Tipos de jogadores

Retrato de tmgd

Todos nós, à medida que vamos jogando com diferentes adversários, vamo-nos deparando com diversas maneiras de estar e de jogar. Através do aperfeiçoamento da análise psicossomática (tinha de conseguir utilizar esta palavra) que tenho vindo a desenvolver, aliada a um método de observação sem resultados comprovados, apresento definições, características, descrições, formas de estar, frases típicas, e outros devaneios, de alguns dos tipos de jogadores que podemos encontrar por essas mesas fora:

  • O chorão: passa o jogo a queixar-se, a insinuar que o estão a tramar, que não lhe saem as cartas que ele precisa, que os dados não o estão a ajudar, que é só “abébias” para os outros e para ele nada, e o que é que têm contra ele, e …
  • O distraído: – Quem é a jogar? – Sou eu?
  • O especialista: conhece a preparação do seu jogo preferido (e único que joga) de trás para a frente; já leu todos os artigos existentes sobre o jogo (e mais alguns); na realidade já sabe mais do jogo do que o próprio autor.
  • O relações-públicas: Tem tendência para passar o tempo na conversa, enquanto os outros jogam e pensam na próxima jogada. Ouve vezes sem conta a frase: – ÉS TU!
  • O atrapalhado: nunca sabe o que quer e o que pode fazer. – Ajudem-me!
  • O indeciso: cada jogada é um martírio, existem milhares de hipóteses e ele tenta prever todas e mais alguma; “estranhamente”, quando finalmente decide jogar, percebe que a sua jogada poderá ser influenciada pelas jogadas seguintes dos adversários o que o faz com que volte atrás N vezes antes de tomar a sua decisão “final”; depois de, sem muita convicção, e com muito incentivo dos adversários, ter finalmente terminado a sua jogada, verifica que a jogada do adversário não foi de encontro ao que esperava e percebe que a sua jogada não foi a melhor. Nesse momento pergunta: – Posso voltar atrás? Ao que todos lhe respondem em coro: – NÃO!!
  • O conflituoso: procura sempre uma vítima para poder passar o resto do jogo a massacrar. De preferência alguém que lhe dê resposta e que se “pique” com facilidade.
  • O religioso: procura ajuda divina para cada jogada; se o resultado for diferente do desejado procurará no fundo do seu ser o porquê dos deuses não estarem com ele.
  • O “secas”: pondera cada jogada como se quisesse prever todas as possibilidades demorando por isso uma eternidade, mesmo quando, a jogar o jogo do galo, tem apenas um espaço onde pode colocar a cruz. Costuma ouvir a frase, que até hoje não conseguiu entender (apesar de olhar para tudo quanto é lado), e que é algo como: – Olha o AP!”
  • O desconfiado: observa bem todos os adversários antes de tomar qualquer decisão; eu próprio fui apanhado diversas vezes por estes jogadores enquanto realizava esta análise!
  • O misericordioso: em vez de eliminar o adversário assegurando com isso a sua vitória, opta por uma outra jogada menos proveitosa mas que evita a eliminação precoce do mesmo.
  • O fanfarrão: pode arrasar o adversário, mas em vez disso opta por uma outra jogada menos proveitosa mas que lhe assegura na mesma a vitória; desta forma consegue prolongar o sofrimento do adversário com o bónus de se poder gabar de ser misericordioso. Habitualmente passa os dias seguintes a relembrar o feito!
  • O apressado: ainda o adversário não jogou e já este completou a sua jogada.
  • O casual: não conhece nenhum jogo e tende a passar despercebido; é habitualmente um adversário incómodo visto que tende a fazer jogadas inesperadas, e por vezes disparatadas, que alteram frequentemente o curso normal do jogo.
  • O cobarde: esconde-se em cada jogada e, sempre que possível, recua.
  • O aprendiz: lança os dados que lhe permitirão avançar no tabuleiro, tem dois 6’s e pergunta: – Isto é bom ou mau?
