High Society

Retrato de MGBM

Sou um boardgamer veterano. Tenho varios boardgames e, sendo veterano, prefiro sempre um Gamer's Games a um boardgame leve. No entanto de vez em quando aparece um boardgame leve tao simples na sua execução que se torna brilhante. O High Society é um deles.

Bem, eu ja tinha falado sobre este jogo antes aqui neste site, mas depois de ter jogado ao jogo tantas vezes que perdi a conta, posso oferecer uma analise mais detalhada do jogo.

Neste boardgame, os jogadores sao pessoas ricas que vao comprar bens de luxo por forma a vangloriarem-se com os seus bens adquiridos. Basicamente, cada jogador possui 11 cartas de dinheiro, cada qual numerada com valores diferentes, de 1000 a 25000. Depois, o centro do jogo sao 16 cartas de possesao que sao baralhadas e dispostas viradas para baixo. Estas cartas representam 10 bens, com valores de 1 a 10, 3 cartas que duplicam o valor dos nossos bens e tres cartas de azar.

O objectivo do jogo é, no fim, termos mais pontos que os outros jogadores, e isso acontece quando compramos cartas de possessao. No fim do jogo, somamos todas as cartas que compramos e chegamos ao valor total, quem tiver mais pontos ganha. As cartas de valor de 1 a 10 valem, obviamente, de 1 a 10 pontos cada. As cartas de duplicação dobram os nossos pontos. As cartas de azar tem influencia negativa nos nossos pontos. Sao 3 e ou anulam uma carta que ja tenhamos comprado, ou tiram-nos 5 pontos do total ou entao tiram metade do nosso valor total.

A simplicidade deste jogo reside no facto de que isto é um jogo de leilão. Para comprarmos uma carta de possessao temos que oferecer mais dinheiro que os outros jogadores e sermos o unico jogador em jogo depois dos outros todos terem passado a vez. So isso. Mas é aqui que o senhor Knizia, designer deste boardgame, faz as regras tornarem-se especiais.

Primeiro, existem 11 cartas de dinheiro nossas como ja disse. Quando quisermos aumentar a nossa parada, temos que jogar outra carta de dinheiro em conjunto com as cartas de dinheiro nossas ja jogadas. O valor acumulado é o valor total da nossa lance. A melhor parte é que aqui nao ha trocos, o valor total da soma das cartas de dinheiro jogadas ate entao é o valor total da nossa parada, se quisermos oferecer 13000 por uma carta de possessao e so tivermos 10000 e 5000 de dinheiro ou joga-se os 15000 ou nao se joga nada.

A carta de possessao vai para o jogador que continua em jogo depois dos outros jogadores desistirem da parada. O jogador que ganhou paga o dinheiro que jogou e fica sem essas cartas de dinheiro e o jogo continua com a proxima carta de possessao ser virada e leiloada. Quanto as cartas de azar, sao jogadas de uma maneira um pouco diferente. Para nao se ficar com uma carta de azar, da-se dinheiro por ela. O primeiro jogador a desistir do leilao fica com a carta de azar e com o dinheiro, os restantes jogadores perdem o dinheiro que tenham oferecido para nao ficar com a carta.

O jogo continua assim ate a quarta carta de possessao com borda vermelha for lançada no jogo. Quando isso acontece, o jogo acaba imediatamente. Como ha 4 cartas de possessao de borda vermelha no jogo e as cartas de possessao sao baralhadas antes de cada jogo, isto implica que os jogadores nunca sabem exactamente quando o jogo acaba.

E é so isto. Mas é no fim que uma regra especial faz com que este jogo tome uma atitude completamente diferente. É que o jogador com menos dinheiro na mão, ou seja, a soma de todas as cartas de dinheiro que sobraram na sua mão no fim do jogo perde automaticamente, o que faz com que os jogadores nao se atirem de cabeça e comprem tudo o que possam com todo o dinheiro disponivel. Quem tiver menos dinheiro perde, tao simples quanto isso.

Este jogo é dos melhores jogos simples que conheço. Tem um equilibrio fenomenal e uma economia de jogo quase perfeita. O equilibrio entre tentar comprar o maximo de bens e nao ficar com menos dinheiro que os outros jogaodres oferece uma tensao a este jogo quase inigualavel em outros jogos de leilao. De facto, por incrivel que pareça, este jogo tem mais tensao que o Modern Art.

