Essen Spiel 2016 (primeira aventura)

Este ano tive o prazer de fazer a minha primeira (espero que de muitas) visitas à feira de Essen, o Internationale Spieltage SPIEL'16.

Foi uma experiência fantástica, não só pelos jogos presentes, mas pela feira em si. A dimensão da feira deixou-me complemente espantado. Nunca pensei que a industria dos jogos de tabuleiro movimentasse tanta gente e tanto dinheiro. Estavam lá todas as editoras que me habituei a ver nas caixas de jogos que tenho em casa, mas também os sites e os bloggers que sigo habitualmente.

Os visitantes saiam da feira com jogos de baixo dos braços, quando não precisavam de uma mala ou de um carrinho para os transportar. De repente, a minha coleção de 240 jogos parecia pequena.

O ambiente à volta da feira também é espectacular. Em tudo quanto é hotel ou restaurante à volta, vêem-se pessoas a jogar os jogos que acabaram de comprar, os representantes das várias empresas em alegre convivio, a maior parte das vezes à volta de um belo caneco de cerveja.

Para os interessados, ficam aqui algumas das minhas notas:

  • Transportes:Na chegada ao aeroporto de Dusseldof, o mais simples é apanhar o comboio para Essen. Apanha-se o sky train até à estação, onde os bilhetes podem ser comprados nas máquinas automáticas. Comprei um day pass para a zona C, o que permite apanhar qualquer transporte nessa zona (que inclui Essen e Dusseldorf). O bilhete fica por cerca de 20€.

     

  • Hotel: O hotel deve ser reservado com MUITA antecedência. Era para ficar no Brunnen hotel, mas como estavam em overbooking, mandaram-me para outro hotel (antigo Alma Hotel), que até tinha uma localização melhor. O hotel, para hotel baratuxo até não era mau, o problema foi estar a pagar 140€/noite num hotel que merecia 50€...

     

  • Comida: Consegue-se comer bem e relativamente barato fora da feira. Dentro da feira é para esquecer (cobraram-me 5€ por uma água de 33cl). A rua Rüttenscheider Straße fica proxima da feira e tem uma série de restaurantes simpáticos (e comercio).

     

  • Feira: É dificil prepararmo-nos para a feira, pois a informação disponibilizada antes do evento é escassa.

    Para quem fica o tempo todo, o passe de 4 dias simplifica muito o processo, principalmente no fim de semana onde as filas para comprar bilhete são enormes.

    O primeiro dia é o mais importante, pois é quando se consegue o mapa da feira com os expositores, e quando se consegue fazer o primeiro round para ver as novidades. Convém levar preparado quais os jogos que se querem mesmo comprar, pois no segundo dia já há vários que estão esgotados. Não esquecer de garantir que os jogos estão na lingua que pretendemos, especialmente se não se domina o alemão.

    Outro ponto importante é o €€€. Na feira só descobri um ATM e ficou fora de serviço a partir do 2º dia. Eventualmente haveria outros, mas não os descobri. Algo que vou seguramente fazer nas próximas idas é levar o dinheiro vivo com o orçamento planeado para jogos. Tem duas vantagens: não ficamos dependentes dos ATM e temos uma noção melhor do que se gasta, porque é muito muito fácil passar os limites.

    Com o mapa da mina e a lista dos jogos "MUST SEE", consegue-se planear melhor os dias seguintes.

     

  • Essen: Essen é uma cidade simpática e o Museu FolkWang é um ponto imperdível da cidade (há outros museus e a mina, que eu não visitei), mas de forma geral não é uma cidade com muitos pontos de interesse. Se pretendem ir com alguém que não está interessado na feira, é capaz de ser melhor opção ficar em Dusseldorf (não sei porque não experimentei...).

Opções de visualização dos comentários

Seleccione a sua forma preferida de visualização de comentários e clique "Gravar configuração" para activar as suas alterações.

Grandes dicas!

Up e obrigado pela partilha.

