15º Encontro Mensal de Roleplayers de Lisboa

Retrato de jrmariano
2012-05-12 14:00
Local: 

Alvaláxia Shopping e Lazer - Complexo XXI (no 1º piso, em frente à Cervejaria Nacional [que fica "por cima" da Loja Verde])

No próximo dia 12 de maio, o grupo de Roleplayers do Lisboa vai encontrar-se para jogar e conviver. Estes encontros são abertos a todos os que se queiram juntar, sem necessidade de trazer qualquer jogo ou de ter qualquer experiência prévia com RPGs. Não há inscrições nem é preciso pagar nada, basta aparecer. Esta é uma oportunidade para jogar RPGs, fazer novas amizades e passar um bom bocado. O encontro começa a partir das 14:00) durando a tarde toda e podendo eventualmente estender-se até à noite. 
 

Se entretanto quiseres saber mais sobre o que são os Roleplaying Games, visita esta secção do AbreoJogo. Se tiveres qualquer dúvida ou problema em chegar até ao local (mapa do Google), não hesites em perguntar aqui ou enviar mensagem pelo contactos João MarianoDiogo Curado ou Henrique Soares. O espaço onde estes eventos se realizam é privado e cedido para o efeito, pelo que desde já aqui ficam os nossos agradecimentos.

Opções de visualização dos comentários

Seleccione a sua forma preferida de visualização de comentários e clique "Gravar configuração" para activar as suas alterações.

Que versão se costuma jogar?

Boas manhãs/tardes/noites

 

Gostaria de perguntar que versão de D&D costumam jogar e de Vampire, jogam WOD? e Dark Ages?

Olá Luís! Temos tido

Olá Luís!
Temos tido algumas jogatanas de D&D nos encontros, principalmente 4ª edição. Há a hipótese de no próximo encontro se trazer D&D velha escola, nomeadamente AD&D. :)

O último encontro que fizemos foi um encontro temático chamado "Vampire Weekend: Lisboa" onde celebrámos o 20º Aniversário de Vampire: the Masquerade. Tivemos 3 mesas de Masquerade ao mesmo tempo e foi porreiro.

Por acaso nos nossos encontros temos tido de vez em quando uma mesa de Masquerade mas nunca de Dark Ages. Eu por mim sou um grande fã de Dark Ages e não me importava de trazer o jogo a um dos encontros. Só preciso de encontrar algo que fosse correr em formato "one-shot". :)

De qualquer modo mesmo que te interessem especificamente esses jogos de que falaste convido-te a aparecer. Será de certeza uma boa maneira de experimentares jogos diferentes e de conviveres com pessoal novo. Além do mais provavelmente conhecerás pessoal que te possa ajudar nas tuas andanças no RPG ou até que forme um grupo contigo. :)

sopadorpg.wordpress.com - Um roleplayer entre Setúbal e Almeirim
Ludonautas Podcast - Viajando, sem nos movermos, pelos mundos do RPG

Obrigado pela resposta

Obrigado pela resposta rápida e elucidativa, o meu interesse maior é (re)iniciar-me no RPG tabletop pois só fiz umas 5-6 sessões de Vampire há já uns anos, D&D só por PbP. a minha pergunta acerca das versões era só para me ir adiantando a ver os livros, pois tenho alguns em formato PDF.

Tenho o phb de AD&D, de v3.5 e 4th edition em papel, de Vampire só em PDF. Espero poder ir ao encontro no Sábado.

Agenda para Sábado

Olá a todos!

Ora para este Sábado propunha a seguinte agenda:    :)

 

14h30 - Mesa Rendonda: Game-Mastering

Para o início do encontro, para aquela hora em que o pessoal ainda está a chegar, propunha uma ideia que já tínhamos falado e que era fazer-se uma mesa redonda informal, uma espécie de espaço para conversa informal sobre temas diversos, e falou-se que um tema interessante para começar (apesar de não ser a primeira vez que temos tertúlias e conversas informais nos encontros; no encontro passado falou-se bastante sobre o contexto do RPG Vampire) seria sobre a temática de ser mestre-de-jogo, ou de correr um jogo para um grupo. Que dificuldades? Que ideias para começar? Que sugestões de jogos fáceis para pegar pela primeira vez? Experiências que já tenhamos tido? Etc.

 

15h30 - Operation: Blackbird (gamemaster: Henrique Soares)

Para a sessão da tarde vou correr o Operation: Blackbird, um jogo de agentes secretos muito ao estilo do James Bond ou Mission: Impossible, em que os agentes têm que impedir uma organização secreta de levar a cabo um plano maquiavélico.

Um jogo simples que não requer experiência prévia com roleplaying games, e baseado no sistema de Lady Blackbird. Para 3 a 5 jogadores (mais um mestre-de-jogo).

 

21h30 - We Are All Here To See The Evil Wizard Kormakor (facilitator: Henrique Soares)

Depois de uma pausa para se jantar, vou correr um jogo protótipo meio experimental, sem gamemaster e sem dados, e que envolve um pouco de teatro improvisado. Não o sei ainda descrever lá muito bem mas será uma experiência.

