New England

Retrato de MGBM

Desde que comecei a colecionar e jogar boardgames que fico fascinado quando um boardgame é feito por uma dupla de designers. E desde que comprei o Capitol, um grande boardgame, que me interesso na dupla Alan Moon/Aaron Weissblum.

Estes dois, que infelizmente hoje ja nao fazem mais boardgames em conjunto, tem um grande numero de boardgames. E assim, sabendo da reputaçao deles, foi com naturalidade que mandei vir o New England.

O tema é simples: somos colonos na regiao americana de Nova Inglaterra. As mecanicas tambem sao simples, cada turno tem 3 fases. Na primeira, o jogador que começa o turno decide quantos land tiles e quantos development cards quer. Sao 9 no total, e os land tiles podem ser entre 3 a 6, o resto sendo development cards.

Na segunda fase os jogadores escolhem uma moeda numerada de 1 a 10. O valor da moeda decide quem começa primeiro na proxima fase e quanto é que cada land tile e development card custa, o custo sendo o valor da moeda.

A terceira fase é a principal, é a fase em que os jogadores por ordem das moedas compram e desenvolvem a terra.

Existe tres tipos de land tiles. Os land tiles iguais de jogadores diferentes nao podem estar adjacentes vertical ou horizontalmente. E os land tiles sao muito importantes, pois é neles que podemos por figuras e sao deles que veem a maior parte dos pontos do jogo.

Na terceira fase os jogadores compram development cards e land tiles e colocam-nos em jogo imediatamente. Existe dois tipos de development cards, de desenvolvimento de campos e de figuras. Os cards de figuras permitem ao jogador por uma figura num land tile nao desenvolvido. Esse land tile com a figura nao podera ser desenvolvido enquanto a figura ficar la. Os cards de desenvolvimento de campos sao os que permitem aos jogadores acumular pontos. Estas cards sao de tres tipos, cada qual referente aos tipos das land tiles, e mostram varias configuraçoes de land tiles. Se conseguirmos desenvolver essas land tiles na configuraçao mostrada, ganhamos os pontos da carta.

E basicamente é so isto. É um jogo muito simples mas bastante abstrato e que requer muito esforço mental para pensar na proxima jogada. Ha muitas decisoes neste jogo, e eu gosto bastante dele. Infelizmente, é um dos ultimos da dupla Moon/Weissblum.

É um jogo muito tatico, que requer muitas decisoes de curto-prazo. Eu gostei do jogo, é simples mas excitante e requer um comprometimento grande da parte dos jogadores. Nao o introduziria a newbies de boardgames, mas é bom o suficiente para agradar a veteranos como eu. Nao é tao bom como o Capitol, mas é bom o suficiente e um dos melhores designs da dupla Moon/Weissblum. Nao é um classico mas recomendo-o. Um 14 de 20.

http://www.boardgamegeek.com/game/5406