Obrigado pela

Obrigado pela partilha.

Estive em Essen no ano passado pela primeira vez (este ano não pude ir, mas estou planear ir para o próximo ano). Reconheço a sensação de espanto de que falas. A dimensão do sítio e o número de pessoas que lá está são uma alegria de ver para qualquer amador dos jogos de tabuleiro. 

Curiosamente, não acho que valha muito a pena ir a Essen a pensar em comprar as novidades mais propaladas. Em si, os pequenos descontos nos jogos novos não compensam o que se gasta para lá chegar (entre bilhete de avião, comboio, hotel, comida e a entrada no recinto da feira é difícil fazer a coisa por menos de 500€). E, de qualquer forma, os jogos ficam disponíveis nas lojas on-line em poucas semanas.

O que vale realmente a pena é o que não se vê em mais lado nenhum:

- A reunião. Poder conversar com os designers dos nossos jogos preferidos e com os reviewers que nos habituámos a seguir é espetacular.

- Os saldos. Havia uma secção inteira dedicada a jogos usados e de stocks de jogos mais antigos que não se conseguiram escoar. No meio das pilhas enormes, encontram-se verdadeiros tesouros por 10€ ou menos.

- Os acessórios para jogos. Há coisas que nem se imagina que existem. Alguns são grandes ideias, outras não têm pés nem cabeça. Mas quase todos são divertidos. Acho que perdi uma boa hora só no stand da spielmaterial, a olhar para a quantidade e diversidade de peões e para os marcadores das mais variadas formas e feitios. É como uma loja de ferragens, só que com material de jogos.

- O inesperado. Aconselho reservar algum tempo para andar ao acaso pela feira. Foi assim que encontrei alguns jogos (e até brinquedos - trouxe um avião-boomerang para os meus miúdos que foi um sucesso!) muito interessantes de que nunca tinha ouvido falar antes.

plizest escreveu:

plizest escreveu:

Curiosamente, não acho que valha muito a pena ir a Essen a pensar em comprar as novidades mais propaladas. Em si, os pequenos descontos nos jogos novos não compensam o que se gasta para lá chegar (entre bilhete de avião, comboio, hotel, comida e a entrada no recinto da feira é difícil fazer a coisa por menos de 500€). E, de qualquer forma, os jogos ficam disponíveis nas lojas on-line em poucas semanas.

Este ano estava a pensar em la ir. Mas pelos relatos vejo que pelo menos 1000€ gastamos e q o ideal seria levar uns 1500€. Correto? Obrigado

Loht escreveu: plizest

Loht escreveu:
plizest escreveu:

Curiosamente, não acho que valha muito a pena ir a Essen a pensar em comprar as novidades mais propaladas. Em si, os pequenos descontos nos jogos novos não compensam o que se gasta para lá chegar (entre bilhete de avião, comboio, hotel, comida e a entrada no recinto da feira é difícil fazer a coisa por menos de 500€). E, de qualquer forma, os jogos ficam disponíveis nas lojas on-line em poucas semanas.

Este ano estava a pensar em la ir. Mas pelos relatos vejo que pelo menos 1000€ gastamos e q o ideal seria levar uns 1500€. Correto? Obrigado

 
É muito dificil quantificar quanto é que é necessário. Estimativa por alto:
- o avião será entre 100 a 250 EUR (dependerá da altura em que compras e para onde voas);
- depois podes alugar carro ou andar de comboio; se andares de comboio julgo que será menos de 50 EUR;
- os hoteis são "caros" em Essen nessa altura, mas se ficares numa localidade a alguns Km já serão mais em conta mas para isso precisarás de carro ou então perderás algum tempo em transportes;
- refeições, tudo depende se queres ir a restaurantes bons ou se te contentas com comida do supermercado; no entanto, não acho os valores muito diferentes de PT
- entrada na feira
 
Quanto ao valor que gastas na feira, depende da carteira de cada um.
 
