Encontro Nacional de Roleplayers - LeiriaCon 2010

Retrato de Rick Danger
2010-01-30 10:00
2010-01-31 20:00
Local: 

Quinta do Pinheiro

Na LeiriaCon vamos juntar os vários fãs de jogos de RPG para convivermos e celebrarmos este hobby com algumas sessões de jogo e convívio. O encontro decorrerá na Quinta do Pinheiro, dias 30 a 31 de Janeiro a partir das 10h da manhã com interrupções para o almoço e jantar, encerrando ao Domingo às 20h. Vão decorrer demonstrações de Dungeons & Dragons, Mouse Guard, Warhammer Fantasy Roleplay, Geist: the Sin-eaters e Sangue-frio: Histórias dos Últimos Vampiros (com o autor, Ricardo Tavares). Se te quiseres inscrever vai à Lista de Jogo de RPG e inscreve-te sem compromisso pondo o teu nome (ou o nick do badge oficial da LeiriaCon) e o nome de jogo que quiseres demonstrar. Iremos ter também à nossa disposição uma sala exclusiva, mesas, cadernos e instrumentos de escrita. Atreve-te a entrar nos mundos de imaginação onde tu és o jogo!

Opções de visualização dos comentários

Seleccione a sua forma preferida de visualização de comentários e clique "Gravar configuração" para activar as suas alterações.

Algumas ideias...

Possíveis iniciativas que gostaria de realizar:

- meet&greet informal de roleplayers depois de almoço;
- sessão de jogo de Mouse Guard RPG;
- sessão de jogo de Geist: the Sin-Eaters
- apresentação e sessão de jogo de Warhammer Fantasy Roleplay 3rd Edition;
- sessão de jogo de Unknown Armies para nove jogadores!;
- workshop de "Como jogar Roleplay";
- workshop de "Como introduzir os Boardgamers ao Roleplay" usando talvez o Warhammer Fantay Roleplay 3rd Edition;

Gostava de experimentar jogar pela primeira vez D&D 4th Edition. Alguém se atreve a correr uma demonstração?

E quem quiser levar jogos de RPG originais para playtest também seria porreiro!

sopadorpg.wordpress.com - Um roleplayer entre Santarém e Almeirim
ideonauta.blogspot.com - Viajando pelos mundos do RPG!
www.paragons.com.br

sopadorpg.wordpress.com - Um roleplayer entre Setúbal e Almeirim
Ludonautas Podcast - Viajando, sem nos movermos, pelos mundos do RPG

E vocês?

Como é que vão jogar e falar de RPGs na LeiriaCon?

sopadorpg.wordpress.com - Um roleplayer entre Santarém e Almeirim
ideonauta.blogspot.com - Viajando pelos mundos do RPG!
www.paragons.com.br

sopadorpg.wordpress.com - Um roleplayer entre Setúbal e Almeirim
Ludonautas Podcast - Viajando, sem nos movermos, pelos mundos do RPG

Sugestões

Infelizmente nesse fim-de-semana não devo poder estar presente...
Mas se mesmo assim puder dar uns palpites, sugeria que se trocassem os workshops por mais sessões para principiantes, recorrendo a sistemas fáceis de jogar e com settings intuitivos.

Sugestões:
- Call of Cthulhu
- Savage Worlds
- D&D 4.ª edição
- Primetime Adventures
- Rune
- outros?

O cruzamento de RPGs e Bordgames parece-me prenhe de possibilidades e sugeria sessões híbridas de jogos de aventura/RPG (ou seja, usar jogos como o Talisman, Runebound, Descent, etc., mas pedindo aos participantes para interpretarem as personagens que estão a controlar).

Outra possibilidade é recorrer aos storytelling games, tanto do lado dos BG (como o Tales of the Arabian Nights) como do lado dos RPGs (Baron Munchausen, Pantheon)...

Claro que sim...

Tenho pena que não possas ir. Será que daqui a 3 meses a situação não se pode alterar?

Os workshops foram apenas ideias que me surgiram quando pensei 2 minutos no que podia tentar realizar. Nunca fiz um workshop portanto não é uma ideia para mim muito fixa e é bastante passível de discussão.

Menos workshops e mais sessões de jogo parece-me um bom compromisso nesse sentido.

Os jogos que sugeri são apenas aqueles que me sinto ou preparado ou interessado em jogar/correr. Mas claro que tudo depende do interesse dos participantes.

Aliás, gostava de ver outras sugestões além das minhas porque é pressuposto que todas as possibilidades estejam em aberto.

As sessões híbridas de jogos de tabuleiros/RPG com esse propósito de trazer roleplay à jogabilidade do boardgame é interessante e até me parece bastante divertida.

E sim, gramava bastante jogar o Arabian Nights e o Baron Munchausen. Há alguém que me possa pôr a jogar a isso? :)

Mas já agora, eu por mim estava um pouco mais inclinado em conviver e jogar com outros fãs de RPGs e experimentar jogar jogos fora do que já costumo jogar assim bem ao espírito da LeiriaCon do que propriamente pensar apenas em divulgar o hobby para angariar novos jogadores.

Mas de qualquer modo esse também é um dos objectivos do Encontro Nacional, só ainda não pensei muito bem como o fazer. :\

sopadorpg.wordpress.com - Um roleplayer entre Santarém e Almeirim
ideonauta.blogspot.com - Viajando pelos mundos do RPG!
www.paragons.com.br

sopadorpg.wordpress.com - Um roleplayer entre Setúbal e Almeirim
Ludonautas Podcast - Viajando, sem nos movermos, pelos mundos do RPG

Tales of the Arabian Nights

Podes contar comigo!!

Google Reader Shared Itens

Últimas jogatinas:

Negating the unforeseeable is utterly unrealistic, and scrambling to deal with problems is indeed a game skill.

Nessa altura devo ter de

Nessa altura devo ter de viajar. Mas se as coisas se alterarem, de certeza que apareço.
Tinha percebido que a ideia era promover um pouco o hobby, mas é óbvio que o importante é as pessoas divertirem-se e experimentarem coisas novas.

E que tal...

...Tentar-se as duas coisas? Maneiras diferentes de as pessoas se divertirem de certeza chamam à atenção de outras pessoas, certo?