Este jogo é perfeito para economistas como eu ou para gestores. De facto, li num forum que havia um gestor de uma empresa alema que, antes de contratar administradores para a sua empresa, obrigava-os a jogar a este jogo e via como eles jogavam. Conforme a maneira como eles jogavam eram contratados ou nao. Eu concordo em parte com isto, visto este jogo reflectir realmente as capacidades de gestao de uma pessoa melhor que qualquer boardgame que eu tenho com excepção do Age of Steam.

Este é um jogo muito analitico, muito tactico mas com uma boa dose de estrategia, é barato e pequeno e joga-se em menos de 15 minutos. Brilhante na sua simplicidade, um dos melhores jogos leves do Reiner Knizia. Prefiro este ao Kingdoms por exemplo.
Para mim, este é o melhor jogo que tenho que se joga em menos de meia-hora. É viciante e os meus jogadores pedem sempre para jogar a este boardgame. Claro que isto nao é um boardgame para se jogar como principal atraçao da noite, mas antes para jogar antes ou depois do boardgame principal a que vamos jogar nessa noite.

Recomendado. Comprem-no o mais cedo possivel, pois este jogo com 5 jogadores é do melhor que ha.

16 de 20.

http://www.boardgamegeek.com/game/220

Opções de visualização dos comentários

Seleccione a sua forma preferida de visualização de comentários e clique "Gravar configuração" para activar as suas alterações.

Já sentia falta das tuas

Já sentia falta das tuas críticas!

Para quando uma critica ao Shadows Over Camelot ou ao Arkham Horror?

A escrever: down*town, tech-noir rpg
Proto Agonístes um rpg de auto-descoberta, de um personagem e vários jogador

Proximos Boardgames

Rui escreveu:

Já sentia falta das tuas críticas!

Heheheh obrigado!

Rui escreveu:

Para quando uma critica ao Shadows Over Camelot ou ao Arkham Horror?

Bem, esses ainda vao demorar um pouco. Agora estou a jogar Louis XIV e a revisitar os meus boardgames mais antigos tipo o Euphrat&Tigris e o Samurai. Possivelmente a proxima review vai ser do Louis XIV, que considero um dos melhores Gamer's Games que tenho.

----

Their carcasses will be consumed in the desert
The seed of Amu will perish utterly
Their filth shall never breed among you again
We shall blot out the remembrance of Amalek from under the sky.

---- Behold the pain and sorrow of the world, Dream of a place away from this nightmare. Give us love and unity, under the heart of night. O Death, come near us, and give us life!

Antes disso, posso pedir-te

Antes disso, posso pedir-te que escrevas um artigo onde expliques o que é um Gamer's Game, um jogo leve, as diferenças entre jogos americanos e jogos alemães?

Era melhor para a compreensão dos jogos que apresentas, e para a tua escolha dos mesmos.

Enquiring minds want to know! :D

A escrever: down*town, tech-noir rpg
Proto Agonístes um rpg de auto-descoberta, de um personagem e vários jogador

Ta ok

Ta ok, eu farei isso entao. O mal é que a definiçao de um jogo leve ou de um Gamer's Game varia de pessoa para pessoa, é um bocado subjetivo.

Mas la para Segunda eu escrevo o artigo, este fim-de-semana nao posso, vou sair com uns amigos durante o dia, o meu grupo de boardgamers para ser exacto. :D

----

Their carcasses will be consumed in the desert
The seed of Amu will perish utterly
Their filth shall never breed among you again
We shall blot out the remembrance of Amalek from under the sky.

---- Behold the pain and sorrow of the world, Dream of a place away from this nightmare. Give us love and unity, under the heart of night. O Death, come near us, and give us life!

Eis a questão!

Eu também ando à procura de respostas para essa questão. Essencialmente, tem a ver com aquilo que se designa, principalmente no Board Game Geek  por Gameplay weight (peso de jogabilidade?).Não existe uma convenção para o que é um jogo pesado ou leve. A única ideia que parece gerar algum consenso é a de que jogos de guerra são, por regra, pesados e os eurogames (designação dada à vaga de jogos originada na Alemanha) são, em comparação, mais leves. Alguns exemplos: Advanced Squad Leader é um jogo de guerra considerado pesado (só o livro de regras tem mais de 100 paginas, isto para um jogo de tabuleiro, é obra!); Revolution: The dutch Revolt é um jogo sobre a guerra dos 80 Anos entre a Espanha e a Holanda e é pesad(inh)o; Die Macher é um jogo sobre eleições na Alemanha: pesad(inh)o; Tigris & Euphrates é um jogo sobre o nascimento das civilizações na mesopotâmia e é considerado um jogo de peso médio; Ticket to Ride é o tipo de jogo familiar, sobre combóios e linhas férreas nos EUA, um jogo leve.