Aos wargamers do AoJ: Help!

Já coloquei a mesma questão no BGG mas a malta parece dividida.

O problema é o seguinte: Quero um jogo sobre a 2a. Guerra Mundial que -

a) Seja um jogo com bastante tema e realismo;

b) Seja jogável, de preferência numa tarde, já que não tenho fins-de-semana inteiros para dedicar a um jogo só.

c) Coloque enfâse no aspecto estratégico - detestei o Memoir'44 e quanto mais longe disto melhor.

d) Cubra toda a duração e localização do conflito - não focado unicamente num ou noutro ponto (exemplo: Rommel no Deserto ou Eastern Front)

Seguindo estes pressupostos, no BGG os jogos sugeridos mais próximos do que pretendo foram o Europe Engulfed, WWII Barbarossa to Berlin, e o Axis & Allies.

Qual é a vossa opinião? Quais os prós e contras de cada um deles e se pudessem comprar apenas um qual seria?

Opções de visualização dos comentários

Seleccione a sua forma preferida de visualização de comentários e clique "Gravar configuração" para activar as suas alterações.

Amigos Pombeiro, Madeira e outros wargamers

Podem dar-me uma ajudinha acerca do conteúdo do post anterior? Ficar-vos-ei eternamente grato se me auxiliarem nesta busca.

WWII: Barbarossa to Berlin

É o que tenho jogado mais, e comparando com os restantes parece-me o q melhor se enquadra nas tuas condicionantes, com a seguinte ressalva: só o consiguirás jogar numa tarde (tipo das 14h00 às 19h00) depois de o experimentares várias vezes. Ou seja precisas de lhe dar tempo para o digerires. E os primeiros turnos são terriveis para os Aliados. Uma má mão de abertura, junto com uma mão cheia de maus rolls implica a vitória do Eixo nos primeiros 3 turnos. Isto acontece muito raramente, mas quando acontece e se olha para o resultado comparando com o que foi a realidade histórica, verifica-se que não está muito longe do que poderia ter acontecido. Não tive um jogo até agora que não me satisfizesse, tendo perdido ou ganho.

O Europe Engulfed cobre mais tempo (desde 39, enquanto que o B2B vai só a partir de 41), mas também tem muito mais profundidade resultante num tempo de jogo muito superior. Penso que seja melhor ainda que o B2B mas o tempo de jogo tem-me afastado do mesmo (talvez consiga convencer o DrZodiacos um dia destes). A questão de usar blocos para as unidades é fenomenal pois permite criar o fog of war, que nenhum dos outros contém.

O Axis & Allies, é básicamente um beer and pretzels neste tipo de jogos. Não lhe vais sentir profundidade nem o tema nem o realismo se colocam por aí além. Mas tem umas miniaturas giras, isso tem. Quando o jogas acabas por o ver como um Risco muito avançado.

Manuel Pombeiro
a.k.a.Firepigeon
LUDO ERGO SUM

Últimas jogatinas:

Negating the unforeseeable is utterly unrealistic, and scrambling to deal with problems is indeed a game skill.

Ahhh! o dilema...

Mas é ou não possível jogar cenários mais curtos (4/5 horas) no EE? No BGG garantem-me que sim...

Por outro lado o B2B parece preencher mais os meus requisitos...

Também tenho essa impressão do A&A se bem que muita gente jura a pés juntos que tem um grau de fidelidade histórica bastante aceitavel para o tipo de jogo que é. Este tem a vantagem de ser mais leve e poder ser jogado com 5 players e em muito menos tempo que qualquer dos outros 2.

Provavelmente vou acabar por comprar 2 dos 3 (ou mesmo os 3), de modo a poder ter  as diferentes experiências.

Porque não outras graças um pouco mais light

tipo

 Tide of Iron ou Combat Commander? deixa-me que te diga, por experiencia própria, que ambos são excelentes, jogam-se em 3 a 5  e são carregados de estratégia.

 

2 must haves, imho 

Também pensei nisso...

... mas porque são jogos que apostam mais na vertente táctica da guerra, não me interessam tanto.

Hei concerteza de os experimentar, e se gostar, então pensarei melhor no assunto! 

Razão pq não os apresentei

A juntar ao ToI e ao CC ainda há o ASL. Mas são tacticos e não têm componente estratégica, conforme solicitado.

