Warlords of Alexandria

Retrato de Rick Danger

Recentemente, tive a oportunidade de experimentar este RPG histórico que está disponível gratuitamente no:
http://www.balbinus.com/

A sessão foi pequena, por isso o contacto com o ambiente foi limitado e as personagens eram pré-feitas, mas foi possível experimentar o sistema e roleplayar a vida de um soldado mercenário num periodo histórico raramente retratado num RPG.

O ponto de partida para as regras é o Call of Cthulhu da Chaosium - skills em percentagem com atributos de zero a vinte - mas a isso são acrescentados bastantes mais pontos para distribuir e é feita uma divisão das skills em grupos de acordo com vários deuses do panteão. Isto permite ao personagem rezar ao deus ao qual está atribuida a skill para conseguir um bónus no lançamento.

Fica a recomendação. Para quem quiser roleplayar nesta época histórica, este é um jogo de borla executado com todo o cuidado.

Opções de visualização dos comentários

Seleccione a sua forma preferida de visualização de comentários e clique "Gravar configuração" para activar as suas alterações.

O que é que aconteceu

O que é que aconteceu durante a sessão e como é que é o setting inicial do jogo?

Essa ideia de rezar a deuses e subir skills parece-me interessante, como é que funciona mecânicamente?

"the drunks of the Red-Piss Legion refuse to be vanquished"

of gods and men

RedPissLegion escreveu:
O que é que aconteceu durante a sessão e como é que é o setting inicial do jogo?

Supostamente, Alexandre morreu e os seus "warlords" dividiram o território conquistado entre eles. Nós jogamos dois mercenários ao serviço de um velho warlord, o tirano da cidade, que organizava uma festa para comemorar o início de uma campanha de guerra contra um seu vizinho. Small story short: fomos até à festa, envolvemo-nos nas actividades (eu fiz um discurso de sátira contra o inimigo, o outro jogador lutou no torneio de luta), ccomemos e bebemos, apercebemo-nos que um acesso do palácio estava mal guardado, fomos até lá, descobrimos a entrada para a sala do tesouro (despojos para financiar a campanha), levamos de lá o que pudemos e saímos discretamente. Fim :) 

Citação:
Essa ideia de rezar a deuses e subir skills parece-me interessante, como é que funciona mecânicamente?

Está engraçado, mas não é um ovo de colombo. Que me lembre, fazes um teste de acordo com a skill para receber o bónus. Quanto mais pedes a esse deus, mais difícil é de fazer alguma coisa, a menos que rezes em agradecimento e faças uma oferenda. 

Precisava de ter jogado mais para ter uma ideia mais abrangente. É mais um jogo de borla que valerá a pena espreitar, especialmente para fãs de roleplay histórico.