Notícias de Dirtside II

Bom, tal como tinha escrito num comentário ao meu post anterior, este Domingo ia tentar começar Dirtside II, uma continuação da primeira temporada de Dirtside. Acabámos por não jogar, mas ao menos construímos um novo setting a partir das cinzas do anterior, criámos uma premissa para a série, e renovámos o elenco. Como o Paulo tem andado ultra-ocupado, convidámos o António/Plasmas para se juntar a nós e criar um protagonista novo. De resto, o projecto continua comigo na cadeira do Produtor, a Raquel/Éowyn a jogar a sua querida Rita Jamieson e o Jota/JPN a jogar o seu Viktor Ralek.

Passaram-se mais de dez anos desde que vimos os nossos protagonistas pela última vez; durante esse tempo o setting e as suas vidas levaram algumas voltas. Com certeza poderão ler mais detalhes em breve na página de Dirtside, que já levou uma pequena reorganização para permitir a adição dos conteúdos relativos a esta segunda série sem que estes se misturem com os da primeira.

O que podem ler lá desde já é o texto de ficção que a Raquel escreveu para perceber ao certo onde é que estaria a sua personagem 10 anos depois, com a sua filha e a sua amante. A certa altura ela pediu-me para participar e dar vida a outro NPC; eu aceitei o desafio e subi a parada: em vez de andarmos a trocar textos para a frente e para trás, vamos mas é jogar já isto por chat. É claro que ela aceitou de imediato!

Em resumo, ficámos ambos muito contentes com o resultado. Só tive pena de não me ter lembrado de arranjar um conflito engraçado para pôr a Raquel a lançar dados; ela fica tão querida e vulnerável quando vê que boa parte da sua felicidade ou infelicidade imediata depende daqueles objectos poliédricos que segura nas mãos...

Mas pronto, não nos podemos lembrar de tudo. Da minha parte já foi um enorme prazer começar a manchar o pano bastante cor-de-rosa com que a Raquel tinha decorado a vida da sua personagem na primeira metade do texto. Acho que a sua Rita Jamieson também vai ter de sofrer muito para atravessar estes seis episódios que temos previsto jogar... se ela teve problemas em sair com o seu coraçãozito semi-inteiro de um triângulo amoroso na primeira série, agora pode estar prestes a ser engolida por um "pentágono" amoroso. Se não tenho cuidado, ainda transformo isto numa telenovela com Fuzileiros Espaciais (que agora são mercenários e viajam de um planeta para outro numa nave espacial)!

AnexoTamanho
sgd201c_sc.jpg29.74 KB
capes.jpg37.36 KB