Novo jogo de tabuleiro

Boa tarde a todos

 

Vinha aqui tentar arranjar um novo jogo juntos da vossa comunidade. Tenho um grupo de amigos que passamos algumas horas a jogar Risco e Catan. Mas ando à procura de um jogo mais complicado de jogar mas dentro do mesmo género. Tem que ser um jogo grande. Pois o Risco tem objectivos muito desfasados ou muito faceis ou muito dificeis.

 

Cps

Carlos Gil

Opções de visualização dos comentários

Seleccione a sua forma preferida de visualização de comentários e clique "Gravar configuração" para activar as suas alterações.

Bem-vindo!

 Olá Carlos,

antes de mais, bem-vindo ao "Abreojogo". Thumbs Up

O meu conselho é que apareças num dos encontros que regularmente se organizam por este País fora, experimentes e escolhas!

A quantidade e variedade é tanta, que é difícil poder aconselhar-te devidamente.

Não consegui ver de onde és... pode-se saber?

Abraço

 

Jogatinas:

Sou do Cacém ( Perto de

Sou do Cacém ( Perto de Sintra ) eu sei que é difícil aconselharem devidamente. O que eu procuro é um jogo que dê luta e que faça pensar pelo miolos, por Ex o Risco é um jogo interessante de se jogar mas tem objectivos muito maus porque estão desnivelados. Quero sugestões de jogos de estratégia nada de fantasia jogos dentro do mesmo modo de jogo daqueles que referi em cima, no minimo de 4 jogadores pq somos prai uns 8/9 elementos mas nem sempre estamos todos presentes.

Deixo-te aqui uma lista de

Deixo-te aqui uma lista de alguns titulos que podes investigar: Ticket to ride, Formula D, Thurm und Taxis, Puerto Rico, Power Grid, Pandemic, Stone Age, Carcassonne e Citadels.

www.clubotaku.org | www.drkartoon.com

T3tsuo obrigado pela lista

T3tsuo obrigado pela lista o Ticket to ride e Stone Age parecem-me bem apesar de o Stone Age ser  o catan mas ao que parece mais completo.

  Olá Carlos. O Stone Age

 

Olá Carlos. O Stone Age não é da série Catan, esse é o Settlers of the Stone Age. São jogos diferentes.

 

[Não há homens mais inteligentes FELIZES do que aqueles que são capazes de inventar jogos. É aí que o seu espírito se manifesta mais livremente. Leibniz]


«Não há homens mais felizes do que aqueles que inventam jogos» - adaptado de Leibniz

E apareçam nos encontros de Lisboa

Semanal: todas as quartas à noite (proximo: http://www.abreojogo.com/node/7840)

 

Mensal: terceira sexta feira de cada mês à noite e o sábado seguinte (tarde e noite) (proximo: http://www.abreojogo.com/node/7845)

 

é só aparecerem e o pessoal explica novos jogos cheios de desafios...

Stormrover (a.k.a. Nuno)


Last played:

 

Stormrover (a.k.a. Nuno)


Last played:

Segue tb isto

O "Grupo de Cascais" tb organiza encontros, vai acompanhando este Grupo.

 http://www.abreojogo.com/cabs_cascais_area_boardgaming_society

 

Jogatinas:

Imperial

Não sei se já alguém disse, mas o jogo que tu queres jogar e que é perfeito para o teu grupo de amigos é o Imperial :P

http://www.boardgamegeek.com/boardgame/54138/imperial-2030

Last played:

Last played:

Antes de comprar alguma

Antes de comprar alguma coisa é sempre melhor experimentar.

Se estiveres curioso sobre algum  jogo, podes sempre pedir a alguém, que o tenha, que o leve a um encontro. Vais ver que daqui a pouco tempo, o teu maior problema irá ser que com tantos jogos fixes, irá ser MUITO difícil escolher um.