Mas nunca me passou pela cabeça não promover o hobby. Aliás pensei logo em algumas ideias nesse sentido.

sopadorpg.wordpress.com - Um roleplayer entre Santarém e Almeirim
ideonauta.blogspot.com - Viajando pelos mundos do RPG!
www.paragons.com.br

sopadorpg.wordpress.com - Um roleplayer entre Setúbal e Almeirim
Ludonautas Podcast - Viajando, sem nos movermos, pelos mundos do RPG

Podes contar comigo para

Podes contar comigo para jogar Mouse Guard e para correr uma demo de D&D 4ed.

Voluntario-me também para mostrar PTA, Solar System e/ou Spirit Of The Century.

Sugiro que o pessoal vá também já marcando o que quer jogar e mestrar, assim podiamos ir actualizando este tópico com os jogos confirmados e respectivos jogadores, para conseguirmos coordenar-nos melhor quando chegar o dia do evento.

"the drunks of the Red-Piss Legion refuse to be vanquished"

Vou levar também o In A

Vou levar também o In A Wicked Age para quem o quiser experimentar.

"the drunks of the Red-Piss Legion refuse to be vanquished"

Mais...

O Wulfgars sugeriu um espaço de troca de miniaturas de D&D. Que acham?

sopadorpg.wordpress.com - Um roleplayer entre Santarém e Almeirim
ideonauta.blogspot.com - Viajando pelos mundos do RPG!
www.paragons.com.br

sopadorpg.wordpress.com - Um roleplayer entre Setúbal e Almeirim
Ludonautas Podcast - Viajando, sem nos movermos, pelos mundos do RPG

O que fazer?

Possíveis iniciativas que gostaria de realizar:

- meet&greet informal de roleplayers depois de almoço;

Isto acho que é essencial! Aliás acho que deveria ser antes do almoço para a malta a seguir ir almoçar junta. Depois de almoço, já a meio da tarde ou assim tirava-se uma hora de intervalo para fazer outro uma vez que decerto que chega muito gente já depois da hora de almoço.

- sessão de jogo de Mouse Guard RPG;

Não me pronuncio que não faço ideia o que isto é...

- sessão de jogo de Geist: the Sin-Eaters

EU QUERO EXPERIMENTAR ISTO! (acho que está tudo dito)

- apresentação e sessão de jogo de Warhammer Fantasy Roleplay 3rd Edition;

O sistema ainda é o mesmo?

- sessão de jogo de Unknown Armies para nove jogadores!;

Hmmm também não conheço... mas RPG com nove pessoas não me soa muito bem...

- workshop de "Como jogar Roleplay";

Acho interessante e voluntario-me para ajudar.

- workshop de "Como introduzir os Boardgamers ao Roleplay" usando talvez o Warhammer Fantay Roleplay 3rd Edition;

Isto não sei bemse tem alguma especificidade, acho que fazer a divulgação é fazer a divulgação com boardgamers ou não. Talvez haja a vantagem de eles não nos chamarem geeks como as pessoas "normais" LoL

 

Gostava de experimentar jogar pela primeira vez D&D 4th Edition. Alguém se atreve a correr uma demonstração?

Para mim não... Nunca gostei de D&D por ser hack&slash (é a minha opinião, não vamos discutir isto por favor, é só opinião minha não quero lançar polémica aqui e agora) e a 4th Edition leva este conceito ao extremo! Além disso não consigo distinguir D&D 4th Ed de World of Warcraft.

 

Da minha parte posso levar:

- Qualquer coisa de Dark Ages WoD (excepto Fae)

- Scion

 

Se arrastar o Hyperion (e o conseguir convencer - são dois grandes SE):

- Exalted

- Call of Cthulhu

- Fading Suns

 

Se arrastar mais um membro da minha trupe M.:

- Warhammer 40k Dark Heresy

 

Isto tudo partindo do princípio que terei disponibilidade para ir, pois ainda não sei se estarei ausente do país em trabalho por essa altura o que é bastante provável. Mas se for e precisarem de voluntários para a organização contem comigo.

 

"The complete fool is half a prophet."

Acho bem

Sei que o Kissing Crimson provavelmente ia querer trocar qqr coisa.

hmm

Da minha parte podem contar com o Traveller vai la estar disponivel =) ...

 

---- Latest News ----

It lives!

Acho que a malta do Tá Quinas tá disponivel

Podemos, preparar uma sessão de D&D 4th se alguém quiser experimentar.

 

Lista

Adicionei uma lista, no texto original do tópico, com os jogos que o pessoal disse que gostava de jogar/mestrar. A ideia é ir actualizando a lista à medida que o pessoal se vai "inscrevendo" por aqui.

@Tularis: Queres correr uma demo de D&D 4ed ou preferes jogar?

"the drunks of the Red-Piss Legion refuse to be vanquished"

Boa iniciativa!

Uma listinha com horas marcadas é realmente uma boa ideia. Temos que evitar é ter mais jogos a ocorrerem do que jogadores.

E talvez haver sempre uma pessoa responsável por orientar e conviver com os participantes que chegarem a qualquer momento.

A estória de Unknown Armies para nove jogadores é mesmo uma ideia louca mas talvez garanta que um bom número de participantes e apenas um MJ possam jogar e divertir-se. Contudo se não houver interesse já os outros três jogos a que me propuz correr dão panos para mangas.

sopadorpg.wordpress.com - Um roleplayer entre Santarém e Almeirim
ideonauta.blogspot.com - Viajando pelos

sopadorpg.wordpress.com - Um roleplayer entre Setúbal e Almeirim
Ludonautas Podcast - Viajando, sem nos movermos, pelos mundos do RPG

Lista?

Qual lista? (não, não é o sketch do Gato Fedorento)

 

E já agora, é bom ver-te de novo RPL! Já lá vai muito tempo! :)

 

"The complete fool is half a prophet."

Ver acima.

O RPL mudou o tópico de abertura para listar possíveis jogatanas.

sopadorpg.wordpress.com - Um roleplayer entre Santarém e Almeirim
ideonauta.blogspot.com - Viajando pelos

sopadorpg.wordpress.com - Um roleplayer entre Setúbal e Almeirim
Ludonautas Podcast - Viajando, sem nos movermos, pelos mundos do RPG

Dumbass

Pois... depois de postar é que li... isto é que o gajo é burro... Ainda para mais dada a hora não posso usar a desculpa do sono!

