Shiki- Campanha de Sengoku

Retrato de kabukiman

Esta é a campanha do jogo Sengoku (um jogo hiper-detalhado sobre o Japão do século XVI). Ela é composta por 4 cenários que se passam ao longo de 16 anos (mas com intervalos de tempo que deverão ser preenchidos pelo GM como puder).

O começo é entusiasmante: são os homens de confiança de um daymio num castelo cercado e prestes a ser tomado de assalto e no momento em que vão cometer alegremente sepuku, são ordenados que fujam com o herdeiro do clã para este sobreviver e obedecem pesarosos… através das linhas inimigas; o ambiente é estilo Ran de Akira Kurosawa.

O segundo cenário centra-se à volta de uma intriga amorosa e diplomática com traições e possíveis suicídios (à semelhança de algumas histórias de Lone Wolf).

O terceiro é uma história de fantasmas e de busca do perdão, como o folklore japonês está cheio (ambiente estilo “contos da lua vaga”).

O último termina a campanha com batalhas épicas, e a possibilidade de vingança; o fim pode ser muito variável (mesmo que os jogadores vençam).

Impressão geral: os cenários são muito diferentes e abordam de facto géneros tradicionais para quem conhece o cinema/literatura japoneses; mas são bastante subtis e não são para todos os jogadores. A província onde se passam os acontecimentos é descrita em detalhe, e são apresentadas ideias para encher os anos intermédios (mesmo assim isso exige muito trabalho por parte do GM).

Pode-se jogar o jogo em modo histórico (mínimas alterações no primeiro cenário), mas isso estragaria o 3º cenário; um leve toque de fantasia nesta campanha torna-a de facto mais interessante.  

A campanha pode ser facilmente adaptável a qualquer outro universo inspirado no Japão, já que as regras de base (sistema Fuzion) não são grande coisa.

Apesar de estar cheio de boas ideias, a sua concretização pareceu-me um pouco ligeira, feita de forma resumida; mesmo assim é bem melhor do que muitas outras campanhas que li (aliás, considero todos os suplementos de Sengoku são bons, só que infelizmente poucos).

Opções de visualização dos comentários

Seleccione a sua forma preferida de visualização de comentários e clique "Gravar configuração" para activar as suas alterações.

Uma constatação

Aqui está um jogo que gostaria de experimentar. Sengoku Junai - período dos Estados em guerra... adoro História japonesa. O meu período preferido é, indubitavelmente, a era Tokugawa; no entanto, gostaria de saber se este rpg se centra mais na fase Azuchi-Momoyama, ou no período Muromachi?

Centra-se na Azuchi-Momoyama

Centra-se na Azuchi-Momoyama (com os 3 grandes reunificadores), se bem que não custa fazer uma antecipação até às guerras gempei, ou ir mesmo ao séc. XIX pré-Perry, eles próprios o sugerem.. 

 

 

" Robot durante o dia, vegetal durante a noite"