Relativamente aos jogos:

Se no teu grupo já jogam Catan, podes sempre experimentar o settlers of america trails to rails. É um Catan com comboios à mistura;

A nível de comboios, tens também o Ticket to Ride, com a vantagem que estás a jogar e a aprender geografia;

Se gostas de História, o Antike pode ser uma boa surpresa. Só joguei uma vez, mas adorei o jogo;

No entanto se queres comprar O jogo. Compra o Agrícola. Sou um pouco suspeito, mas quanto a mim é o melhor jogo que há no mercado. Para iniciar, podes sempre fazer o family game sem cartas e conforme se sintam confiantes no teu grupo, podem "evoluir" para o jogo normal com cartas. O agrícola tem uma grande rejogabilidade e deixa-nos sempre a sensação que podíamos fazer muito melhor.

 

 

Pedro Freitas

Embora seja novato nestas

Embora seja novato nestas andanças não pude deixar de recomendar o Axis&Allies que quanto a mim é O jogo de Risco na complexidade certa. Normalmente fazem 2 críticas ao A&A: dependência da sorte nos dados (tal como o Risco), demora tempo interminável na opção total victory (que é a que tem mais piada) mas.... que se lixem as críticas... é um clássico e é um excelente jogo.

Força

Imperial

Aparece numa 4ª feira e experimenta o Imperial :)

 

/p>

Last played:

Do top 10 do BGG...

Boas;

Bem-vindo.

Para além das sugestões acima dadas, fica uma ideia do top 10 do BoardGamegeek.com (a melhor fonte de informação internacional sobre jogos de tabuleiro. Prepara-te para passar aí muitas horas... dias... meses... muito tempo):

1 - Puerto Rico - Jogo de complexidade média (3.3 / 5). Desenvolve-se uma parte da Ilha com plantações e a capital com edifícios ,que permitem produzir recursos e dinheiro para enviar para as potências europeias em troca de pontos de vitória ou para obter pontos através de bónus dados pelos edifícios. A cada ronda os jogadores escolhem papéis que lhes permitem certas acções com um benefício extra para quem escolhe cada papel. Alguma dependência da língua. 3 a 5 jogadores. Duração: 90 minutos.

2 - Agricola - Jogo de complexidade média (3.6 / 5). Cada jogador desenvolve a sua quinta tentando produzir um pouco de tudo. Não ter um certo sector da quinta desenvolvida implica perder pontos. A cada ronda os jogadores podem escolher certas acções, mas não se podem escolher as acções que já tenham sido usadas. O número de acções possíveis aumenta de ronda para ronda. Em certas alturas existe um momento em que se faz a colheita e tem que se alimentar a família. Não ter comida suficiente para a família implica perder muitos pontos. Existem várias expansões. Muita dependência da língua. 1 a 5 jogadores. Duração: 30 min X nº de jogadores.

3 - Twilight Struggle - Jogo de complexidade média (3.3 / 5). Simula o período da guerra fria entre 1945 e 1989 dividindo-o em três períodos. É um jogo de guerra em que cartas que representam eventos históricos são jogadas podendo despoletar esses eventos ou dar pontos operacionais a cada uma das super-potências. Existe o perigo eminente de uma guerra nuclear que fará com que o jogador que a faça despoletar perca. Muita dependência de língua. 2 jogadores.  Duração: 180 min.

4 - Through the Ages: A story of civilization - Jogo de complexidade média-alta (4.1 / 5). Cada jogador será líder de uma civilização e tentará desenvolver vários aspectos da mesma (filosofia, arte, militar, etc.) para obter mais pontos que os adversários. Existe um aspecto interessante de gestão da população. A área dos conflitos militares é muito abstraída mas isso permite que não se perca demasiado tempo na resolução de batalhas uma vez que existem bastantes aspectos a considerar. Muita dependência de língua. 2 a 4 jogadores. Duração: 240 min.

5 - Power Grid - Jogo de complexidade média (3.3 / 5). Os jogadores representam companhias eléctricas e adquirem centrais para produzir, adquirem recursos para alimentar as centrais, estabelecem ligações a cidades e recebem dinheiro conforme o número de cidades que conseguem alimentar. Vence o jogador que alimentar mais cidades no final do jogo ou, em caso de empate que tenha mais dinheiro de sobra. Tem um excelente mecanismo de mercado para os recursos e no jogo base o mapa apresenta dois países onde jogar - Estdos Unidos e Alemanha. Existem muitas expansões. Existe versão portuguesa (Alta Tensão) mas, à parte das regras, o jogo é independente da língua. 2 a 6 jogadores. Duração: 120 min.

