o blogue de hugocarvalho

Retrato de hugocarvalho

Questionário: As perguntas a que sempre quis responder

De vez em quando gosto de ver as listas do BGG. Na maioria das vezes são uma perda de tempo, mas um dia prometi a mim mesmo que deveria aproveitar algumas delas, principalmente quando não tenho nada para escrever e prefiro passar os dias deitado no sofá a fazer zapping vertiginosamente em vez de trabalhar e escrever coisas originais que maravilhem uma legião de leitores que sinistramente apreciam passar por aqui entre a consulta de um e outro site pornográfico mais atrevido, alguns deles envolvendo repteis e anões.

Retrato de hugocarvalho

Session Report: Goa

Este ano as coisas em matéria de jogos andam a correr bem. Depois duma fabulosa (ainda não existe em português adjectivo para descrever tamanho pitéu) feijoada à brasileira no café/restaurante da Tia Renny, eu, o Pedro (vulgo Zorg) e o grande comandante Shahim, decidimos, de estômago farto, ir todos para minha casa jogar ao Goa, jogo de grande fama mas que ainda não tinha sido experimentado por ninguém, isto apesar de a encomenda já ter sido feita vai para uns 4 meses ou mais.

Retrato de hugocarvalho

Feliz Ano Novo

É fim de ano e por isso nada melhor do que fazer um breve balanço sobre os meus primeiros 365 dias de jogador.

Dou a conhecer, a todos os que aqui vêm, que fiz o meu primeiro jogo pós Risco no dia 1 de Janeiro deste ano. Tinha conhecido, na passagem de ano, o mestre de todas as coisas, Zorg e também o David, pelo que a conversa andou sempre à volta dos jogos de tabuleiro. Claro que levantei logo as orelhas e recordei o tempo do Risco que, aliás, já mereceu aqui o devido destaque.

Por sorte o David tinha recebido como prenda o Vinci e combinámos logo uma jogatana na minha casa quando chegássemos. Apesar do jogo nem ser dos mais originais, conseguiu despertar uma atracção, não só em mim, mas também no camarada Shaim que, no mesmo dia, também se iniciou nesta arte de lançar os dados.

Apesar dos sobressaltos, e da febre inicial, passei muitos meses sem tocar na chincha. Ultimamente a febre voltou e com o Blog a importância do hobby aumentou e já prometi a mim mesmo que, para além de deixar de fumar e aprender a conduzir, também irei tentar organizar alguns encontros para o pessoal se conhecer e jogar. Tenho lá em casa o Struggle of Empires por estrear, cheio de pó, e não consigo jogá-lo, isto apesar de saber as regras da frente para trás e de trás para a frente.

Apesar de tudo, foram para aí dez os jogos que joguei neste primeiro ano e por isso vou colocá-los numa ordem de importância.

Retrato de hugocarvalho

The circus comes to town

O circo da Formula Dé chegou à cidade de Cascais, mais propriamente à ArenaMech, para aquilo que foi, espera-se, a primeira prova da época. Participaram neste glamouroso evento, o Manuel Pombeiro, o Ricardo Madeira, a Raquel e eu.

O circuito escolhido foi o de Buenos Aires que testou, e de que maneira, as capacidades de fazer contas dos intervenientes. Apesar de ter algumas áreas em que era possível acelerar sem medos em sexta velocidade, tinha, por outro lado, uma segunda parte de pista bastante lenta e manhosa onde todo o cuidado era pouco e onde os carros sofriam constantes danos às mãos dos seus inexperientes pilotos.

Retrato de hugocarvalho

Jogos de Tabuleiro

Convidou-me o Ricardo para escrever para o Turno da Noite alguma coisa sobre Jogos de Tabuleiro aqui no site.
Há coisa de 3 ou 4 meses iniciei um blog sobre o assunto e tinha, na altura, como objectivo criar um espaço onde os gamers portugueses pudessem escrever sobre o assunto e darem-se, duma forma ou de outra, a conhecer.
Apesar do numero de visitantes ter surpreendido em muito as minhas mais absurdas expectativas, o nº de comentários ficou um bocado aquém do que esperava, para não dizer que foi mesmo um fracasso. Por isso, a possibilidade de escrever também aqui para o site do Ricardo pode facilitar uma maior intervenção dos jogadores e, ao mesmo tempo, aguçar a curiosidade daqueles que gostam RPG. Além do mais o Manuel Pombeiro também iniciou o seu blog, pelo que a coisa está a compor-se.
Julgo que precisamos dum sítio onde possamos falar em português deste tão querido e viciante hobby e também, combinar algumas jogatanas para nos conhecermos e guerrearmos por vitórias. Uma das dificuldades, por vezes, é mesmo essa, arranjar pessoal para jogar.
Para já e se tudo correr bem, no próximo domingo lá estaremos em Cascais na MagicMek. Eu feito parvo fui para lá este fim-de-semana. Claro que o silêncio que estava na Arena me avisou logo que não era o dia certo. Fiquei desiludido, estava mesmo a apetecer-me lançar os dados...