Uma Casa Com Piscina

Olá a todos, :)

Por razões várias, eu, o Rogério e um amigo nosso estávamos a falar, ontem à noite, e avançámos a hipótese de haver um sítio onde algum pessoal amigo tivesse alguns jogos, e que a malta tivesse a chave e pudesse aparecer em qualquer altura, e talvez levar pessoal para jogar, e, etc, etc...

Hoje em dia, existem alguns sítios mais ou menos assim. Mais ou menos...

Temos a Runadrake (e já agora, aproveito para repetir, parabéns Philip, awesome place, e ainda me estás a dever a lista de caixas de Host A Murder Mystery), mas duvido que o Philip e a Regina queiram andar a dar chaves da loja ao pessoal. :)

Existe a Arena, mas muito menos!

Alguns de nós têm acesso a escritórios onde há jogos, mas obviamente, a disponibilidade desses sítios para se jogar é altamente limitada.

Por último, há as nossas próprias casas, mas também não é a mesma coisa.

Donde, eu, o Rogério e o Figueira (o tal nosso amigo) chegámos à conclusão que era giro um grupinho de nós (tipo dez ou quinze pessoas) juntarem-se para alugar uma casa, toda a malta ter a chave, haver lá jogos e quem quisesse podia lá ir em qualquer altura e levar outro pessoal para jogar cenas, fosse RPGs, fosse board games, fosse o que fosse.

É claro que teria que haver alguns critérios para pôr isto a funcionar, e há uma série de considerações operacionais a ponderar, e uma série de potenciais problemas que podem acontecer e yada, yada, yada. Mas vamos não pôr o carro à frente dos bois. Neste momento, isto está só em fase conceptual. Mas, interessa-me saber o seguinte:

Alguns de vocês, área de Lisboa, estariam interessados em alinhar neste projecto se ele fosse para a frente?

Há, no entanto, uma consideração operacional que eu posso desde já avançar: neste momento, há uma casa disponível para isto que ficaria bastante barata ao grupo, e cujo custo até não estaria assim tão dependente do número de interessados. Tem três salas para jogar, uma cozinha operacional com um frigorífico grande, uma casa de banho, e bastante espaço para guardar jogos. (E não, não tem piscina, essa parte era só para o título... ;)

So... digam que sim, digam que não, digam porque é que não ou em que condições é que sim, enfim, digam qualquer coisa. :)

Cheers,
J.

Opções de visualização dos comentários

Seleccione a sua forma preferida de visualização de comentários e clique "Gravar configuração" para activar as suas alterações.

Pois, pá, se acontece

Pois, pá, se acontece alguma coisa de grave na dita casa por descuido e o seguro não pagar vai ser complicado... mas pronto, antes do carro venham os bois.

Quando dizes que a coisa fica barata, estamos a falar de que tipo de valores? E é preciso o pessoal esforçar-se por deixar a casinha limpa, ou então pagar mais um X para ter uma empregada a ir lá de 15 em 15, ou algo assim.

É engraçado ouvir falar em algo assim, já que estas casas/clubes estão na moda lá na Santa Terrinha: o pessoal organiza-se, arrenda uma casa, paga X a alguém para tomar conta dela, e sempre que quer vai para lá beber, comer, com amigos, etc. Além de trazer comes&bebes, ou de pagar pelos que lá estão à disposição, a quota mensal fica por alguns Euros; realmente o custo de vida nas aldeias é muito mais pequeno!!

Anyway, eu no meu caso estou bem servido; tenho a minha casota mais ou menos disponível (é sempre pouco rentável estar lá a jogar com uma bebé que quer atenção de todos, eheh) e tenho a minha colecção.

A meu ver, isto só tem duas vantagens sobre a Runadrake: estaria aberto às 2as e 3as (o que, convenhamos, é uma vantagem minúscula para a maioria dos potenciais interessados), e estaria aberto para grandes noitadas (a Runadrake também, para casos pontuais, mas um gajo fica sempre com um peso na consciência por estar a pedir aos donos para nos ficarem lá a aturar até às tantas). O resto são só desvantagens (alugar espaço, cuidar do espaço, gerir o espaço, etc.) ou coisas facilmente resolvíveis:

Por exemplo, podiamos perfeitamente comprar um cacifo (ou dois ou três ou whatever) para guardar os jogos do clube que ficasse na Runadrake's, com a chave ao cuidado dos donos, que a forneceriam a qualquer membro do nosso clube que a pedisse. Em troca desse privilégio, cada membro pagaria uns trocos mensais que iriam para formar uma pool para comprar jogos novos (e para pagar um X à loja por nos deixar ter lá os cacifos).

