Age Of Steam: Expansion #1 - England&Ireland

Retrato de MGBM

Quando comprei o Age Of Steam nunca pensei que o jogo tivesse tantas expansões como hoje tem. É mesmo um abuso, mas pelo menos a maioria delas são boas, o que aumenta a longevidade do Age Of Steam. Para mim, no entanto, a única expansão que acabei por comprar foi a primeira, England and Ireland. Já há muito out of print, esta expansão oferece-nos dois mapas para jogarmos, um sendo parte da Inglaterra, outro sendo a ilha da Irlanda. Inglaterra é para 4 a 6 jogadores e Irlanda é especificamente para 4 jogadores ou menos. A expansão vem com o tabuleiro com os mapas de ambos os lados e vem com uma singela folha de regras. Analisemos esta expansão por partes. Para começar, o mapa de Inglaterra. O mapa de Inglaterra, fora uma regra ou outra, é um mapa alternativo ao usado no jogo original. É uma boa opção para quem estiver farto do mapa original e aumenta a longevidade do jogo, mas fora isso o mapa não tem nada de muito especial, não tem nada que o destaque dos outros mapas. O mapa da Irlanda, pelo contrário, está cheio de regras e é um mapa incrivelmente dificil de se jogar. As cidades já não produzem bens, por exemplo. Este mapa torna o Age Of Steam num jogo ainda mais difícil, se tal é possivel. É um bom desafio, mas é para quatro jogadores ou menos, este mapa é pequeno demais para acomodar mais de quatro jogadores. Em termos de longevidade, esta expansão aumenta consideravelmente a longevidade do Age Of Steam, mas e quanto à longevidade dos próprios mapas? Bem, a expansão por si só é uma mais-valia. O mapa da Irlanda é um desafio absoluto e o mapa de Inglaterra não apresenta grandes dificuldades. De facto eu prefiro o mapa de Inglaterra ao mapa original. Acho que em termos de longevidade esta expansão aguenta-se bem. Quanto a estratégia e táctica, ela mantêm-se igual ao jogo original no mapa de Inglaterra mas muda radicalmente no mapa da Irlanda. O mapa da Irlanda obriga-nos a ser mais tácticos que o normal, pois as cidades já não produzem cubos. Isso muda completamente o modo de jogo, e portanto esse mapa torna-se uma experiência diferente ao que estão habituados. Por essa razão eu diria que o peso desta expansão é ligeiramente mais pesado que o do mapa original. Esta é uma expansão que nos obriga realmente a parar e pensar antes de fazer qualquer jogada. Há uma constante necessidade de avaliar todas as nossas opções e, por consequência, torna as nossas decisões muito mais importantes. E é por causa disso que esta expansão sofre mais de Analysis Paralysis do que o jogo original, principalmente no mapa da Irlanda. É mais comum um jogador passar mais tempo a pensar nesta expansão do que no jogo original. Logo, não aconselho esta expansão a quem odeie analysis paralysis, pois esta expansão sofre disso embora não seja em quantidades enormes. Esta expansão torna o Age Of Steam ainda mais num Gamer's Game, se tal é possível. Torna o jogo mais pesado e mais complexo, o que poderá ser bom para uns mas péssimo para outros. Bem, esta análise é curta, afinal são só dois mapas com umas poucas regras diferentes. O que acho da expansão? É realmente muito boa e aumenta a variedade de maneiras de jogar ao Age Of Steam. É uma expansão que vivamente recomendo a quem a conseguir arranjar, embora os preços inflacionados a que se vende esta expansão out of print sejam exagerados. Aumenta a longevidade do Age Of Steam e tem um mapa especifico para 4 jogadores, o que sempre é bom. Esta é uma expansão que diria ser quase obrigatória arranjar. Se puderem, comprem. Realmente vale a pena. 18 de 20. http://www.boardgamegeek.com/game/6356