6 - Le Havre - Jogo de complexidade média (3.8 / 5). Do mesmo criador do Agricola e partilhando algumas mecânicas com o mesmo. Os jogadores tentam desenvolver o seu jogo por forma a aproveitarem as oportunidades geradas nesta cidade portuária. Podem adquirir produtos, construir edifícios e barcos. A cada 7 jogadas há um período em que pode existir produção de recursos em certas condições e é necessário garantir os salários dos empregados (representados pela alimentação). As necessidades dos empregados são crescentes, mas o jogador poderá desenvolver o seu jogo de forma a lidar com isso e ainda ter lucro. Vence o jogador que tiver mais dinheiro no fim. Alguma dependência de língua. 1 a 5 jogadores. Duração: 30min. X nº de Jogadores.

7 - Dominion - Jogo de complexidade média-baixa (2.3 / 5). Os jogadores vão desenvolvendo um baralho de cartas com certas habilidades. Conforme vão tornando esse baralho melhor vão-se colocando em posição para adquirirem outras cartas que valem pontos. Vence o jogador cujo baralho contiver mais pontos no final. Existem também muitas expansões já disponíveis. Alguma dependência de língua mas penso que está em desenvolvimento uma versão portuguesa. 2 a 4 jogadores. Duração: 30 min.

8 - Brass - Jogo de complexidade média (3.9 / 5). Os jogadores representam empresários no Lancashire em plena revolução industrial. Criam uma rede de comunicações em duas fases (canais e depois caminho de ferro) e no final de cada uma pontuam conforme as suas indústrias (minas, fundições, fábricas têxteis, portos e estaleiros) conseguem ou não os seus objectivos. Independente da língua. 3 a 4 jogadores (existe uma variante para dois). Duração: 120 min.

9 - Caylus - Jogo de complexidade média (3.8 / 5). Os jogadores distribuem os seus trabalhadores por mosaicos presentes no tabuleiro que lhes permitem produzir certos recursos, construir novos edifícios e contribuir para a construção do castelo. Várias destas acções rendem pontos de vitória. Foi o jogo que tornou mais popular a mecânica de alocação de trabalhadores. Independente da língua. 2 a 5 jogadores. Duração: 120 min.

10 - El Grande - Jogo de complexidade média (3.1 / 5). Os jogadores são senhores feudais em Espanha e procuram ganhar pontos através do domínio de certas regiões, daí que este seja um dos jogos emblemáticos da mecânica de controlo de área. Todas as rondas os jogadores decidem a ordem de turno e quantidade de cavaleiros disponíveis para mover das cortes para o mapa pela utilização de cartas (jogar antes normalmente custa disponibilizar menos cavaleiros). Além disso na sua vez escolhem uma carta de acção que determina quantos cavaleiros podem colocar no mapa e dá um benefício especial. A cada três rondas existe uma pontuação e dominar uma região resulta em obter a maior pontuação que ela dá. Alguma dependência de língua. 2 a 5 jogadores. Duração: 90 min.

Conforme podes ver, a variedade é grande mesmo só nos 10 primeiros de uma base de dados de mais de 40000! Daí que o conselho mais indicado seja experimentares para veres por ti o que te agrada mais. Traz alguns dos teus amigos a um encontro e pede aqui para experimentar certos jogos. Penso que para ti será melhor aproveitares um dos tópicos dos encontros de Lisboa.

Para mim os jogos acima ficam ordenados de outra forma, mas isso é uma questão de gosto pessoal e nem sempre se mantém porque varia conforme o número de jogadores e gostos dos mesmos com quem vou jogar. Só a título de exemplo, pelo meu rating ficavam assim:

10 - Dominion

9 - Caylus

8 - Through the Ages - Só joguei ainda uma vez... pode mudar drásticamente.

7 - Agricola

6 - Puerto Rico

5 - Le Havre

4 - Brass

3 - El Grande

2 - Twilight Struggle

1 - Power Grid

 

-

Gamer profile

o melhor a fazer é vires

o melhor a fazer é vires aos encontros do grupo de lisboa e experimentares alguns jogos para comprares com mais certezas.