 

"The complete fool is half a prophet."

Por nós é igual

só disse que não nos custava nd, porque temos organizado os D&D days em Coimbra e temos aventuras e personagens já pré construídas. Mas se quiseres mestrar tu tudo bem.

Então nesse caso se já

Então nesse caso se já têm a papinha toda feita avancem vocês com D&D 4ed :p. Até porque não sei se vou ter muito tempo para preparar uma aventura de D&D 4ed até à convenção.

"the drunks of the Red-Piss Legion refuse to be vanquished"

pending

A minha presença está pendente de questões logísticas, mas conto estar lá para o que der e vier. Dou novidades em breve, não vão faltar RPGs para jogar. Estamos numa vertente mais intra ou extra-comunitária? :) Esta Con não vai ser muito aberta ao público em geral, pois não?

 

Bem...

Estás a falar da LeiriaCon em geral ou especificamente do Encontro de Roleplayers?

Se é do Grande Evento que te referes ele é virado para o exterior tanto que costuma ser bem publicitado e a entrada é livre e desejada.

Se for do Encontro de Roleplayers, por mim ele é bastante extra-comunitário apesar de que gostava de servir e consolidar a comunidade em primeiro lugar e só depois divulgar este hobby a novatos e outros gamers. Tal como se fez inicialmente com os encontros mensais de boardgamers.

sopadorpg.wordpress.com - Um roleplayer entre Santarém e Almeirim
ideonauta.blogspot.com - Viajando pelos

sopadorpg.wordpress.com - Um roleplayer entre Setúbal e Almeirim
Ludonautas Podcast - Viajando, sem nos movermos, pelos mundos do RPG

Mas então e a apresentação nacional do Sangue-frio?

Não me digas que não vais à LeiriaCon apresentar o teu novo projecto(http://ultimosvampiros.blogspot.com) e fazer uma demonstração do teu RPG de vampiros amnésicos? :P

sopadorpg.wordpress.com - Um roleplayer entre Santarém e Almeirim
ideonauta.blogspot.com - Viajando pelos

sopadorpg.wordpress.com - Um roleplayer entre Setúbal e Almeirim
Ludonautas Podcast - Viajando, sem nos movermos, pelos mundos do RPG

achas que me esquecia? :)

jrmariano escreveu:
Não me digas que não vais à LeiriaCon apresentar o teu novo projecto(http://ultimosvampiros.blogspot.com) e fazer uma demonstração do teu RPG de vampiros amnésicos? :P

Se a memória não me falha ;) eu ainda tinha de ver se vou conseguir lá chegar, ficar e partir, mas, em princípio, vou ter boas notícias para dar em breve neste tópico.

 

Gostava de experimentar Mouse Guard

Eu pessoalmente preferia experimentar algum jogo que se centre mais na narração e no acto de roleplay propriamente dito. Isto porque a grande maioria dos RPGs acabam por apresentar situações de combate, e quando o fazem normalmente deixam muito a desejar no que toca às regras para realizar esses combates, quando comparados com sistemas considerados "hack and slash" como D&D 4th ed.

Ora, como o resultado destes combates determina o avanço da aventura prefiro que haja um conjunto de regras eficaz e claro, o que raras vezes encontrei nos vários RPGs que experimentei. Mas atenção que isto só sou eu a opinar e a minha experiência pessoal, não vamos discutir sistemas de jogo nem a polémica à volta deles neste tópico por favor...

 

Deixo a sugestão para os meus "camaradas das trincheiras" de talvez mostrar um pouco do campaign setting de Eberron para D&D 4th ed. e talvez mostrar uma aventura de investigação "noir" nesse setting, em vez dos habituais combates esperados de um jogo considerado um MMORPG tabletop por muitos...

 

Dito isto gostaria de experimentar o Mouse Guard que, pelo que li, parece apostar bastante no character development e na interpretação de personagem. Parece que o Mariano vai ser o mestre de serviço mais uma vez! :)

 

 

Pois, pois...

Levaste foi outra dose de combate a jogar Warhammer 40k Rogue Trader e não queres uma repetição. Compreendo.

Conto contigo para Mouse Guard apesar de este também possibilitar conflitos físicos mas não só. Contudo o sistema para resolução de conflitos (e por acaso até de narração) é mais abstracto.

sopadorpg.wordpress.com - Um roleplayer entre Santarém e Almeirim
ideonauta.blogspot.com - Viajando pelos

sopadorpg.wordpress.com - Um roleplayer entre Setúbal e Almeirim
Ludonautas Podcast - Viajando, sem nos movermos, pelos mundos do RPG

Como já devias calcular

Sou da opinião do LoB. E por muito que digam que D&D é Hack n Slash, O que ele tem é um óptmo sistema de combate. Roleplay qualquer pessoa faz seja com que sistema for. E remetendo á conversa do almoço da Lisboacon, quando estás a jogar D&D, com mapas e miniaturas, um transeunte não vai ficar a pensar que são uns "maluquinhos a preencher os impostos", mas sim que estás a jogar um jogo.

A situação dos mapas e

A situação dos mapas e miniaturas que o Tularis fala tem o seu fundamento. Realmente são mais «flashy» para quem estiver a passar perto da mesa. O apelo visual destes elementos pode ser tão interessante como um belo boardgame, salvo as devidas distâncias.  :)  Mas como é óbvio o que conta mesmo é o entusiasmo mostrado na mesa! Na LisboaCon não deu para jogar rpg mas em Leiria teria todo o gosto em ser player na mesa do Mariano. Já agora mando-lhe os meus cumprimentos! Ah,e só para dar os meus «two cents» na questão do MMORPG e do hack n slash...sou fã da nova edição de D&D, uma vez mais considero que é um sistema fácil de agarrar (é COMPLEXO sem ser COMPLICADO) e com regras claras de combate (que dependendo dos DM´s pode nem existir), mas respeito toda e qualquer opinião em contrário. Quem quer jogar, joga. Quem não quer, tem muitas alternativas. E não faltarão  certamente rpgs para todos os gostos em Leiria! Importante é mostrarmos de que são feitos os roleplayers tugas!

