Pai Natal

Retrato de adv666

Ilustre Pai Natal

Sou a subscrever-me com fundamentadas suspeitas da presente não chegar ao verdadeiro Pai Natal.

É que nunca ouvi falar em emails ao Pai Natal, e por alguma razão os CTT recebem todos os meses de Dezembro milhares de cartas. Ora, ou os pais dos putos são burros, ou em plena crise ensinavam os fedelhos a enviar o petitório por email, sempre se poupava em selos.

Talvez seja melhor assim, não há mal nenhum em serem apenas um franchising do Pai Natal. E poupam nas reclamações ... Sim, porque o gordo da treta ainda me está atravessado por causa do Natal do ano passado, não trouxe uma unica prenda das que pedi, sovina! 

Mas estou-me a distrair. não era minha intenção divagar... Vamos tentar de novo...

Ilustre franchising do gordo incompetente

Se estás a ler a presente missiva quer dizer que não és completamente info-excluido, por isso esforça-te e vê a minha wishlist no BGG, o nome de utilizador é "O verdadeiro Pai Natal é uma treta mas os senhores do franchising do abreojogo são melhores que uma sandes de manteiga de amendoim com geleia de marmelo". E eu sei, o estrangeirismo não está sublinhado nem tem uma ligação directa, é suposto isto envolver algum esforço, e podes já dar-te por feliz e contente que o 18OE: On the rails of the Orient Express só sai para o ano que vem, senão queria ver como descalçavas a bota...

Se não estás a ler, então estou a perder o meu tempo, e és tal e qual o ranhoso do outro Pai Natal.

Quanto ao restante, sou velho de mais para me autointitular de miúdo, e a suspensão da descrença não vai tão longe, mas pode-se dizer que fui razoavelmente cordial para os meus distintos companheiros de jogo, e a maior parte das vezes até os deixei ganhar. Claro, salvo várias e inúmeras excepções, quase todas envolvendo pausas para ir apanhar ar - aviso, era um eufemismo - e a alguma impaciência com A.P., mas nada nem ninguém é perfeito, por exemplo este editor não tem corrector ortográfico e a presente mensagem deve estar cheio de erros ortográficos e afins.

Sem outro assunto de momento, subscrevo-me com estima e consideração - mmm, onde estavam as aspas neste teclado? Ah, já me lembro - com "estima" e "consideração"

Carlos

Post Scriptum: Deixa-te de merdas e não tenhas a brilhante ideia de me oferecer um carvão, já tive essa experiencia com o verdadeiro Pai Natal. A menos que o carvão venha incluído no Russian Railroads, claro...

Opções de visualização dos comentários

Seleccione a sua forma preferida de visualização de comentários e clique "Gravar configuração" para activar as suas alterações.

Pai Natal a dormir...

...andará o Pai Natal distraído a estas provocações?! :)

O Pai Natal...

... está sempre atento e anota estas situações... e quando a hora chegar o "prémio" (ou deveria falar em castigo?) será o adequado...

Assim como para aqueles que não escrevem a sua carta... não é menina Galuschka?

OH OH OH OH
painatal@abreojogo.com
user AoJ: Pai Natal
email: webmail.abreojogo.com
facebook
pass: jogos2017

Tens as Renas na oficina a arranjar o Turbo?!

...querem ver que a Carta se extraviou? :)

A carta chegou e está a ser

A carta chegou e está a ser resolvida, sendo que eu, o exmo. star0Pai Natalstar0  estou já a dar um empurrão jeito à encomenda. Deverá chegar quando menos esperares, de uma forma estranha e pouco usual evilgrin

OH OH OH OH
painatal@abreojogo.com
user AoJ: Pai Natal
email: webmail.abreojogo.com
facebook
pass: jogos2017

Ihhhhh! a chamar nomes ao Pai

Ihhhhh! a chamar nomes ao Pai Natal!!!!! Eu não me ficava. Se fosse comigo já tinhas mas era recebido sulfato de peúga pelo natal! angel

História veridica sobre a

História veridica sobre a "melhor" prenda de Natal que recebi: duas chavenas de café. Claro que o problema é que nunca bebi café na minha vida... Por isso as peugas até davam jeito, desde que viessem sem a parte do sulfato...

Agora, e após este momento de partilha, caro Herlander, o que estás aqui a fazer quando podias estar a construir mais barcos e planear a invasão de Creta?!?!

