nas discussões para o próximo encontro quer do Porto quer de Lisboa vejo mais pessoas a oferecer-se para mestrar do que jogadores a pedir. Achei a tua posição muito diminuidora do papel de Storyteller!

"The complete fool is half a prophet."

Concordo inteiramente que

Concordo inteiramente que encontros mensais não são o local adequado para se jogarem campanhas... em princípio. Mas se há pessoal que joga uma campanha e decide aproveitar o encontro para jogar aí a sessão da semana ou da quinzena, porque não?

Quanto ao resto, tudo bem, é bom se os encontros servirem para trocas de experiência para além do jogar em si. O problema é que os jdp vivem mal com demasiada improvisação e freeformismo, pelo menos aqui por Lisboa e a ajuizar por experiências passadas. Há o risco de toda a gente chegar sem haver nada estruturado, perderem demasiado tempo a organizar-se, o interesse esmorecer e ir cada um para a sua parte. Já vi isto no passado.

A minha perspetiva é a de que convém haver uma grelha de eventos clara e antecipada, pelo menos no princípio, até os encontros acharem o seu formato e entrarem em velocidade de cruzeiro. Como é evidente, essa grelha deve ser flexível e aberta e incluir jogos com outras atividades em torno dos jdp.

Quanto ao teu último parágrafo, há uma diferença entre "escravo" e escravo. Assim como há uma diferença entre uma pessoa oferecer-se para mestrar e apresentar uma lista de jogos possíveis se houver manifestações de interesse (o que se situa exclusivamente ao nível das boas intenções) ou dizer que vai mestrar um jogo concreto num momento concreto (o que se situa ao nível das decisões e compromissos). Do meu ponto de vista os encontros, em particular nesta fase de arranque, precisam de compromissos mais do que boas intenções, ora a experiência diz-me que há muito menos gente para assumir compromissos do que para exprimir boas intenções... precisamente porque um compromisso é uma "escravatura".

Isto é também importante para quem quer ir jogar. Como jogador prefiro ter duas pessoas, cada uma a dizer que vai mestrar o jogo X e Y no momento A e B; do que 5 a dizer que estão disponíveis para jogar 3 ou 4 jogos cada em horas não especificadas. Com as duas primeiras eu sei aquilo com que conto; com as últimas 5 eu não faço ideia daquilo com que realmente conto.

Como é evidente, o mais provável - e até o mais desejável - é que haja duas ou três pessoas com compromissos sérios mais 3 ou 4 com vagas intenções.

Sérgio

Já postei o anúncio do 2º

Já postei o anúncio do 2º Encontro Mensal de Roleplayers (https://www.abreojogo.com/encontroRPGmensalLisboa2) com a indicação em baixo da sessão de jogo já acordada. Que acham?

sopadorpg.wordpress.com - Um roleplayer entre Setúbal e Almeirim

Ludonautas Podcast - Viajando, sem nos movermos, pelos mundos do RPG

sopadorpg.wordpress.com - Um roleplayer entre Setúbal e Almeirim
Ludonautas Podcast - Viajando, sem nos movermos, pelos mundos do RPG

a ver se consigo responder do telemóvel :p

Sim, eu não costumo dizer "olhem, no próximo encontro sou capaz de mestrar X, o que é que vocês acham?" até porque grande parte do grupo não participa regularmente no AbreoJogo. Eu é mais "próximo encontro estou lá para mestrar X" e vou preparado para jogar com quem quiser dentro do tempo que houver. É precisa uma certa mistura de preparação e improviso, mas sobre isso também já falei no meu podcast. Não é tão difícil quanto possa parecer.

Too much to read

O problema destas treads em que se discute o futuro dos RPGs por cá, é que contêm demasiado texto para eu poder acompanhar regularmente. Já vi que houve ai alguns posts endereçados a mim (Mariano por ex.), e não queria que pensassem que foram ignorados ou esquecidos. Quando tiver oportunidade dou uma vista de olhos completa na thread e respondo a tudo ponto a ponto.

Provávelmente só devo ter possibilidades de o fazer este fim de semana. Things have been a little chaotic lately... Undecided

~Nuno Carreira / Strilar (* Boardgamer * Roleplaygamer * Cardgamer * Onlinegamer * Geek * L5R GM *)