RPGênesis 2011: E-vidência 14/08/2011

 

 

Introdução

 

E-Vidência é um jogo onde você vai assumir o papel de um investigador do sobrenatural, do alienígena, do desconhecido. Tudo isso trabalhando para uma agência federal, a UNICA (Unidade Nacional de Investigação de Casos Anormais). Você fará parte de uma equipe de investigadores com carta branca para agir como for necessário para atingir os objetivos colocados para sua investigação.

Para isso, você conta com ferramentas para conduzir investigações, laboratórios, instalações, armas, veículo, e o que pode ser o mais importante de tudo isso, a sua capacidade nata e extraordinária de prever o futuro.

Isso mesmo, o seu investigador tem a capacidade de prever o que vai acontecer no futuro, bastando para isso se concentrar e ativar tal característica. Ao visualizar o futuro, você pode preparar melhor suas ações, visualizar para onde ir num momento que estejam perdidos, enfim, use da forma que achar melhor. Mas tome cuidado, olhar o futuro é uma experiência incomum, e que pode ser perturbadora para a mente humana, despedaçando pouco a pouco seu senso de tempo. Use com cuidado, pois sua mente não pode ser substituída.

Outra coisa a se levar em conta é que o jogo foi construído sobre mecânicas simples, onde o foco principal será aventuras One-Shot, ou até mesmo campanhas, mas com um sistema episódico para cada sessão. O cumprimento da investigação em cada sessão de jogo estabelece o sucesso ou não dos investigadores, se eles não conseguirem cumprir com o necessário a tempo de a sessão acabar, perderam essa, sem chance de voltar ao caso, que teve seu tempo máximo para conclusão excedido e portanto será arquivado por tempo indeterminado.

E-vidência encoraja também o Moderador a preparar o mínimo possível, até mesmo nada. Basta ter ciência das regras básicas, a duração aproximada da sessão e então desenvolver o início da trama juntamente com os jogadores, o resto vai sendo montado com o desenrolar das ações.

 

Capítulo 1: Objetivos do Jogo

 

Tema: O (NÃO) Fluxo do Tempo

Apesar do que possa parecer, o tema principal desse jogo não é o sobrenatural, o alienígena. Esses elementos dão pano para a história sim, mas esse jogo foi desenvolvido pensando no fluxo do tempo. O tempo aqui é o elemento a se brincar, explorar o avanço do tempo, ver o que ainda não aconteceu, participar do que ainda vai acontecer e então encaixar as peças restantes do quebra cabeça de forma a chegar à mesma cena que foi vista anteriormente. Quem sabe até mesmo se arriscar ao passado, entendendo o que é contado por alguém e viver a situação.

Brincar com o tempo é divertido, mas é algo complicado de lidar, muitas são as armadilhas que podem prender até os mais experientes. Este jogo visa utilizar mecânicas que tornem isso possível. Mecânicas simples e que levam o jogo adiante sem complicações.

 

Tom: O Anormal

(470 palavras)

 

 

 

 

AnexoTamanho
Ficha E-vidência.jpg334.07 KB