Artigo Primeiro

Estimado adv666, (sim corrigi a toponímia original, pois creio ser descessário utilizar o mesmo tipo de atitude para apresentar uma resposta apropriada)

Aproveito a elaboração deste conjunto de palavras para lamentar os seus gostos em jogos, da mesma forma como lamento a (falta de) consideração que aparenta ter pela minha representação antropomórfica. Contudo, no espírito característico da quadra, ponderarei fechar os olhos a essa óbvia representação clínica de mau gosto, desde que testemunhe a drástica redução das calúnias e injúrias que foram lançadas (de forma injusta), à minha pessoa (já não peço a retractação, pois sei que a palavra é demasiado complicada para algumas pessoas). Em caso de reincidência no comportamento terei de invocar o artigo 180º do código penal, que prevê determinadas considerações dentro das exequentes circunstâncias.

Agora que estamos entendidos, folgo em saber do nascimento do novo rebento e que muita saúde lhe assista de forma a fazer o pai uma pessoa mais feliz. Quero também apresentar as desculpas em nome do franchising do Pai Natal. Estes representantes americanos têm tendência para serem particularmentes densos na execução dos pedidos e já não é a primeira vez que sou abordado com reclamações acerca de presentes incorrectos, originados pela nossa filial americana.

Terei todo o gosto em apresentar algo que possa ser satisfatório, desde que haja a necessária compreensão de que a crise que se faz assolar por todo o mundo não permite acrescentar à sua coleção coisas como Wargames Gigantes que custam aproximadamente 150€.

Por outro lado, tenho tido conhecimento de determinados comportamentos para com os seus companheiros de hobby, que por vezes não são os mais adequados a tão ilustre personalidade no grupo de Boardgamers de Lisboa. Assim sendo, darei algumas oportunidades adicionais de demonstrar que merece receber a prenda a que se propõe receber pela inscrição neste grupo, desde que tenha em consideração de que tudo o que é oferecido, tem de ser merecido.

Despeço-me com a mais prezada estima e consideração (estas sim, sinceras), aguardando por uma actualização mais apropriada da wishlist, que me parece excessivamente curta de opções.

PS: OH OH OH!

OH OH OH OH
painatal@abreojogo.com
user AoJ: Pai Natal
email: webmail.abreojogo.com
facebook
pass: jogos2017

Vetusto Pai Natal Eu próprio

Vetusto Pai Natal

Eu próprio lamento o meu gosto por jogos, por isso não me surpreende o reparo. Mas tambem não exageremos, pedir ao Pai Natal que traga um wargame gigante é como esperar que a Madre Teresa nos agracie com uma dança de varão. Não vai acontecer, muito menos agora que a Senhora se juntou ao Reino dos Céus.

Por isso, e para não o confundir, alterei a lista de desejos, e os jogos que antes estavam "sob consideração" estão agora interditos. Que é como quem diz, mudei o status de 4 para o 5. Sobram assim todos os outros jogos já anteriormente cobiçados, que efectivamente não são muitos mas estão todos disponiveis nas lojas da especialidade.

Saudações para o Equinócio de Inverno que se aproxima

Agradibilíssimo Carlos, Nunca

Agradibilíssimo Carlos,

Nunca se é velho demais para entrar no espírito natalício. Compreendo a desilusão inerente à rcepção de uma prenda tão útil como chávenas de café dadas a alguém que não o bebe, mas desejo clarificar que nada tive a ver com o assunto, até porque não recebi carta alguma nesse ano a fazer qualquer pedido da sua parte.

A responsabilidade desse acontecimento deverá ser imputada à pessoa amiga ou familiar que teve a consideração necessária pelo estimado Carlos para lhe oferecer algo, que claramente, lhe seria inútil. Talvez tivesse havido algum episódio que carecesse de retaliação dentro do contexto natalício da época? Nunca se sabe...

Da minha parte pretendo apenas clarificar, dentro da enérgica torrente de vis alegações sobre a minha pessoa, se existe algo da sua wishlist que possa estar ou vir a estar eventual e actualmente em trânsito? Seria bastante incómodo e inconveniente para ambas as partes se acabasse por lhe oferecer algo que pudesse ter a mínima hipótese de ser repetido.

De forma alguma desejo incutir em maior ira para com o menino Carlos, sob pena de lhe dar um treco ou rebentar alguma veia (nunca se é velho demais para entrar no espírito natalício, mas a idade também não perdoa).

Com cordiais cumprimentos,

Nicolau.

