o blogue de The_Watcher

Lesionado! a lançar dados...

É tão triste que até me custa contar. É daquelas coisas que o pessoal pensa sempre que acontece aos outros, ou então nem acontece mesmo, de tão improvável que é! Mas aconteceu-me a mim, e tive 4 testemunhas, que ficaram tão abismados quanto eu.

Estava eu a fazer o primeiro, primeiríssimo e único até à altura, roll da campanha de L5R nova para a qual fui convidado, quando um tendão do meu pulso direito se queixou de maneira fulminante. Ainda os dados não tinha saido todos da minha mão, já eu tinha recebido a mensagem. Era como se algo se tivesse rasgado num micro-segundo, e o meu cérebro estivesse exactamente ao lado da lesão para receber a dor ainda mais depressa. OK, tou a exagerar, doeu, eu disse "au" várias vezes mas depois passou. Agora é uma lembrança passada que de vez em quando aparece a dizer 'olá!'. Estranhamente, só quando rolo dados...

Finalmente o meu Requiem!

Depois de muito tempo, consegui começar as sessões de Vampire: the Requiem por que tanto ansiei. Coloquei uma lista para inscrições no meu local habitual de jogo (GEST no IST) e passado uma semana tinha 5 pessoas que podiam jogar às 4ªs feiras à tarde. Na semana seguinte reunimo-nos e fizemos a sessão introdutória de criação de personagens e 1ª imersão no mundo. Ficou assim:

Alguma luz

Foi só na noite passada, enquanto respondia a dois tópicos contundentes, que me apercebi de uma das principais causas do meu desalento. Tenho andado a jogar coisas que são do meu agrado, mas a maneira como se joga tem mudado muito, de uma maneira gradual e imperceptível. Cheguei a esta conclusão depois de ler este tópico, mas a princípio não lhe liguei muito.

Restaurando a magia

Esta é a história de uma campanha que nasceu de um vibe muito estranho que eu tive há alguns anos atrás (1 ou 2, não me lembro ao certo). Um dia à noite meti-me na cama sem sono e começei a desenvolver na minha cabeça uma história. 15 minutos depois levantei-me para a começar a escrever. 2 horas depois tinha-a os traços gerais completos, incluindo o país onde se passava a aventura. Isto para mim foi muito estranho porque nessa altura comia, bebia e respirava Vampire: the Masquerade, e esta era uma campanha de D&D.

O jogador com vontade de ser ST

Este não é um post sobre mim, mas sobre 1 amigo meu, iniciado em VtM que tem vontade de jogar até fartar. Como os seus dias não são muito ocupados, decidiu dedicar-se a criar campanhas e histórias, que até têm sempre gente para jogar. O problema é que passadas algumas sessões (a média é 5), os jogadores fartam-se das situações e sabotam o jogo até ele desistir de fazer as campanhas.

Crónicas de um ST desalentado

Olá pessoal!
Chamo-me Joaquim e com este 1º post no meu blog me chego á frente e me apresento como um Storyteller desalentado com o meu vício. A vontade para jogar é bastante, mas a disponibilidade e situação é que não são as melhores. Sempre gostei de RPGs, mas nos últimos tempos têm-se tornado monótonos e repetitivos. Espero encontrar novo alento com esta comunidade que não esperava encontrar, e que este 'abrir de novos horizontes' me traga a mim e ás minhas histórias um novo fogo para que sejam ainda melhores.