Torneios Nacionais de Jogos Tabuleiro

Sempre que há uma convenção em Portugal, eu gosto de ver quais são os jogos que vão ser jogados em torneios e normalmente são sempre o Catan e Carcassone porque são patrocinados pela Devir, e não levo a mal a empresa faça isso porque é um boa estrategia de marketing pois esta competividade permite as pessoas mantenham algum interesse em jogar esses jogos e talvez adquirir uma expansão ou adquirir o jogo base para tentar dominar e futuro quem sabe ganhar um torneio no futuro.

Porque é que temos de estar ano após ano temos de promover os mesmo jogos (ok eu entendo ter uma empresa que patrociona ajuda imenso), mas sem querer ofender ninguém e nem os gostos pessoais de cada um eu já não jogo Catan à anos e nem tenho qualquer interesse em jogar comparativamente a outros jogos que existem.

Mas tem de haver um prémio final para o vencedor? Pessoalmente acho o premio secundário, estou mais pelo prazer de jogar um jogo, com outra pessoa que domina muito bem.

Desculpem a minha frustação e se alguém ficar ofendido com as minhas palavras, mas gostava outros jogos aparacerem nos torneios em vez dos mesmos jogos ano após ano.

Sugestões pessoais que vieram a minha cabeça (mas tantos que podem ser utilizados):

 

  • Star Realms e Hero Realms (super rapido e interessante a 2 jogadores)
  • Crokinole (pode ser jogado indivualmente ou em duplas)
  • Race for Galaxy (super rapido a 2 jogadores)
  • Ticket to Ride
  • Splendor
  • Kingdomino 
  • Azul
  • Onitama
  • Wingspan
  •  Warhammer Underworlds (cada vez vejo mais, um nicho de pessoas a jogarem este jogo)

ou jogos mais longos (mais complicado)

  • Terraforming Mars 
  • Memoir 44
  • Twilight Struggle ( como adorava chegar uma convenção e jogar este jogo com alguém que percebe o jogo)

Em suma, gostava de uma variedade diferente e não sempre os mesmos jogos. Desculpem se ofendi alguém com a minha opinão.

 

 

Opções de visualização dos comentários

Seleccione a sua forma preferida de visualização de comentários e clique "Gravar configuração" para activar as suas alterações.

Longe de estar ofendido, acho

Longe de estar ofendido, acho que não foste longe o suficiente: Catan e Carcassonne são uma boa seca. 

Para além de concordar com tudo o que disseste, gostava de ver mais jogos low luck a terem torneios. Crokinole que tens aí seria um bom começo!

Catan e Carcassonne

davidmleal, gostaria de dar a minha opinião, e esclarecer algumas dúvidas.

Primeiramente, não tenho qualquer ligação a qualquer editora. Sou apenas um jogador esporádico.

"Porque é que temos de estar ano após ano temos de promover os mesmo jogos..."- O Catan e Carcassonne estão a ser promovidos, é um facto, mas porque têm um campeonato mundial, em que Portugal é representado pelo campeão da Fase Final, após serem apurados vários jogadores ao longo dos vários torneios que vão sendo feitos ao longo do ano. Por exemplo, no ano passado, tivemos um 15º lugar entre 36 países participantes (em Carcassonne) e 2 representantes lusos na Final Mundial de Catan.

https://carcassonne-meisterschaft.de/en/final-2019.htm

https://www.catan.com/tournaments-events/catan-championships/cec-nation-rankings#cec-2019

"Mas tem de haver um prémio final para o vencedor?"- Os prémios não serão decerto a motivação maior de quem participa em torneios, mas acabarão por ser um aliciante, pelo menos para muitos que se inscrevem.

 

E quanto a torneios presenciais, inseridos em várias convenções, já foram feitos vários de outros jogos: Star Realms, Photosynthesis, Pandemic, Virus, Lusitânia,... (que me lembre, assim de repente)

E sem contar com os presenciais, há vários torneios online, como nestas últimas 2 semans foram feitos no Board Game Arena, promovidos pela Devir, de Carcassonne e Stone Age. E muitos mais torneios dos mais diversos jogos podem ser criados, bastando colocar mãos à obra.

E a minha opinião pessoal é que as pessoas, de forma geral, não alinham muito em torneios. Mesmo Catan e Carcassonne, que são dos mais populares, por vezes há torneios em que aparecem 4 ou 5 pessoas, imaginemos o que seria de torneios de jogos menos conhecidos ou de duração muito longa.

Abraço

Eu não levo a mal que haja os

Eu não levo a mal que haja os torneios de Catan ou Carcassone (é uma excelente estrategia marketing da editora), a unica coisa que peço é que haja mais variedade. Eu sei que é muito trabalho para quem organiza as convenções e arranjar o material para jogar não é facil.  