Acho que algo assim seria muito mais simples de fazer e gerir, sem esquecer o muito mais barato. Os grandes problemas que vejo são as noitadas, como já disse, e a possibilidade de um gajo chegar à Runadrake's e ter aquilo tudo ocupado com outro pessoal a jogar outras cenas (podiamos sempre comprar e manter uma ou duas mesa reservadas só para o clube, ou algo assim). Se desse para resolver esses problemas, acho que era a solução mais simples e mais fácil.

Excelente idéia

Esta é daquelas idéias que pessoalmento fomento em ir para a frente por várias razões:

- primeiro que tudo e quanto a mim das mais importantes, fica resolvida a questão de independencia perante as lojas, que existem primeiro que tudo para dar lucro

- a criação de um clube sem vinculos comerciais

- a disponibilidade de horários que passa a ser 24x7

- a possibilidade de se ter um sitio onde se pode fácilmente organizar encontros do que se quiser jogar

No entanto, como em tudo, existem considerações:

- este espaço/grupo estaria limitado só a jogadores de boardgames? Ou seria de estender a wargamers, rpg's, jogos de miniaturas, etc?

- estamos a falar de que valores?

- obrigatoriedade de cada membro/utiliador/sócio/o q qr q seja q lhe queiram chamar, de participar na limpeza x dias por mês?

- práticamente tudo o resto se resolve com utilizando o KISS - Keep It Simple Stupid!! LOL

Básicamente gosto muito da idéia pois não me agrada o ter de depender do espaço de uma loja para fazer/manter um projecto desses, seja a Runadrake, a Homem Azul ou qualquer outra.

Como exemplo, lembro-me do clube de jogadores de Barcelona, dos quais conheci alguns o ano passado, com cerca de 300 sócios, que têm exactamente uma casa assim à disposição 24x7, em que se reunem os jogadores de todo o género, em que a primeira regra do mesmo é: "A casa não é para levar senhorinhas!!" LOL LOL

Manuel Pombeiro
a.k.a.Firepigeon
LUDO ERGO SUM

Últimas jogatinas:

Negating the unforeseeable is utterly unrealistic, and scrambling to deal with problems is indeed a game skill.

Só é pena..

..não ter piscina!! LOL

Manuel Pombeiro
a.k.a.Firepigeon
LUDO ERGO SUM

Últimas jogatinas:

Negating the unforeseeable is utterly unrealistic, and scrambling to deal with problems is indeed a game skill.

Ahey, :) Erm... a que

Ahey, :)

Erm... a que propósito é que o seguro haveria de não pagar?

Quanto aos valores, eu e o Rogério discutimos esse ponto e achámos que ~50€/mês seria adequado. Quem já trabalha e tem família e carro, tem pouco tempo para jogar, mas ~10cts/mês tende a não ser relevante. Para quem ainda está a estudar, pode ser um pouco mais puxado, mas pelo menos, provavelmente, terá mais tempo para aproveitar o espaço.

Quanto às limpezas, enfaticamente, não se pretende a ideia de cada pessoa ser obrigada a pôr horas para isso! :) Espera-se sim que as pessoas sejam civilizadas, deixem as cenas que usam minimamente arrumadas e não criem situações que exijam intervenções especializadas. Quanto à manutenção regular, eu logo me encarrego de ver o que é que se tem que fazer. Tipo, se o pessoal ocasionalmente deixar cenas desarrumadas, não me importo de ser responsável por gerir-slash-tratar da arrumação.

Quanto a jogar, em casa, precisely. :) Obviamente, eu também tendo a poder jogar em minha casa ou em casa das pessoas com quem costumo jogar. A ideia é precisamente ter um espaço fora de casa para jogar de vez em quando sem considerações familiares, fazer pooling à colecção do pessoal, etc... :) (Isto se o pessoal quiser essa parte, claro.)

