Cenário de jogo

Estamos em janeiro de 1940, cidade de São Paulo, Brasil. O mundo vive um período de incertezas e grande tensão.

Na ásia, as forças japonesas, após consolidarem seu domínio sobre a China (1937-1938), avançam por sobre as nações menores, criando um vasto império (China, Indochina, Indonésia, Malásia, Filipinas e Birmânia), apoiados por uma poderosa armada e um exército sanguinário e sem medos. A expansão japonesa preocupa sobremaneira a Inglaterra, que vê sua antiga colônia, a Austrália, tremendamente ameaçada pelo avanço nipônico.

Na Europa a situação não é menos tensa, com os recentes acontecimentos protagonizados pela Alemanha. Após anexar, de forma pacífica, a Áustria (1938), os germânicos reivindicaram a anexação do território de Sudetos (1938), uma região montanhosa germânica que fora anexada a Checoslováquia após a primeira guerra mundial. Em uma conferência internacional para tratar o assunto, ingleses e franceses cederam às vontades de Hitler, com o intuito de evitar uma guerra que parecia iminente. De pouco adiantou, pois no dia primeiro de setembro de 1939 o exército alemão lança uma ofensiva surpresa contra a Polônia com o intuito de reaver territórios perdidos na primeira guerra. Para assombro de toda a Europa, a invasão foi concluída em menos de um mês, com pouquíssimas baixas do lado Alemão. Inglaterra e França declaram guerra a Alemanha enquanto a União Soviética aplaude o movimento germânico e lança mão do Pacto Molotov-Ribbentrop para declarar guerra a Finlândia. A Italia se declara neutra.

No Brasil o governo Getúlio Vargas entra no seu quarto ano, consolidando o poder obtido através de um golpe de estado realizado em 1937, supostamente para conter o avanço comunista no país. Em São Paulo, o governo do estado está nas mãos de um interventor federal, Adhemar Pereira de Barros, escolhido por Getúlio para vigiar o estado rebelde, que ainda se recente da derrota para o próprio Getúlio durante a revolução de 32. O governo municipal é de responsabilidade de Francisco Prestes Maia, indicado pelo interventor federal, ele elabora um grande plano de urbanismo para a cidade, dando inicio a execução de grandes obras, como a construção do Estádio Municipal da Prefeitura, das avenidas Duque de Caxias, Nove de Julho, Ipiranga, Conceição, Vieira de Carvalho, São Luís, Anhangabaú, as praças Roosevelt e Clóvis Beviláqua, autódromo de Interlagos, hipódromo da Cidade Jardim a ponte das Bandeiras, a Biblioteca Municipal, a Galeria Prestes Maia e alguns viadutos com exceção dos de Santa Ifigênia e do Chá.

Vivem na cidade de São Paulo cerca de 1.300.000 pessoas, de diversas nacionalidades e credos.