OH OH OH OH
painatal@abreojogo.com
user AoJ: Pai Natal
email: webmail.abreojogo.com
facebook
pass: jogos2017

Egrégio Pai Natal Ao

Egrégio Pai Natal

Ao contrário do signatário, em trânsito das profundezas do Alentejo para a a metropole de Lisboa, nenhum dos jogos da lista de desejos se encontra em movimento, não havendo assim perigo de repetições.

Dominus vobiscum

Assignado Carlos, Não me

Assignado Carlos,

Não me esqueci do seu pedido. Venho apresentar uma actualização do estado da sua prenda.

Como disse, de forma de evitar situações desagradáveis como as que aconteceram no passado, fiz o requerimento do seu pedido à filial da Europa Central. Assim, confio na capacidade escolástica e mecânica dos nossos companheiros de índole germânica para lhe fazerem chegar às mãos uma prenda que, espero, seja do seu agrado.

Há contudo, boas e más notícias.

As más notícias é que parece que tiveram um qualquer encontro de jogadores por aquela zona eos pedido estão a sair com atraso, o que significa que poderá ainda ter de aguardar algum tempo para receber a sua lembrança.

As boas noticias, é que segundo informações actualizadas, o alvo da dádiva encontra-se já em trânsito, pelo que espero que num máximo de 15 dias, esteja em uma qualquer mesa pronto a ser experimentado, quiçá em conjunto com alguns dos ilustres membros do grupo?

Despeço-me com os melhores votos de um feliz natal, com muitos e bons jogos e melhores companhias.

OH OH OH OH
painatal@abreojogo.com
user AoJ: Pai Natal
email: webmail.abreojogo.com
facebook
pass: jogos2017

Abarbado Pai Natal Não se

Abarbado Pai Natal

Não se preocupe com o transito luso-germânico da prenda de Natal, ainda nem chegamos a Dezembro, e para além disso o Natal é quando um homem quiser!

Todavia... Eis que me deparo com o seguinte dilema...Será boa ideia participar no Mega Leilão GMT da InvictaCon deste ano ou corro o risco de estar a repetir algum jogo, entretanto e provisóriamente, em mãos teutónicas?

Na expectativa de não considerar a questão ora colocada uma tentativa canhestra de antecipar a descoberta da prenda de Natal, sou atenciosamente

Carlos

Aquilatado Carlos, Parece-me

Aquilatado Carlos,

Parece-me de facto uma muito boa ideia participar no Leilão da GMT, considerando que vai ajudar o Grupo do Porto, que, pelo que sei, são excelentes anfitriões.

Não se preocupe, que esse tipo de dilema é de facil resolução e não interfere com a sua prenda de natal, que muito pouco terá a ver com a GMT.

Atenciosamente,

OH OH OH OH
painatal@abreojogo.com
user AoJ: Pai Natal
email: webmail.abreojogo.com
facebook
pass: jogos2017

Bem...

A verborreia que por aqui jorra é verdadeira e inequivocamente insofismável. Um deleite literário :p

 

________________________________________________________

"The only way to achieve the impossible is to believe it is possible."
Lewis Carroll in Alice in Wonderland

'Bora nisso!!

Os caminhos do Pai Natal são sinuosos, e perante o dilema de fazer a entrega numa casa sem chaminé e com um exaustor "Bosh - Tecnologia para a vida" delegou funções num par de ilustres duendes. Encurtando uma epopeia em dois actos que se deixará para relatar noutras calendas, o importante é que o misterioso presente foi finalmente depositado na arvore de Natal :

Legenda: Viva o Pai Natal secreto!

Por aqui ficará até à consoada, porque a tradição ainda é o que era, e as prendas são para abrir ao bater da meia noite!

Com votos de bom natal para todos os ilustres membros do Abre o Jogo, e um grande bem haja ao Pai Natal secreto,

Carlos

.

..

...

Passar do tempo

...

..

.

Post-Scriptum: Afinal o relato tem adenda. Provido de uma paciência estoica, nunca me passaria pela cabeça ir espreitar as prendas de Natal para tentar antecipar o seu conteúdo- abanar freneticamente não conta.

Acontece porém que as mulheres da casa não partilham do meu respeito pelas tradições natalícias, e tenho que relatar que o véu de misterio poderá ter sido levantado. Ou talvez roído, não tenho bem a certeza. Enfim, não quero acusar ninguem mas deixo as provas possíveis e tirem as vossas conclusões:

Legenda: pessoa não identificada revela caixa azul e a primeira letra do titulo, um B

Gostei do pormenor de "pessoa

Gostei do pormenor de "pessoa não identificada" e a conveniência do "flagrante". As provas fotográficas não mentem.