Wargames e Afins, Quem joga?

Coisas como Third Reich, Europe Engulfed, Paths of Glory, Shifting Sands, Advanced Squad Leader, Great War at Sea, Bonaparte at Marengo, Saganami Island Tactical Simulator, Three Days of Gettysburg, War Galley, etc etc? Tou mesmo a falar dos de hex and counter, CDG's e afins. Os hardcore! Daqueles que arrepiam e fazem crescer pêlo no peito e encaracolar as unhas dos pés só de olhar para eles!! Ao pé destes os jogos de miniaturas são p'ra rapazolas, os boardgames p'ra crianças!! Quem é que joga?

Manuel Pombeiro
A.K.A. Firepigeon
LUDO ERGO SUM

Opções de visualização dos comentários

Seleccione a sua forma preferida de visualização de comentários e clique "Gravar configuração" para activar as suas alterações.

Tenho alguns...

Eu tenho o Hannibal: Rome vs Carthague, que já joguei umas 4 ou 5 vezes e gostei imenso! Aliás, ando a ver se o consigo jogar outra vez durante esta semana! Tirando isso, as coisas mais parecidas com wargames que tenho (mas não são wargames) é o wallenstein (muito giro, por ser um jogo de equilibrios), o byzantium (ainda não joguei, mas é promissor) e o Ende des Triumvirats (que recomendo vivamente!).

Ando a considerar a hipótese de avançar para o Bonaparte at Marengo (o jogo parece inovador e giro), o Rommel in the desert ou até o Europe Engulfed (a 2ª guerra mundial é um tema que me agrada bastante), mas até agora faltou essencialmente orçamento. :)

Wargames

Viva,

Wargames só tenho da Columbia o Hammer of the Scots e o Rommel in the Desert que vem a caminho. O problema não é tê-los, é ter com quem jogar.

Se alguem quiser experimentar algum deles via net podemos tentar usar o Vassal ou o Cyberboard (nao tenho experiencia com nenhum).

O Bonaparte at Marengo é lindissimo e dá uma vontade incrivel de o comprar só para olhar para o tabuleiro :)

Um abraço

Olá Mário! Se quiseres

Olá Mário!

Se quiseres jogar, sou adepto de jogos online! Possuo ambos os jogos, mas também ainda não joguei nenhum (nem li as regras). Preferia jogar o Rommel por causa do tema, mas por outro lado o Hammer deve aprender-se mais facilmente (8 páginas de regras contra 20).

De resto, preferia também usar o Vassal (com o qual já tenho alguma experiência em PBEMs de Twilight Struggle e Target Arnhem), e queria usá-lo para jogar em real-time (coisa que o Cyberboard não permite) se fosse possível. Marcava-se um dia e uma hora, e jogava-se durante o tempo que desse. Por e-mail não tem tanta graça e pode não ser bom formato (por exemplo, naqueles jogos em que um adversário pode interromper a jogada do outro é uma chatice). Se quiseres, apita!

De momento estou a embrulhar-me nas 40 páginas do manual de The Burning Blue, que tenho um jogo online marcado para daqui a uma semana com um Irlandês, mas depois disso posso atirar-me ao Hammer ou ao Rommel.

Hammer of the Scots

A partir do dia 8 se pretenderes marcar um jogo chuta aí!!

Manuel Pombeiro
a.k.a.Firepigeon
LUDO ERGO SUM

Últimas jogatinas:

Negating the unforeseeable is utterly unrealistic, and scrambling to deal with problems is indeed a game skill.

Bom, eu compro-os mais do

Bom, eu compro-os mais do que os jogo, à semelhança dos RPGs e Boardgames; o meu tempo vai-me dando para muita coisa, mas ainda não dá para tudo ao mesmo tempo, eheh. Tenho uma colecção relativamente vasta, mas em termos de experiência prática considero-me quase um novato.

A guerra sempre me fascinou, e desde os tempos do Spectrum 48K que estes jogos (tanto wargames como simuladores, especialmente de vôo) me têm atraído. Mesmo depois de um amigo meu, o JPN aqui do portal, me ter introduzido aos RPGs, quando fui com ele à antiga loja Imperium em Lisboa para comprar o meu primeiro RPG, acabei foi é por comprar o meu primeiro wargame, o BattleForce. Foi a minha introdução ao universo do Battletech.