Qt ao EE, sim senhor tem cenários mais curtos, mas aí sais do teu próprio requisito de ter a visão global da WWII.

Esqueci-me de juntar o Jonh Prado's Third Reich, que tb tenho e já joguei, e para o qual foi lançado a versão 3 do rulebook. É brutal, com uma visão estratégica fenomenal, mas tens de tirar pelo menos dois fds inteirinhos para o jogar. Tem a grande vantagem que dá para mais de 2 jogadores.

Manuel Pombeiro
a.k.a.Firepigeon
LUDO ERGO SUM

Últimas jogatinas:

Negating the unforeseeable is utterly unrealistic, and scrambling to deal with problems is indeed a game skill.

Re: Pombeiro sobre EE, B2B, ou A&A

Firepigeon escreveu:
(...)
Qt ao EE, sim senhor tem cenários mais curtos, mas aí sais do teu próprio requisito de ter a visão global da WWII.
(...)

Sim, mas aí terei ambas as opções: jogos curtos sobre cenários específicos ou então uma campanha monstruosa a durar o fds inteiro.

Acho que a minha decisão anda perto. Parece-me logico apontar para o A&A quando quiser um light affair e para o EE para algo mais sério. 

Correndo enormes riscos de

Correndo enormes riscos de desacreditação, principalmente perante wargamers da pesada que pululam por aqui, tenho uma sugestão dum jogo relativamente ligeiro, mas que cumpre os requisitos aqui expressos de um modo bastante feliz, a meu ver.

Estou a falar do Worl in War https://www.boardgamegeek.com/game/13981

É um jogo do tipo Axis&Allies, mas com uma mecânica um pouco mais simples. O interessante é que no final do jogo, o desenrolar dos acontecimentos aproximam-nos do que a História nos efectivamente relata. Há vários exemplos do que referi, mas um dos mais interessantes é o avolumar de forças em Inglaterra que culmina inevitavelmente num desembarque, algures na Normandia (normalmente nesse ano a Armada Alemã está virtualmente nas lonas). Outra situação bem modelada é a corrida inicial a que o jogador Alemão está obrigado, para conseguir chegar ao meio da guerra numa posição sustentável (tanto a Rússia como principalmente os EUA vão ao longo dos anos aumentando a sua produção de forma muito preocupante para o Alemão).

Obviamente temos nas nossas mãos alterar alguns rumos da história e eventualmente chegar a um desfecho final diferente dos livros. E depois do jogo, fica sempre um sabor de história, que mesmo depois de muitas escovadelas de dentes, persiste na boca... 

Um pouco devido à média de ponderação de notas BGG (que penaliza muito jogos com poucas classificações), mas provavelmente por pertencer a uma editora pouco conhecida, este jogo tem uma classificação anormalmente baixa. Há bastantes mais injustiças deste tipo no BGG... 

Indo às questões: 

hmocc escreveu:

a) Seja um jogo com bastante tema e realismo;

Muito tema. Realismo adequado ao nível estratégico - existem 3 tipos de unidades terrestres 3 maritimas e 1 de aviação. Depois existe uma roda inovadora onde se realizam os combates fora do tabuleiro.

hmocc escreveu:

b) Seja jogável, de preferência numa tarde, já que não tenho fins-de-semana inteiros para dedicar a um jogo só.

Demora 3 horas com descontração. É muito bom tanto a 2, como a 3 ou 4.

hmocc escreveu:

c) Coloque enfâse no aspecto estratégico - detestei o Memoir'44 e quanto mais longe disto melhor.

Estritamente estratégico.

hmocc escreveu:

d) Cubra toda a duração e localização do conflito - não focado unicamente num ou noutro ponto (exemplo: Rommel no Deserto ou Eastern Front)

Começa em 1939 e acaba em 1945.

O jogo ainda se encontra à venda, pelo menos na internet em algumas lojas.

Última observação: não sou amigo do autor!

Eu prometo q não digo nada... eu prometo que não digo nada...

fgpina escreveu:
Um pouco devido à média de ponderação de notas BGG (que penaliza muito jogos com poucas classificações), mas provavelmente por pertencer a uma editora pouco conhecida, este jogo tem uma classificação anormalmente baixa. Há bastantes mais injustiças deste tipo no BGG...