  • O valentão: pergunta 3, 4, 5 vezes, as vezes que forem precisas, se o adversário quer mesmo fazer aquela jogada (que basicamente o vai “tramar” para o resto do jogo)!
  • O ganancioso: não consegue evitar a tentação de poder ficar com mais, mesmo que para isso seja obrigado a ter de quebrar a paz com os seus aliados ou a ter de arriscar mais um bocado.
  • O “batoteiro”: para ele, baralhar as cartas ou lançar os dados é uma arte; esta característica não costuma ser apreciada por nenhum dos adversários.
  • O crítico: cada jogada do adversário não foi uma boa jogada por esta, por aquela, por outra e ainda por aqueloutra razão.
  • O sortudo: – “Só” preciso de tirar três 6! Vejam: três 6!
  • O azarento: Tem o jogo quase ganho; precisa apenas de obter 6 na soma dos 5 dados D6 que tem de lançar. Ops, cinco 1’s?!
  • O saudosista: – Lembram-se daquele jogo de Risco que fizemos em 1968? Foi o melhor jogo de sempre!
  • O optimista: planeia a sua estratégia toda acreditando que os adversários nunca irão atrapalhar o seu caminho.
  • O político: – Se votares em mim, arranjo-te um cargo bem à maneira no meu governo!
  • O “bluffer”: indiferente ao jogo que tem em “mãos” poder ser pior do que mau, isso não o preocupa ou desmotiva; a forma de estar dele é completamente enigmática e intransponível.
  • O psicótico: todas as peças têm de estar devidamente ordenadas por critérios que podem ser desde a cor, tamanho, forma, valor, etc. Sempre que possível cria com as suas peças supostas obras de arte, sofrendo sempre que tem de as utilizar para colocar em jogo.
  • O líder: escolhe o jogo, explica as regras, prepara o jogo, dá as cartas, alerta quem tem de jogar, dá conselhos aos adversários, às vezes até ganha o jogo, arruma o jogo.
  • O troca-tintas: tanto se alia à Europa, como de seguida já defende os interesses da Ásia, como de seguida é amicíssimo da América do Sul, como por fim ataca sem dó nem piedade os interesses de um deles.
  • O anfitrião: arranja o espaço, combina com os amigos, e ainda leva a cerveja e os amendoins para a mesa.
  • O desbocado: não consegue ver uma jogada boa e ficar calado. (autor: Asur)
  • O sabotador: gajo impaciente que quando não gosta do jogo faz tudo para o terminar rapidamente ou boicota o jogo até ser expulso.
  • O imitador: faz sempre o possível por copiar as jogadas dos que o precederam. (autor: Pyrgos)
  • O kamikaze: faz sempre a jogada impensável. Ou perde por uma larga margem (como todos previam) ou ganha por uma larga margem (para espanto dos outros). (autor: vch)
  • O negociador: tenta colocar negociação em todos os jogos, nem que seja no mais solitaire dos jogos. (autor: vch)
  • O calado: passa sempre despercebido, por isso é esquecido pelos outros nos ataques. (autor: vch)
  • O inocente: pede ajuda aos outros, tenta sempre não atacar e é levado em braços para a vitória. (autor: vch)
  • O brincalhão: gosta de fazer uma piramide com as suas peças, e faz um sorriso envergonhado quando esta cai. (autor: vch)
  • O desesperado: quer jogar, mas nunca encontra ninguem que o queira fazer (autor: Palanolho)
  • O profeta: o jogador que depois da 1ª jogada já sabe que vai perder ou ganhar (autor: AndrePOR) (novo)
  • O actor: o jogador que encarna sempre a personagem ou o tema que está a jogar (autor: AndrePOR) (novo)
  • O sofrego : Constantemente pede ao outros jogadores para jogarem (autor: joaomont) (novo)
  • O manipulador: Passa boa parte do jogo a "sugerir" jogadas a adversários que embora os ajudando tramam outros e ajudam (autor: Demonknight) (novo)
  • O vingativo: Quando o "atacamos" diretamente com alguma jogada nos persegue durante o resto jogo, até fazer com que não tenhamos qualquer hipótese de ganhar (autor: Mr_gambler) (novo)
  • O desistente: Quando acha que não vai conseguir ganhar, favorece outro jogador para acabar o jogo o mais depressa possível (autor: Mr_gambler) (novo)

E tu? Que tipo de jogador és?