Os meus temas/períodos favoritos são: 2a Guerra Mundial, Aviação Militar, Batalhas Navais, e Combates no Espaço Sideral! As batalhas da antiguidade também me interessam, pela natureza dos encontros (em campo aberto, com a movimentação das formações a desempenhar um papel tão crucial), mas nunca li muito sobre o assunto.

Agora que há um espaço tão fixe como a Runadrake e que conheci tantos potenciais parceiros de jogo, espero por fim começar a jogar a mais nesta área! Não há muitos wargames que eu possa jogar assim de um dia para o outro (mesmo a maioria dos que tenho ainda não li as regras), de modo que tenho de começar por coisas relativamente rápidas de absorver.

ricmadeira wrote: Agora

ricmadeira escreveu:

Agora que há um espaço tão fixe como a Runadrake

Desculpa lá mas não é a única!!! Parece que antes não existiam outras lojas!!! LOL!! Qts vezes é q convidei o ppl a aparecer por outros lados?

Manuel Pombeiro
a.k.a.Firepigeon
LUDO ERGO SUM

Últimas jogatinas:

Negating the unforeseeable is utterly unrealistic, and scrambling to deal with problems is indeed a game skill.

Eheh, sim claro, não queria

Eheh, sim claro, não queria menosprezar os outros espaços que por aí há/houve. É que eu sou esquisito. Detesto, detesto, detesto Lisboa; detesto deslocar-me a Lisboa, para o meio de tanto trânsito e confusão e falta de estacionamento, para jogar algo que poderia jogar em minha casa ou na de um amigo daqui. Das poucas lojas/clubes que conheci nestes 15 anos, nenhum me atraiu. Mesmo quando fomos à Magic Meck, mais para os meus lados, não fiquei particularmente fã... só lá fui duas vezes, ambas por causa de eventos marcados aqui no site.

Agora esta nova loja... fica ali num sítio tão pacato que quase parece o sítio onde morei toda a vida, é arejada, espaçosa e bem-iluminada, e há sempre onde estacionar (paga-se, mas prefiro isso a stressar à procura de um lugar); tão bom ou melhor do que isso, conheço bem os donos e boa parte das caras habituais. A jogar, lá sinto-me mais em casa do que na minha própria casa. Aquilo ainda não abriu há três semanas e já lá fui meia-dúzia de vezes, o que é mais vezes do que já entrei em qualquer outra loja excepto a Devir (onde durante algum tempo tivémos os nossos encontros mensais). Até já lá gastei bom dinheiro, eu que desde há mais de 10 anos quando o meu círculo de amigos descobriu a Leisure Games e o Fax (e depois outra lojas e a internet), nunca tornei a gastar mais do que trocos em lojas Portuguesas. Enfim... estou completamente enamorado com a loja. Se fosse minha, não conseguiria gostar mais dela!

Sinto o mesmo que tu

Sinto o mesmo que tu Ricardo.

Até fiquei com um contacto mais pessoal com muita da malta daqui do portal. Sinceramente tenho de dar os parabens ao Phill e Regina por fazerem um espaço com tão bom ambiente. Desde que aquilo abriu so em dois dias não dei lá um saltinho, e amanha munido de um deck de Vampire lá estarei de novo.

Agora só para meter nojo, hoje tive la a ver o carregamento de 300kg de Boardgames :D

Para o pessoal que queira

Para o pessoal que queira saber, chegou, no meio dos tais 300 kilos,  o vencedor do melhor Jogo Histórico pela Game Magazine, o "Friederich".

Achei que iam gostar de saber :P

 Beijos,

Regina

Runadrake's Colosseum Romae

Wargames

Podes contar comigo para qualquer jogo, apesar de nunca ter jogado nenhum.
Sou mais virado para a antiguidade e napoleónicas, mas qualquer batalha será disputada com prazer.
Quando e onde quiseres.

 

Hoy, :) Firepigeon

Hoy, :)

Firepigeon escreveu:

Advanced Squad Leader [...] Quem é que joga?

Presente.

Cheers,
J.

ENCONTRO

E que tal um encontro mensal para wargames?

Gonçalo Moura wrote:E

Gonçalo Moura escreveu:

E que tal um encontro mensal para wargames?

