Conan: Faith & Fervour

Retrato de MGBM

Acabei de ler o Faith & Fervour do Conan RPG e vou dar uma pequena opinião. É um sourcebook sobre religião em Conan.

É bastante fiel ao conceito de religião na Hyborian Age. Para começar, não se sabe se os deuses existem ou não. Howard sempre deu a enteder que a existência dos deuses era ambigua. Não se sabia se eles existiam ou não, mas as pessoas continuavam a adorá-los.

Este sourcebook de 96 páginas cobre as religiões em todas as nações de Thuria, desde Zingara até Khitai. Cada nação tem um capitulo somente dedicada a ela.

As religiões em Conan são, literalmente, brutais. São maléficas e horriveis. Os padres detêm grande poder politico e social, e muitas vezes mágico também. Há poucos deuses bons, e os que há acabam por revelar-se deuses negros também, como é o caso de Mitra, o deus universal de Hyboria, e Ibis, o inimigo de Set.

Set, então, o deus serpente de Stygia, é tão brutal que mete medo.

Mas mais importante que brutais, os deuses são completamente indiferentes face ao mundo. Se existem, então não querem saber de nós. O exemplo perfeito é o panteão Cimério, com Crom como lider. Crom odeia os fracos, e odeia mais aqueles que o invocam para ajuda. Crom só tem orgulho daqueles que morrem sem nunca terem rezado a ele e que nunca o invocaram para ajuda. É um "gloomy god, that sends deaths and dooms".

No entanto, as pessoas adoram os deuses, e no sourcebook há beneficios para quem tem fé. Há o Faith, que dá bonus nos will saving throws, há o Atonement, que permite a um PC que perdeu o código de honra ganhá-lo de volta, e em algumas religiões, há a partilha de conhecimento feiticeiro, como spells.

Não há stats no sourcebook. Como é provavel que os deuses não existam, os deuses não têm stats.

Uma coisa engraçada deste livro é que certos deuses têm Mysteries. Existe um skill de Knowledge chamado Mystery:God, em que um PC pode ganhar os Mystery dum certo deus à medida que aumenta os ranks no skill. Os Mysteries são conhecimentos proibidos ou que não são acessiveis ao povo comum. Cada Mystery dá bonus, especialmente nos skills, visto os skills serem extremamente importantes em Conan, de facto são os skills que definem o PC mecânicamente. Os Mysteries são engraçados e dão uma razão para alguém que adore um deus procurar uma maior ligação com a religião.

Claro, isto sendo Conan, as religiões odeiam-se umas às outras. O deus universal de Hyboria, Mitra, é um deus pacifico e de amor, e no entanto seus padres queimam milhares de feiticeiros e bruxas todos os meses e os padres de Mitra instigam à destruição das outras religiões. E isto é a religião de Mitra, nem queiram imaginar Set.

Basicamente, recomendo bastante este sourcebook a quem queira jogar Conan, pois mostra um aspecto importante da vida na Hyborian Age. Está muito bem escrito e é um prazer ler. Para quem não joga Conan mas está interessado em criar religiões com deuses brutais e indiferentes, este livro é capaz de dar-vos umas boas ideias.