 

Não foi isso... a sério

Não foi isso... a sério eu gostei bastante do setting de Rogue Trader. Com aquela mistura de magia com tecnologia muito à la Final Fantasy. E aliás tinha uma cena nova para mim, que é o pormenor de a tecnologia ter avançado da magia usando naves espaciais que funcionam com runas e de haver espíritos a habitar as maquinas.

Queria era experimentar um sistema mais focado no desenvolvimento de personagem e na interpretação, ou pelo menos uma aventura com o foco mais nisso em vez dos tradicionais skills das personagens e combate. Por isso é que gosto bastante de Call of the Cthulhu por não se preocupar muito com a parte dos combates. O jogo assume que as forças com que os players se debatem são simplesmente demasiado poderosas para os meros mortais terem a mínima hipótese de os enfrentarem e sobreviverem... logo evidencia-se mais a parte da investigação e character development.

 

 

Exacto.

Bem, eu começo já por assumir que não sou minimamente fan de D&D e do sistema d20 ainda menos.

Posto isto, tenho a dizer que joguei Cthulhu d20, com um personagemzito de Nível 1 e que no entanto me deu tanto gozo jogar como o meu Essence 6 Twilight de Exalted! Ao longo de todas as aventuras conto pelos dedos os rolls de dados e nem sei ao certo os meus ranks e skills de tão pouco que isso importou ao longo das sessões. Cthulhu é um dos melhores exemplos de jogo direcionado a roleplay, personagens sólidas, bem construídas e background. Simplesmente genial!

 

"The complete fool is half a prophet."

Se não houver imprevistos,

Se não houver imprevistos, podem contar comigo para a LeiriaCon. Tive pena de não ter tido muito tempo para jogar rpg no Lisboa Con. Em janeiro espero poder experimentar esse Mouse Guard e o Geist. Para D&D 4th ed posso contribuir eventualmente.

Alojamento

Entretanto deixem-me adicionar aqui informação importante sobre a LeiriaCon. Quem quiser deve reservar dormida porque o hotel está praticamente cheio.

Para isso enviem-me um mail para

Apesar do programa oficial da LeiriaCon ser só sábdo e domingo, sexta feira já há salas disponíveis para se juntarem.

 

PS

 

"hay que endurecer, pero sin perder la ternura jamas!"

Ernesto 'Che' Guevara 1928 - 1967

"hay que endurecer, pero sin perder la ternura jamas!"

Ernesto 'Che' Guevara 1928 - 1967

confirma-se

Entro na lista com o meu Sangue-Frio! Espero fazer demonstrações tanto no sábado como no domingo.

 

Fixe-baril, podes contar

Fixe-baril, podes contar comigo. E vou querer um livro assinado também hehe.

"the drunks of the Red-Piss Legion refuse to be vanquished"

confirmo presença no domingo

Venho confirmar a minha presença apenas para domingo.

E gostava de experimentar o Sangue-Frio e o Mouse Guard!   =)

____________________________________________

Just when you think you've learned the rules, someone revises them.

Boa!

Por acaso ainda não marcamos dias para cada coisa mas eu e o RPL vamos estar lá no Domingo. Se for preciso marcam-se duas sessões, uma no sábado outra no domingo. :)

sopadorpg.wordpress.com - Um roleplayer entre Santarém e Almeirim
ideonauta.blogspot.com - Viajando pelos

sopadorpg.wordpress.com - Um roleplayer entre Setúbal e Almeirim
Ludonautas Podcast - Viajando, sem nos movermos, pelos mundos do RPG

falem comigo

Também vou estar no LeiriaCon a fazer a cobertura para o Jogador-Sonhador, o que basicamente quer dizer que vou andar de gravador portátil a entrevistar quem quiser dizer alguma coisa para o podcast. Além de querer recolher as habituais impressões sobre a Con, queria aproveitar para falar de RPGs (nomeadamente com quem quiser fazer uma review) ou sobre qualquer outro assunto que queiram sugerir. Se quiserem combinar alguma entrevista antecipadamente, mandem-me um mail para o jogadorsonhador arroba gmail.com

Relembro que o Jogador-Sonhador é um podcast sem patrocínios nem fins lucrativos que tem o objectivo de promover os RPGs em Portugal. As gravações das entrevistas servirão unicamente para serem colocadas num dos próximos episódios do podcast em http://jogadorsonhador.podbean.com

 

Confirmação e ideias

Eu alinho para falar de RPGs, do evento da LeiriaCon ou de tudo o resto.

Uma coisa gira na LeiriaCon é um segmento do tipo toda a gente completar a frase "A melhor coisa que eu vi na LeiriaCon foi..."

Que tal lançares um tema para ser discutido em mesa-redonda na LeiriaCon? Tipo "Convenções de RPG" ou algo do género.

sopadorpg.wordpress.com - Um roleplayer entre Santarém e Almeirim
ideonauta.blogspot.com - Viajando pelos

sopadorpg.wordpress.com - Um roleplayer entre Setúbal e Almeirim
Ludonautas Podcast - Viajando, sem nos movermos, pelos mundos do RPG

assim uma mesinha-redondinha talvez

jrmariano escreveu:
Que tal lançares um tema para ser discutido em mesa-redonda na LeiriaCon? Tipo "Convenções de RPG" ou algo do género.

Tu quando és producer no PTA fazes bem as contas ao budget? ;)
Mesa-redonda só se quando um levar o seu microfone :) mas talvez no futuro a gente consiga fazer isso ou mesmo ter um painel de discussão sobre qualquer coisa.

Entretanto, vai uma review ao novo Warhammer?

 

Olá a todos, Estou a

Olá a todos,

Estou a contar aparecer na Leiriacon,

Estou em pulgas para ver Warhammer.

É necessário algum tipo de inscrição - não encontrei nada sobre isto no blog oficial.

 

 

 

 

Olá Pedro, a inscrição

Olá Pedro, a inscrição é feita neste tópico. Basta colocares aqui uma resposta a dizer os jogos que estás interessado em jogar e nós actualizamos a lista que está no texto original do tópico com os jogadores inscritos (já coloquei lá o teu nome.

