O que eu fiz pelo meu hobby esta semana II

Retrato de Tiago

Benvindos à segunda semana de "O que fiz eu pelo meu hobby esta semana".

Poderão colocar comentários acerca das vossas peripécias de divulgação do hobby numa base semanal.

As regras são as seguintes:

- Qualquer gesto por mais pequeno que seja conta (ex: falar do hobby a outras pessoas)
- Jogos com jogadores habituais não são válidos
- Acções ilegais não contam nem são encorajadas (ex: um graffiti em propriedade alheia a dizer: "Jogos de tabuleiro são fixes")
- histórias similares a outros membros são permitidas (não se promove a originalidade promove-se a divulgação do hobby)

Esta thread é destinada a acções até 28/09/08. Discussão desta rubrica

Opções de visualização dos comentários

Seleccione a sua forma preferida de visualização de comentários e clique "Gravar configuração" para activar as suas alterações.

Jogos de Tabuleiro na RTPN

Há dias surgiu um pedido em stress de alguns jogos de tabuleiro específicos, para ilustrar situações relacionadas com a situação económica por parte da RTPN.

A pessoa em questão fez as suas pesquisas e foi perguntar nos locais habituais dos encontros dos Boardgamers Porto e entrou em contacto com o Paulo Simeão (embora não frequente os encontros, é conhecido da casa).

Os jogos pedidos eram: Petróleo, Monopólio e Bolsa. O Paulo Simeão disponibilizou os dois primeiros, mas na falta do jogo da Bolsa contactou-me.

Lá fui eu ver quem poderia ter o jogo e encontrei a Filipa em Aveiro, pelo que tratei de a contactar.

Tudo se resolveu pelo melhor, e o pessoal da RTPN lá conseguiu atempadamente ter os jogos para fazer a rúbrica "Radar de Negócios".

 

Esta rúbrica passou hoje de Manhã às 11:00h e volta a passar amanhã às 17:30h. Existem outras repetições, mas a horas pouco próprias (3:30h e 5:30h se não me engano). 

Não sendo uma aparição exclusivamente sobre jogos de tabuleiro, fica aqui a nota sobre como os jogos ajudaram a ilustrar a situação económica.

 

 


 

«Mais vale estar calado e julgarem-te um idiota, do que abrir a boca e dissipar todas as dúvidas.»

 

Herrar é umano.