A disponibilidade 24/7 sem termos que nos impôr a ninguém nem termos de nos sentir culpados é precisamente o objectivo principal. Obviamente, a Runadrake continuará sempre a ser o local preferencial para actividades mais organizadas, tipo meetup, torneios, etc... Já agora, eu claramente não quero entrar em competição com a 'Drake a nível de organized play. Conheço o dono e admiro a iniciativa, e os eventos organizados são cenas importantes para a saúde das lojas.

Esclareço também que "clube" não é bem o termo para o que queremos fazer. Estamos a falar de um grupo de 10 a 20 pessoas que teriam a chave de uma casa e autorização para levar para lá quem quiserem quando quiserem para jogar cenas. Quais cenas exactamente? Bom, não vejo qualquer razão para excluir seja o que fôr, com excepção de jogos a dinheiro, que eu não sei se não têm outras considerações legais. Inclusive, se se conseguir financiar isso, isto é extensível a montar uma infraestrutura de rede/internet e possibilitar lan parties e afins. Mas isso é mais lá para a frente... :)

Ok, anyway, temos um possível participante e um provável não participante. :) Mais alguém tem algum comentário ou questão?

Cheers,
J.

Sim, uma questão

E se eu não puder agora, mas tiver disponibilidade e vontade daqui a 5 meses/anos?

--~~--

Alguém muito sábio disse uma vez: "So, Trebek, we meet again! The game's afoot!"

A escrever: down*town, tech-noir rpg
Proto Agonístes um rpg de auto-descoberta, de um personagem e vários jogado

50 Euros? Ainda é puxado.

50 Euros?

Ainda é puxado. Independentemente de ser "relevante" ou não, dá que pensar. É só imaginar por exemplo a quantidade de jogos que um gajo podia comprar com esse dinheiro ao fim de um ano vs. a quantidade de vezes que vai usufruir do espaço para jogar.

De facto é complicado: quem pode pagar, provavelmente não tem vida para usufruir do espaço o suficiente para justificar o investimento; quem é jovem, e estudante, e pode de facto usufruir do investimento porque tem vida para passar metade da semana a jogar, provavelmente não quer desfazer-se do dinheiro, até porque se é espaço para jogar que quer não costuma ser tão difícil de encontrar nas suas universidades.

Mas pronto, não percas a esperança. Pode ser que apareça gente! :)

Esquece

Esquece, o Ricardo está enamorado pela Runadrake e nem admite ouvir falar em que se crie um espaço no formato que referes. Relativamente aos espaços comercias, tenho o meu comentário: sendo uma loja que tem de dar lucro para ter continuidade, o que dentro dos parâmetros a que nos têm vindo a habituar os espaços comerciais deste jeito em Portugal, implica que dentro de algum tempo a mesma (seja a Runadrake seja outra qualquer) seguirá o exemplo de outras anteriores, mais cedo ou mais tarde (espero que o mais tarde possivel!!). Como se verifica lá por fora este tipo de agregação de jogadores é extremamente comum, mantendo-se o espaço das ditas FLGS em paralelo com estes espaços, não sendo concorrentes mas sim complementares!!!

Qt a ser clube, associação, grupo, agrupamento, quinteto, o q qr q seja, isso é só uma designação, o que interessa é o principio do KISS.

Just my 2 cents!! LOL

Últimas jogatinas:

Negating the unforeseeable is utterly unrealistic, and scrambling to deal with problems is indeed a game skill.

Vira essa boca para lá,

Vira essa boca para lá, bate três vezes na madeira, e atira sal por cima do ombro!! Eheh.

Estou a ser simples e prático. Com 50 Euros por mês faço um Plano Poupança Reforma e aos 65 anos fico livre, independente e abastado para comprar todos os jogos que puder jogar... err, lá no lar. ;-)

Anyway, com o dinheiro que é preciso juntar para alugar uma casa, ainda por cima em Lisboa (já agora, Mendes, em que parte de LX é?), podiamos pagar o salário de qualquer empregado de loja que nos quisesse aturar ao fim-de-semana até ao nascer do sol e ainda nos sobrava muito dinheiro para comprar jogos. Há-de haver uma solução bem mais barata e minimamente satisfatória. Se um gajo fundar uma associação, ou um grupo recreativo, ou o raio que o parta, não há nenhum apoio para ter/conseguir uma sede ou something?