Nota: Este artigo foi publicado originalmente no antigo site TuJogas, foi republicado no blog Firepigeon & Friends Games & Geekiness e chega agora (finalmente) ao AOJ smiley

Opções de visualização dos comentários

Seleccione a sua forma preferida de visualização de comentários e clique "Gravar configuração" para activar as suas alterações.

Eu sou muitos desses :p O

Eu sou muitos desses :p

O desbocado está duas vezes na lista :p

batoteiro

Muse23PT escreveu:

Eu sou muitos desses :p

O desbocado está duas vezes na lista :p

Desbocado duas vezes na lista? Onde? (neste caso posso ser o batoteiro?!) confused

hehehe :p

hehehe :p

Eu sou um bluffer azarado

Eu sou um bluffer azarado casualmente distraído cool

---

Um dos paradoxos dolorosos do nosso tempo reside no facto de serem os estúpidos os que têm a certeza, enquanto os que possuem imaginação e inteligência se debatem em dúvidas e indecisões.

+ 2 tipos

... adicionados mais dois tipos de jogadores.

P.S. - Se consegues descrever mais tipos adiciona nos comentários yes

Excelente artigo. Está

Excelente artigo. Está harmoniosamente redigido, com ideias muito bem estruturadas. 

Parece ser fruto de muito tempo de raciocínio (talvez enquanto o indeciso jogava).  

Julgo que já encontrei todos os tipos, exceto o especialista. 

O indeciso e o secas parecem-me muito semelhantes. 

Parabéns pelo trabalho a todos os intervenientes. Isto é que é um trabalho de grupo. :) 

Mais um

O manipulador: Passa boa parte do jogo a "sugerir" jogadas a adversários que embora os ajudando tramam outros e ajudam o manipulador ;)

Boa

Bem visto. :) 

Gracias

Demonknight escreveu:

O manipulador: Passa boa parte do jogo a "sugerir" jogadas a adversários que embora os ajudando tramam outros e ajudam o manipulador ;)

Adicionado yes

E aquele

 que é acusado de ser chorão quando não o é?

 Um dos tipos em que eu me incluo.

Tipo

Esse tipo seria um pseudo-chorão, ou simplesmente, um chorão em negação. :) lol

Está boa. 

Em negação...

Em negação é o termo correcto neste caso.

cheeky

_

_
"[...] a period when games were complex in your brain, instead of on the board."
tommynomad

Mt bom

O vigativo: aquele jogador que, quando o "atacamos" diretamente com alguma jogada, nos percegue  durante o jogo, ate fazer com que nao tenhamos qualquer hipotese de ganhar.

O desistente : aquele jogador que quando acha que nao vai conseguir ganhar, favorece outro jogador, para acabar o jogo o mais depressa possivel.

Excelente post!

Ps - sou varios tipos de jogador, sentem se a mesa comigo e depois veem.

Analysis paralysis

Adicionados

Adicionados à lista mais 2 tipos de jogador yes

eheheh bom post Tiago... eu

eheheh bom post Tiago... eu variando com a disposição, jogo e adversários sou vários desses aí em cima :P

e conheco claramente outros tantos :D

Eh pah tenho alguma

Eh pah tenho alguma dificuldade em identificar-me aí, mas a ler "o Sortudo " deu-me algum deja vu.... :x

sortuda

Sortuda? Dados talvez, mas desenhar em mapas com os olhos vendados não te deve abranger nessa definição de sortuda! laugh