Vemo-nos em Leiria :)

"the drunks of the Red-Piss Legion refuse to be vanquished"

Calendário das Sessões WFRPG3

Ainda sem pensar em algo definitivo que tal irmos conciliando as horas das sessões?

Estava a pensar em Warhammer Fantasy às 15 horas de Sábado (uma altura com mais movimento e um dia com maior incidência de público). A sessão deve demorar 2-3 horas e dá para 3 jogadores (há hipótese de se adicionar um 4º jogador mas pode implicar mais tempo de jogo e aprender umas regras extras de magia). É apenas uma pequena história com duas cenas principais e o seu propósito é mostrar a maioria das mecânicas do sistema.

Se houver interesse e muitos jogadores pode-se fazer outra sessão noutra hora ou noutro dia já que vou ficar até ao fim da tarde de Domingo na LeiriaCon.

sopadorpg.wordpress.com - Um roleplayer entre Santarém e Almeirim
ideonauta.blogspot.com - Viajando pelos

sopadorpg.wordpress.com - Um roleplayer entre Setúbal e Almeirim
Ludonautas Podcast - Viajando, sem nos movermos, pelos mundos do RPG

Seguindo essa onda

Visto não haver sobreposição de jogadores inscritos, eu proponho jogar Mouse Guard também nesse horário, às 15h de Sábado, com a possibilidade de mais uma sessão no dia seguinte para quem o quiser experimentar. Os cenários estão preparados para até quatro jogadores.

Para a noite proponho o Rick Danger avançar com o Sangue-fresco e o Mariano com o Gheist (parece-me temático :p).

Contudo quem estiver para isso no Sábado e Domingo de manhã também estão há a possibilidade de jogar In A Wicked Age/Solar System/SOTC, basicamente é um espaço mais livre de jogo ou se preferirem até podemos ficar só à conversa hehe.

Relembro que para além dos jogos anunciados eu pelo menos vou levar mais coisas, por isso se não arranjarem grupo de jogo não vão ficar de mãos a abanar.

"the drunks of the Red-Piss Legion refuse to be vanquished"

Me too.

Ah, mas eu também alinhava num Mouse Guard como jogador. Não faz mal, fica para Domingo. P

sopadorpg.wordpress.com - Um roleplayer entre Santarém e Almeirim
ideonauta.blogspot.com - Viajando pelos

sopadorpg.wordpress.com - Um roleplayer entre Setúbal e Almeirim
Ludonautas Podcast - Viajando, sem nos movermos, pelos mundos do RPG

Na altura decidimos melhor

Pois, eu também curtia experimentar o WFRPG. Podemos e fazer WFRPG sábado à tarde e depois MG no domingo à tarde, ou vice-versa de acordo com a disponibilidade da malta.

"the drunks of the Red-Piss Legion refuse to be vanquished"

Não há problema...

A necessidade de demonstrações a ocorrerem simultaneamente só deve acontecer no primeiro dia. No segundo dia podemos correr o WFRPG3 com menos pessoas.

sopadorpg.wordpress.com - Um roleplayer entre Santarém e Almeirim
ideonauta.blogspot.com - Viajando pelos

sopadorpg.wordpress.com - Um roleplayer entre Setúbal e Almeirim
Ludonautas Podcast - Viajando, sem nos movermos, pelos mundos do RPG

Sim senhor

Assim o faremos então.

"the drunks of the Red-Piss Legion refuse to be vanquished"

Sim, sim!

Eu corro Spirit of the Century cheio de pulp numa sessão para 3 jogadores que deve demorar 1h-1h30m quando quiserem!

sopadorpg.wordpress.com - Um roleplayer entre Santarém e Almeirim
ideonauta.blogspot.com - Viajando pelos

sopadorpg.wordpress.com - Um roleplayer entre Setúbal e Almeirim
Ludonautas Podcast - Viajando, sem nos movermos, pelos mundos do RPG

Domingo de manhã parece-me

Domingo de manhã parece-me bem hehe.

"the drunks of the Red-Piss Legion refuse to be vanquished"

é mais que fresco, é friiiiiiiiiiiiio :)

RedPissLegion escreveu:
Para a noite proponho o Rick Danger avançar com o Sangue-fresco e o Mariano com o Gheist (parece-me temático :p).

Parece-me bem e estou disponível para mais sessões com toda a gente que quiser experimentar. Até podem jogar sem mim, se quiserem ;)

 

Eu estou interessado

Em experimentar mouse guard, Warhammer e geist. D&D 4th n me parece haver muitos interessados, por isso n sei se vale a pena levar as coisas.

Bem...

É sempre bom haver alternativas mas se realmente estás mais afim de ir experimentar coisas novas é na boa. Eu por mim já disse que vou jogar pela primeira vez D&D 4e com vocês no TaquiCon em Março.

A nível pessoal (que não quero que incomode mais ninguém além de mim, a sério!) só estou preocupado acerca da possibilidade de aparecer mais gente para jogar do que a lotação de jogadores para cada mesa de jogo. Alguém tem sugestões?

sopadorpg.wordpress.com - Um roleplayer entre Santarém e Almeirim
ideonauta.blogspot.com - Viajando pelos

sopadorpg.wordpress.com - Um roleplayer entre Setúbal e Almeirim
Ludonautas Podcast - Viajando, sem nos movermos, pelos mundos do RPG

>tsk tsk<

Fiquei a saber hoje que marcaram provas de admissão para o estágio anual da Orquestra Juvenil (OJ.COM) exactamente para esse fim-de-semana! É cá em Aveiro e se falto bem posso dizer adeus a uma semana com tudo pago em Ponta Delgada...!
É com pena que me vejo obrigado a adiar a minha presença mais uma vez na LeiriaCon!

Mas quero lêr esses relatórios todos, hein!

Divirtam-se, pessoal!

____________________________________________

Just when you think you've learned the rules, someone revises them.

Chatice!

É compreensível e aceitável. Espero que as provas corram bem. :)

sopadorpg.wordpress.com - Um roleplayer entre Santarém e Almeirim
ideonauta.blogspot.com - Viajando pelos

sopadorpg.wordpress.com - Um roleplayer entre Setúbal e Almeirim
Ludonautas Podcast - Viajando, sem nos movermos, pelos mundos do RPG

Alas

Espero que te corra bem e que quando tiveres essa semana com tudo pago em Ponta Delgada te lembres de nós :p.