As Associações não lucrativas

ricmadeira escreveu:
Há-de haver uma solução bem mais barata e minimamente satisfatória. Se um gajo fundar uma associação, ou um grupo recreativo, ou o raio que o parta, não há nenhum apoio para ter/conseguir uma sede ou something?

As Associações não lucrativas, com fins recreativos/culturais/desportivos/etc/etc tem acesso a uma panóplia de apoios XPTO e XYZ que nem imaginas!! Para além que passam a ter um estatuto tb KXY que lhes permite aceder a locais da responsabilidade das Juntas de Freguesia e outros orgãos do funcionalismo público, por tuta e meia. Um tipo nem imagina a quantidade de cenas dessas que existem ao abrigo dos planos não sei quantos e nem sei que mais da União e não só para promover etc etc (alguém se lembra do famoso filme português da Branca de Neve? O tal que era todo preto do principio ao fim e que mesmo assim teve um subsidio para Guarda-Roupa??? LOL LOL LOL!!! ). Com isto quero dizer que basta haver quem conheça os meandros do Governo!! BTW: ninguém conhece um Secretário de stado que goste de Bordgames e/ou RPS's e/ou wargames e/ou qq coisas destas que nós gostamos? LOL!! Aí era garantido!!!

Manuel Pombeiro
a.k.a.Firepigeon
LUDO ERGO SUM

Últimas jogatinas:

Negating the unforeseeable is utterly unrealistic, and scrambling to deal with problems is indeed a game skill.

The monkeys

Qualquer opção é melhor do que ter uns 3/4 macacos a abusar da hospitalidade alheia, mas pondo todos os problemas "normais" que penso que puderam surgir de lado (carroça atrás dos bois), o meu problema com esta opção é o seguinte.

Em média jogo (em cada mês) jogo muito mais vezes nas tardes de fim-de-semana do que às noites, tirando as noites de sexta onde às vezes jogo, o que fazendo as contas dá qualquer coisa como pagar 50€ por mês para ter um espaço para jogar 4 vezes se calhar.

Para mim (nesta altura da minha vida) este tipo de contrato é um bocado puxado, mas, como disse em cima, é melhor do que estar a abusar da hospitalidade alheia, por isso se forem para a frente podem contar comigo.

Relativamente ao pooling de livros/jogos, o meu único stress é que gosto de ter os meus livros ao pé de mim para consulta rápida (para "preparar" sessões por exemplo, dúvidas, etc.), mas julgo que se pensarmos um bocado nesse assunto acredito que se arranje qualquer coisa.

"the drunks of the Red-Piss Legion refuse to be vanquished"

Hoy, :) Rui, não sei.

Hoy, :)

Rui, não sei. Depende de se ainda existir e do número de pessoas que, nessa altura, já/ainda fizerem parte. À partida, eu diria que és sempre bem-vindo! :)

Se toda a gente que estiver interessada achar que 50€ não é um número adequado, não sou fanático acerca do número.

Ricardo, as tuas alternativas são ideias interessantes, mas não são fazíveis. Um empregado não garante 24/7, e uma associação/grupo recreativo é algo que já se fez e dá demasiado trabalho para o que se pretende, que é simplesmente um pequeno de grupo de pessoas ter um espaço para jogar. No entanto, não estou a querer deitar abaixo, pelo que se tiveres outras ideias, venham elas. :)

Já agora, eu também estou totalmente em suporte da 'Drake. É um dos motivos pelos quais não quero que esta ideia seja estendida a um espaço para eventos organizados, e que não quero que seja uma associação propriamente dita, e que não quero uma série de outras coisas que possam pôr o espaço da loja em causa.

Já agora, Phillip, Regina, se estão a ler este thread, gostaría de ter a vossa opinião. :)

Cheers,
J.

Sim Não Sopas

Ninguém mais comenta?

Manuel Pombeiro
a.k.a.Firepigeon
LUDO ERGO SUM

Últimas jogatinas:

Negating the unforeseeable is utterly unrealistic, and scrambling to deal with problems is indeed a game skill.