É uma óptima ideia! Talvez não uma daquelas cenas "todas as primeiras sextas-feiras do mês" e tal; como ainda somos tão poucos, se há dois de nós que não podem vir, lá se vai metade da coisa, eheh. O que acho que podemos fazer é ir combinando pontualmente umas noites temáticas (conforme a disponibilidade do pessoal disposto a trazer os jogos e a ensiná-los) e aparecermos nos encontros dos boardgamers para jogar o que nos apetecer (boardgames ou wargames).

No entanto, antecipo aqui um pequeno problema. Não sei até que ponto é possível ensinar um destes jogos e depois jogá-los; primeiro, porque costumam ter, sei lá, 20 páginas de regras em texto corrido, e depois porque demoram muitas horas. Felizmente há as excepções (Memoir '44, Commands & Colors: Ancients, e mais alguns), mas aqueles wargames mais extensos possivelmente exigem que o pessoal pelo menos tente ler as regras em casa antes de ir jogar... não sei, digo eu, que não tenho grande experiência também; lá por terem 20 páginas de regras não quer dizer que aquilo não se leia bem, ou que para jogar os cenários de batalha mais simples não baste ler só 2 páginas. Lembro-me do Battletech que eu jogava muito na minha juventude, e que tinha um manual de tamanho respeitável, mas que se ensinava a jogar em poucos minutos.

Vamos abrir outro tópico e marcar umas batalhas? :)

REGRAS

Não sei se as regras dos jogos mais "pesados" se conseguem obter na internet, mas se sim sempre se pode fazer uma leitura prévia antes dos encontros. Caso não haja, se houver a possibilidade do dono do jogo fazer um scan e disponibilizá-las aqui ou por mail já seria óptimo. A velha tática da fotocopiadora tb é de considerar...
Se calhar o melhor é combinar um dia e os novatos jogarem os jogos mais "leves" enquanto o pessoal mais experiente joga jogos mais "pesados". Assim sempre dá para jogar e aprender.

Esta e a outra semana estou de férias, por isso estou bastante disponível para ler regras e experimentar jogos.

 

Bolas

Esta semana e a próxima vou andar às aranhas, com uma data de cenaitas a fazer. Mas talvez dê pra encaixar qq coisa!!!

Manuel Pombeiro
a.k.a.Firepigeon
LUDO ERGO SUM

Últimas jogatinas:

Negating the unforeseeable is utterly unrealistic, and scrambling to deal with problems is indeed a game skill.

Gonçalo Moura wrote: Não

Gonçalo Moura escreveu:

Não sei se as regras dos jogos mais "pesados" se conseguem obter na internet, mas se sim sempre se pode fazer uma leitura prévia antes dos encontros. Caso não haja, se houver a possibilidade do dono do jogo fazer um scan e disponibilizá-las aqui ou por mail já seria óptimo. A velha tática da fotocopiadora tb é de considerar...

Na maioria dos casos não costuma ser problema. Como estamos a falar de regras extensas, cheias de excepções, que passaram por um playtest quass sempre insuficiente para tanta possibilidade, as editoras costumam disponibilizar na internet versões sucessivamente actualizadas e corrigidas das regras (as chamadas "Living Rules"), para o pessoal imprimir e substituir as que vêm dentro da caixa.

A Tentação

ricmadeira escreveu:

Vamos abrir outro tópico e marcar umas batalhas?

Crutia bué começar a dar umas rodadas em Wargames, o meu maior problema é mesmo guito, sinceramente não tenho capital para investir em coisas como Warhammer e cenas do género em que um gajo tem que estar a "comprar" um exército para poder jogar.

Mas se marcarem assim um jogos mais baratos e consigam arranjar maneira, para quem não conhece, ler as regras antecipadamente curtia participar nisso.

"the drunks of the Red-Piss Legion refuse to be vanquished"

Isso é wargames de Miniaturas

Do que estamos aqui a falar é de Hex & Counter, Card Driven Games e outros do género!!

Manuel Pombeiro
a.k.a.Firepigeon
LUDO ERGO SUM

Últimas jogatinas:

Negating the unforeseeable is utterly unrealistic, and scrambling to deal with problems is indeed a game skill.

Estás a falar de

Estás a falar de jogos que usam hexágonos e cartas e cenas assim? até agora só joguei (uma vez) algo parecido com isso que foi o Memoir '44, é nessa onda?