Isto é somente uma sugestão, mas gostava que se fizesse uma votação aqui no abreojogo em 2020 dos jogos que se gostavam fossem realizados em torneios, porque para mim a piada é jogar com jogadores experientes do que jogar com pessoas inexperientes. Porque duvido muito que hoje em dia (em 2020) que o Catan ou Carcassone está no top 5 na maior parte das pessoas que jogam.

Alguns dos jogos que referi antes, tem torneios nas convenções e campeonatos do mundo.  Acho que ouvir a opinião do publico não custa, e talvez até tenha mais poder para pedir um apoio a uma editora internacional que existe muito interesse em realizar um torneio daquele jogo "ABC" por parte publico, a pior resposta que alguém pode ouvir é um não por parte da editora.

Agora se praticamente em todas as convenções em Portugal são sempre os mesmos torneios Catan ou Carcassone, qual é variedade? Eu não sei, mas depois começo achar que tendem a ser sempre o mesmo grupo pessoas a jogar ano após ano Catan ou Carcassone com algumas excepções. 

Isto é somente uma reflexão minha já de há muito tempo, porque eu sei vamos estar um longo tempo a termos uma convenção novamente, achei que valia a pena partilhar a minha opinião com a comunidade. 

 

  

LisboaCon 2018

A LisboaCon chegou a ter mais de 10 torneios no mesmo ano.

Aqui fica o anúncio dos torneios que houve na LisboaCon 2018

No photo description available.

Torneios

Nao sei se a tua vontade é de participar em torneios ou, como dizes, jogar certos jogos com pessoas que os dominam.

Para isso nao sao necessarios torneios.

Pode ser uma ferramenta que atraia pessoas, mas nao necessariamente especialistas do jogo. 

Por vezes sao apenas pessoas curiosas com o sistema/ideia de "Torneio".

Se queres mesmo jogar com pessoas que dominam certos jogos sugeria, que organizasses eventos especificos, com as caracteristicas:

 - Duraçao: Pelo menos fim de semana. Para valer a pena a viagem das pessoas que nao sao da tua regiao.

 - Escolher um conjunto pequeno de jogos ou tema muito concreto.

 - Outras valencias como comida e acomodaçao às vezes ajuda. Nao ter de pensar, simplesmente chegar e jogar atrai certas pessoas.

Infelizmente com os jogos que sugeriste eu nao apareço.

(Com a excepçao de um ou dois) nao tenho qualquer interesse em os jogar.

Mas poderá haver outras pessoas com a mesma vontade que tu, e que adorariam jogar isso durante varias horas.

Nao tem de ser numa convençao.

Pode ser num fim de semana qualquer.

Boa sorte com a tua quest.

 

Torneios

 Já organizei duas convenções (RuralCon e InvictaCon) e também já participei em torneios (a maior parte das vezes gosto do jogo, ou para ajudar e fazer número- já entrei no Carcassone para o torneio poder contar "oficialmente").

 Já foram ditas muitas coisas:

1- Existe uma razão para os torneios de Catan e Carcassone (um campeonato mundial e uma vaga para disputar esse torneio) que muitas vezes nem são nas convenções.

2- Os torneios dão trabalho em termos organizativos e muitas vezes nem têm muitos participantes, muitas vezes têm de se "obrigar" quase uns à última a jogar. Por isso os torneios pelo menos do que sei ou surgem da vontade de algum organizador ou porque as editoras querem (o torneio é uma forma fácil de garantir que o jogo é jogado). Obriga-te a reservar mesas e obriga-te a ter lá alguém. 

3- Não precisas de um torneio para jogares com gente "profissional". Eu gosto de jogar Twillight Struggle, existe uma pessoa em Leiria que jogava imensas vezes (diria que a pessoa em Portugal com mais partidas e o mais experiente- não sei se mudou entretanto). Sempre que dava nas convenções jogava com ele. E era uma experiencia interessante mesmo levando uma coça.

