Burning Wheel em VoiP

Retrato de HBarbosa

Eu e Burning Wheel somos assim, volta não volta, tenta não tenta, muito por culpa dos jogadores que tenho tido para jogar em pessoa. Agora que o meu grupo no Skype terminou algumas sessões de PTA, vamos à carga, mas desta vez a sério. E estendo aqui o convite para malta que queira experimentar este excelente sistema mas, acima de tudo, contar boas histórias de fantasia onde aquilo que as personagens acreditam é mais importante do que os monstros que matam. Em caso algum quero inferir que D&D é inferior a BW mas penso que muitas pessoas que não conhecem BW trazem um certo conjunto de expectactivas que não se concretizam. Assim:

  • Burning Wheel é um sistema de fantasia, não tem setting a não ser aquilo que é sugerido pelas raças e tecnologia: homens, anões, elfos, orcs e Europa Ocidental circa Séc. XII / XIII.
  • É sobre aquilo que as personagens acreditam, as suas crenças. É isso que motiva as aventuras e dá lenha ao GM para atiçar o fogo da narrativa. Ou, se querem a analogia da Roda Flamejante (Burning Wheel), dá o fogo para fazer girar a roda da narrativa.
  • O setting é criado "as we play."
  • As sessões são usando as seguintes ferramentas: Skype (para VoiP), Viewing Dale Dice (para lançar dados online) e Google Documents (para partilhar folhas de personagem editáveis).
  • Horário: TODAS as Sextas-feiras das 21:00 às 00:00 (nove da noite atè à meia noite). Com 10-15 minutos depois para falar sobre a sessão, planos futuros, etc.

NOTA IMPORTANTE: Burning Wheel é um sistema que só brilha em longas campanhas, e é isso que pretendo fazer.

Opções de visualização dos comentários

Seleccione a sua forma preferida de visualização de comentários e clique "Gravar configuração" para activar as suas alterações.

Olha que ... sou menino

Olha que ... sou menino para experimentar esses moldes (se dizes que funciona.. eu agredito)

6ª feira não é é umbom dia para mim pois bate com os Encontros de Boardgames da Linha.

 

Quando pensam começar ?

 

 

Início da campanha

Esta semana vamos jogar uma "pequena" aventura porque um dos jogadores está ausente. Mas contamos mesmo começar a campanha no dia 3 de Fevereiro com aquilo que em Burning Wheel se chama o Burn Setting, ou seja, a criação das personagens e do setting / premissa base / situação inicial da campanha cheia de possibilidades e conflictos para atirar as personagens logo para o fogo. Não é a criação do mundo mas apenas a criação das bases da campanha (O que está a acontecer agora? Que obstáculo imediato se apresenta ao grupo? Quem são os antagonistas, se os há? Etc.)

Já agora, se achas que os encontros dos boardgamers interferem com a tua assiduidade, então não te comprometas, por favor. Evita agravos adicionais. Prefiro esclarecer às coisas à priori do que andar depois com pézinhos de lã a tentar resolver inconvenientes.

recomenda-se

Já agora, quem quiser ouvir o Dwarin conversar comigo sobre o que é Burning Wheel, tem aqui o episódio 37 do Jogador-Sonhador:

Eu alinhava nesta campanha, mas estou mesmo a sair do trabalho ás 21h e tenho a agenda bastante preenchida neste momento. Espero que haja gente que aproveite para experimentar Burning Wheel, é um RPG que vale o investimento.

Demo? Talvez.

Obrigado pela força, Ricardo. De facto, Burning Wheel compensa bem o tempo que o jogador investe, ou seja, é daqueles sistemas que, quanto mais o jogador dá, mais recebe. Se houver interesse até, posso mesmo começar por uma pequena demo criada para o sistema, The Sword, para os jogadores verem se gostam ou não e para se irem habituando às nuances do sistema.