"the drunks of the Red-Piss Legion refuse to be vanquished"

Experimenta dar uma vista de olhos nestes:

É mais neste género o que estamos a falar:

John Prado's Third Reich, Europe Engulfed, Paths of Glory, Shifting Sands, Advanced Squad Leader, Great War at Sea, Bonaparte at Marengo, Saganami Island Tactical Simulator, Three Days of Gettysburg, War Galley

Como podes verificar nenhum destes envolve tempo extra nem skills de pintura, não necessita de miniaturas, etc, etc. Geralmente o jogo vem todo contido na caixa base. Por norma, tal como já aqui foi referido, o problema passa pelo rulebook que para quem começa parece ter sido escrito em chinamarquesm, e pelo tempo que normalmente é necessário devotar a um jogo destes: por norma andam nas 6-10 horas de jogo (ASL tem cenários que se fazem numa hora!!) e como tal torna-se dificil acabá-los numa unica sessão dai ter de se deixar as coisas montadas de um dia para o outro (ou de uma semana para a outra)!!! Mas quem quiser dar uma perninha num dos CDG's que aqui referi estou capaz de ensinar a jogar!!!

Experimenta ver por aqui alguns dos que tenho que possas estar interessado.

Manuel Pombeiro
a.k.a.Firepigeon
LUDO ERGO SUM

Últimas jogatinas:

Negating the unforeseeable is utterly unrealistic, and scrambling to deal with problems is indeed a game skill.

Tu tens o Bonaparte at 

Tu tens o Bonaparte at  Marengo?

 se sim, para quando uma joga?

Yaaaa Phtagnn!!

___________________________

Yaaaa Phtagnn!!

Porque não exprimentar Axis & Allies Pacific ou Europe??

Eu não tenho nenhum desses jogos que falam nem conheço.Porque não jogam estes boardgames Axis & Allies Pacific ou Axis & Allies Europe? tenho os dois boardgames só faltam os jogadores.Podemos jogar na loja do Nazrael.de preferencia ao fim-de-semana.

Axis & Allies Pacific já jogámos

No HA !!!

Manuel Pombeiro
a.k.a.Firepigeon
LUDO ERGO SUM

Últimas jogatinas:

Negating the unforeseeable is utterly unrealistic, and scrambling to deal with problems is indeed a game skill.

SITES WARGAMES

Para o pessoal dos wargames, sugiro 2 sites muito bons (e k podiam ser colocados nos links deste site):

- www.consimworld.com e em especial o forum http://talk.consimworld.com/ neste forum "super completo" podemos encontrar tudo sobre wargames históricos, em muitos deles os próprios autores respondem a questões sobre regras, faq's etc. (obrigatório falar inglês). É possivel tb acompanhar o desenvolvimento de novos projectos e ver previews (sabiam que a GMT Games e o "guru" dos jogos Richard Berg estão a desenvolver um jogo a lançar lá para 2007 sobre a descoberta das Américas onde um dos jogadores joga com Portugal?)

- outro interessante é http://grognard.com/, bem organizado e muita informação (reviews, regras, etc)

Miguel

Feito.

Feito.

"the drunks of the Red-Piss Legion refuse to be vanquished"

Consimworld é mesmo mau!!!

Safa!! A não ser que aquilo pra quem paga a subrescrição tenha outro aspecto, aquilo é mesmo (mas mesmo mesmo) muito mau!! Básicamente no forum cada jogo tem direito a uma thread!! Porreiro não é? Mas é só uma thread mesmo!!! Tipo um jogo mais velhinho, tipo um Paths of Glory ou um Third Reich, ou até mesmo um Axis and Allies, tem uma thread com 10 anos, com 20 mil posts!!! Se procuras a resposta a uma dúvida esquece mesmo!! Outro grande problema, só se pagares é que podes postar no forum!!! resultado pratico da ciosa à purradões de ppl do consimworld que se mudou (advinhem) para o BGG!!!

O Grognard já é melhorzinho com purradões de links para faqs e outros downloads, organizados por jogo.

Manuel Pombeiro
a.k.a.Firepigeon
LUDO ERGO SUM

Últimas jogatinas:

Negating the unforeseeable is utterly unrealistic, and scrambling to deal with problems is indeed a game skill.

consimworld

Nunca paguei, nem pagarei,  um chavo para lá "postar" (provavelmente consigo "postar" sem pagar porque me inscrevi quando era gratuito).

