Como escolhes os jogos que compras?

Retrato de BlakenDorf
Gosto de jogos cujo tema me atrai
21% (10 votos)
Prefiro jogos que tenham uma boa mecânica
23% (11 votos)
Eu é mais Eurogames, tema não é necessário
0% (0 votos)
Eu é mais rolar dados. Cubinhos não são dados
0% (0 votos)
Só compro um jogo depois de ler 250 reviews no BGG e ver 347 videos de instruções
23% (11 votos)
Por impulso
4% (2 votos)
Porque a esposa me obriga
2% (1 voto)
Às escondidas da esposa. Ela é que controla o orçamento lá de casa
0% (0 votos)
Porque acho que o meu grupo vai gostar
17% (8 votos)
Outro (especifico nos comentários)
9% (4 votos)
Total votes: 47

Opções de visualização dos comentários

Seleccione a sua forma preferida de visualização de comentários e clique "Gravar configuração" para activar as suas alterações.

Pessoal...

Ja contribui

Gostei da opção "rolar dados" e do pormenor dos cubinhos. Vamos ver o que vai dar votação.

Não compro nada ser ver

Não compro nada sem ver reviews e videos. :)

Multiopção

Um dos critérios que mais levo em conta é não ter dependência de língua, ou esta ser mínima, e isto devido a poder incluir na brincadeira os mais pequenos que até certa idade só percebem português, algo que rareia nos jogos, onde reina o inglês, e algum francês, espanhol e alemão.

Claro está que se além desta opção na lista supra citada eu pudesse fazer mais do que uma escolha, incluiria a mecânica (fundamental), o tema, a qualidade/atratividade dos componentes (opção que também julgo que não está disponível), as reviews, o preço (não vou ser hipócrita a dizer que compro todos, pois acima dos €50 já não entram aqui). 

O preço

Essa regra dos 50€ às vezes não faz sentido.. Quando se compram alguns jogos "baratos" com expansões o jogo vai aumentando o custo. E se encontrares um jogo de 70€ que fosse o teu preferido, preferias comprar 3 jogos de 25€ que fossem "mais ou menos"?

Last played:

Compreendo-te, mas...

Os €50 foi mencionado de forma abstrata. Por acaso os dois jogos mais carotes que comprei até agora foram ambos de €50, mas há efetivamente jogos mais dispendiosos que eu gostava de ter. No entanto, referia-me a ter uma limitação ao valor das aquisições, e isto também como à quantidade de aquisições por mês. Na conjuntura atual e com uma casa para gerir é preciso ponderar bem em que se gasta o dinheiro e o quanto se pode gastar.  

No caso dos pesos-pesados que pretendo adquirir, terei que me abster durante um determinado periodo de comprar mais algum. E como ainda há muitos títulos de baixo valor com grande qualidade que eu ainda não tenho, prefiro atacar primeiro esses, que além de diversidade permite-me aquisições em maior número. 

Mecânicas, sem dúvida. Outra

Mecânicas, sem dúvida. Outra hipótese que não está aí é comprar o jogo porque fez algo muito bem e quero aprender com ele.

Critérios

O processo parte de um jogo que me interesse (mecânicas, tipicamente. Tema só me é relevante se for num wargame), e de fazer o devido trabalho de casa, reviews, uma leitura na diagonal do manual, etc. Depois parte-se para:

- Quão diferente é dos que já tenho?

- Vou conseguir jogá-lo?

- De que jogo me vou ver livre para comprar este novo?

 


Top10:

O meu primeiro critério é o

O meu primeiro critério é o autor do jogo, depois as mecânicas do jogo e depois tento pensar em que situações vou jogar esse jogo.

Last played:

Mecânicas e tema

Compro jogos que tenham temas e mecânicas que me interessem, portanto nenhuma das opções estava certa. Votei "outro".

Tanto sou capaz de comprar um jogo pelo tema, como pelas mecânicas que inclui. Gosto de uma boa mistura dos dois, mas não me importo dos dois extremos. :)