Carta à Revista Bang

Retrato de efernandes

Mandei um E-Mail à revista Bang a falar do nosso site e da inclusão de conteúdo sobre RPG. Abaixo segue o texto:

Gosto muito da revista e comprei tanto o número zero, quando o primeiro número. Gostaria que a revista continuasse por muito tempo ainda embora preferisse um outro formato, em que houvesse menos contos e mais material, como por exemplo comentários sobre livros e sobre o cenário literário que tivesse a ver com fantasia, horror e romances históricos que, no fundo, é o seu nicho.

Aproveito para deixar a sugestão de no próximo número fazer uma apanhado sobre o RPG - Role Playing Game (Jogo de Representação) - aqui em Portugal já que os grande parte dos jogadores compram livros da Saída de Emergência e não há nada que combine mais com o jogo do que fantasia e ficção.

Eu próprio já tenho conversado com vários jogadores sobre a Bang e qual não foi a minha surpresa quando descobri que uma grande parte daqueles com que falei conhece a revista, tinha a colecção em inglês dos autores que vocês estão a publicar - E. Howard, Moorcock, Lovecraft - e agora tem comprado os livros em português.

Se for preciso alguma ajuda para avançar com algo sobre RPG estou 100% disponível e deixo também o endereço do www.abreojogo.com, que é neste momento o principal, senão o único, portal sobre a matéria em nosso país.

Recebi a resposta e coloco na integra abaixo:

Olá, Eduardo.

Agradeço o teu email, já que é muito gratificante recebermos as reacções e opiniões dos leitores.

Embora não sendo eu um jogador habitual de RPG, é um campo pelo qual nutro considerável interesse, e sempre foi minha intenção mais tarde ou mais cedo incluí-lo na revista. Concordo que a sua ligação com os temas da revista é muito forte.

O que te posso dizer é que com toda a probabilidade o próximo nº terá já um artigo sobre um RPG português. Entretanto, a revista está também aberta à submissão de artigos e resenhas (e quem sabe cenários!) sobre RPG.

Um abraço,
Rogério

Em breve teremos RPG na revista! Isto é óptimo pois até agora não se vê em lado algum aqui em terras de Além Mar... Quem quiser contribuir sinta-se à vontade!

Opções de visualização dos comentários

Seleccione a sua forma preferida de visualização de comentários e clique "Gravar configuração" para activar as suas alterações.

Óptima iniciativa

Óptima iniciativa efernandes.

Acho que se for feita uma pesquia pelos artigos do site, lembro-me assim de repente da história dos RPGs escrita pela Madame DeGuil e outra pelo Warman, que podiam ser enviados para lá, com consentimento dos próprios é claro.

"the drunks of the Red-Piss Legion refuse to be vanquished"

Nope, não dá. Salvo erro,

Nope, não dá. Salvo erro, estão ambos em inglês.

Tem alguém de escrever alguma coisa.

Um doce para quem adivinhar

Um doce para quem adivinhar de quem é o RPG português de que fala o Rogério Ribeiro. ;)

A escrever: down*town, tech-noir rpg
Proto Agonístes um rpg de auto-descoberta, de um personagem e vários jogador

Resposta: The 101!! Quero

Resposta: The 101!!

Quero um garoto hehehehehe.

"the drunks of the Red-Piss Legion refuse to be vanquished"

Eu prefiro os PEtit Ecoliers

Eu prefiro os PEtit Ecoliers ou os Chiquilins. :D

A escrever: down*town, tech-noir rpg
Proto Agonístes um rpg de auto-descoberta, de um personagem e vários jogador

Proposta:

Acho que o ricmadeira precisa de escrever um artigo sobre a situação do RPG em Portugal para outro site. Por acaso não querem todos ajudar contando um pouco que sabem da situação à vossa volta? Assim fazíamos um champô dois em um.

De qualquer maneira, efernandes, tu estás lá!!! O Grande Desafio e agora isto? Só tu!

Por isso, ESCREVAM LÁ UMA HISTÓRIA DE RPG COM O TEMA DE FUTEBOL E GANHEM UM JANTAR! -> Ver primeiro tópico da página.

"Se alguma vez sou coerente, é apenas como incoerência saída da incoerência." Fernando Pessoa

sopadorpg.wordpress.com - Um roleplayer entre Setúbal e Almeirim
Ludonautas Podcast - Viajando, sem nos movermos, pelos mundos do RPG