4- Já existiram/existem vários torneios diferentes, tens um muito conhecido Dalhekudedo na Riacon (que inclui Crokinole, PitchCar e o outro vai variando/ou variou pelo menos), já joguei Las Vegas Quiz, já ganhei um de Time's Up, em Leiria chegou a haver varios anos torneio de Netrrunner (acho que era este sei que era um de cartas para 2). Já houve torneios de Tichu na TrincaCon. Tens muitos torneios (tal como referi antes porque uma editora perde ou porque alguém gosta do jogo e organiza)

 Minhas opiniões que acho que ainda não foram ditas:

 - A maior parte dos torneios em Portugal (claro que a competição de Catan e Carcassone será agora diferente), não é um torneio com toda a gente experiente. Tem duas ou três pessoas que vão a muitos torneios e ganham muitos (pelos prémios), tem alguns que jogam bem e gostam daquele jogo e muitas vezes até chega a ter pessoas que nem as regras do jogo sabem e aprendem para o torneio. Eu até gosto da competição mas por vezes até apanhei pessoas a fazer "batota" (ou quase batota), isto aconteceu por exemplo num torneio de las vegas Quiz (em que uma pessoa so apostava depois de ver todos os outros)

- O nicho de interessados em participar em torneios é pequeno (tens alguns no Catan e Carcassone porque o prémio é aliciante, é algo "oficial" sendo um campeonato nacional e mundial). A maior parte dos participantes em Cons quer jogar muitos jogos e não jogar 3 ou 4 vezes o mesmo jogo.

Resumindo: Existe uma razão para os torneios que existem (principalmente torneios de jogos editados por editoras portuguesas, principalmente jogos simples), mas existem/existiram outros torneios.

Não penses que vais ter lá só gente experiente, além do mais se não tiveres e se quiseres mesmo o jogo competitivo se tiveres uma pessoa que mal sabe as regras o mais certo é ser essa a decidir quem ganha o jogo e não as tuas jogadas (daqui retiro os torneios de Carcassone e Catan).

Ou tens um jogo de um nicho/especialistas (Netrunner/Twillight Struggle) em que talvez atraias quem gosta mesmo do jogo ou então vais atrair um público misto ou só vais ter mesmo competitividade se o prémio for muito aliciante.

Twilight Struggle

davidmleal escreveu:

Sugestões pessoais que vieram a minha cabeça (mas tantos que podem ser utilizados):

(...)

  • Twilight Struggle ( como adorava chegar uma convenção e jogar este jogo com alguém que percebe o jogo)

Say no more! O TS é o meu jogo favorito. Tenho mais de 400 jogos realizados na app, a que se juntam uns 60 ou 70 na antiga app gratuita do Chantry e mais uns 20 ou 30 jogos presenciais. Não sou um campeão de forma alguma, mas jogo razoavelmente bem: 278 vitórias e 155 derrotas em 426 jogos através da app e rating a flutuar entre os 1650 e os 1750.

O problema é que agora não há cons. Mas, se viveres em Lisboa ou perto, nem é preciso. Podemos marcar uma sessão. Ou então, se comprares a app (são uns 10€, creio) podes desafiar-me online. Se estiveres interessado, manda-me uma PM.

Torneios

Não sou grande fã de torneios... Mesmo de jogos que gosto.

Nada tenho contra que existam, claro. Mas a cena da competição que vá para lá de cada partida não me puxa muito.

Dito isto, sou eu que estou a organizar o de Rallyman GT aqui no Abre o Jogo... É daquelas coisas que acontecem. Em parte foi por achar muita piada ao jogo, em parte foi por saudosismo do que ocorreu com o de Fórmula Dè, em parte foi uma forma de animar aqui o site.

Não interessa...

Para voltar um pouco ao que já muitos disseram por aqui. Os torneios de outros jogos acontecem, ou aconteceram, um pouco por aí. Alguns são regulares, como o Dá-lhe-Ku-Dedo na RiaCon, outros foram casos únicos, como o de Tichu na TrincaCon.

As razões para não existirem tantos de outros jogos além de Catan e Carcassonne já estão focadas no teu próprio post. O envolvimento das editoras e a relação com eventos internacionais são as principais...

Mas também existe um ponto focado pelo Joao104, que é o peso que isso tem para os organizadores das Cons. Realizar um torneio implica dedicação do tempo de alguém ao mesmo no decurso da Con, o que significa menos um voluntário para o resto das coisas que é preciso fazer.

A ocupação de mesas que às vezes fazem falta para os participantes da Con que não estão envolvidos nos torneios também é um problema.

Na InvictaCon ficou já meio assente que só haverá torneios que as editoras organizem e coordenem. Simplesmente não há gente suficiente para dispensar para isso. Já tentamos mas os resultados não foram os ideais.

Também tens a questão da pouca participação nesses torneios. As mais das vezes é preciso andar a angariar participantes, mesmo quando é um play-to-win...

Agora as boas notícias...

Penso que qualquer das Cons do país estará aberta à existência de torneios de outros jogos, desde que haja alguém que os organize e que tal não seja um problema de recursos (mesas) para a mesma. E por isso tens uma boa solução para o problema... Aborda os organizadores de uma das Cons e vê se podes organizar tu isso. Que tens capacidade para tal, é evidente.

Boa sorte!