Domaine + Dos Rios - Boardgames lixados

Retrato de MGBM

Eu tive o prazer de jogar a dois boardgames que têm uma caracteristica comum: são lixados e porcos para os oponentes. São eles o Domaine e o Dos Rios.

Comecemos pelo Domaine. O tabuleiro, tal como o do Dos Rios, é modular, logo nunca ha dois jogos iguais. Depois de montado o tabuleiro ha que cada jogador por um castelo e um cavaleiro. Quando todos os jogadores tiverem posto isso, o jogo começa. O coraçao do jogo sao as cartas e os efeitos que elas produzem, desde criar fronteiras ate criar uma aliança entre dominios. Mas a principio sao as cartas de fronteiras que sao as mais valiosas.

Domaine

Um dominio so é criado quando tiver rodeado de fronteiras e tiver um castelo e um cavaleiro la dentro. Quando todos tiverem formado dominios, entao o jogo torna-se mesmo porco. Porque? Cada pedaço de terra no Domaine vale pontos ou dinheiro. E para avançar uma fronteira teremos que a avançar em territorio inimigo, o que implica que tenhamos mais cavaleiros que o oponente. Ao expandir a fronteira, ganhamos automaticamente pontos e dinheiro, enquanto que o oponente perde esses pontos e dinheiro. O jogo acaba quando um jogador ser o primeiro a acumular um numero pre-determinado de pontos.

O jogo é extremamente tactico, nada de planos a longo-prazo aqui. Para mim é um jogo excelente, do mesmo autor do Settlers of Catan mas muito mais profundo e sem tanta sorte. É um boardgame muito porco no entanto e pode nao ser bom para grupos que nao sao muito competitivos. Dou um 16 de 20. http://www.boardgamegeek.com/game/5737

 

Dos Rios é o boardgame, com excepçao do Diplomacy, mais lixado e mais porco que conheço. A 3 ou 4 jogadores é impossivel fazer uma jogada que so nos influencie, acabamos sempre por estragar o jogo dos outros.

O Dos Rios trata-se de um vale onde flui dois rios. No vale existe varios tipos de terras como planicies que produzem bens agricolas e florestas que produzem barragens. O rio flui por estes terrenos. O objectivo é construir 5 casas.

Dos Rios

Para começar ha que espalhar os camponeses e tentar mudar o curso da agua para plantaçoes mais favoraveis. E é assim que os rios estao sempre em mudança, para mal de todos os jogadores que nao mudaram o rio no turno anterior. Para construir casas ou receber dinheiro da plantaçao ou construir barragens, é necessario tar um campones no terreno onde se pretende construir ou receber dinheiro. Eis o truque do jogo, so os terrenos por onde o rio circula é que produzem dinheiro ou barragens, e isso so se tivermos nesse terreno um campones ou uma casa.

Isto tudo seria bom se nao fosse pelo facto de ser impossivel fazer uma jogada sem lixar os outros. Neste jogo uma pessoa é obrigada a lixar, e isso torna o jogo extremamente competitivo e divertido, mas extremamente tactico tambem. Eu gostei do jogo, achei-o interessante e fixe. Dou um 15 de 20. http://www.boardgamegeek.com/game/9408

AnexoTamanho
domaine.jpg31.06 KB
Dos Rios38.3 KB

Opções de visualização dos comentários

Seleccione a sua forma preferida de visualização de comentários e clique "Gravar configuração" para activar as suas alterações.

Re: Boardgames lixados

Nice, muito nice! Logo, quando tiver mais tempo vou ao boardgamegeek e saco de lá duas imagenzitas para ilustrar o teu artigo!

O que me lembra, não tinhas para aí umas fotos de orgias de boardgames que "querias" partilhar? Sim, aquelas com a cara tua cara supostamente monstruosa! ;)

Se fores a http://rpg.turnodanoite.com/album/form podes fazer o upload de todas ao mesmo tempoi e pimba, fica pronto!