MORDERAM-ME A ORELHA???

Retrato de Warman

Jogamos ontem a nossa terceira sessão do hibrido Vampire/Kult.

Os jogadores depois das duas aventuras introdutorias de "slide into metropolis" (procurem no google que vale a pena ler) em que ainda eram mortais foram encorajados a escrever uma pequena historia de como teriam sido embraced e como tudo o que passaram lhes moldou a personagem. Começamos então a terceira sessão em que os personagens já são imortais mas os jogadores não estão ainda familiarizados com a situação politica em que se encontram as personagens.

A campanha passa-se na ilha de Manhattan e aqui fica uma breve descrição dos intervenientes:

Brujah têm uma presença pouco consideravel na ilha. Têm dominio em Little Italy e Chinatown mantendo o seu territorio aberto aos demais.

Toreador dominam a zona abastada do upper east side e embora sejam poucos os seus numeros detêm um poder economico bastante grande. Não é politica do clan agir de maneira hostil a visitantes mas tendo em conta a classe da zona, não é visto com bons olhos a entrada de quem se situe muito abaixo da media de riqueza.

Malkavian detêm a village e todo o kindred de manhattan sabe que entrar na zona é arriscar. São inumeros os casos de imortais incautos apanhados em situações extremamente embarassosas devido a elaboradas "partidas".

O clan Ventrue domina o upper west side e fazem um enforce muito forte ao seu territorio. O poder economico e politico fornece o necessario para se manterem como uma força extremamente temida dentro da ilha.

Por fim o clan liderante, os gangrel, controlam o resto da cidade a excepção de times square. Principe, xerife e senechal são gangrel e como tal existe uma politica de live and let live em relação ao territorio.

Os jogadores incluem Jack um malkavian cartonista sired pela irmã Sari. A sua relação é dominada por uma sentimento de paternalismo da parte de Jack que se recusa a aceitar o significado de um Sire. Sari considera a situação bastante divertida e tira total partido dela. Sari é uma figura liderante do clan malkavian e um dos imortais mais temidos da cidade.

Linda é uma toreador investigadora sired pela propria mãe. É protegida e acarinhada por todo o clan e especialmente pelo poderosissimo Frederick que tem por ela um carinho muito especial.

John também toreador é escritor e antigo jornalista que deu a sua vida a Frederick a troco de uma publicação. O seu livro "O inferno é verde" revela episodios dramaticos vividos na primeira pessoa.

Raines é um gangrel e orgulhoso do facto. Ex-policia "turned bad" viu a sua existencia quase terminar na estrada quando se despistou com o seu amigo Panagos. Nessa fatidica noite foi imortalizado por Panagos que é um gangrel de pequena craveira.

A sessão decorreu com os jogadores a serem vitimas de uma prank humilhante na sua visita a territorio Malkavian. O castigo envolveu Raines disciplinado publicamente no Elysium e obrigatoriedade de todos os personagem a prestarem serviço essa noite. O caso bizarro levou-os a um predio luxuoso no upper east side onde encontraram o que menos esperavam.

E prontos, tou com muito sono que são quatro da manha e isto deve ter ficado uma grande merda que já estou a trocar os olhos a meia hora! :D 

Opções de visualização dos comentários

Seleccione a sua forma preferida de visualização de comentários e clique "Gravar configuração" para activar as suas alterações.

Re: MORDERAM-ME A ORELHA???

Muito interessante!

Warman escreveu:
Linda é uma toreador investigadora sired pela propria mãe. É protegida e acarinhada por todo o clan e especialmente pelo poderosissimo Frederick que tem por ela um carinho muito especial.

Hmmm... parece suspeito. Já sei, a personagem é de uma jogadora que é a namorada do GM/ST?

LOL, não é namorada do GM!

LOL, não é namorada do GM! :P

Pode parecer uma situação muito favoravel mas é na realidade uma desvantagem.

O que isso quer dizer é que ela é super protegida. É tratada como uma criança muito fofinha e bonita de que toda a gente gosta mas que ninguem leva a serio. Alem do que a sua liberdade é bastante limitada. Podemos comparar a situação com uma adolescente que vive com os pais que a adoram mas festas esta fora de questão bem como saidas a "noite". Os pais sendo conhecidos e poderosos ela é evitada pelo receio de represalias...