"the drunks of the Red-Piss Legion refuse to be vanquished"

A&8s

Quem tiver itneressado em ler, vou levar a minha coleção do Aces&Eights, o meu RPG de eleição de momento.

---- Behold the pain and sorrow of the world, Dream of a place away from this nightmare. Give us love and unity, under the heart of night. O Death, come near us, and give us life!

Ok.

Traz isso para darmos uma olhadela e falarmos um pouco dele.

sopadorpg.wordpress.com - Um roleplayer entre Santarém e Almeirim
ideonauta.blogspot.com - Viajando pelos

sopadorpg.wordpress.com - Um roleplayer entre Setúbal e Almeirim
Ludonautas Podcast - Viajando, sem nos movermos, pelos mundos do RPG

A lista dos participantes já está meio confusa...

A lista dos participantes e dos "slots" em que se vai jogar já está um pouco confusa. Vejo gente em jogos diferentes a ocorrerem à mesma hora, inclusive como Mestres numa mesa e jogador na outra.

Só para fazer um update do pessoal do grupo Tá Quinas. Nós vamos sair de Coimbra separados. O Tularis só vai poder chegar à LeiriaCon a meio da tarde de Sábado e não pode participar naquele "slot" de Sábado às 15h. Mas o resto vamos logo antes do almoço.

Eu pessoalmente estou interessado em Warhammer RPG, Mouseguard e Geist por esta ordem de preferência.

O nosso grupo são 7 pessoas e ficamos até domingo à noite. Sei também que o Kissing Crimson já tem uma cópia do Warhammer RPG e está ansioso por experimentar, mas não sei se ele vai trazer o jogo para a Con ou se está disponível para mestrar uma sessão.

Sugiro que criem mais slots de Warhammer RPG e de Mouseguard no domingo porque parecem ser os jogos com mais pessoal interessado...

 

Tens razão...

O que começou por ser apenas uma lista de jogos a correr e a inscrição de possíveis interessados transformou-se um pouco num programa com horas e tudo. Mea culpa!

Mas nada é definitivo mas sim apenas indicativo do interesse do pessoal. Eu vou hoje à noite e fico lá até às 18h-19h de Domingo. Claro que estou disponível para correr várias sessões nos dois dias.

Como não sei a que horas as pessoas chegam (nem se iam ficar de um dia para o outro!) não me atrevi a marcar sessões de manhã mas sempre tive isso em consideração. Há interesse para sessões cedinho? Já agora a que horas é que chegam, mesmo?

O que vou fazer é apagar as horas das sessões da spreadsheet pois no evento vamos ter à nossa disposição um quadro branco onde podemos marcar as sessões e as horas para todos verem depois de conferenciarmos no meet&greet não-oficial. De qualquer modo vou imprimir a folha de cálculo e dar preferência a quem lá está inscrito e a quem só pode num certo dia.

sopadorpg.wordpress.com - Um roleplayer entre Santarém e Almeirim
ideonauta.blogspot.com - Viajando pelos

sopadorpg.wordpress.com - Um roleplayer entre Setúbal e Almeirim
Ludonautas Podcast - Viajando, sem nos movermos, pelos mundos do RPG

horários e gente

Além disso, não se estava a marcar nada para Domingo quando acho que até há gente que só aparece nesse dia.

Da minha parte, não me meto em nenhuma das listas para jogar apesar de estar interessado em qualquer uma das guloseimas que estão na montra :) Além do meu jogo para jogar em qualquer altura, tenho ainda entrevistas a fazer e estou disponível para ajudar no que for preciso para o bom desenrolar do encontro.

 

Não nos pareceu que

Não nos pareceu que houvesse muita gente inscrita para Domingo, por isso estavamos a pensar fazer uma cena assim mais descontraida e jogar Capes, IaWA, SoTC e cenas assim.

Mas se há assim tanta malta interessada em Mouseguard e WFRPG que não pode ir (ou não "cabe") no Sábado, mais sessões desses jogos é na boa :)./

"the drunks of the Red-Piss Legion refuse to be vanquished"

De que precisas?

Apesar de tudo estou aqui para o que precisares. Especialmente para divulgar o Sangue-frio e participar do podcast (eh, eh!).

Vale a pena levar mais uma cópia do Sangue-frio e baralhos de cartas?

sopadorpg.wordpress.com - Um roleplayer entre Santarém e Almeirim
ideonauta.blogspot.com - Viajando pelos

sopadorpg.wordpress.com - Um roleplayer entre Setúbal e Almeirim
Ludonautas Podcast - Viajando, sem nos movermos, pelos mundos do RPG

material

jrmariano escreveu:
Vale a pena levar mais uma cópia do Sangue-frio e baralhos de cartas? 

Mais uma cópia dá sempre jeito, mas baralhos de cartas acho que levo suficientes, até dá para IaWA :)

 

Um encontro desencontrado...

Apesar de ainda estar a reflectir sobre o evento aqui ficam algumas das minhas impressões de como correu:

Em jeito de balanço correu mais ou menos. Tínhamos uma sala à parte e outras mordomias mas acabámos por estar bastante desencontrados (quer em horários quer em locais de jogo).
Apesar de termos feito uma lista de intenções relativamente ao que se queria ou se podia jogar essa não foi usada o que não ajudou nada à organização. O tentar encaixar qualquer jogador que apareça na hora não ajuda muito à dinâmica de grupo.

Por outro lado também não se conviveu muito num todo. Sei que houve pessoal que almoçou junto mas nunca conseguimos concentrar toda a gente no mesmo local. Realmente os boardgames ajudam a concentrar o pessoal num mesmo evento (obrigado LeiriaCon pelo convite e espectacular disponibilidade que mostraram este ano!) mas ajudam a dispersar bastante quem poderia estar mais participativo nos RPGs.

Por outro lado com poucos MJ e mesas de jogo, os tabuleiros ajudaram muito como alternativa a quem ficava de fora.

Pelo que sei jogou-se Spirit of the Century no Sábado de manhã, Mouse Guard e Warhammer de tarde. No outro dia jogou-se Warhammer de tarde. O Ricardo conseguiu correr várias sessões de Sangue-frio ao longo dos dois dias mas não registei todas.