O Consimworld só vale a pena para jogos relativamente recentes. Muitas vezes logo após o lançamento de jogos surgem duvidas, erratas, etc muito úteis. Volto a referir que no Consimworld temos o previlégio de trocar "posts" com os os próprios designers dos jogos.

 Não recomendo para jogos saídos a muito tempo. Quanto aos jogos para as "massas" (ex: Axis e afins) o BGG é de facto melhor.

Boa parte dos designers

Boa parte dos designers estão também no BGG e devido á melhor facilidade de acesso e organização do BGG aparecem muito rápidamente por lá as FAQ's etc!!

Manuel Pombeiro
a.k.a.Firepigeon
LUDO ERGO SUM

Últimas jogatinas:

Negating the unforeseeable is utterly unrealistic, and scrambling to deal with problems is indeed a game skill.

Pois, o ConSimWorld é uma

Pois, o ConSimWorld é uma maravilha em conteúdo, mas em termos de funcionamento é uma grande treta.

Para já o direito de postar lá é pago; supostamente uma pessoa pode postar nos fóruns das editoras gratuitamente mas a verdade é que até pagar a subscrição nunca consegui... ainda por cima o processo de autorização da subscrição é totalmente manual e apanhei o administrador de férias e estive uma semana à seca. E depois... cada jogo, série de jogos ou editora é representado por uma única discussão interminável. Já imaginaram o que é abrir o folder do vosso jogo favorito e encontrar uma cadeia contínua de 20.000 posts, todos pegadinhos, vindos desde 1998? Se não fosse a função de pesquisa, ai, ai.

A única coisa que aquilo tem que o boardgamegeek não tem, é mesmo paletes e paletes de wargamers dedicados e conversadores... mas no BGG eles também vão aparecendo ao poucos. Ah, e no BGG as editoras não têm direito a controlar um folder sobre elas, podendo apagar qualquer post que queiram... não acho isso muito atraente como utilizador, mas para as editoras é, de modo que no CSW estão lá todas, e no BGG só vemos representantes de meia-dúzia delas. Fora estes dois factores, o BGG bate o CSW aos pontos e com uma vantagem espectacular em organização, facilidade de acesso e divulgação da informação, features, etc, etc, etc. E é de graça... bom, a menos que se queiram livrar daqueles anúncios todos sem ter usar um filto anti-publicidade no vosso browser.

Mas pronto, para quem leva a coisa a sério o CSW continua a ser uma referência incontornável e, embora precisem de pagar para postar, pelo menos podem ler tudo o que vos apetecer sem pagar nada, que é o mais importante.

Só Wargames

O meu interesse nos jogos de mesa baseia-se quase exclusivamente nos wargames.

Na minha pequena colecção tenho desde wargames leves como Memoir'44 e CC:Ancients, até a vários modulos do hardcore ASL, passando por jogos de batalhas Napoleonicas, guerra civil americana ou 2ª Guerra mundial.

Embora tendo alguns titulos, a minha experiencia face to face é quase nula. Tirando algumas partidas de M44 que consegui convencer familia ou amigos a fazer, não tenho tido oportunidade de encontrar parceiros.

A unica forma que me tem dado oportunidade de jogar é pela net com o VASSAL/VASL, embora normalmente mais por email do que live.

-Lino

Que não te falte

Aparece na próxima sexta e com o que é que pretendes jogar FtF que lá estarei!!! Um dos melhores caso conheças as regras para uma noitada é o Paths of Glory. Mas tb podemos combinar M44 ou CCA, ou mesmo umas missões de ASL!!

Manuel Pombeiro
a.k.a.Firepigeon
LUDO ERGO SUM

Últimas jogatinas:

Negating the unforeseeable is utterly unrealistic, and scrambling to deal with problems is indeed a game skill.

O encontro é longe para

O encontro é longe para mim. Eu sou um homem do norte.

Temos de combinar

UM fds inteiro que justifique ao ppl de mais longe fazer uma espécia de Boot Camp. Nem que seja uma vez por ano. Juntar o ppl.

Manuel Pombeiro
a.k.a.Firepigeon
LUDO ERGO SUM

Últimas jogatinas:

Negating the unforeseeable is utterly unrealistic, and scrambling to deal with problems is indeed a game skill.