Quanto a jogos na feira, sim, há muitas pechinchas e outros jogos dificeis de encontrar. No entanto, se for por isso que vais lá claro que não compensa. Por fim, gostaría de dizer que me parece que cada vez mais há jogos que são lançados na feira e que se não compras lá, poderás ter de esperar muito tempo para os conseguires arranjar. Como exemplos de 2016 tens o Terraforming Mars, o Lorenzo, o Yokohama, o Tramways, ....

Não é preciso tanto

Loht escreveu:
plizest escreveu:

Curiosamente, não acho que valha muito a pena ir a Essen a pensar em comprar as novidades mais propaladas. Em si, os pequenos descontos nos jogos novos não compensam o que se gasta para lá chegar (entre bilhete de avião, comboio, hotel, comida e a entrada no recinto da feira é difícil fazer a coisa por menos de 500€). E, de qualquer forma, os jogos ficam disponíveis nas lojas on-line em poucas semanas.

Este ano estava a pensar em la ir. Mas pelos relatos vejo que pelo menos 1000€ gastamos e q o ideal seria levar uns 1500€. Correto? Obrigado

Tudo depende do que pretendes fazer. Mas acho que dá para fazer a festa por bem menos do que isso. Eu já tenho a minha ida confirmada (bilhete avião comprado e alojamento reservado) e este é o meu orçamento para esta ano (sem compras):

- Bilhete de avião ida e volta - 250,3€
- Alojamento (5 noites) - 131,5 €
- Comida - 30€
- Passe de 4 dias para a feira - 30€
- Comboio ida e volta para o aeroporto - 18€
- U-Bahn (Metro) Essen - 16,8€

O total dá 475,6€. O alojamento é num pequeno apartamento em Essen perto de uma estação de metro. Foi reservado através do AirBnB, a meias com um amigo gamer que vai comigo (olá, João!). Além da vantagem de se ter um sítio para jogar à noite (como tudo na Alemanha, a Feira fecha cedo) tem uma cozinha, o que permite baixar bastante os custos com a alimentação. O voo é TAP, porque é direto e a TAP continua a ser das melhores (se não a melhor) companhias europeias para se viajar. É possível conseguir bilhetes mais baratos com outras companhias. Mas entre trajetos com escalas longas, horários de partida e chegada absurdos, ausência de bagagem de porão (essencial numa ida a Essen) e, no caso das low-cost, má experiência em geral, não costuma compensar. 

Claro que isto implica reservar as coisas cedo - eu já tenho tudo marcado desde o início de Janeiro. Mas ainda deve dar para encontrar preços aceitáveis.

Essen

Para mim, ir a Essen permite comprar algumas novidades e outros jogos baratinhos, mas se fosse por isso não valeria a pena a viagem. Essen é muito mais do que isso, é ver milhares de entusiastas que partilham este hobby que tanto gosto, é falar com designers e pessoas que só conheciamos pela net, é ver pilhas de jogos, é ver as novidades, é percorrer pavilhões repetidamente à procura de qualquer coisa ou simplesmente a ver os outros, é beber cerveja alemã em restaurantes cheios de pessoal que passou o dia na feira, é comer aquelas comidas cheias de molho e muito temperadas, é acartar com sacos de jogos, enfim, imagino que seja ainda melhor do que um guloso a passear numa fábrica de doces!

 

... e porque uma imagem vale mais do que 1000 palavras:

Essen 2016

Ja a minha experiencia foi

Ja a minha experiencia foi abismal....

Fui no sabado (era mm o unico dia que podia ir) de amesterdao para Essen com um amigo e quando la cheguei deparei-me com gente e mais gente, nao se ouve nada nem ninguem... nao se consegue jogar, mal se consegue comprar e para andar aos encontrões e ir comprar jogos, prefiro ficar em casa e mandar vi-los.

Sinceramente nao gostei, o apelo consumista é gritante, as promos são escassas e irrelevantes (na minha opiniao) pelo que duvido que repita a experiencia