.....tu nem entres por aí.....senão nem me calo......e já tão fartos de me ouvir!!!! :D

Por acaso estava à venda na Tema no Colombo à uns meses atrás mas tinha um valor de tal modo estrambólico que deixei-o desaparecer. Por acaso tens e jogas? Se sim quando é que queres combinar?

Manuel Pombeiro
a.k.a.Firepigeon
LUDO ERGO SUM

Últimas jogatinas:

Negating the unforeseeable is utterly unrealistic, and scrambling to deal with problems is indeed a game skill.

Desconhecia por completo

Nunca tinha ouvido falar deste jogo. Parece-me uma boa alternativa ao A&A. Se por um lado este (assim como o A&A) servem para coçar aquela comichão de jogar uma guerrita de quando em vez, quando a comichão passa a sarna pelo corpo todo, a coisa só lá vai de B2B ou EE.

Vou procurar informar-me mais sobre ele. Obrigado pela dica. 

World in War

Caro Firepigeon,

O jogo ainda se vende, pelo menos no Masqueoca por 50 €, o que me parece um valor justo face à qualidade do jogo e dos componentes. Se tivesse o A&A provavelmente não compraria este, pois estão na mesma linha. No meu caso, tenho o WiW e não pretendo ter o A&A (também porque um dos meus parceiros de jogo habituais o tem).

Numa próxima 4ª feira em que tenha ordem de soltura caseira ou do escritório, levo o jogo. Para além de tudo o que já disse, o jogo tem a grande flexibilidade de se jogar muito bem a 2, 3 ou 4. São 4 as forças em jogo: Aliados do Oeste (fundamentalmente Inglaterra e EUA); Alemanha da frente Oeste; Alemanha da frente Este; Rússia. Como é bom de ver, qualquer combinação de jogadores (respeitando as alianças…) funciona sempre bem.

Caro hmocc,

Confirmo a minha firme recomendação. O jogo é bastante light para se poder explicar em 10 minutos; regras elegantes sem “excepções às regras” que me lembre e sobretudo muito intuitivas; um sistema de combate inovador com 2 mini tabuleiros para o combate terrestre e marítimo; não mais de 3 horas de história mundial à nossa frente; uma qualidade de componentes irrepreensível – equiparável ao Memoir 44.

Tenho contudo de confessar uma coisa. Só fiz um jogo, que foi verdadeiramente memorável. Ainda hoje me lembro com razoável detalhe o que aconteceu: a Alemanha (eu) perdeu a guerra… Mas avancei bem até à Península Ibérica dum lado e quase a Moscovo do outro. Quem lixou tudo, foram os EUA, que desataram a produzir com uma fúria insana. O que foi avanço até 1942 foi recuo até 1945…

Temo só que face à disposição inicial das peças sempre igual, o jogo ao fim de muitas vezes comece a ser algo repetitivo. No entanto, sendo um jogo com dados, há sempre surpresas que conduzem o jogo por caminhos nem sempre óbvios. As diferentes opções de produção (aviões ou tanques? Infantaria ou artilharia? Submarinos ou porta-aviões? e muitas outras opções) e a sua colocação no teatro de guerra, dão também azo a diversas evoluções diferentes. Torna-se particularmente divertido, quando numa batalha se chega a um ponto em que as unidades presentes dum lado, já não podem fazer nada ao adversário (por exemplo a infantaria não pode atacar os tanques, mas pode atacar a artilharia; a artilharia não pode atacar a infantaria mas pode atacar os tanques; etc.)

Fiquei mesmo grande fã deste jogo, mas sei que falo de algo de que não se fala. E o que não se fala, normalmente não existe…

50 é caro não é estrambólico

Na Tema estava mesmo por um preço estrambólico!!! Fico à espera dessa joga!!

Manuel Pombeiro
a.k.a.Firepigeon
LUDO ERGO SUM

Últimas jogatinas:

Negating the unforeseeable is utterly unrealistic, and scrambling to deal with problems is indeed a game skill.

WiF

Sem dúvida que para mim o melhor wargame sobre a 2ª Guerra é o World in Flames, mas infelizmente é só para quem tem a paciência de jogar um jogo durante semanas ou mesmo meses.