Eu diverti-me bastante no Spirit de Sábado (obrigado Red, Susana e Rick Danger!) e no Warhammer de Domingo (obrigado Táquinas Dream Team!) mas fiquei com pena de não experimentar Mouse Guard e Geist.

Acho que sofri um pouco do "síndrome de DJ" (obrigado pela expressão, Luís Cavaco!) com a diferença que acho que não ajudei a organizar nada o que se revelou assim duplamente frustrante. Por mim acho que ou tenho que fazer espionagem "lúdica" no D&D Game Day do Taquinas ou que para próxima vou mais descontraído tentando jogar RPG com quem esteja interessado e disponível na hora, concentrando-me em jogos de roleplay mais casuais, como muitos dos boardgames que abundavam na LeiriaCon.

sopadorpg.wordpress.com - Um roleplayer entre Santarém e Almeirim
ideonauta.blogspot.com - Viajando pelos

sopadorpg.wordpress.com - Um roleplayer entre Setúbal e Almeirim
Ludonautas Podcast - Viajando, sem nos movermos, pelos mundos do RPG

Em termos gerais julgo que

Em termos gerais julgo que a Con correu bem , sendo que o encontro de roleplayers não foi excepção! Sendo um pouco mais analítico, acho que a sala separada para rpg´s foi uma boa ideia dado que um clima mais sossegado é mais vantajoso para jogar rpg. Mesmo assim ainda tivemos que ir para o bar jogar Mouse guard pois o espaço estava a minguar :)

Experimentei dois rpg´s: no sábado o RedPissLegion mestrou Mouseguard para mim, o Lord of Blades, o Kissing Crimson e o Tanuki e acho que falo por todos ao dizer que gostámos bastante da sessão. O sistema é simples o suficiente para ser um rpg gateway e complexo o suficiente para agradar a quem é mais batido nestas andanças. O setting é muito interessante com uma abordagem «Querida encolhi os Miúdos» (na escala herói-mundo)e o RPL fez um excelente trabalho a explicar o sistema e a correr a sessão. Já agora mando-lhe aqui um abraço!

No domingo o João Mariano correu o igualmente interessante Warhammer Fantasy Roleplaying Game. Desta feita o Tanuki ficou de fora e entrou o Tularis. Ainda que não tenha dado para correr a aventura até ao fim, deu para perceber como funciona o sistema de combate que me pareceu muito porreiro. Visto que estava habituado a jogar rpg´s com um sistema de combate com grelha de movimentação reticulado (D&d 4E) esta abordagem por áreas de proximidade num sentido mais lato foi inovador (para mim que não sou tenho uma experienicia assim tão vasta em rpg). Definitivamente vou querer repetir isto! O Mariano foi impecável a explicar como funcionava o sistema e gostei da minha primeira experiência enquanto PC na mesa dele (na LisboaCon não deu mas desta foi). Vemo-nos em Coimbra? :P

Deu também para conhecer finalmente o Rick Danger, embora não tenha tido muitas oportunidades para conversar com ele (ou tava ele a mestrar Sangue-Frio ou estávamos nós a jogar algo). Vamos ver se numa próxima Con ou Game Day dá para jogar com ele. De qualquer modo mando-lhe aqui também os meus cumprimentos. Aguardo o rescaldo no teu próximo podcast!

Concluindo, venha mais uma Leiria Con com cantinho RPG para o ano que vem que eu lá estarei!

Gostei bastante deste

Gostei bastante deste encontro, tanto a nível de boardgames mas, especialmente de RPGs.

Pontos positivos a nível pessoal:
- Conhecer o pessoal de Coimbra, vocês são uns porreiros;
- Voltar a ver e jogar com o Rick Danger, acho que a última vez que nos encontramos foi em Lisboa para jogar Mortal Coil, à o quê... dois anos atrás?
- Voltar finalmente a jogar com o Mariano!!;

Pontos positivos a nível de jogo:
- Gostei muito daquela sessão de Spirit Of The Century no Sábado de manhã com o Mariano, Susana e o Rick D., já tinha saudades deste jogo;
- Jogar Mouseguard com o pessoal de Coimbra, apesar de ainda não ter muitas mecânicas presentes na cabeça e de querer ter jogado mais um bocado, julgo que a experiência correu muito bem;
- Experimentar o Sangue-frio com a Susana e o Rick D., apesar de só termos jogado uma hora, achei que o jogo tem um bom potencial para histórias interessantes dentro do tema (vampiros), o que é raro.

Pontos negativos a nível de jogo:
- Desencontro no jantar de Sábado. Começamos bem com uma sessão no Sábado de manhã e depois à tarde, mas quando foi a hora do jantar desencontramo-nos um bocado o que não permitiu reunir o pessoal todo dos RPGs para um momento de convívio e troca de experiências. Para além disso acho que cortou também um bocado o ritmo para se jogar no Sábado à noite (eu arranjava maneira de te convencer Mariano hehe) e curiosamente para o Domingo de manhã, que também podia ter sido aproveitado;
- Não me ter organizado melhor com o Rick D. para jogar Sangue-frio durante mais tempo e ter tempo para uma pequena sessão de feedback do jogo mais construtiva e com mais experiência do mesmo;
- Não ter jogado In a Wicked Age com a Susana como tinha prometido, tive que dormir no sofá depois :p

Pontos a melhorar para a próxima Con:
- Manter o ritmo de jogo e evitar as quebras, a minha ideia para estas convenções é conseguir jogar no Sábado de manhã, tarde e noite, Domingo de manhã e tarde;
- Garantir os jogos pré-marcados (neste caso falhou, para mim) o Sangue-frio e o Geist e em particular as mesas do mesmo, como os boardgamers tinham por exemplo para o Aljusbarrota, onde havia uma mesa marcada com um mini-poster do mesmo;
- Deixar mais espaço para os jogos não marcados, não só termos de tempo mas também de jogadores, para tentar apelar a pessoas que queiram "entrar a meio";
- Tentar que haja mais GMs, isso por si trás mais jogos e possivelmente mais flexibilidade em termos de "o que vamos fazer a seguir"

De momento não me lembro de mais nada, sugestões?

