Monster-bande

Retrato de Abruk

https://jogoeu.files.wordpress.com/2019/12/sint-mb-1.png?w=150 150w, https://jogoeu.files.wordpress.com/2019/12/sint-mb-1.png?w=300 300w, https://jogoeu.files.wordpress.com/2019/12/sint-mb-1.png?w=768 768w" />

Sinopse:

Monster-Bande é jogado em equipas de dois ou mais jogadores. Um jogador lança os dados, depois retira a ficha do topo da pilha de fichas de monstros e descreve-o oralmente à sua equipa, não podendo mencionar as caraterísticas ditadas pelo dado. Os outros jogadores da equipa têm de identificar o monstro correspondente que está espalhado na mesa. Se conseguirem, pegam na ficha e o jogador ativo tenta mais um monstro. Procede desta forma até a ampulheta esgotar o tempo! Quando todos os monstros tiverem sido conquistados pelas equipas em jogo, cada uma conta quantos tem e ganha aquela que tiver mais!

 

Como se joga:

⇒ Setup

No centro da mesa espalham-se todas as fichas de monstro com o dorso azul. Com as fichas de monstro de dorso vermelho forma-se uma pilha de face oculta.

Define-se quem é a equipa que começa e nessa equipa quem vai ser o jogador ativo.


Image Johann1947

⇒ Desenvolvimento

O jogador ativo lança os dados e fica a saber quais as caraterísticas que não pode referir durante a próxima fase. O livro de regras tem uma tabela com a explicação de cada um dos ícones. Em seguida retira do topo da pilha de monstros (dorso vermelho) uma ficha de monstro.

A equipa adversária (à sua esquerda) vira a ampulheta e começa o tempo para o jogador ativo dar dicas à sua equipa, para adivinhem qual é o monstro que ele tem na mão.

EAssim que a sua equipa toque num dos monstro visíveis sobre a mesa, uma de duas coisas pode acontecer:

  • A equipa acerta: retira a ficha do centro da mesa e o jogador ativo avança para mais um monstro até que o tempo se esgote;
  • A equipa falha: o jogador ativo tira uma nova ficha de monstro do topo da pilha e dá dicas sobre esse monstro. O monstro que não foi descoberto é colocado por baixo da pilha antes de passar a vez à equipa seguinte.

Assim que o tempo se esgote, a vez passa para a equipa à esquerda do atual jogador ativo.

⇒ Fim do jogo 

O jogo termina quando o último monstro for reclamado da mesa! As equipas contam então quantos pares de monstros iguais conseguiram conquistar e ganha quem tiver conseguido mais.

Avaliação:

Monster-bande é um jogo que me causa muita incerteza na hora de o classificar (sempre esta mania tão humana de classificar coisas…). O BGG considera-o um jogo para crianças, o que na verdade não é mentira, mas que quanto a mim é redutor. Monster-bande é mais que um jogo infantil, é daqueles que facilmente pode ser um party-game familiar, expressão disso são os 7 anos anunciados na caixa, que trazem para a mesma mesa pequenos e graúdos no desejo comum da diversão.

O criador e ilustrador de Monster-bande – Florien Biege – é um jovem ilustrador alemão, com obra feita na área das novelas gráficas, que transpôs de forma sublime o seu universo para um conjunto belo, numa profusa mescla cromática, adn marcante destes simpaticíssimos monstros que enchem a pequena e charmosa caixa quadrangular da editora dos 3 coelhinhos.

A Drei Hasen in der Abendsonne assume a tarefa da edição com um espírito de missão assinalável. A cada jogo da pequena editora de Uehlfeld, sente-se um cuidado ternurento nos materiais usados, e uma delicadeza diligente na escolha da paleta cromática. Este Monster-bande é outro desses produtos. Um assinalável bom gosto impera e nada foi deixado ao acaso, mesmo sendo um simples jogo sem pretensões, a editora tratou-o como uma diva, providenciando-lhe todos os cuidados editoriais. Esta linha editorial vai dando frutos, e prova disso é a inclusão de Monster-bande na restrita lista de jogos recomendados pelo júri do Spiel des Jahres deste ano.

Um jogo simples, com muita fluidez e tensão, capaz de reunir muitos jogadores em simultâneo e onde todos se divertem. Um material de excelente qualidade a um preço decente. Um excelente proposta que merece uma visita!