Para 4 a 6 jogadores (sem mestre-de-jogo)

 

Que mais ou outras sugestões têm (ara este ou para próximos encontros...)?

Quem está a contar vir a este encontro?

E de resto, mais alguém está a fim de correr algum jogo?

 

Levo outros jogos também, para quem lhes quiser pegar e correr, nomeadamente FiascoLady Blackbird e Dragon Age (quickstart).

 

Um abraço e até breve!

Henrique

15h30 - Jedi Blackbird

Entretanto, continuando a programação para o Encontro de amanhã,

 

15h30 - Jedi Blackbird (Gamemaster: Jorge Lima)

Numa segunda mesa do "turno" da tarde o Jorge Lima vai correr o Jedi Blackbird, um jogo de aventuras passado no universo de Star Wars no qual três jedis e um guia têm de encontrar um jedi renegado procurado pelo Jedi Council para julgamento.

Não requer experiência prévia com roleplaying games. Baseado no sistema de Lady Blackbird. Para 4 jogadores mais mestre-de-jogo.

 

Quem se inscreve?   :)

Confirmar local

Peço só que confimem o local, porque na descrição está o Alvaláxia e no link tá a Estefânia.

Amanhã passo por Lisboa e se tiver tempo dou aí uma saltada para matar saudades do ambiente de RPGs ;)

È no Alvaláxia. Já

È no Alvaláxia. Já corrigi a ligação. Peço desculpa pela confusão.

sopadorpg.wordpress.com - Um roleplayer entre Setúbal e Almeirim
Ludonautas Podcast - Viajando, sem nos movermos, pelos mundos do RPG

Location, Location

O local é no Alvaláxia sim, o Mariano deve ter feito copy+paste do texto de um evento anterior que era no AlCafé. Tongue out

Aparece para matares as saudades dos bons tempos de roleplay. Happy

Hmm... "The Watcher".... "Joaquim"... não estarei a falar com o lendário J-3 pois não? Wink

~Nuno Carreira / Strilar (* Boardgamer * Roleplaygamer * Cardgamer * Onlinegamer * Geek * L5R GM *)

Pode ter sido visita de

wink

Pode ter sido visita de médico, mas deu para matar saudades. Peço mais uma vez desculpa por ter saido mais cedo, espero que os nobres Jedis tenham conseguido terminar a sua missão após me terem perdido.

Correu bem mesmo assim

Depois do teu sacrifício heroico a proteger o jedi consular dos guardas do consortium de hutts, teve de ser o coitado do padawan a resolver tudo sozinho... mas safámo-nos bem mesmo assim.

Notas sobre o encontro

Enquanto o Henrique não apresenta um relatório mais completo, as minhas impressões pessoais:

Como já foi dito, o encontro começou ligeiramente atrasado. Eu cheguei ao mesmo tempo que o Henrique, aí pelas 14h40. Imponderáveis. Mas também é verdade que a ideia era que entre as 14h30 e as 15h00 fosse tempo de rassemblement, só então se começando os jogos propriamente ditos. Pessoal, quem chega cedo tem mesmo de relaxar e esperar um pouco. Quase depois de nós chegarmos o pessoal começou a aparecer.

O ponto de partida às 14h30 estava para ser uma mesa redonda sobre mestrar. Acabou por não se realizar pois só faz sentido com vários MJs, ora só lá estava eu e o Henrique. Fica para o próximo mês, espero.

Em sua substituição avancei com um playtest das regras de criação de personagens do jogo que tenho neste momento em maquete. Criaram-se três personagens inspirados em Game of Trones, um universo que, por sinal, não conheço pois não li os livros nem vi a série. Pelo meu lado isso é indiferente pois o que me interessava era saber se o sistema dá para criar personagens de rpg interessantes, mais do que emular um universo específico. Parece-me que sim, mas vou ter de olhar melhor para o pacote de regras, há ali coisas a corrigir. Se tudo correr bem, em junho faço um playtest de jogo a sério.

Depois estive na mesa do tal Espiões Blackbird. É a minha segunda experiência com o LBB, a primeira em que o cenário foi até ao fim. O jogo correu bem mas faltava alguma ligação entre personagens para poder ter corrido melhor. E o sistema de jogo torna-se por vezes demasiado pesado - demasiado tempo a somar dados, quer dizer, identificar palavras chave para aplicar no contexto. O jogo começou cerca das 4h30 e foi até às 10h.

Com tudo isto foi tempo de comida rápida. Uma das vantagens do locar é que não se perde tempo com refeições.

Seguiu-se um teste de um jogo experimental do baú do Henrique. Não lhe fixei o nome, diga-se de passagem. Tem ideias interessantes mas ainda está muito longe de ser um jogo jogável. Ou seja, fomos perdendo imenso tempo a interpretar as regras (esqueléticas) ou a definir coisas indefinidas. Acabámos lá para as 2h da manhã...

E pelo meio a sempre simpática rapaziada do Sporting passou por ali em grande número para nos manifestar o seu apreço pelo nosso hóbi. E o próprio Sporting aderiu ao 15º encontro dando 3-1 ao Braga. (O árbito, como é típico dos monstros dessa classe, deu um ar da sua graça e um golo ao Braga.)

Sérgio