"the drunks of the Red-Piss Legion refuse to be vanquished"

algumas fotos do telemóvel

 

encontros e desencontros

Como sempre, fiquei muito contente de voltar a jogar com o jrmariano e o Red e de ver a malta toda do TáQuinas a bombar no Mouse Guard e no Warhammer. Gostei também de conhecer a Susana, o Gustavo, de falar com o MGBM em pessoa sobre Aces&Eights e de encontrar o Bornsleepy a jogar roleplay Happy

Gostei de tudo o que joguei, com destaque para o Spirit of the Century que assim subiu na minha lista de RPGs a mestrar. As duas sessões de Sangue-Frio foram excelentes para obter feedback e para rapidamente ver surgir histórias com bastante potencial.

Da minha parte, a minha disponibilidade foi afectada por algumas condicionantes logísticas, nomeadamente de estar fora da Quinta e depender de boleias. Também aconteceu eu já ter comprado uma senha para jantar quando soube que o Diogo e os Quinados iam comer fora. Finalmente, passei o dia com uma dor de barriga (era suposto ter lavado as maçãs antes de as comer Tongue out) que levou a que já não estivesse na melhor das disposições para jogar de madrugada.

O encontro correspondeu ás minhas expectativas, mas fiquei com pena de, mais uma vez, não ter conseguido jogar com os Quinados de Coimbra. Também gostaria de ter tido tempo para entrevistar alguém para o podcast, nomeadamente o jrmariano para que ele me impedisse de dizer barbaridades sobre WFR no episódio de rescaldo Laughing

No cômputo geral, foi bom. Para a próxima, temos de nos aperceber mais cedo que, se um encontro não se destina propriamente a receber novos roleplayers, deve priveligiar o convívio entre nós que acabamos sempre por ser poucos comparados à quantidade de boardgamers que enchem as Cons - e a verdade é que todos nós gravitamos na direcção dos jogos de tabuleiro, com um inevitável cruzamento de interesses e de compromissos.

 

e para o futuro?

Eu e o João ainda falamos mais um pouco sobre isto no último Jogador-Sonhador, mas acho que, além dos comentários sobre o grande evento que se passou, este tópico ainda pode ser aproveitado para um devido balanço para o futuro.

Corrijam-me se estiver enganado, mas, feitas as contas de memória, este Encontro Nacional teve 6 sessões de jogo feitas por 3 mestres-jogo para um total de 15 participantes e 4 RPGs diferentes, certo?

Que mais ideias podem ser postas em práctica para que, numa próxima ocasião, estes números cresçam? Que outras coisas podemos fazer além de sessões de jogo para que as pessoas se encontrem?

Entretanto, queria só deixar mais alguns pontos descritivos, até para informação de quem não pôde comparecer ao Encontro:

  • Para jogar, tínhamos uma sala com condições excepcionais localizada num primeiro andar anexo à sala onde decorreu o LeiriaCon.
  • Essa sala foi preenchida pelos muitos boardgamers que necessitaram de uma mesa para jogar a partir do início da tarde de Sábado. Nessa altura, eu e o João já tínhamos começado as nossas sessões, mas o Diogo precisou de encontrar outro sítio para a sessão de Mouse Guard. Só por acaso é que acabei por descobri-los já ao fim-da-tarde a jogar no bar.
  • Na LeiriaCon, estiveram presentes várias pessoas que jogam RPGs, mas que optaram por jogar apenas boardgames durante o fim-de-semana todo.
  • Durante o mês de Janeiro, o Encontro foi extensamente publicitado pelo jrmariano em tudo o que é internet em português, contando com o belo cartaz que vemos acima.

 

Sim, pelas minhas contas as

Sim, pelas minhas contas as tuas contas estão certas :) 4 rpg´s jogados, 3 gamemasters e à volta de 15 participantes pelo que me apercebi no local e pelas fotos.

É natural que os jogadores tenham tendência de querer optar por boardgames em detrimento dos rpg´s neste tipo de eventos, sendo à partida menos «time consuming».Daí ser sempre mais complicado reunir os roleplayers num mesmo espaço. A falta de gm´s pode realmente condicionar a quantidade de sessões, mas no caso concreto da LeiriaCon, não me parece que tenha acontecido. Quem queria jogar acabou por jogar e não me apercebi de ninguém que ficasse sem grupo. Ter mesas exclusivas de rpg parece--me um passo em frente para evitar que tenhamos que recorrer a outros locais(como na sessão de Mouseguard).Acho preferível ter os roleplayers perto uns dos outros para fomentar o convívio.

Para fazer crescer o número de participantes, julgo que passa por iniciativas como o «Quest» que o João Mariano realizou ao publicitar o encontro em tudo o que era sítio, desde o Abreojogo até ao Paragons! Os blogs com influência local devem tentar também chegar aos seus grupos e informá-los do que se anda a passar nas Cons para haver maior mobilização. Colocar no abreojogo, nos blogs e mencionar em podcasts reports de sessões pode ser útil para alimentar a curiosidade daqueles que não sabem bem o que são isto dos rpg´s.

Não sei se mudar o foco exclusivamente para os que já jogam reforça necessariamente a nossa pequena comunidade;também não me pareça que seja útil haver um investimento muito grande nos novos jogadores pois raramente são em número suficiente que assim o justifique.Encaro estas Cons como oportunidades de experimentar sistemas de rpg e boardgames que nunca joguei e nesse aspecto saí da LeiriaCon a ganhar. Dificilmente dá para fazer muito mais do que experimentar jogos novos (como no meu caso) ou dar a conhecer jogos que nos entusiasmam (como o RedPissLegion e o Mariano em Leiria e o pessoal do Tá Quinas nos Game Days) ou ainda apresentar novos trabalhos( como o Rick com o Sangue Frio) num período de tempo tão curto. Empenhemo-nos em divulgar ainda mais, mostrar porque nos entusiasma o hobby e «chatearmos» mais um amigo que nunca tenha jogado rpg para jogar ou assistir a uma campanha que estejamos a correr . Feito isso, criam-se mais adeptos destes jogos e potenciais visitantes entusiastas destres encontros nas Cons.

That´s my 2 cents anyway, gostava de ler mais opiniões obviamente...de preferência menos ensonadas que eu,heh.